WEBWRITING                      ADRIANA SANTIAGO                   ADRISANTIAGO@GMAIL                        @DRICASANTIAG...
• Delimitação das terminologias.                                   O JORNALISMO NA WEB
CARACTERÍSTICAS DO WEBJORNALISMO                       INTERATIVIDADE         ATUALIZAÇÃO                                 ...
DIFERENÇAS ENTRE O JORNALISMO              ONLINE E OFF-LINE• Há um processo de  convergência em curso  entre:  • Produção...
DIFERENÇAS ENTRE O JORNALISMO ONLINE E               OFF-LINE
DIFERENÇAS ENTRE O JORNALISMO               ONLINE E OFF-LINE• A grande diferença entre o  jornalismo convencional e o  on...
PARTICIPAÇÃO DO PÚBLICO NA PRODUÇÃO              INFORMATIVA• Grande diferencial da nova  ecologia informativa;• Questão c...
NOVAS HABILIDADES CRIADAS PELA           PARTICIPAÇÃO DO PÚBLICO           Na rotina                 Novas nomenclaturas• ...
O MUNDO DA PARTICIPAÇÃO E DA          COLABORAÇÃO• Blogs• Plataforma 2.0• Equipamentos  acessíveis• Plataformas amigáveis•...
AMADORES / HARD NEWS;                        10
PARTICIPAÇÃO DO PÚBLICO NA PRODUÇÃO            INFORMATIVA  • Amadores -> hard    news;  • Profissionais ->    investigaçã...
ENFOQUE MULTI, INTER E TRANSDISCIPLINAR       DO JORNALISMO ONLINE    • O jornalismo não é uma disciplina isolada das dema...
ENFOQUE MULTI, INTER E TRANSDISCIPLINAR       DO JORNALISMO ONLINE • Multidisciplinaridade – Uso   de técnicas e métodos d...
TAREFINHA EM 10 MINUTOS          RUPTURAS E CONTINUIDADES!• Olhe nos sites, anote e aponte oralmente características de  w...
O QUE É WEBWRITING?• É um conjunto de técnicas que auxiliam na distribuição de  conteúdo informativo em ambientes digitais...
• Uma estratégia de SEO                  (Search Engine                  Optimization) perfeita éQUEBRA CABEÇA     pratica...
JACOB NILSEN & CIA• Jakob Nielsen que, em março de 1997, publicou em  seu site – useit.com – o resultado da aplicação de  ...
OUTROS AUTORES DO WEBWRITING• Crawford Kilian, autor do livro “Writing for the  Web”, lançado em 1998, é considerado o  “n...
USABILIDADESegundo Jacob Nielsen, o texto deve ser:            • OBJETIVO            • CONCISO            • ESCANEÁVEL
USABILIDADE        Segundo Nielsen,o   tempo     que o usuário utiliza para     procurar     algo numa página       é de  ...
VOCÊ TEM 26 SEGUNDOS PARA ME SEDUZIR!
http://eyewriter.org/images/TEMPT-ONE/eye-tracking/
Mas é preciso pensar nausabilidade do site. Como eleserá lido mais rápido, com umanarrativa agradável que seadeque ao temp...
EM AMBIENTES DIGITAISO tempo e oespaço são“reduzidos”
O que você faz quandoTem pouco tempo e espaço?
O que você faz quandotem pouco tempo e espaço?
O que você faz quandotem pouco tempo e espaço?
O que você faz quandotem pouco tempo e espaço?
Principais parceiros>> Webdesigner>> Desenvolvedor>> Arquiteto da Informação>> Analista de Usabilidade     São eles que ir...
Edição de            TextosProdução                Webwriting
OS TRÊS PRINCÍPIOS DA USABILIDADE• Nielsen recomenda escrever de modo objetivo, tentando ser  criativo e persuasivo, desta...
CARACTERÍSTICAS DO WEBJORNALISMO                       INTERATIVIDADE         ATUALIZAÇÃO                                 ...
OBJETIVIDADE• Ir direto ao ponto• Preferencialmente textos curtos• Não reprima seu texto• Se a informação pedir, use outro...
CORTE SEM PENA!!
OBJETIVIDADE• Trabalhe uma ideia a cada parágrafo  (se o raciocínio for longo, desdobre em mais de um parágrafo)    • Plan...
RADICALIZAÇÃO DA PIRÂMIDE INVERTIDA    • Blocos de conteúdos para facilitar a leitura e evitar      excesso de informação ...
PENSE O CONTEÚDO EM CAMADAS
VISIBILIDADE• Guidelines - para o usuário  perceber o seu conteúdo• Blocos de conteúdos para facilitar a  leiturae evitar ...
TEXTO FUNÇÃO VISUAL• Dê destaque às informações mais importantes• Em mídias digitais, o texto também tem uma função  visual
VISIBILIDADEPromova interação com     o conteúdo     Se precisar, seja      “redundante• Essa imagem é do Museu  da Histór...
NAVEGABILIDADE• Imagine-se com um guia  turístico• Primeiro, capture a atenção e  o interesse do usuário• Depois, dê a ele...
NAVEGABILIDADE• Evite excesso de links• Evite links para sites externos•  Use textos que sejam autoexplicativos• Utilizar ...
UM POUCO SOBRE LINKS• Em 1963, Theodor Holm Nelson, filósofo e professor da Universidade de  Oxford , propôs que a leitura...
TIPOS DE LINKS• Internal Links – Links internos, de páginas dentro do site linkando entre elas.• Outbound Links – Links do...
NAVEGABILIDADE
OUTRAS DICAS• Perceba reações da  audiência fazendo  mudanças no conteúdo• Data Visualization :  • http://fernandoribeiro....
ATENÇÃO PARA ORTOGRAFIA E REVISÃO• Evite a Voz Passiva:  • Ex: “O formulário deve ser    preenchido”• Prefira a Voz Ativa ...
VALORIZE A INTERAÇÃO• Promova interação com o  conteúdo• Converse com o usuário• Pergunte sua opinião• Promova a avaliação...
- Pense como ele      (redes sociais, msn, sites e blogs similares, comentários, etc...)ÉPOCA – Qual o             ISTOÉ -...
LINGUAGEM DO PÚBLICO• Fale a linguagem do seu público• Escritores de sucesso focam em  seu público• Na dúvida, use o tom s...
PERFIL PARA SER UM SOCIAL MEDIA• Perfil:    2,7 é média de anos de experiência dos profissionais de mídias sociais    80% ...
TAREFINHA EXTRAFaça uma notícia escrita comfoto sobre a aula.Escolha um personagem ,fotografe e faça umaentrevista em vídeo.
FONTES/ BIBLIOGRAFIA• http://www.webwriters.com.br/• http://jornalismomovel.blogspot.com.br/• http://www.useit.com• http:/...
Webwriting
Webwriting
Webwriting
Webwriting
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Webwriting

683 visualizações

Publicada em

Aula para o curso de Especialização e Linguagens e Mídias Digitais - FA7

Publicada em: Educação
0 comentários
3 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
683
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
23
Comentários
0
Gostaram
3
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Webwriting

  1. 1. WEBWRITING ADRIANA SANTIAGO ADRISANTIAGO@GMAIL @DRICASANTIAGO FACEBOOK.COM/ADRIANA.SANTIAGO.ARAUJO
  2. 2. • Delimitação das terminologias. O JORNALISMO NA WEB
  3. 3. CARACTERÍSTICAS DO WEBJORNALISMO INTERATIVIDADE ATUALIZAÇÃO HIPERTEXTUALIDADE CONTÍNUA MEMÓRIA MULTIMIDIALIDADE PERSONALIZAÇÃO
  4. 4. DIFERENÇAS ENTRE O JORNALISMO ONLINE E OFF-LINE• Há um processo de convergência em curso entre: • Produção jornalística convencional e na Web; • Profissionais e pessoas sem formação técnica em jornalismo.
  5. 5. DIFERENÇAS ENTRE O JORNALISMO ONLINE E OFF-LINE
  6. 6. DIFERENÇAS ENTRE O JORNALISMO ONLINE E OFF-LINE• A grande diferença entre o jornalismo convencional e o online não está nas redações, mas fora delas; • O jornalismo na Web manteve a preocupação do jornalismo convencional com a ética, objetividade e credibilidade; • Contexto do jornalismo online – Novo conceito de notícia / multimídia / produção colaborativa. 6
  7. 7. PARTICIPAÇÃO DO PÚBLICO NA PRODUÇÃO INFORMATIVA• Grande diferencial da nova ecologia informativa;• Questão complexa e polêmica;• Estudos e debate em salas de aula sobre participação do público na produção de notícias;• Mudança de paradigmas em matéria de relacionamento com superiores hierárquicos nas redações.
  8. 8. NOVAS HABILIDADES CRIADAS PELA PARTICIPAÇÃO DO PÚBLICO Na rotina Novas nomenclaturas• Administrar comentários e • Jornalismo Cidadão sugestões do público;• O público como parceiro e • Jornalismo Móvel colaborador; • Jornalismo Participativo• Conselheiro e tutor de • Jornalismo Cívico leitores, ouvintes, • Jornalismo em Rede telespectadores e internautas; • Jornalismo amador• Promotor da formação de redes informativas
  9. 9. O MUNDO DA PARTICIPAÇÃO E DA COLABORAÇÃO• Blogs• Plataforma 2.0• Equipamentos acessíveis• Plataformas amigáveis• Formador de opinião• Pólo de emissão• Ações colaborativas
  10. 10. AMADORES / HARD NEWS; 10
  11. 11. PARTICIPAÇÃO DO PÚBLICO NA PRODUÇÃO INFORMATIVA • Amadores -> hard news; • Profissionais -> investigação e contextualização.
  12. 12. ENFOQUE MULTI, INTER E TRANSDISCIPLINAR DO JORNALISMO ONLINE • O jornalismo não é uma disciplina isolada das demais disciplinas. Não está nem acima e nem abaixo delas I) Jornalismo investigativo - estatística/matemática/ ciências da computação; II)Redes informativas – sociologia / antropologia; III) Administração de comentários de leitores – psicologia /pedagogia; IV)Weblogs – design / informática; V)Multimídia – computação / ergonomia /semiótica
  13. 13. ENFOQUE MULTI, INTER E TRANSDISCIPLINAR DO JORNALISMO ONLINE • Multidisciplinaridade – Uso de técnicas e métodos de outras disciplinas; • Interdisciplinaridade – Uso interativo de conhecimentos de outras disciplinas para resolver um problema • Transdisciplinaridade – Disciplinas interagem e produzem um novo conhecimento. (Ver vídeo)
  14. 14. TAREFINHA EM 10 MINUTOS RUPTURAS E CONTINUIDADES!• Olhe nos sites, anote e aponte oralmente características de webjornalismo e diferenças do jornalismo off-line:• http://g1.globo.com/ceara/• http://www.jangadeiroonline.com.br/• http://diariodonordeste.globo.com/• http://www.opovo.com.br/• http://www.cnews.com.br/
  15. 15. O QUE É WEBWRITING?• É um conjunto de técnicas que auxiliam na distribuição de conteúdo informativo em ambientes digitais.• Esta “distribuição” faz–se, por exemplo, pelas diversas camadas de um site, sendo a primeira camada a primeira página e, a segunda camada, as páginas que surgem a partir dos itens do menu principal – e assim por diante.• “Ambientes digitais”- Em webwriting, o campo de ação são intranets, CDs–ROM, wireless, e não apenas sites internet.
  16. 16. • Uma estratégia de SEO (Search Engine Optimization) perfeita éQUEBRA CABEÇA praticamente impossível.OU TEXTO • Cada motor de busca possuiPERFEITO? um algoritmo diferente para classificar sua página e, como se não bastasse, esses algoritmos mudam com frequência pra evitar que os mesmos sites fiquem monopolizando o topo dos resultados de busca.
  17. 17. JACOB NILSEN & CIA• Jakob Nielsen que, em março de 1997, publicou em seu site – useit.com – o resultado da aplicação de testes voltados para o comportamento do texto no ambiente online. Ao provar que o usuário exige uma boa formatação de texto para a web, ele chamou a atenção para a necessidade de estudo e dedicação à área da informação digital.• Trabalha com Don Norman (jnd.org/), um engenheiro elétrico e psicólogo, que se autodenomina de designer para pessoas. Trabalhou para Apple e HP e hoje auxilia empresas de tecnologia a estruturar suas linhas de produtos e negócios.• E Bruce "Tog" Tognazzini (asktog.com) especialista em interação humano-computador. Tog era designer-chefe , Trabalhou na Apple no Grupo Interface Humana.
  18. 18. OUTROS AUTORES DO WEBWRITING• Crawford Kilian, autor do livro “Writing for the Web”, lançado em 1998, é considerado o “norte” do webwriting. Contudo, tanto o livro quanto os estudos de Kilian são focados no comportamento do "texto" em ambientes digitais, e não na informação como um todo.• De 1997/1998 para cá, porém, muitos outros profissionais acompanharam a evolução do webwriting, e hoje já estão à frente de Kilian & cia. Nos Estados Unidos, por exemplo, a “dama da persuasão”, Amy Gahran, assim como Nick Usborne Jonathan Price, o “rei das dicas”, são bons exemplos. O jornalista Nick Usborne (nickusborne.com/), que trabalha com um “mix” das idéias de Kilian e Gahran, é visto hoje como revelação nos EUA.
  19. 19. USABILIDADESegundo Jacob Nielsen, o texto deve ser: • OBJETIVO • CONCISO • ESCANEÁVEL
  20. 20. USABILIDADE Segundo Nielsen,o tempo que o usuário utiliza para procurar algo numa página é de 26 segundos
  21. 21. VOCÊ TEM 26 SEGUNDOS PARA ME SEDUZIR!
  22. 22. http://eyewriter.org/images/TEMPT-ONE/eye-tracking/
  23. 23. Mas é preciso pensar nausabilidade do site. Como eleserá lido mais rápido, com umanarrativa agradável que seadeque ao tempo disponível!! TECNOLOGIA NÃO É NADA SEM CONTEÚDO
  24. 24. EM AMBIENTES DIGITAISO tempo e oespaço são“reduzidos”
  25. 25. O que você faz quandoTem pouco tempo e espaço?
  26. 26. O que você faz quandotem pouco tempo e espaço?
  27. 27. O que você faz quandotem pouco tempo e espaço?
  28. 28. O que você faz quandotem pouco tempo e espaço?
  29. 29. Principais parceiros>> Webdesigner>> Desenvolvedor>> Arquiteto da Informação>> Analista de Usabilidade São eles que irão dar a cara e o comportamento do seu conteúdo
  30. 30. Edição de TextosProdução Webwriting
  31. 31. OS TRÊS PRINCÍPIOS DA USABILIDADE• Nielsen recomenda escrever de modo objetivo, tentando ser criativo e persuasivo, destacando os pontos principais e conduzindo o leitor • OBJETIVIDADE • VISIBILIDADE • NAVEGABILIDADE
  32. 32. CARACTERÍSTICAS DO WEBJORNALISMO INTERATIVIDADE ATUALIZAÇÃO HIPERTEXTUALIDADE CONTÍNUA MEMÓRIA MULTIMIDIALIDADE PERSONALIZAÇÃO
  33. 33. OBJETIVIDADE• Ir direto ao ponto• Preferencialmente textos curtos• Não reprima seu texto• Se a informação pedir, use outros recursos: • Links • Podcasts • Galerias • Apresentações • Mapas • Videos • Infografias
  34. 34. CORTE SEM PENA!!
  35. 35. OBJETIVIDADE• Trabalhe uma ideia a cada parágrafo (se o raciocínio for longo, desdobre em mais de um parágrafo) • Planeje, fragmente, fracione, divida o conteúdo • em páginas, links, áreas, seções etc • Objetividade é dar a informação completa• Fazer isso depende do seu planejamento e da sua criatividade
  36. 36. RADICALIZAÇÃO DA PIRÂMIDE INVERTIDA • Blocos de conteúdos para facilitar a leitura e evitar excesso de informação • Coloque ideias diferentes em blocos de texto diferentes
  37. 37. PENSE O CONTEÚDO EM CAMADAS
  38. 38. VISIBILIDADE• Guidelines - para o usuário perceber o seu conteúdo• Blocos de conteúdos para facilitar a leiturae evitar excesso de informação• Coloque ideias diferentes em blocos de texto diferentes
  39. 39. TEXTO FUNÇÃO VISUAL• Dê destaque às informações mais importantes• Em mídias digitais, o texto também tem uma função visual
  40. 40. VISIBILIDADEPromova interação com o conteúdo Se precisar, seja “redundante• Essa imagem é do Museu da História do Computador• http://www.computerhisto ry.org/highlights/stevejobs/
  41. 41. NAVEGABILIDADE• Imagine-se com um guia turístico• Primeiro, capture a atenção e o interesse do usuário• Depois, dê a ele opções de saber mais dudasantanna.com.br
  42. 42. NAVEGABILIDADE• Evite excesso de links• Evite links para sites externos• Use textos que sejam autoexplicativos• Utilizar títulos de links que sejam autoexplicativos, com informações suficientes sobre o conteúdo apontado.• Apontar exatamente para o conteúdo descrito no link.• Não usar expressões como “Clique aqui”.
  43. 43. UM POUCO SOBRE LINKS• Em 1963, Theodor Holm Nelson, filósofo e professor da Universidade de Oxford , propôs que a leitura poderia ser uma experiência não-linear, ou seja, que novos conceitos e definições devem ser disponibilizados ao leitor à medida que ele necessite deles. O hiperlink ou, simplesmente, link, é o resultado direto disso: toda vez que se clica em um link aparece outra informação na tela. Assim sendo, O link, base de qualquer hipertexto, é anterior à internet, mas foi na rede que encontrou sua maior possibilidade de expressão Linkar” é uma palavra inglesa que quer dizer, literalmente, elo, ligação.• Assim sendo, os links são ligações ou passagens por meio das quais se pode saltar para outra parte • do mesmo documento (outra parte na mesma página) • de outro documento do mesmo site • de outro documento, em qualquer computador da rede • pode-se também, criar links para endereços de correio eletrônico • o link pode apontar para qualquer recurso disponível: uma imagem, um arquivo de som, um filme, etc.• Portanto, é dos links que vem o principal poder do HTML (e da Internet), pois permitem efetuar os saltos, ou seja a navegação. Ou seja, eles criam a possibilidade de acesso real à informação e à pesquisa em um volume de dados enorme, a uma velocidade nunca antes pensada.
  44. 44. TIPOS DE LINKS• Internal Links – Links internos, de páginas dentro do site linkando entre elas.• Outbound Links – Links do nosso site apontando para outros sites. Esse tipo de link faz com que os links internos da página passem menos pagerank para as páginas internas do site. Pagerank é uma avaliação da relevância da página. Essa relevância é divulgada em uma escala de zero a 10, o valor exibido na Barra de Ferramentas do Google,• Inbound Links – Links de fora do site apontando para o nosso site. Este tipo de link possui maior valor agregado. Isso porque supõe-se que alguém de fora está te “recomendando”, diferentemente do internal links, que é como se você estivesse se recomendando.• Reciprocal Links – Quando um site A aponta para um site B e B aponta para A. Esse tipo de link, se for muito constante, pode ser interpretado como manipulação pelos buscadores, tornando seu site passível de punição.• Paid Links – Links Pagos. Você faz um acordo com o outro site para que ele tenha um link para o seu. Muito mal visto pelos buscadores, e se as SERPs (Search Engine Results Page ou Página de resultados dos motores de busca ) te pegarem fazendo isso, pode ser que você sejam excluído das buscas. Evite.• Social Links – Links que vem de social bookmarks. Ex.: Digg, Via6, etc . Aumenta consideravelmente o número de links para a sua página.Fonte: http://www.mestreseo.com.br/link-building/tipos-de-links
  45. 45. NAVEGABILIDADE
  46. 46. OUTRAS DICAS• Perceba reações da audiência fazendo mudanças no conteúdo• Data Visualization : • http://fernandoribeiro.eti .br/2010/09/07/david- mccandless-the-beauty- of-data-visualization/ • http://www.ted.com/talk s/jonathan_harris_tells_t he_web_s_secret_stories. html
  47. 47. ATENÇÃO PARA ORTOGRAFIA E REVISÃO• Evite a Voz Passiva: • Ex: “O formulário deve ser preenchido”• Prefira a Voz Ativa • Ex: “Preencha o formulário.”• Use tempos verbais simples: : • Infinitivo • Presente do indicativo • Pretérito perfeito • Ex: “O objetivo é fazer com que você possa...”• Evite jargões, teasers e trocadilhos• Use as palavras que os usuários estão acostumados
  48. 48. VALORIZE A INTERAÇÃO• Promova interação com o conteúdo• Converse com o usuário• Pergunte sua opinião• Promova a avaliação do conteúdo• Reviews de usuários• Recomendações de usuários ajudam o conteúdo a servir de referência
  49. 49. - Pense como ele (redes sociais, msn, sites e blogs similares, comentários, etc...)ÉPOCA – Qual o ISTOÉ - Como VEJA - Como fazersegredo do sucesso explica o sucesso para se manter emdos seus livros entre dos seus livros? sintonia com osas adolescentes? jovens de hoje? Eu costumo conversar Eu simplesmenteAcredito que haja grande com os adolescentes: tento escrever doidentificação com minhas eu tenho amigos jeito que falo. Utilizeiheroínas porque são jovens e, no meu site,meninas absolutamente lembranças da há espaço para quecomuns, mas que vivem minha adolescência, os leitores deixemcircunstâncias dos diários que mensagens, relatemextraordinárias. E elas escrevia e dos meusreagem ao que lhes seus problemas. sonhos e desejos daacontece exatamente época.como eu ou vocêreagiríamos.
  50. 50. LINGUAGEM DO PÚBLICO• Fale a linguagem do seu público• Escritores de sucesso focam em seu público• Na dúvida, use o tom semi-formal• Procure perceber cruzamentos de informações • “Esse assunto se assemelha com que outros e em que páginas?”• Use um tratamento PESSOAL• Use sempre a MESMA forma de tratamento• Economize palavras • Se você pode dizer algo em duas palavras, não use três
  51. 51. PERFIL PARA SER UM SOCIAL MEDIA• Perfil: 2,7 é média de anos de experiência dos profissionais de mídias sociais 80% têm um diploma universitário 92% ocupam uma posição de liderança na empresa Mais homens (64%) do que mulheres (36%) 100% tem uma conta no Twitter com uma média de 745 seguidores• Profissionais de sucesso: 58% são profissionais multidisciplinares e podem assumir várias atividades 46% estão dispostos a assumir riscos 45% são capazes de unir diferentes stakeholders dentro da empresa 38% relacionam as atividades entre todos os departamentos da empresa(Ver gráfico original) Fonte: http://www.webwriters.com.br/2012/06/o-perfil-dos-analistas-de-midias.html
  52. 52. TAREFINHA EXTRAFaça uma notícia escrita comfoto sobre a aula.Escolha um personagem ,fotografe e faça umaentrevista em vídeo.
  53. 53. FONTES/ BIBLIOGRAFIA• http://www.webwriters.com.br/• http://jornalismomovel.blogspot.com.br/• http://www.useit.com• http://www.governoeletronico.gov.br/biblioteca/arquivos/pa droes-brasil-e-gov-cartilha-de-redacao-web• http://webinsider.uol.com.br/• http://www.mestreseo.com.br

×