GRIPE SUÍNA/H1N1<br />Prof.. Marcos Nascimento<br />PNEUMOLOGIA HUC PUCPR<br />www.pulmaosa.com.br<br />
Gripe Suína ?????<br />O que está acontecendo ?<br />
Destination Cities andCorresponding Volumes<br />ofInternationalPassengersArrivingfromMexico<br />betweenMarch 1 andApril ...
Vírus Influenza<br />Envoltório lipídico recoberto de projeções, asGLICOPROTEÍNAS, que  são duas: <br />- Hemoaglutinina (...
MECANISMOS PARA ORIGEM DE UMA PANDEMIA DE INFLUENZA<br />Re asociaciones genéticas<br />Belshe , R. B. The origins of pand...
SwineFlu/Influenza A<br /><ul><li>USA</li></ul>As of May 11, 2009, 11:00 AM ET USA*                         	Laboratory co...
Gripe Suína<br /><ul><li>Epidemia:</li></ul>quando uma doença se desenvolve <br />	num local de forma rápida<br />	fazendo...
GRIPE ESPANHOLA<br />
GRIPE ESPANHOLA<br />
Massachusetts, enfermeiras cuidam de vítimas da epidemia de gripe espanhola de 1918 dentro de barracas de lona<br />
Victims Removed From Quarrentine House In St. Louis 1918<br />
Gripe X Resfriado<br />GRIPE<br />RESFRIADO<br />Patógeno:   vírus influenza<br />Transmissão	aérea + secreções<br />Sistê...
Gripe Suína/H1N1<br /><ul><li>Influenza tipo A – H1N1 (isolado 1930 – porco)
Embora chamada de gripe suína, </li></ul>		nova cepa não infectou os porcos<br />Cepa geneticamente diferente<br />		do ví...
Gripe Suína/H1N1<br /><ul><li>Sintomas: 	Febre * Tosse * Mialgia *
Dor de garganta,   cefaléia,   calafrios,  fadiga;
Eventual: diarréia e vômito;
Quadro grave: pneumonia / Ins. Respiratória;
Exacerbação e descompensação de doenças subjacentes;
Período de Incubação:  1 – 7 dias;</li></li></ul><li>Gripe Suína<br />Prevenção:<br />oseltamivir : <br />comprimido(1cp) ...
Abril de 2009<br />
Espanha Confirma primeiro caso na Europa 27/04/2009<br />
CAUSADA POR UM VÍRUS NOVO<br /><ul><li> Ninguém no mundo  tem imunidade </li></ul>- Não se sabe qual vai ser o comportamen...
TRANSMISSÃO DO VÍRUS<br />90%<br />GOTÍCULAS<br /> RESPIRATÓRIAS<br />10%<br />CONTATO <br />COM SUPERFÍCIES<br /> CONTAMI...
1,8m<br />
CONTENÇÃO DE UMA PANDEMIA: EVIDÊNCIAS DE MODELOS<br />#1<br />#2<br />casos<br />x dia<br />Dias desde o primeiro caso<br ...
Vacina contra gripe<br />Componentes:  <br />		Recomendação OMS – 2009 – Hemisfério Sul<br />				A / Brisbane / 59/ 2007 (...
É OBRIGATÓRIOO BLOQUEIO DOS GERMES<br />
BARREIRAS  PARA A TOSSE E ESPIRRO<br />PAPEL<br /> HIGIÊNICO<br />LENÇOS<br /> DE PAPEL<br />PAPEL<br /> TOALHA<br />GUARD...
DEPOIS QUE USAR<br />DESCARTAR <br />NO LIXO COMUM<br />
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Gripe Suína Paraná- Brasil

1.030 visualizações

Publicada em

0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.030
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
4
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
4
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Gripe Suína Paraná- Brasil

  1. 1. GRIPE SUÍNA/H1N1<br />Prof.. Marcos Nascimento<br />PNEUMOLOGIA HUC PUCPR<br />www.pulmaosa.com.br<br />
  2. 2. Gripe Suína ?????<br />O que está acontecendo ?<br />
  3. 3. Destination Cities andCorresponding Volumes<br />ofInternationalPassengersArrivingfromMexico<br />betweenMarch 1 andApril 30, 2008 <br />WWW.PULMAOSA.COM.BR<br />
  4. 4. Vírus Influenza<br />Envoltório lipídico recoberto de projeções, asGLICOPROTEÍNAS, que são duas: <br />- Hemoaglutinina (H) 16 antígenos<br />- Neuraminidase (N) 9 antígenos reconhecidos<br />
  5. 5. MECANISMOS PARA ORIGEM DE UMA PANDEMIA DE INFLUENZA<br />Re asociaciones genéticas<br />Belshe , R. B. The origins of pandemic influenza-Lessons from the 1918 virus . N. Engl. J. Med . 2005 , 353 , 2209 – 2211<br />Mutaciones adaptativas<br />N. Engl. J. Med . 2005 , 353 , 2209 – 2211<br />
  6. 6. SwineFlu/Influenza A<br /><ul><li>USA</li></ul>As of May 11, 2009, 11:00 AM ET USA* Laboratory confirmed cases: 2600  Deaths: 3<br /> * As of May 25, 2009, 11:00 AM ET6,764 cases / Death: 10<br />As June 24,2009, 11:00 AM ET 21,449 cases/ Death:87 !<br />Posted July 31, 2009, 11:00 AM ET: Hospitalized cases: 5,514<br />Deaths: 353<br />Governo Americano pede:<br />EVITAR locais com grande aglomerado de pessoas<br />p.ex: cinemas, teatros, Escolas,<br /> Igrejas, Centros comerciais,<br /> jogos esportivos ?<br />www.pulmaosa.com.br<br />http://www.cdc.gov/h1n1flu/<br />
  7. 7. Gripe Suína<br /><ul><li>Epidemia:</li></ul>quando uma doença se desenvolve <br /> num local de forma rápida<br /> fazendo várias vítimas<br /> num curto intervalo de tempo<br /><ul><li>Pandemia:</li></ul>quando uma doença<br /> atinge uma grande parte da população <br /> de uma determinada região <br /> (cidade, estado, país) ou do planeta<br /> pode levar a milhares ou até milhões de vítimas<br />
  8. 8. GRIPE ESPANHOLA<br />
  9. 9. GRIPE ESPANHOLA<br />
  10. 10.
  11. 11.
  12. 12.
  13. 13. Massachusetts, enfermeiras cuidam de vítimas da epidemia de gripe espanhola de 1918 dentro de barracas de lona<br />
  14. 14. Victims Removed From Quarrentine House In St. Louis 1918<br />
  15. 15.
  16. 16. Gripe X Resfriado<br />GRIPE<br />RESFRIADO<br />Patógeno: vírus influenza<br />Transmissão aérea + secreções<br />Sistêmico frequente<br />Início súbito<br />Febre alta<br />Tratamento sim<br />Vacina sim !<br />Patógeno: rino, corona, adenovírus<br />Transmissão mãos !<br />Sistêmico: ocasional<br />Início gradual<br />Febre ausente ou baixa<br />Tratamento sintomático<br />Vacina: não !<br />www.pulmaosa.com.br <br />16<br />
  17. 17. Gripe Suína/H1N1<br /><ul><li>Influenza tipo A – H1N1 (isolado 1930 – porco)
  18. 18. Embora chamada de gripe suína, </li></ul> nova cepa não infectou os porcos<br />Cepa geneticamente diferente<br /> do vírus da influenza sazonal H1N1 (humano)<br /> tem circulado pelo mundo nos últimos anos <br />O novo vírus contém DNA típico de<br /> vírus humanos, aviários e suínos(europeus e asiáticos)<br />
  19. 19. Gripe Suína/H1N1<br /><ul><li>Sintomas: Febre * Tosse * Mialgia *
  20. 20. Dor de garganta, cefaléia, calafrios, fadiga;
  21. 21. Eventual: diarréia e vômito;
  22. 22. Quadro grave: pneumonia / Ins. Respiratória;
  23. 23. Exacerbação e descompensação de doenças subjacentes;
  24. 24. Período de Incubação: 1 – 7 dias;</li></li></ul><li>Gripe Suína<br />Prevenção:<br />oseltamivir : <br />comprimido(1cp) <br />75mg qd 10dias<br />Zanamivir: <br />inalado(2puffs) <br />10mg qd 10-28dias<br /><ul><li>Prevenção:</li></ul>- cobrir nariz e boca <br /> (quando tossir ou espirrar) –ETIQUETA DA TOSSE !<br />- lavar as mãos<br />- evitar tocar olhos, nariz e boca<br />- evitar contato com pessoa doente<br />
  25. 25. Abril de 2009<br />
  26. 26. Espanha Confirma primeiro caso na Europa 27/04/2009<br />
  27. 27. CAUSADA POR UM VÍRUS NOVO<br /><ul><li> Ninguém no mundo tem imunidade </li></ul>- Não se sabe qual vai ser o comportamento dele<br />- Ele pode sofrer mutações que são imprevisíveis<br />
  28. 28.
  29. 29. TRANSMISSÃO DO VÍRUS<br />90%<br />GOTÍCULAS<br /> RESPIRATÓRIAS<br />10%<br />CONTATO <br />COM SUPERFÍCIES<br /> CONTAMINADAS<br />
  30. 30.
  31. 31. 1,8m<br />
  32. 32. CONTENÇÃO DE UMA PANDEMIA: EVIDÊNCIAS DE MODELOS<br />#1<br />#2<br />casos<br />x dia<br />Dias desde o primeiro caso<br />OAS Seminar on Avian Influenza - November 2007<br />1. Atrasar a transmissão e o pico epidêmico<br />2. Descomprimir a pressão da demanda dos serviços de saúde<br />3. Diminuir o número de casos e demais impactos nos sistemas de saúde<br />Pandemia de influenza:<br />Sem intervenção<br />Pandemia de influenza:<br />intervenção<br />#3<br />
  33. 33. Vacina contra gripe<br />Componentes: <br /> Recomendação OMS – 2009 – Hemisfério Sul<br /> A / Brisbane / 59/ 2007 (H1N1)<br /> A / Brisbane / 10/ 2007 (H3N2)<br /> B / Florida / 4/ 2006<br />Eficácia: 70-80%<br />Duração: 01 ano<br />Pico: 3 meses www.pulmaosa.com.br<br />
  34. 34. É OBRIGATÓRIOO BLOQUEIO DOS GERMES<br />
  35. 35. BARREIRAS PARA A TOSSE E ESPIRRO<br />PAPEL<br /> HIGIÊNICO<br />LENÇOS<br /> DE PAPEL<br />PAPEL<br /> TOALHA<br />GUARDANAPO<br />DE PAPEL<br />
  36. 36. DEPOIS QUE USAR<br />DESCARTAR <br />NO LIXO COMUM<br />
  37. 37. Mas...<br />
  38. 38. ÀS VEZES, SE NÃO TEM JEITO...<br />CDC - 2007<br />
  39. 39. Seenvolva, <br />você pode ser o diferencial entre a vida e a morte de um ser humano!<br />WWW.PULMAOSA.COM.BR<br />
  40. 40. O mundo e o Paraná agradecem!<br />
  41. 41. FONTES<br />PULMAO S.A- www.pulmaosa.com.br<br />CDC USA<br />Ministério da Saúde Brasil<br />Dr. Marcos Nascimento,Md.<br /> Prof. Medicina PUCPR <br />

×