Musica ufpb

1.211 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.211
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
14
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
7
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Musica ufpb

  1. 1. Universidade Federal da Paraíba Centro de Comunicação, Turismo e Artes Programa de Pós-Graduação em Música Coordenação: Luis Ricardo Silva QueirozSeminário de Acompanhamento dos Programas de Pós-Graduação da Área de Artes/Música Brasília, 14 - 16 de fevereiro 2012
  2. 2. 1. PROPOSTA DO PROGRAMA- Programa de Pós-Graduação em Música da UFPB- Cursos: Mestrado acadêmico- Conceito: 4- Ano de criação: 2004
  3. 3. 1. PROPOSTA DO PROGRAMA1.1 - Áreas de concentração e linhas de pesquisa:- Cinco áreas de concentração- Dez linhas de pesquisa
  4. 4. 1. PROPOSTA DO PROGRAMA1.1 - Áreas de concentração e linhas de pesquisa:- Área de Composição- Processos e Teorias Composicionais: Criação de estruturas formais a partir dodesenvolvimento de organizações específicas de alturas, ritmos, timbres, texturas,dinâmicas, registros, densidades, andamentos, proporções, temporalidades; acorrespondência e compatibilidade entre estas organizações e nossos meios de percepçãoe decodificação; a hierarquização dos parâmetros musicais e a criação de estruturastemporais específicas; aspectos interdisciplinares do processo composicional; fusões delinguagens e estilos da música do Século XX; intertextualidade e seus aspectos técnicos eestilísticos; exploração de novas relações entre música de concerto e elementos culturaisregionais; estudo e desenvolvimento de sistemas de notação.- Concepções e Aplicações Composicionais: A escrita vocal, instrumental e eletrônica, esuas diversas utilizações. Composição assistida por computador.
  5. 5. 1. PROPOSTA DO PROGRAMA1.1 - Áreas de concentração e linhas de pesquisa:- Área de Educação Musical- Educação Musical e Cultura: Contempla estudos relacionados àcompreensão de situações, processos e estratégias diversas de ensino eaprendizagem da música utilizados para a transmissão de conhecimentosmusicais em distintos contextos culturais.- Processos, Memórias e Práticas Educativo-Musicais: Abrangeestudos acerca de distintas realidades educativo-musicais nacontemporaneidade, considerando a estruturação, concepções e processosde ensino aprendizagem da música, no que se refere às suas dimensõespedagógicas, psicológicas, históricas e sociais.
  6. 6. 1. PROPOSTA DO PROGRAMA1.1 - Áreas de concentração e linhas de pesquisa:- Área de Etnomusicologia- Música, Cultura e Performance: Compreensão das diferentesexpressões musicais do Brasil, considerando tanto sua relação com ocontexto cultural em que se inserem, quanto os aspectos fundamentaisque caracterizam suas performances.
  7. 7. 1. PROPOSTA DO PROGRAMA1.1 - Áreas de concentração e linhas de pesquisa:- Área de Musicologia- Musicologia Sistemática: estudo dos sistemas musicais, em particularsistemas de estruturação formal, podendo abranger desde o período tonalclássico (Séc. XVIII) até os nossos dias, com enfoque concentrado noSéc.XX. Análise crítica ou desenvolvimento de teorias, metodologias,sistemas, com auxílio eventual de ferramentas computacionais. Análisede repertório no intuito de experimentar ou validar determinadas teoriasou métodos. Estética e História da música dos Séc. XX-XXI.
  8. 8. 1. PROPOSTA DO PROGRAMA1.1 - Áreas de concentração e linhas de pesquisa:- Área de Musicologia- Sonologia: análises e estudos relacionados à fenomenologia do som nasua interação com a música e o fazer musical. Pode incluir: análise damúsica a partir do conceito de som (concreto ou abstrato); acústica,psicoacústica, na sua interação com a música; timbre ou sominstrumental/vocal; música acusmática, eletrônica, arte sonora, paisagemsonora (análise, estética, técnicas); áudio (sua função em produtosmultimeios digitais); processamento digital do sinal sonoro,desenvolvimento ou análise de ferramentas computacionais paraprocessamento do som para fins composicionais, de análise, deperformance ou de educação.
  9. 9. 1. PROPOSTA DO PROGRAMA1.1 - Áreas de concentração e linhas de pesquisa:- Área de Musicologia - Estética, Estilística e Práxis Compositiva: Exame dos fenômenos,processos e procedimentos musicais, tendo como fundamento analítico areflexão estética e histórica que estrutura a investigação e os passosmetodológicos, na exata medida em que a arte é reconhecida comoatividade geneticamente fundada na vida humana, logo, como esferaimanentemente conexa a seu solo humano-social determinativo.
  10. 10. 1. PROPOSTA DO PROGRAMA1.1 - Áreas de concentração e linhas de pesquisa:- Área de Práticas Interpretativas (Piano, Violino, Violoncelo, Contrabaixo, Trompete, Trombone [até 2010] e Canto)- Performance e Pedagogia Instrumental/Vocal: Reflexões sobre a técnica instrumental ou vocal e elaboração/utilização de materiais didático–pedagógicos.- Performance e Análise: Estudos dos aspectos estruturais, históricos, estéticos, culturais e sociológicos do repertório musical e suas implicações técnico–interpretativas.
  11. 11. 1. PROPOSTA DO PROGRAMA1.1 - Projetos em andamento: 20 projetos1. A música tradicional da Paraíba e de Pernambuco e os registros da Missão de Pesquisas Folclóricas: continuidade e mudança3. Aspectos históricos e analíticos de obras para piano, solo e música de câmera, dos séculos XIX; XX e XXI5. COMPOMUS – Estudo e desenvolvimento de técnicas e procedimentos composicionais da música contemporânea7. Conjuntos Cellos de Câmera: levantamento e análise de repertórios e técnicas interpretativas9. Curso Preparatório de Piano: possibilidades pedagógicas para a formação individual e coletiva de pianistas
  12. 12. 1. PROPOSTA DO PROGRAMA1.1 - Projetos em andamento:1. Educação Musical em João Pessoa: a realidade do ensino e aprendizagem da música nos espaços formais do município3. Estudo das Possíveis Relações entre Música e Movimentos Corporais5. Estética da Sonoridade - Grupo de Pesquisa Mus37. Estética, estilística e práxis musical na Renascença9. Ferramentas computacionais e suas implicações na análise da música do Século XX11. Gerardo Parente e seus Contemporâneos: uma leitura da memória musical da Paraíba entre as décadas de 1960 e 1990
  13. 13. 1. PROPOSTA DO PROGRAMA1.1 - Projetos em andamento:1. Música na Educação Básica: possibilidades e perspectivas da educação integral na Paraíba3. Música popular e música folclórica em Pernambuco, Paraíba e Rio Grande do Norte: controvérsias atuais sobre categorias, práticas e transformações musicais5. Música Textural: Sistematização de Procedimentos Composicionais7. Organologia das tradições musicais brasileiras9. Performance de práticas musicais urbanas11. Produção de conhecimento em ciências sociais e humanas e interlocução com a educação musical
  14. 14. 1. PROPOSTA DO PROGRAMA1.1 - Projetos em andamento:1. Práticas de ensino e aprendizagem musical em diferentes contextos educativos no município de João Pessoa3. Referências Analítico-Interpretativas da Literatura para Instrumentos de Cordas5. Registro sonoro, documentação e disponibilização de acervo musical de música tradicional da Paraíba
  15. 15. 1. PROPOSTA DO PROGRAMA1.1 Proposta curricularA estrutura curricular do PPGM está estruturada em disciplinasobrigatórias de tronco comum (para todas as áreas de concentração);disciplinas obrigatórias, específicas para cada área de concentração;disciplinas optativas; e atividades obrigatórias para todas as áreas deconcentração. O número mínimo de créditos para integralização doprograma é de 25, assim distribuídos:I - Disciplinas obrigatórias comuns: 8 créditos;II - Estágio Docência orientado: 2 créditos;III - Disciplinas obrigatórias da área de concentração: 9 créditos;IV - Disciplinas optativas: 6 créditos. Relação das disciplinas
  16. 16. 1. PROPOSTA DO PROGRAMA1.2. Planejamento do Programa com vistas a seudesenvolvimento futuro-Abertura do curso de Doutorado – proposta de abertura para 2013;- Redefinição da proposta curricular, diminuindo o número de disciplinasobrigatórias;-Redefinição das linhas de pesquisa, de acordo com o perfil do corpodocente, a proposta do programa e as demandas sociais;-Definição de ações e diretrizes para o estímulo à publicação de artigos elivros, tanto para docentes quanto para discentes;-Avaliações periódicas do corpo docente, descredenciando professoresque não tenham perfil adequado e/ou comprometimento com as atividadesdo Programa.
  17. 17. 1. PROPOSTA DO PROGRAMA1.3. Infra-estrutura para ensino, pesquisa e extensão- As atividades de ensino são realizadas nas mesmas salas dos cursos degraduação, utilizando espaços que atendam às especificidades das disciplinasoferecidas. Toda a infra-estrutura da área de música está sendo redefinida a partirda construção de um novo prédio que deve ser finalizado até setembro deste ano;- O PPGM conta com cinco laboratórios de pesquisa (música e tecnologia;práticas interpretativas; educação musical; etnomusicologia; composição; pianocoletivo), que estão sendo ampliados com a construção;- Sala da coordenação, que também está sendo reconstruída no novo prédio;- Dois auditórios, utilizados também pelos cursos de graduação, para a realizaçãodas defesas, concertos e outras atividades artísticas.
  18. 18. 2. CORPO DOCENTE2.1 - 23 professores – todos permanentes Nome do docente P, C ou V Titulação Ano Disciplina(s) Disciplina (s) Nível Bolsa CNPq/Bolsa FAP PG GAdriana Fernandes P Doutora em Etnomusicologia 2005 x x pela University of IllinoisAlice Lumi Satomi P Doutora em Etnomusicologia 2004 x x pela Universidade Federal da BahiaAyrton Müzzel P Doutor em Música 2008 x xBenck Filho (Trompete) pela Universidade Federal da BahiaCarlos Sandroni P Doutor em 1997 x x Produtividade em pesquisa - 2 Musicologia/Etnomusicologia pela Universidade de ToursDidier Guigue P Doutor em Música e 1996 x x Produtividade em pesquisa – 1B Musicologia do Século XX pela École des hautes Études en Sciences SocialesEli-Eri Moura P Doutor em Composição pela 2005 x x McGill University
  19. 19. 2. CORPO DOCENTE2.1 - 23 professores – todos permanentes Nome do docente P, C ou V Titulação Ano Disciplina(s) Disciplina (s) Nível Bolsa CNPq/Bolsa FAP PG GEurides Souza P Doutora em Etnomusicologia 2001 x xSantos pela Universidade Federal da BahiaFelipe Avellar de P Doutor em Música (DMA) 2000 x xAquino em Performance e Literatura do Violoncelo pela Eastman School of Music/University of RochesGláucio Xavier da P Doutor em Música 2005 x xFonseca (Trompete) pela Universidade Federal da Bahia - UFBAHeloísa Muller P Doutora em Artes pela 2006 x x Universidade de São PauloHermes Cuzzuol P Doutor em Música (DMA) 2000 x xAlvarenga em Violino/Performance e Pedagogia pela The University of IowaIbaney Chasin P Doutor em História Social 2003 x x pela Universidade de São Paulo
  20. 20. 2. CORPO DOCENTE2.1 - 23 professores – todos permanentes Nome do docente P, C ou V Titulação Ano Disciplina(s) Disciplina (s) Nível Bolsa CNPq/Bolsa FAP PG GLuciano Carneiro P Doutor em Música (DMA) 1998 x xde Lima e Silva em Contrabaixo/Performance e Pedagogia pela The University of Iowa/EUALuis Ricardo Silva P Doutor em Etnomusicologia 2005 x xQueiroz pela Universidade Federal da BahiMaria Guiomar de P Doutora em Educação 2006 x xCarvalho Ribas Musical pela Universidade Federal do Rio Grande do SulMaura Penna P Doutora em Linguística pela 1997 x x Universidade Federal de PernambucoMaurílio José P Doutor em Educação Musical 2002 x xAlbino Rafael pela Universidade Federal da Bahia
  21. 21. 3. CORPO DISCENTE, TESES E DISSERTAÇÕES3.2 - Número de dissertaç õ defendidas es Alunos Defesas previstas Dissertações Desligamentos Alunos matriculados defendidas matriculados no final do ano 2007 6 5 (83%) 1 (17%) 25 31 (alunos) 2008 13 13 (100 %) 0 21 34 (alunos) 2009 9 7 (77,8%) 1 (11,1%) 36 47 (alunos) 2010 11 10 (90,9%) 1 (9,1%) 46 57 (alunos)
  22. 22. 3. CORPO DISCENTE, TESES E DISSERTAÇÕES3.2 - Distribuiç ão das orientaç õ das dissertaç õ defendidas em es esrelaç ão aos docentes do programaNúmero de dissertações Orientadores de trabalhos Trabalhos distribuídos por orientadores defendidas concluídos 10 7 1) Luis Ricardo silva Queiroz : 3 dissertações 2) Eurídes de Souza Santos: 2 dissertação 3) Alice Lumi Satomi: 1 dissertação 4) Felipe Avellar de Aquino: 1 dissertação 5) Hermes Alvarenga Cuzzol: 1 dissertação 6) Didier Guigue: 1 dissertação 7) José Orlando Alves: 1 dissertação
  23. 23. 3. CORPO DISCENTE, TESES E DISSERTAÇÕES3.2 - Trabalhos publicados e produç ão artística associados àsdissertaç õ defendidas es Publicações em Publicações em anais de Produção artística periódicos Evento 2 publicações 18 publicações 12 (10 concertos e 2 CDs gravados)
  24. 24. 3. CORPO DISCENTE, TESES E DISSERTAÇÕES3.2 - Tempo de formaç ão de mestres e percentual de bolsistastitulados Tempo médio de titulação Bolsistas titulados 29 meses 5 (100%)
  25. 25. 4. PRODUÇÃO INTELECTUAL4.1 - Publicaç õ qualificadas do Programa, de acordo com a última esclassificaç ão QUALIS perió dicos – 2007 a 2010 Periódicos Anais de Evento Livros Capítulos de Total de publicações livros 2007 3 EV1 e 5 EV2 1 L3 3 L2 - 6 artigos em periódicos 2 B1,1 B3 e 3 B5 - 8 textos em anais de Evento - 1 livro - 3 capítulos de livro 2008 1 EV1 e 19 EV2 __ __ - 3 artigos em periódicos 1 B1 e 2 B5 - 20 textos em anais de Evento 2009 2 EV1, 15 EV 2 e 3 L3 1 L2 - 6 artigos em periódicos1 A2, 3 B1 e 2 C 8 EV3 - 25 textos em anais de Evento - 3 livros - 1 capítulos de livro 2010 2 EV1 e 26 EV2 1 L2 3 L2 - 4 artigos em periódicos1 A2, 2 B1 e 1 B3 - 28 textos em anais de Evento - 1 livro - 3 capítulos de livro
  26. 26. 4. PRODUÇÃO INTELECTUAL4.2 - Distribuiç ão de publicaç õ qualificadas em relaç ão ao corpo esdocente permanente do Programa, e em relaç ão ao corpo discente(no triênio passado e em 2010. Total de publicações Corpo docente permanente do Corpo discente Programa- 6 artigos em periódicos 7 docentes 2 discentes- 8 textos em anais de Evento- 1 livro- 3 capítulos de livro- 3 artigos em periódicos 12 docentes 4 discentes- 20 textos em anais de Evento- 6 artigos em periódicos 14 docentes 8 discentes- 25 textos em anais de Evento- 3 livros- 1 capítulos de livro- 4 artigos em periódicos 15 docentes 15 discentes- 18 textos em anais de Evento- 1 livro- 3 capítulos de livro
  27. 27. 4. PRODUÇÃO INTELECTUAL4.4 - Produç ã artística de ponta dos docentes em 2010 o Concertos Gravação de CDs Composições apresentadas 36 concertos de projeção nacional 6 CDs gravados de intérpretes e 18 obras inéditas compostas compositores para diferentes formações instrumentais/vocais
  28. 28. 5. INSERÇÃO SOCIAL5.1 – Inserção e impacto regional e nacional do Programa- Formação de docentes permanentes de diversas universidades brasileiras, sobretudo do Nordeste, mas também em estados de outras regiões:- UFRN; UFPE; UNIMONTES; UFC; UFAM, entre outras.- Titulação de professores atuantes em escolas especializadas de música- Titulação de professores atuantes em escolas de educação básica- Titulação de profissionais atuantes em orquestras, corais, ONGs e outros contextos de atuação técnico-musical do país- Realização de pesquisas e publicações acerca de produções musicais, acervos e práticas tradicionais de músicas do Nordeste e do Brasil em geral
  29. 29. 5. INSERÇÃO SOCIAL5.2 – Integração e cooperação com outros programas e centros de pesquisae desenvolvimento profissional relacionados à área de conhecimento doprograma- Parceria e convênio com a Orquestra Sinfônica da Paraíba- Parceria e convênio com as escolas de música do Estado- Parceria e convênio com as Secretarias de Educação e Cultura do município de João Pessoa e do Estado- Projetos de pesquisa inter-institucionais com Universidades do Nordeste: UEPB; UFRN; UERN; UFPE; UFAL; UFBA- Convênios e intercâmbios com universidades do exterior, contando com a participação de docentes dessas universidades em atividades dos programa: University of Rochester; The University of Iowa; Shanandoah University; McGill University, entre outras.
  30. 30. 5. INSERÇÃO SOCIAL5.3 - Visibilidade e transparência dada pelo programa à sua atuação- Divulgação na página do programa dos editais de seleção, das informações gerais acerca do curso oferecido, dos projetos realizados e das dissertações defendidas: www.cchla.ufpb.br/ppgm- Disponibilização das dissertações no diretório da Biblioteca central da UFPB, com acesso via página do Programa;- Circulação de um periódico nacional com versão impressa e online.
  31. 31. AVALIAÇÃO GERAL6.5 – Avaliação do próprio programa do triênio 2007-2009 e doano de 2010Pontos Positivos:•Aumento do número de alunos e da distribuição dos discentes entreas áreas de concentração•Ampliação das áreas de concentração e das linhas de pesquisa•Aumento do número de professores permanentes;•Melhoria da estrutura física para a pesquisa, ensino e extensão•Aumento e qualificação da produção científica•Consolidação e fortalecimento da produção artísticaInserção social do programa, sobretudo no que se refere à formação•profissional
  32. 32. AVALIAÇÃO GERAL6.5 – Avaliação do próprio programa do triênio 2007-2009 e doano de 2010Pontos Negativos:•Falta de produção científica (publicações) qualificada de algunsdocentes•Falta de equilíbrio entre a produção docenteFalta de participação do corpo docente em orientações de iniciação•científicaFalta de estímulo o orientação para a ampliação da produção•discente•Falta de interação entre produção artística e produção científica
  33. 33. Universidade Federal da Paraíba Centro de Comunicação, Turismo e Artes Programa de Pós-Graduação em Música Contatos: Coordenação: ppgm@cchla.ufpb.br / luisrsq@uol.com.br Secretaria: posmusical@cchla.ufpb.br Página internet: www.cchla.ufpb.br/ppgmSeminário de Acompanhamento dos Programas de Pós-Graduação da Área de Artes/Música Brasília, 14 - 16 de fevereiro 2012

×