ApresentaçãO1

419 visualizações

Publicada em

Publicada em: Turismo
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
419
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
3
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

ApresentaçãO1

  1. 1. Convenção Quadro da ONU sobre Mudança Climática (1992) O que é? É o primeiro tratado internacional sobre mudanças climáticas aberto para assinatura em 1992. É um tratado genérico, com apenas algumas exigências específicas. O compromisso Reduzir a emissão de gases de efeito estufa. Esse é o compromisso assumido por toda a Comunidade Europeia e por mais 154 países, incluindo o Brasil. Em vigor A Convenção está em vigor desde 21 de Março de 1994.
  2. 2. Registro Entidade Operacional Designada (EOD) Validação Concepção do projeto (PIN/ PDD) Participantes do Projeto (PP) Participantes do Projeto (PP) Monitoramento Conselho Executivo Aprovação Verificação e Certificação Emissão de CRE Autoridade Nacional Designada (AND) Entidade Operacional Designada (EOD) Conselho Executivo Participantes do Projeto (PP) Conselho Executivo
  3. 4. BREVE HISTÓRICO Antes do SÉCULO XX 1750 – Terremotos e Fortes Tempestades em Lisboa e Londres 1823 – Advertência de José Bonifácio sobre grandes secas 1878 – Foi estabelecida a Organização Meterológica Internacional
  4. 5. SÉCULO XX 1947 - foi criada, pela convenção de Washington em 11 de outubro, a Organização Metereológica Mundial (OMM), como organismo sucessor da Organização Metereológica Internacional. 1972 - Foi realizada a Conferência de Estocolmo. 1972 - Foi criado um organismo especializado, a Secretaria do Meio Ambiente, mais conhecido por UNEP (United Nations Environment Programme) - O PNUMA (Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente) e um Fundo das Nações Unidas para o Meio Ambiente .
  5. 6. Para tratar do efeito estufa e suas consequências sobre a humanidade foram estabelecidos: TRATADOS INTERNACIONAIS CONVENÇÃO DO CLIMA (UNFCCC) assumida pela CE e por mais 154 países, incluindo o Brasil no Brasil a coordenação é do MCT, e foi assinada em 1992 e ratificada em 1994 http://www.mct.gov.br/clima/convencao/texto.htm Português http://www.ilsd.ca/climate/index.html Inglês
  6. 7. Conferência das Partes (COP - O órgão máximo da UNFCCC ) que reune-se anualmente . <ul><li>COP-1, 1995, Berlim na Alemanha; </li></ul><ul><li>COP-2, 1996, Genebra na Suíça; </li></ul><ul><li>COP-3, 1997, Quioto no Japão; </li></ul><ul><li>COP-4, 1998, Buenos Aires na Argentina; </li></ul><ul><li>COP-5, 1999, Bona na Alemanha; </li></ul><ul><li>COP-6, 2000, Haia na Holanda que terminou como sendo a COP-6.5 em julho de 2001 em Bonn na Alemanha. </li></ul><ul><li>COP-7, 2001, Marrakesh no Marrocos </li></ul><ul><li>COP-8, 2002, Nova Deli na Índia </li></ul><ul><li>COP-9, 2003, Milão na Itália </li></ul><ul><li>COP-10, 2004, Buenos Aires na Argentina </li></ul><ul><li>COP-11, 2005, Montreal no Canadá </li></ul>
  7. 8. <ul><li>Convenção Quadro da ONU sobre Mudança Climática (CQNUMC) ou </li></ul><ul><li>United Nations Framework Convention on Climate Change (UNFCCC) </li></ul><ul><li>(1992) </li></ul><ul><li>Princípio: Responsabilidades comuns porém diferenciadas </li></ul><ul><ul><li>a mudança do clima da Terra e seus efeitos negativos são uma preocupação comum da humanidade </li></ul></ul><ul><ul><li>a maior parcela das emissões globais, históricas e atuais, de gases de efeito estufa é originária dos países desenvolvidos </li></ul></ul><ul><ul><li>as emissões per capita dos países em desenvolvimento ainda são relativamente baixas e a parcela de emissões globais originárias dos países em desenvolvimento crescerá para que eles possam satisfazer suas necessidades sociais e de desenvolvimento </li></ul></ul>
  8. 9. Objectivo final da Convenção: Estabilizar as concentrações de gases de efeito estufa na atmosfera num nível que impeça uma interferência antrópica perigosa no sistema climático Prazo suficiente à adaptação dos ecossistemas Garantia da produção de alimentos Permita ao desenvolvimento econômico prosseguir de forma sustentável
  9. 11. Aquecimento Global Atmosfera Terra 1850 2001 280 ppm CO 2 370 ppm CO 2 Luz solar
  10. 12. <ul><li>Decreto de 7 de Julho de 1999. </li></ul><ul><li>Os Ministros de Estado da Ciência e Tecnologia e do Meio Ambiente são, respectivamente, o Presidente e o Vice-Presidente da Comissão . </li></ul>Comissão Interministerial de Mudanças Climáticas
  11. 14. A Eco progresso vai iniciar em Portugal um debate alargado que teve início a 23 de Junho de 2008 e termina em Novembro de 2009. O debate conta com a conferência e um Ciclo de Workshops sobre a adaptação às alterações climáticas sobe o lema “ Num Clima em Mudança” Módulo: Gestão Ambiental Formadora: Ana Queiroz Trabalho realizado por: Ana Isabel e Fernanda Rocha 27/10/2009

×