Unidade 7 – Evolução Biológica
Evoluçãobiológica–Evoluçãoé o processoatravésdoqual ocorrem mudançasou
transformaçõesnosser...
Evidencias:
1 – Cloroplastose mitocôndrias
- Assemelham-se abactériasnaforma,tamanhoe estrutura.
- PossuemoDNA semelhantea...
Modeloendossimbióticoatual:
- Asmitocôndriase cloroplastosresultaramdaincorporaçãode célulasprocariontesporoutras
células....
A multicelularidadeterátidoorigemnaprogressivaespecializaçãoe diferenciaçãodascélulas
dos serescoloniaise porisso,implicou...
Limitações:
- Célulasinterioresobteremcontactodiretocomomeioexterior,fezcomque surgisse um
sistemade transporte.
-Dificuld...
Rumoao evolucionismo
Sistemática–Estudo dasespéciesatuais.
Paleontologia- Analise pormenorizadadosfosseis.
Presençade espé...
Mecanismos de evolução
Lamarck afirmouque as espéciessofremmodificaçõesaolongodotempo,oque possibilitaa
evolução.
As mudan...
Lei da herança dos caracteres adquiridos
-Ascaracterísticas adquiridasdurante avida,soba ação modificadoradomeioe
pelousoe...
- das migrações.
-(…).
Dados geológicos:
Observou:
- Numerososfosseis.
- DescobriunosAndesconchasmarinhas.
- Assistiuáerup...
Apenassobrevivemosmaisbem adaptados porque:
Temvantagens competitivas.
São conservadorpor“ seleçãonatural”.
Reproduzem-se ...
Anatomia comparada
É um sistemade classificaçãocombase nograu de semelhançadoscaracteresmorfológicos.
Baseadoemtrês argume...
- A homologiaentre osindivíduosde organismosdiferentessugere que elesse originaramde
um ancestral comum,que porevoluçãodiv...
Convergência evolutiva
Indivíduos com diferentes origens
Habitats Semelhantes
Pressões seletivas semelhantes
Favorece os i...
Formasfosseisintermediasousintéticas:
- Correspondemafosseisde indivíduosque apresentavamcaracterísticasque correspondem
n...
Argumentos da Seleção Natural
- Alteraçãoe formaçãode novasespéciesporseleçãonatural
Argumentos embriológicos
O acompanham...
Testes serológicos
O sistemaimunológicodoindividuoreconhececomoestranhosquaisquerproteínasdiferentes
das suasque entremno ...
Variabilidade genética e evolução
Mutações – fonte primariade variabilidade
Recombinaçãogenética–fonte maispróximade varia...
Uma populaçãoevolui,modificandoafrequênciarelativadosgenes.
- Cada conjuntogénicoconfere determinadaspotencialidadesadapta...
Efeitodofundador.
Efeitodogargalo.
Especiação:
Isolamentoreprodutorentre asespécies.
Formação de novasespécies.
A formação...
Os seleçãonatural privilegiouospiolhoscomalelosresponsáveispelaresistênciaaoinseticida
e estespodemassimsobrevivere reprod...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Unidade 7 evolução biológica 11ºano

385 visualizações

Publicada em

Resumos biologia- 3º teste.

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
385
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
5
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
4
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Unidade 7 evolução biológica 11ºano

  1. 1. Unidade 7 – Evolução Biológica Evoluçãobiológica–Evoluçãoé o processoatravésdoqual ocorrem mudançasou transformaçõesnosseresvivosaolongodotempo,nosentidode adaptação ás condiçõesdo meio. Procariontes Podemser:  Procariontesfotoautotróficos  ProcariontesQuimioautotróficos  Procariontesheterotróficosanaeróbicose aeróbios. Modelospara a explicaçãodaevolução:  Modeloautogenético –Osorganismosdacélulaeucarióticaterãosurgidocomo resultadode sucessivasinvaginaçõesdamembranaplasmáticadacélulaprocariótica, com posterioresespecializações.  Modeloendossimbiótico –A célulaeucarióticaterásurgidode umaassociação simbióticaentre diversascélulasprocarióticas. Princípiosdomodeloautogenético: - Os sereseucarióticossãooresultadode umaevoluçãogradual de seresprocariontes. - Numafase inicial,ascélulasdesenvolveram-se porinvaginaçõesdamembranacelularque originaramossistemasendomenbranares. - Formaramo núcleoe o reticuloendoplasmático. - Tambémse formarammitocôndriase oscloroplastos. Críticas: - Nãoesclarece a causa dofenómenoque descreve. - Pressupõe que oDNA donúcleoe o das mitocôndriase cloroplastosé omesmo. Princípiosdomodeloendossimbiótico: - Uma célulaprocarióticacapturououtra célulae estabeleceramrelaçõessimbióticascom beneficiomutuo. - Asrelaçõestornaram-se permanentes; - Ascélulashospedesconstituíram-se comoorganelos.
  2. 2. Evidencias: 1 – Cloroplastose mitocôndrias - Assemelham-se abactériasnaforma,tamanhoe estrutura. - PossuemoDNA semelhanteaodosprocariontes - Produzirammembranasinternas; - Dividiram-se independentemente dacélulaque oscontem. - Na membranainternadestesorganelosexistemenzimase sistemasde transporte que se assemelhamaosque estãopresentesnosatuaisprocariontes. - A síntese dasmitocôndriase doscloroplastosé inibidaporsubstânciasinibidorasde procariontes. Em contrapartida: - Verifica-se que algunsdosgenesnecessáriosparaofuncionamentodasmitocôndriase dos cloroplastosestãopresentesnonúcleodacélulaeucariótica. 2- A simbiose continuaaser umprocessomuitocomumno mundovivo. Com osancestraisdas mitocôndrias: - A possibilidade dacélulahospedeiraeraanaeróbica,se manterviva,vistoque aoincorporar procariontesaeróbios,tornou.se capazde sobrevivernumambiente emque aconcentração livre de oxigénioestavaconstantemente aaumentardevidoáexistênciadafotossíntese. Com osancestraisdoscloroplastos: - Uma maior facilidadeemobternutrientes,vistoque estaseramproduzidaspelo endossimbionte autotróficoincorporado. Comopodemosexplicareste facto: - A presençade cloroplastosnasplantase algase na ausênciaem fungose animaisapoiaa incorporaçãosequencial dascélulasprocariontesporparte dascélulashospedeiras. Críticas ao modeloendossimbióticoinicial: - Nãoexplicaaorigemdo núcleo.
  3. 3. Modeloendossimbióticoatual: - Asmitocôndriase cloroplastosresultaramdaincorporaçãode célulasprocariontesporoutras células. - O involucronucleare osistemaendomenbranarester-se-ãooriginadoapartirde invaginaçõesdamembrananuclear. Limitações: - Nãodiz comoo DNA donúcleocomandao funcionamentodos cloroplastose das mitocôndrias. - (…) Origem da multicelularidade Os eucariontes,inicialmente unicelulares,terãosurgidoseresmulticelulares. NumaTerra, povoadapor imensosseresunicelulares,osfenómenosde predaçãotornaram-se frequentes. Nestasituação,umaumentode tamanho,constitui umavantagem: - uma célulamaiorpode capturaroutras células; -Uma célulamaiormove-se maisrapidamente; Os seresunicelularesnãopodemaumentarde tamanho… Quandoaumentao volume,aumentatambémometabolismo,masacélulanãopode contar com um aumentoequivalente naeficáciade trocascom o meioexterno,umavezque a superfície nãoaumentanamesmaproporção. Quantomaior fora célula,menoré asuperfície damembranapor unidade de volume de citoplasmacapazde realizartrocascom o meioexterno. A divisãocelular,logo,estárelacionadacoma necessidadede equilíbrioentre arazãoárea e volume. Para um sercom menosde 1mm tem duasformasde sobreviver: 1- Temum metabolismomaisreduzido,oque diminui as necessidadede trocascom o meioexterno,comonocasoda acetabulária,umaalga unicelular. 2- Apresentarmulticelularidade. O aumentodonumerode células,nummesmovolume,levaaoaumentodarazão entre áreae o volume.
  4. 4. A multicelularidadeterátidoorigemnaprogressivaespecializaçãoe diferenciaçãodascélulas dos serescoloniaise porisso,implicouumagrande interdependênciaestrutural e funcional entre as célulasque constituemoindividuo. Volvox - Só te célulassomáticas A funçãode reprodução estáreservadaa célulasmaioresque sofreramespecializaçõesdas estruturassexuais. - Os organismoscoloniais,comoo Volvox nãosãoconsiderados verdadeiros seres multicelulares. - A diferenciaçãocelularé muitoreduzida,limtando.se áscélulasreprodutivas. - A especializaçãode determinadascélulasnãoé suficienteparaconsideraro Volvox umser pluricelular. A origem: Os ancestraisdosorganismosmulticelularesseriamsimplesagregadosde seresunicelulares, que foramestruturasdesignadascoloniasouagregadoscoloniais. Inicialmente todasascélulasdesempenharamamesmafunção.Aolongodotempoalgumas das células foram-se especializandoemdeterminadasfunções. A diferenciaçãocelulare consequenteespecialização,emque se verificaa interdependência estrutural e funcional dascélulas. Vantagensdamulticelularidade: - Aumentodotamanhodimensõessemcomprometeraeficáciade trocascom o meio externo,oque é favorável paraa competiçãopeloalimentoe território. - Diminuiçãodataxametabólica,resultadodaespecializaçãocelularque permitiuuma utilizaçãode energiade formamaiseficaz. - Maior diversidadede formas,melhoradaptaçãoa maisambientes… - Maior interdependênciaemrelaçãoaomeioambiente,devidoauma eficaz homeostasia, resultante de umainterdependênciade váriossistemasde órgãos. -(…)
  5. 5. Limitações: - Célulasinterioresobteremcontactodiretocomomeioexterior,fezcomque surgisse um sistemade transporte. -Dificuldadesde coordenação –surgiuo sistemanervoso. -O maiorproblemadainterdependênciacelular,de umacélula,umtecidoouumórgão falharem,todooorganismoseráafetadoe a suasobrevivênciapode sercomprometida. Fixismo e evolucionismo Fixismo- asespéciessãoimutáveis. Evolucionismo- Asespéciesevoluemaolongodotempo. A visãofixistaconsideraque asespéciessurgiramtal comoas conhecemos.Asespéciessão imutáveis. -Asespéciessãoindependentesumasdasoutrasquantoá sua origem. - Ashipótesesfixistasforamaceitesaté meadosdoseculoXVIII. Criacionismo –A vidacomoato de criação divina,asespéciessãoperfeitase estáveis. Espontaneísmo – A vidatem origememmatérianãoviva. - Os organismospodemsurgirporgeraçãoespontânea,apartirde matériainerte,poração de um princípioativoque atuasobre essamatéria. - Asformasde vidapoderiamserorganizadasnumaescalacrescente de complexidade. - Cada espécie tinhaoseulugaratribuídoao longodessaescalade vidae todosos degraus estavamocupados.
  6. 6. Rumoao evolucionismo Sistemática–Estudo dasespéciesatuais. Paleontologia- Analise pormenorizadadosfosseis. Presençade espécies distintasemdiferentesestratosgeológicos. Algumasformasfosseisnãocorrespondiamaformasatuais. Teoriado catastrofismo–Atribui a biodiversidade decidoáocorrênciade catástrofesque eliminaramosseresvivose ossubstituíramporoutrosdiferentes. O fixismo:3teorias: - Criacionismo- defendidoporLineu. - Espontaneísmo- defendidoporAristóteles -Catastrofismo- DefendidoporCuvier. Ideiastransformistas: -Perceçãodinâmicae transformistadomundo. -Admitemmudançaslentase progressivasdosseresvivosapartirde ancestrais comuns, que ao longodo tempogeológicovãodarorigema diferentescélulase organismos. Evolucionismo: -Osseresvivostemorigemnoutrasespéciesjáexistentes. -Asespéciesalteram-sede formalentae progressivaaolongodotempo. Fixismo Evolucionismo Todas as espécies surgem ao mesmo tempo. Os seres vivos sofrem modificações ao longo do tempo. Os seres vivos do passado são iguais aos do presente. Os seres vivos tem relações de parentesco entre si. As espécies mantém-se inalteradas. Todos os seres vivos têm ancestrais comuns. As espécies são independentes. As espéciesevoluemde espéciespré- existentes.
  7. 7. Mecanismos de evolução Lamarck afirmouque as espéciessofremmodificaçõesaolongodotempo,oque possibilitaa evolução. As mudançasocorridasno meioambienteprovocam, numaespécie,anecessidadede adaptação,e por isso,osseressofremalterações( modificaçõesque levamáalteração). Procura da perfeição. Lamarck foi o primeiro a perceber a importância de adaptação dos seres vivos ao ambiente e sua relação com a evolução. Adaptação– faculdade dos seresvivosde desenvolveremcaracterísticasestruturaise funcionaisparaassegurara sua sobrevivência. Lamarck elaborouduasleis: Lei do uso e do desuso “ A necessidade cria o órgão e a função codifica-o” O meiopode obrigarao usorepetitivode umórgãoou parte do corpo,provocandoo seu crescimentoe oseudesenvolvimento.A faltade usodeste provocaráa sua atrofiae até o seu desaparecimento. As éspeciesteriamevoluídoemconsequênciade alteraçõesestruturaisocorridasnosseus órgãos porcausa do uso,ou ao contrário,do desusodosmesmos.
  8. 8. Lei da herança dos caracteres adquiridos -Ascaracterísticas adquiridasdurante avida,soba ação modificadoradomeioe pelousoe nãouso dessesórgãos, seriamtransmitidasásgeraçõesseguintes, originandomudançasmorfológicasnoconjuntodapopulação. Resumoda teoriade Lamarck: 1- Homogeneidade dapopulaçãoinicial; 2- Modificaçõesambientais; 3- Necessidadede adaptação 4- Novoscomportamentos(usoounãode certosórgãos); 5- Modificaçõesno organismo; 6- Transmissãode caracteresadquiridosaosdescendentes; 7- Adaptaçãoda espécie aolongodasgerações 8- Levandoá evolução! Criticasá teoriade Lamarck: - Asmodificaçõesprovenientesdousoe do desusodosórgãossão adaptaçõessomáticase individuais,nãotransmissíveisádescendência. - A funçãonão determinaaestrutura. - A funçãonão fazo órgão. - Nemsempre ousomodificaoórgão. - Possui pontosnãotestáveiscientificamente; (…) Darwinismo Teoria da Seleção Natural Dados biogeográficos: Darwinapercebeu-se: - Da imensabiodiversidade -Dospadrões comunsde vida; -Das diferenças ambientais; -Das adaptaçõesdosseresvivos;
  9. 9. - das migrações. -(…). Dados geológicos: Observou: - Numerososfosseis. - DescobriunosAndesconchasmarinhas. - Assistiuáerupçãode um vulcão. Para isso,teve emconta: - A origemdosfosseis. -O tempogeológico -o uniformatarismode Lyell -(…) SeleçãoArtificial –seleçãode característicasatravésde cruzamentosplaneados.Osindivíduos obtidossãovisivelmente diferentesdosancestrais. SeleçãoNatural – O ambiente selecionaosindivíduoscomascaracterísticas maisfavoráveis. Se se pode obtertanta diversidade porseleçãoartificial,de ummodoanálogo,é possível ocorrer na Naturezaumaseleçãoconsumadapelosfatoresambientais- SeleçãoNatural. - A lutapelasobrevivência- sobrevivênciadomaisapto - O tempoe a reproduçãodiferencialdasformasmaisfavorecidasemrelaçãoásmenosaptas produzemmudançasnasespéciesrestantes,conduzindoáformaçãode novasespécies. Existemvariaçõesentre osindivíduosdamesmaespécie- Variabilidade intraespecífica. -Osorganismostemumagrande capacidade de reprodução,maso nº de indivíduos mantém- se constante.. - Istoocorre porque umagrande parte dosindivíduosé naturalmenteeliminadaemcada geração poishá umaluta pelasobrevivência.
  10. 10. Apenassobrevivemosmaisbem adaptados porque: Temvantagens competitivas. São conservadorpor“ seleçãonatural”. Reproduzem-se mais; Em contrapartida,os menosaptos: - São progressivamenteeliminados.A isto,Darwinchamoude “ seleçãoNatural”. A reproduçãodiferencial permite aacumulaçãode pequenasvariações,que determinamasua sobrevivênciaaolongodasgerações. Existe uma variabilidade intraespecífica Há uma luta pela sobrevivência Por Seleção Natural, os mais aptos sobrevivem e reproduzem-se. Os menos aptos são eliminados. A reprodução diferencial permite a acumulação gradual de pequenas variações, que determinam ao longo do tempo a transformação e o aparecimento de novas espécies. Argumentos do evolucionismo Argumentos: - Anatómicos -Paleontológicos - Biogeográficos - Citológicos -Cariológicos -SeleçãoArtificial - Embriológicos - Bioquímicos
  11. 11. Anatomia comparada É um sistemade classificaçãocombase nograu de semelhançadoscaracteresmorfológicos. Baseadoemtrês argumentos: - Estruturashomólogas – Evoluçãodivergente–Serie filogenética - Estruturasanálogas – Evoluçãoconvergente Estruturashomólogas – São estruturasque devidoaumaorigemembrionáriaidêntica possuemidênticaorganizaçãoestrutural e posiçãorelativaidêntica,podendodesemprenhar funçõesdiferentes. Estruturashomólogas: Semelhanteorigem. Idênticaorganizaçãofuncional e posiçãorelativa; Podemdesempenharfunçõesdiferentes. As estruturashomologassãointerpretascomoresultadode EvoluçãoDivergentee são resultadodaseleçãonatural sobre indivíduosemdiferentesmeios. Estruturas homólogas Ancestral Comum Ambientes divergentes Diferentes pressões seletivas Sobrevivência dos organismos com características mais favoráveis para cada ambiente Seres vivos diferentes Diversificação dos seres vivos, com órgãos e funções diferentes A anatomiacomparadafornece dadosa favorda evolução,umavezque sugere a existênciade seleçõesde parentescoentre osdiferentesvertebrados.
  12. 12. - A homologiaentre osindivíduosde organismosdiferentessugere que elesse originaramde um ancestral comum,que porevoluçãodivergente teráoriginadodiferentesgruposde vertebrados. Radiaçãoadaptativa– Novasespéciesformaram-seapartirde umancestral comum, devidoao facto de teremocupadohabitatsounichosecológicosdiferentes-Evoluçãodivergente. Pode fazerse uma seriação que expressaaevoluçãodesses órgãosnosdiferentesgruposde animais- Arvoresouseriesfilogenéticas. Serie filogenética- diagramacomdiferentesramificaçõesque tememcontaa origem dos gruposa partirde ancestraiscomuns. Diferentesseriesfilogenéticas: -Série filogenéticaprogressivae complexidade crescente - Série filogenéticaregressivae progressivamente maissimples Estruturasanálogas - estruturascom origemembrionáriadiferentemassemelhanteem termosmorfológicose utilizadaspararealizarfunçõessemelhantesemambientes semelhantes A convergênciaevolutivaouevoluçãoconvergenteverifica-se quandomembrosde grupos filogeneticamente diferentes assumemfenótipossemelhantescomoresposta asemelhantes pressõesseletivas, adaptaçãoacondiçõesecológicassemelhantes. Sobre condiçõesambientaissimilaresestruturasfuncionalmentediferentesemdiferentes gruposde organismospodempassarpormodificaçõesparaserviremafunçõessimilares A semelhançanãoé sinal de parentescomasresultadode adaptaçãodosorganismosao mesmomeioambiente-aquáticoporexemplo
  13. 13. Convergência evolutiva Indivíduos com diferentes origens Habitats Semelhantes Pressões seletivas semelhantes Favorece os indivíduos cujas características os tornam mais aptos, independentemente do grupo a que pertencem. Seres vivos semelhantes Estruturasvestigiais - Sãoestruturas anatómicasatrofiadas comfunçãonão evidentee desprovidasde significadofisiológicoemdeterminadosgrupos,enquantonoutrosgrupossão desenvolvidase funcionais. - Correspondemaórgãosque foramúteisa um ancestral comumno passado - Consoante o meio.aseleçãonatural podafavorecerindivíduoscomdeterminadosórgãos desenvolvidosque noutromeio sãoperfeitamentedispensáveis. Síntese -Do pontode vistaevolutivoosórgãosvestigiaissurgemcomoresultadodaadaptaçãoa um novoambiente onde estesolhosnãosãonecessários -A presençade estruturasvestigiaisrevelaaação de uma evoluçãonosentidoregressivo, privilegiandoindivíduoscomestruturascada vezmenores. -Órgãosvestigiaisnãosãomaisque as estruturashomólogasde outrosplenamente desenvolvidos Dados da paleontologia É consideradofóssil qualquerindicioda presençade organismos( vestígios) que viveramem temposremotosdaTerra. Os fosseisao revelaremespéciesinexistentesatualmente,contrariamaideiade uma imutabilidade e apoiamoevolucionismo.
  14. 14. Formasfosseisintermediasousintéticas: - Correspondemafosseisde indivíduosque apresentavamcaracterísticasque correspondem na atualidade adoisou maisgruposdiferentesde organismos,permitindo-nosconcluirque tiveramumancestral comume que sofreramumprocessode evoluçãodivergente. Formasfosseisde transição: São formasintéticasque fizeramatransiçãode um grupopara novosgruposde indivíduos. Correspondemafosseisde indivíduosque apresentavamcaracterísticasde duasoumais classesdistintas. Fosseisvivos: São organismosatuaispertencentesagruposbiológicosque,nopassadogeológicodaTerra, forammuitomaisabundantes e diversificadosque naatualidade. São morfologicamentemuitosimilaresaosseusparentesconhecidosatravésdoregistofóssil. Argumentos biogeográficos - Asespéciessãomaissemelhantesquandomaispróximogeograficamente se encontram.´ -Quantomaisafastadosas regiõesmaiorserãoasdiferenças. Mas também: - Ocorremsemelhançasentre seresque habitamlocaisgeograficamente distantes. - á um diversidadeintraespecíficaemlocaisgeograficamente diferentes. Provavelmente devidoaseparaçãodoscontinentese evoluçãodivergente! Argumentos citológicos Teoriacelular– origemcomum,reforçadaaindapelaexistênciade ummetabolismocelular idênticoemtodososseresvivos. Argumentos cariológicos É baseadono númerode cromossomasespecíficode cadaespécie,jáque doisindivíduosda mesmaespécie possuemomesmonºde cromossomas,diferindoapenasnosseusgenótipos.
  15. 15. Argumentos da Seleção Natural - Alteraçãoe formaçãode novasespéciesporseleçãonatural Argumentos embriológicos O acompanhamento dodesenvolvimentoembrionáriode diferentesespéciespermite estabelecerrelaçõesde parentescoentre osdiferentesgrupos. - A embriologiasugere aexistênciade umarelaçãode parentescoentre osdiferentesgrupos de seresvivoscujosembriõessãosemelhantes. Filogenia–historiaevolutivade grupo de seresvivos Ontogenia- historiadodesenvolvimentode umindividuoaolongodasua vida. Argumentos bioquímicos Moléculas semelhantes- origemcomumdosseresvivos. Quantomaisafastados filogeneticamentese encontraremdois indivíduos,maisdiferemna sequenciade DNA,nasequenciade proteínase ,portanto,maisprocessosmetabólicosque essasproteínasencontram. As diferenças entreasunidadesanatómicasresultamdainteraçãodos genescomo ambiente ao longode prolongadosperíodosde desenvolvimento. Análise de proteínas: Quantomaior a semelhançanacomposiçãodasproteínas,maioro grau de parentescoe portantomaiora proximidadeevolutivaentre doisseresvivos. Sequênciade ADN: O ADN permite avaliarograu de divergênciaentre asespéciescomorigenscomuns. Para issoutiliza-seatécnicade hibridaçãodoADN: - O grau e proporcional aograu de parentescoentre asespécies. Quantomaior o grau de hibridaçãodoADN,maiora semelhançade composiçãodasmoléculas de ADN e,portanto,maioro grau de parentesco. O DNA é a moléculaque contemomaterial genéticodosseresvivossendotransmitidoao longodas gerações,assim,quantomaiorahibridaçãoentre duasmoléculasde DNA,maioro parentescoentre duasespécies,porissoahibridaçãodoDNA é um argumentoa favordo evolucionismo.
  16. 16. Testes serológicos O sistemaimunológicodoindividuoreconhececomoestranhosquaisquerproteínasdiferentes das suasque entremno seumeio interno,podendorespondercoma produçãode anticorpos. Baseia-se nasrelaçõesantigene- anticorpo Antigene –é toda a partícula ou moléculaestranhaaoorganismoe capaz de iniciaruma respostaimune. Anticorpo – São glicoproteínassintetizadase excretadasporcélulaspresentesnoplasma, tecidose secreçõesque atacamproteínasestranhasao corpo,chamadas de antigénios, realizandoassimadefesadoorganismo. Quantomaior fora taxade secreção, maiorseráa compatibilidade. Teoria sintética da evolução- Neodarwinismo SegundoDarwin: As populaçõesnãosãogeneticamente uniformes Possuemumaenorme variedadede genes; Variabilidade de característicasnosindivíduosdaespécie (fenótipo) resultade variabilidade de características dosindivíduos(genótipo). Estas nemsempre se manifestamnogenótipodevidoaosgenesdominantes. Quando se manifestam? Os indivíduospodemficarnuma situaçãovantajosa Os indivíduospodemficarnuma situaçãodesvantajosa São selecionadosnaturalmente, reproduzem-se e tornam-se maioritários São eliminadosporseleção natural
  17. 17. Variabilidade genética e evolução Mutações – fonte primariade variabilidade Recombinaçãogenética–fonte maispróximade variabilidade Mutações: Acumulaçãode pequenasalterações; Aparecimentode característicasnovasfavoráveis; Mutaçõesocorrem ao acaso; Por seleçãonatural podemsermantidasoueliminadas; Trazemnovidade genética. Recombinaçãogenética: Atravésde meiose( crossing-overe separaçãoao acaso doscromossomashomólogos) e fecundação( uniãoaleatóriadosgametas). Unidade evolutiva: População: Pode ser: Conceitoecológico:Conjuntode indivíduosde umaespécieque vivenuma determinadaárea,numdadointervalode tempo. Conceitogenético:Conjuntode indivíduosdamesmaespécie entrecruzáveisentre si e que compartilhamdeterminadosconjuntosde genes. A evoluçãoé o resultadodaseleçãoNatural. - A seleçãonatural atuasobre a variabilidadegenéticadosindivíduosde umapopulação,ou seja,sobre o fundogenético. - A seleçãonatural atuasobre a globalidade dosindivíduosde umapopulaçãocomtoda a sua carga genética. Fundogenético: Conjuntode todososgenes(alelos)presentesnumapopulaçãonumdadomomento. Para o mesmogene (Ex:cor dosolhos) existemdiferentesalelos(castanhos,azuis…) A ação da seleçãonatural consiste emselecionargenótiposmaisbemadaptadosauma determinadacondiçãoecológica,eliminadosaquelesque sãodesvantajososporessamesma condição.
  18. 18. Uma populaçãoevolui,modificandoafrequênciarelativadosgenes. - Cada conjuntogénicoconfere determinadaspotencialidadesadaptativas. Sintetizando: - Os indivíduosportadoresdoconjuntogénicomaisfavorável,istoé , que lhesconfere características maisadaptativasparaum determinadomeio( osmaisaptos) sobrevivem e reproduzem-se mais( sobrevivênciae reproduçãodiferencial) transmitidosaosdescendentes os seusgenes,atravésdascélulasreprodutoras,estesgenes serãomaisfrequentesnas geraçõesfuturas. A acumulaçãolentae gradual dos genesaolongode muitasgerações levaa alteraçõesdo fundogenéticodapopulaçãoe pode surgirumanova espécie. Evolução -> Corresponde ásalteraçõesdofundogenéticodapopulação Efeitosdaseleçãonatural:estatende adiminuiravariabilidade genética. Quantomaior a diversidadegenética,maiorseráaprobabilidadede elase adaptara mudanças que ocorremno meio,pois, entre todaessadiversidadepodemaparecerindivíduos portadoresde conjuntosgénicosque sejamfavorecidospeloseleçãonatural. Fatoresque podemmodificarofundogenéticode umapopulação: Mutações Seleçãonatural Migrações Derivagenética Cruzamentonãoao acaso Seleçãoartificial As migrações Introduçãode novosgenespordeslocaçõesde indivíduos Atravésdofluxogenéticotendeahaveruma diminuiçãodasdiferençasgenéticasentre as populaçõesdamesmaespécie. Derivagenética–variação do fundo genéticodapopulaçãocomoresultadodoacaso. Frequente empopulaçõesde reduzidotamanho.
  19. 19. Efeitodofundador. Efeitodogargalo. Especiação: Isolamentoreprodutorentre asespécies. Formação de novasespécies. A formaçãode novasespéciesé devido: - Barreirasgeográficas(montanhas,rios…) - Interrompemofluxogénico. A seleçãonatural atuade maneirasdiferentes.Quandoentramemcontactonovamente as populaçõesestãoreprodutivamentediferentes. Poliploidia - formaçãode novasespéciesde forma instantânea,istoé ,de uma geraçãopara outra. TeoriaNeodarwinismo(síntese ): - Variabilidade intraespecífica Mutações Recombinação genética( meiose e fecundação) - Seleçãonatural (maisaptose menosaptos) – (conjuntogénicomaise menos favorável). - Reprodução- alteraçãodofundogenético( frequênciade genes) dapopulação. Exemplo: Na população inicial de piolhosdasplantashávariabilidade de característicasfenotipascomo resultadode variabilidadegenética( meiose e fecundação) hápiolhosportadoresde genes alelosresponsáveispelaresistênciaaoinseticidae piolhosque nãotemessesalelos. Deste modohá conjuntosgénicosmaisfavoráveisque lhespermitemsobreviveraoinseticida e conjuntosgénicosmenosfavoráveisque nãolhes permitemasobrevivência.
  20. 20. Os seleçãonatural privilegiouospiolhoscomalelosresponsáveispelaresistênciaaoinseticida e estespodemassimsobrevivere reproduzir-se. Este conjuntogénicoapareceucommaior frequêncianapopulaçãoe alterouo seufundo genético. Atualmente,amaiorparte dos piolhossãoresistentesaoinseticida.

×