MAISO DIAS
Empresa inovadora que nasceu da
necessidade de se trabalhar a
Responsabilidade Social Empresarial
inicialmente no Ceará.
S...
MISSÃO:
“Promover a Responsabilidade Social,
aperfeiçoando os modelos de gestão das
organizações através de práticas suste...
ALGUNS DOS SERVIÇOS:
Relatório de
Sustentabilidade
Planejamento.
Estratégico com foco
em Sustentabilidade
Programa de
Volu...
Governo
Acionistas Público Interno
Consumidores
Organização
“É a forma de gestão que se define pela relação ética e
transparente da empresa com todos os públicos com
os quais ela se ...
Comunidades
Público
Interno
Clientes
FornecedoresParceiros
Acionista
STAKEHOLDERS
O termo stakeholder (que poder ser traduzido
como “parte interessada”) designa uma pessoa,
grupo ou entidade com legítimos...
“Satisfazer as necessidades do
presente sem comprometer a
habilidade das futuras gerações de
satisfazer as suas necessidad...
Social Econômico
Ambiental
Socio-
econômico
Socio-
ambiental
Eco-
ambiental
EMPRESA
Aumento das exigências dos
órgãos governamentais
Crescente conscientização e atuação da
sociedade civil
Aumento da...
• As organizações devem ser instrumentos de
realização profissional individual e social.
Passagem do Lucro Satisfação das
...
Pesquisa da ABRAPS (Associação Brasileiras de
Profissionais da Sustentabilidade). 187 funcionários
de 23 empresas:
26% - p...
Pesquisa Canal RH 2013 – Prioridades do público
quanto a gestão de RH:
• Investir em treinamento e educação para ter
pesso...
• Intraempreendedores Sociais
1. As políticas de RH tem sido influenciadas pelos conceitos e
ideias de sustentabilidade?
2...
• Identificar perfis de agentes de mudanças interna
com um olhar para o desenvolvimento social;
• Criação de projetos para...
• A comunicação interna como propagadora da
Sustentabilidade (revistas, intranet, murais, etc)
• Criação de processos sele...
 Lei nº 8.213/91
Art. 93 – A empresa com 100 (cem) ou mais empregados
está obrigada a preencher de 2% a 5% dos seus cargo...
Vídeo
Alinhar Incentivos
internos e fatores-
chave
Manter coerência
entre a estratégia e
as ações
cotidianas
Criar
embaixadores
internos
Preencher as
lacunas do
conhecimento
Utilizar a
sustentabilidade no
recrutamento e
retenção de talentos
Conquistar
credibilidade
Incluir o adjetivo “sustentabilidade” na comunicação
pode ser até fácil, o difícil é rever todos ...
Inserir a mudança
para a alta
administração
Atuar como
Consultor Interno
Envolver os
gestores
intermediários
Integrar a
su...
Portanto, um dos principais desafios a ser
enfrentado pelas empresas, na adoção de
programas gerenciais socialmente
respon...
Institucionalizar práticas responsáveis vinculadas
ao recrutamento e à seleção de Pessoas
Recrutar pessoas da comunidade l...
Definir políticas éticas e de gestão socialmente
responsáveis para a orientação de pessoas
Assegurar aos recém-contratados...
Desenvolver programas de higiene, segurança e
qualidade de vida dos funcionários
Encorajar os funcionários a ter uma dieta...
Institucionalizar sistemas que possibilitem
transparência da organização
Possuir e disseminar o código de ética na organiz...
Criar políticas de remuneração, programas de
incentivos e benefícios
Apoiar e incentivar o trabalho voluntário dos funcion...
ISO 26000
Balanço Social
Pacto Global
SA 8000
Objetivos do
Milênio
“Não existe empresa bem
sucedida em sociedade falida”
Fernando Almeida
Presidente Executivo do CEBDS
/dialogusrse @dialogus_rse
www.dialogusconsultoria.com.
br(85) 3181-0086
Gestão de pessoas com foco na sustentabilidade
Gestão de pessoas com foco na sustentabilidade
Gestão de pessoas com foco na sustentabilidade
Gestão de pessoas com foco na sustentabilidade
Gestão de pessoas com foco na sustentabilidade
Gestão de pessoas com foco na sustentabilidade
Gestão de pessoas com foco na sustentabilidade
Gestão de pessoas com foco na sustentabilidade
Gestão de pessoas com foco na sustentabilidade
Gestão de pessoas com foco na sustentabilidade
Gestão de pessoas com foco na sustentabilidade
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Gestão de pessoas com foco na sustentabilidade

2.666 visualizações

Publicada em

As organizações começam a perceber que não existem empresas sustentáveis sem pessoas sustentáveis. Nesse novo cenário, os departamentos de gestão de pessoas conquistam cada vez mais espaço e enfrentam o desafio de se atualizarem diante da necessidade de incorporar e disseminar os valores da sustentabilidade no dia a dia da organização.

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
2.666
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
52
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Gestão de pessoas com foco na sustentabilidade

  1. 1. MAISO DIAS
  2. 2. Empresa inovadora que nasceu da necessidade de se trabalhar a Responsabilidade Social Empresarial inicialmente no Ceará. Segundo o Instituto Ethos de Responsabilidade Social, a Dialogus Consultoria é a primeira e única consultoria organizacional especializada em RSE
  3. 3. MISSÃO: “Promover a Responsabilidade Social, aperfeiçoando os modelos de gestão das organizações através de práticas sustentáveis e do engajamento de seus públicos de interesse, conquistando, assim, os melhores resultados e uma maior valorização da marca.”
  4. 4. ALGUNS DOS SERVIÇOS: Relatório de Sustentabilidade Planejamento. Estratégico com foco em Sustentabilidade Programa de Voluntariado Corporativo Elaboração do Código de Ética Gerenciamento de Marketing Verde Implementação de Políticas de RSE
  5. 5. Governo Acionistas Público Interno Consumidores Organização
  6. 6. “É a forma de gestão que se define pela relação ética e transparente da empresa com todos os públicos com os quais ela se relaciona e pelo estabelecimento de metas empresariais que impulsionem o desenvolvimento sustentável da sociedade, preservando recursos ambientais e culturais para as gerações futuras, respeitando a diversidade e promovendo a redução das desigualdades sociais.
  7. 7. Comunidades Público Interno Clientes FornecedoresParceiros Acionista STAKEHOLDERS
  8. 8. O termo stakeholder (que poder ser traduzido como “parte interessada”) designa uma pessoa, grupo ou entidade com legítimos interesses nas ações e no desempenho de uma organização e cujas decisões e atuações possam afetar, direta ou indiretamente, essa mesma organização.
  9. 9. “Satisfazer as necessidades do presente sem comprometer a habilidade das futuras gerações de satisfazer as suas necessidades.” Relatório de Brundtland
  10. 10. Social Econômico Ambiental Socio- econômico Socio- ambiental Eco- ambiental
  11. 11. EMPRESA Aumento das exigências dos órgãos governamentais Crescente conscientização e atuação da sociedade civil Aumento das iniciativas de RS na comunidade internacional (Pacto Global, ISO 26000, ODMs, etc) Crescente preferência dos consumidores por produtos ou serviços elaborados por empresas socialmente responsáveis Crescente exigência, por parte das grandes companhias, para que seus fornecedores adotem práticas de RS Aumento da pressão da mídia, atendendo expectativas do público, com denúncias sobre empresas socialmente responsáveis.
  12. 12. • As organizações devem ser instrumentos de realização profissional individual e social. Passagem do Lucro Satisfação das Pessoas • Pesquisa pelo CIEE (2011) – 20 mil jovens 77% dos inscritos afirmavam valorizar as empresas que acreditam na
  13. 13. Pesquisa da ABRAPS (Associação Brasileiras de Profissionais da Sustentabilidade). 187 funcionários de 23 empresas: 26% - pretendem ampliar o quadro de contratações; 74% - esperam manter; 65% - Já tinham estagiários de sustentabilidade.
  14. 14. Pesquisa Canal RH 2013 – Prioridades do público quanto a gestão de RH: • Investir em treinamento e educação para ter pessoas sustentáveis – 52,8% • Contratar mais profissionais altamente capacitados para o crescimento - (20,9%) • Melhorar as práticas de turn over (19,1%); • Investir mais nos planos de prevenção e riscos de saúde da população.
  15. 15. • Intraempreendedores Sociais 1. As políticas de RH tem sido influenciadas pelos conceitos e ideias de sustentabilidade? 2. Quais as características mais valorizadas nas seleções? 3. Como criar ambientes favoráveis ao desenvolvimento de intraempreendedores sociais? 4. Que tipo de conhecimento em Sustentabilidade a comunidade de RH precisa ter? Termo criado pela consultoria britânica SustainAbility para designar pessoas inovadoras que, com sua criatividade, buscam não apenas resolver os problemas internos das empresas mas também enxergam as externalidades, como os desafios socioambientais.
  16. 16. • Identificar perfis de agentes de mudanças interna com um olhar para o desenvolvimento social; • Criação de projetos para a empresa, com objetivos de se elaborar planos de negócios para estruturação de ideias; Sustentabilidad e como estratégia Valorização do Plano de Carreira Ter uma cultura de autonomia e oportunidade
  17. 17. • A comunicação interna como propagadora da Sustentabilidade (revistas, intranet, murais, etc) • Criação de processos seletivos diferenciados para os profissionais de sustentabilidade: Competências específicas; Cases; Expor situações para identificar atitudes alinhadas ao negócio.
  18. 18.  Lei nº 8.213/91 Art. 93 – A empresa com 100 (cem) ou mais empregados está obrigada a preencher de 2% a 5% dos seus cargos com beneficiários reabilitados ou pessoas com deficiência.  Lei nº 10.097/2005 - Aprendiz Também para as empresas com 100 (cem) ou mais empregados, os jovens entre 14 e 24 anos devem representar entre 5% e 15% do total de colaboradores.
  19. 19. Vídeo
  20. 20. Alinhar Incentivos internos e fatores- chave
  21. 21. Manter coerência entre a estratégia e as ações cotidianas
  22. 22. Criar embaixadores internos
  23. 23. Preencher as lacunas do conhecimento
  24. 24. Utilizar a sustentabilidade no recrutamento e retenção de talentos
  25. 25. Conquistar credibilidade Incluir o adjetivo “sustentabilidade” na comunicação pode ser até fácil, o difícil é rever todos os processos e investir em P&D.
  26. 26. Inserir a mudança para a alta administração Atuar como Consultor Interno Envolver os gestores intermediários Integrar a sustentabilidade ao negócio da empresa Promover uma visão ampla sobre o impacto da organização 7 Garantir a Prática Valorizar a inovação Alinhar sistema de recompensa a metas de sustentabilidade
  27. 27. Portanto, um dos principais desafios a ser enfrentado pelas empresas, na adoção de programas gerenciais socialmente responsáveis, é privilegiar, nas relações internas e externas, valores culturais que contribuem para um novo comportamento organizacional
  28. 28. Institucionalizar práticas responsáveis vinculadas ao recrutamento e à seleção de Pessoas Recrutar pessoas da comunidade local onde a empresa está instalada Reintegrar o funcionário ao mercado de trabalho, quando se tratar de demissão Assegurar que as práticas de recrutamento reflitam a diversidade dos clientes e da comunidade Adotar políticas de contratação de pessoas com deficiência em maior número exigido pela lei Incentivar a diversidade na contratação Proibir o trabalho infantil, o trabalho forçado ou análogo ao escravo
  29. 29. Definir políticas éticas e de gestão socialmente responsáveis para a orientação de pessoas Assegurar aos recém-contratados uma integração efetiva e esclarecedora Cumprir rigorosamente as normas e convenções internacionais de trabalho Oferecer aos funcionários palestras de motivação e conscientização Orientar os funcionários quanto a preparação para a aposentadoria Oferecer apoio psicológico ao funcionário necessitado Oferecer orientação quanto o planejamento financeiro do funcionário
  30. 30. Desenvolver programas de higiene, segurança e qualidade de vida dos funcionários Encorajar os funcionários a ter uma dieta saudável e uma alimentação equilibrada Envolver os funcionários em gestão participativa Adotar política de participação nos lucros da empresa Possuir Comissão Interna de Prevenção de Acidentes (CIPA) Proporcionar integração entre funcionários de diferentes níveis hierárquicos e setores da organização
  31. 31. Institucionalizar sistemas que possibilitem transparência da organização Possuir e disseminar o código de ética na organização Apresentar demonstrativos dos resultados econômico-financeiros da empresa Promover debates com os funcionários a respeito de problemas éticos e estruturais enfrentados dentro do ambiente organizacional Promover a importância do registro e publicação das ações socio ambientais Promover o diálogo com os stakeholders
  32. 32. Criar políticas de remuneração, programas de incentivos e benefícios Apoiar e incentivar o trabalho voluntário dos funcionários Assegurar remuneração igualitária para homens e mulheres que ocupem a mesma categoria funcional Estender os benefícios aos colaboradores terceirizados Fornecer cesta básica aos funcionários mais carentes Possuir programa de prevenção e tratamento de dependentes químicos Oferecer apoio educacional, erradicando o analfabetismo entre os colaboradores e terceirizados
  33. 33. ISO 26000 Balanço Social Pacto Global SA 8000 Objetivos do Milênio
  34. 34. “Não existe empresa bem sucedida em sociedade falida” Fernando Almeida Presidente Executivo do CEBDS
  35. 35. /dialogusrse @dialogus_rse www.dialogusconsultoria.com. br(85) 3181-0086

×