Os sertões

15.066 visualizações

Publicada em

Livro Os Sertões, Literaturas do Pré Modernismo.

Publicada em: Educação
0 comentários
24 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
15.066
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
6
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
0
Gostaram
24
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Os sertões

  1. 1. Diego França<br />Denise Lemos<br />Luiz Augusto<br />Filipe Guimarães<br />Integrantes<br />Caio César<br />Felipe Augusto<br />Samuel Fisher<br />Cristiane Viana<br />Português – 2º ano de Mecatrônica 29/11/2010<br />
  2. 2. “Os Sertões”<br />Euclides da Cunha<br />
  3. 3. Pré-Modernismo<br />O pré-modernismo foi um período literário brasileiro, que marca a transição entre o simbolismo e modernismo e o movimento modernista seguinte;<br />Em Portugal, o pré-modernismo configura o movimento denominado saudosismo;<br />
  4. 4. Pré-Modernismo<br />O pré-modernismo teve início no começo do século XIX e perdurou até 1922, quando foi realizada a Semana da Arte Moderna.<br />O pré-modernismo não foi uma ação organizada nem um movimento e por isso deve ser entendido como fase. <br />
  5. 5. Pré-Modernismo<br />Não possui muitos representantes, mas conta com nomes de imenso valor para a literatura brasileira que formaram a base dessa fase. <br />
  6. 6. Pré-Modernismo<br />Os autores desta fase usavam muito o formalismo e o estilismo, não deixaram de mostrar inconformismo com os aspectos políticos e sociais; <br />Incorporando seus próprios conceitos que abriram o caminho para o Modernismo;<br />
  7. 7. Pré-Modernismo<br />Essa foi uma fase de uma grande transição que nos deixou grandes joias como Canaã de Graça Aranha; Urupês de Monteiro Lobato e Os Sertões de Euclides da Cunha:<br />
  8. 8. Euclides da Cunha<br />
  9. 9. Euclides da Cunha<br />Euclides Rodrigues da Cunha nasceu em Cantagalo, 20 de janeiro de 1866 — Rio de Janeiro, 15 de agosto de 1909) foi um escritor, sociólogo, repórter jornalístico, historiador, geógrafo, poeta e engenheiro brasileiro. <br />
  10. 10. Euclides da Cunha<br />Euclides foi um pré-modernista brasileiro;<br />Durante a fase inicial da Guerra de Canudos, escreveu dois artigos intitulados “A nossa Vendeia”<br />Com isso foi convidado pelo Estado de S. Paulo para presenciar o final do conflito como correspondente de guerra. <br />
  11. 11. Euclides da Cunha<br />Ele considerava, como muitos republicanos desta época, que o movimento de Antônio Conselheiro tinha a pretensão de restaurar a monarquia;<br />Era apoiado por monarquistas residentes<br /> no país e no exterior;<br />
  12. 12. Euclides da Cunha<br />Euclides deixou Canudos quatro dias antes do final da guerra, não chegando a presenciar o desenlace final. <br />Mas conseguiu reunir material para, durante cinco anos, elaborar Os Sertões: campanha de Canudos (1902). <br />
  13. 13. Guerra de canudos<br />1896-1897<br />
  14. 14. Guerra de canudos<br />Confronto entre o Exército Brasileiro e integrantes de um movimento popular sócio-religioso liderado por Antônio Conselheiro;<br />Durou de 1896 ao final de 1897;<br />Ocorreu na então comunidade de Canudos, no interior do estado da Bahia, no nordeste do Brasil;<br />
  15. 15. Guerra de canudos<br />A população vivia em situação precária, sem terra e obrigada a se submeter aos arroubos dos coronéis;<br />As terras pertenciam aos grandes proprietários rurais que as deixavam “paradas”. Revoltando os sertanejos, que se uniram em torno de Antônio Conselheiro;<br />
  16. 16. Guerra de canudos<br />Antônio Conselheiro fundou o vilarejo denominado Canudos e os sertanejos e suas famílias migraram pra lá;<br />O clima seco castigava severamente a região;<br />A maneira tão desumana de viver estimulava o surgimento de desordens e agitações sociais;<br />
  17. 17. Guerra de canudos<br />Os habitantes de Canudos decidiram então organizar milícias armadas, pois era de se esperar uma reação contrária da parte dos coronéis e da Igreja Católica.<br />A população abandonou a sociedade republicana convencional, e partiu para uma nova sociedade que despontava;<br />
  18. 18. Guerra de canudos<br />Os padres e coronéis coagiram o governador da Bahia a tomar providências urgentes, eles queriam que o governo desse fim a Canudos;<br />Foram instituídas três empreitadas militares, que foram vencidas pelos seguidores de Antônio Conselheiro;<br />
  19. 19. Guerra de canudos<br />Com tanta dificuldade, o Governo Federal assumiu o comando. O ministro da Guerra, Carlos Bittencourt, recrutou cerca de 10 mil homens que, comandados pelo general Artur Costa, apoderaram-se de Canudos e promoveram um terrível massacre; <br />A Comunidade de Canudos foi arrasada no dia 05 de outubro de 1897;<br />
  20. 20. “Os Sertões”<br />Resumo da Obra<br />
  21. 21. Os sertões<br />
  22. 22. “Os Sertões”<br />Análise Literária<br />
  23. 23. OS Sertões <br />O Livro fala sobre Guerra de Canudos, que ocorreu no interior da Bahia nos anos de 1896 a 1897. Pertence, ao mesmo tempo, à prosa científica e à prosa artística. <br />
  24. 24. OS SERTÕES<br />Nesta obra, ele rompe por completo com suas ideias anteriores e pré-concebidas, segundo as quais o movimento de Canudos seria uma tentativa de restauração da Monarquia, comandada à distância pelos monarquistas. <br />
  25. 25. OS SERTÕES<br />Percebe que se trata de uma sociedade completamente diferente da litorânea. De certa forma, ele descobre o verdadeiro interior do Brasil, que mostrou ser muito diferente da representação usual que dele se tinha;<br />
  26. 26.
  27. 27. Referências<br />http://tribunacampineira.com.br/index.php?option=com_content&view=article&id=48:os-sertoes&catid=27:cultura&Itemid=52<br />http://pt.wikipedia.org/wiki/Euclides_da_Cunha<br />http://www.infoescola.com/historia/guerra-de-canudos/<br />

×