Projeto de Intervenção Pedagógica (PIP)

165.621 visualizações

Publicada em

3 comentários
16 gostaram
Estatísticas
Notas
Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
165.621
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
442
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
2.347
Comentários
3
Gostaram
16
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Projeto de Intervenção Pedagógica (PIP)

  1. 1. Proposta de Intervenção Pedagógica Formação Pedagógica Inicial de Formadores 2012/2013 Formanda: Débora MarquesFormadores (as): Drª Maria dos Anjos; Drª Bela Caeiro; Dr Bruno Castela
  2. 2. ÍndiceIntrodução………………………………………………………………………………. 3Justificação da formação………………………………………………………………...4Designação temática da formação……………………………………………………….4Perfil do Formador….…………………………………………………………………...4Público-alvo……………………………………………………………………………...5Perfil dos formandos…………………………………………………………………….5Condições de realização…………………………………………………………………5Data limite de inscrição………………………………………………………………….5Duração da formação………………………...….……………………………………….5Normas de assiduidade…………………………………………………………………..6Local da formação……………………………………………………………………….6Designação do Curso……………………………………………………………...……..6Conteúdos programáticos e carga horária……………………………………………..6-8Objetivos gerais e específicos do módulo……………………………………………..8-9Métodos e técnicas pedagógicas…………………………………………………………9Recursos didácticos…………………………………………………………………….10Avaliação da aprendizagem………………………………………………………...10-11Certificação da formação/Custos e financiamento…….……………………………….11 Anexo I – Ficha de inscrição Anexo II – Registo de Assiduidade Anexo III - Questionário de Avaliação Global da Ação de FormaçãoAnexos Anexo IV - Questionário de Avaliação do Desempenho do Formador Anexo V - Questionário de Avaliação da Entidade Formadora Anexo VI – Grelha de avaliação Anexo VII – Grelha de observação Anexo VIII - Apuramento da Avaliação final dos Formandos Anexo IX – Certificado Anexo X - Cronograma
  3. 3. IntroduçãoA presente Proposta de Intervenção Pedagógica surge como Objetivo Final deconcretização do Curso de Formação Pedagógica Inicial de Formadores, tendodecorrido no período de 8 de Outubro a 30 de Novembro, nas instalações da EntidadePartnerhotel - Entidade autorizada a desenvolver a componente pedagógica do cursoreferenciado, cujo Certificado de Autorização é o n.º C1173009.O presente projeto foi desenvolvido de acordo com os conteúdos adquiridos ao longodas diversas temáticas dos variados módulos pertencentes ao Curso da FormaçãoPedagógica Inicial de Formadores.O principal intuito da realização do presente trabalho é que cada formando esteja aptode contribuir no desenvolvimento do sistema de formação onde poderá desenvolver aactividade de formador, pois cada formador deve-se consciencializar das vantagens doplaneamento da formação.O que foi referido anteriormente diz respeito ao fato de que o formador deve ser otécnico cuja ação incide em diversos contextos, níveis e situações de aprendizagem,onde recorre diferentes estratégias, métodos, técnicas e instrumentos de formação eavaliação, de forma a promover a aquisição de conhecimentos e competências, bemcomo, o desenvolvimento de atitudes e comportamentos adequados ao desempenhoprofissional, pois este é o perfil do formador.
  4. 4. Justificação da formaçãoExistem variados estudos que remontam á utilização da água como terapia que datandode tempos remotos. A compreensão das propriedades físicas da água e das respostasfisiológicas á imersão, associadas á utilização de movimentos e exercícios, podefavorecer a actuação da fisioterapia aquática, a Hidroterapia, e potenciar o processo deintervenção fisioterapêutica. Tendo em conta o ambiente aquático, ou seja, a diminuiçãoda acção da gravidade, existe um ambiente ideal de reabilitação de doentes quenecessitem de uma menor descarga de peso nas articulações ou que possuam limitaçõesna terapia em solo, exemplos disso são a melhoria do equilíbrio e coordenação motora anível dos idosos, do Síndrome de Down, da Paralisia Cerebral, da qualidade de vida dagrávida, na Síndrome de Edwards, entre tantas outras patologias. Tendo em conta osbenefícios associados á prática terapêutica no meio aquático, a Hidroterapia, torna-seimperativa a formação deste método terapêutico de modo a melhorar a qualidade devida do Outro, bem como, potencializar a acção do profissional do meio aquático naintervenção da melhoria da qualidade de vida e potenciar a autonomia das Atividades deVida Diária dos doentes. O profissional de saúde deve ser possuidor de um perfil quecontribui para a saúde mental e física dos seus doentes, melhorando não só a este comotambém na sua esfera social e familiar, pois o Homem é um ser bio-psico-social. Portudo o que atrás foi descrito, torna-se imprescindível a formação nesta área, de modo apromover o conhecimento de variadas técnicas e benefícios de intervenção daHidroterapia.Designação temática da formaçãoA temática a desenvolver na presente formação, ou seja, o curso é denominado“Hidroterapia”.Perfil do Formador (a)O(a) formador(a) desta formação deverá possuir o Certificado de Aptidão profissionalde Formador (CAP) válido, experiência mínima de 2 anos na área de formação emcausa, e, pós-graduação de Fisioterapia em meio aquático.
  5. 5. Público-alvoO público-alvo da presente formação de Hidroterapia prende-se com profissionais desaúde a nível do meio aquático.Perfil dos formandos  Perfil de entradaOs formandos deverão ser profissionais de saúde do meio aquático, possuindo umalicenciatura ligada á Saúde, esteja empregado, e, por fim, com idade superior a 24 anos.  Perfil de saídaOs formandos deverão ser capazes de descrever a temática da Hidroterapia, e quais osbenefícios de utilização nas diferentes patologias, bem como conseguirem utilizar aHidroterapia no seu local de trabalho.Condições de realizaçãoNúmero máximo de formandos no valor de 13 pessoas, sendo que o mínimo é de 10,reservando-se o direito de não iniciar a formação em caso de não se atingir o mínimoexigido.Data limite de inscriçãoA data limite de inscrição prende-se com o fato de existir um número máximo deformandos a obter na formação. Dado que a data de início da presente formação deHidroterapia se encontra estipulada para dia 7 de Janeiro de 2013, a data limite deinscrição expira dia 7 de Dezembro de 2012.Duração da formaçãoA formação possui a duração de 50 horas, decorrendo entre dia 7 de janeiro de 2013 e 8de Fevereiro de 2013, em horário pós-laboral, com exceção do fim de semana, em 15sessões com a duração de 3 a 4 horas.
  6. 6. Normas de assiduidade No final de cada sessão, será passada uma folha de presenças de modo aos formandos assinarem. A obtenção do Certificado está condicionada além do aproveitamento exposto no ponto “Avaliação da Aprendizagem”, a uma participação mínima de 80% das horas destinadas á formação, ou seja, obrigatória a presença de pelo menos 4 sessões. Local da formação A formação será instruída e desenvolvida em instalações indicadas para o efeito, nomeadamente na Partner Hotel em Reguengos de Monsaraz. Curso: Hidroterapia Conteúdos programáticos e carga horáriaMódulos Designação Nº horasMódulo I Introdução à Reabilitação Aquática 10 Princípios Físicos da águaMódulo II 10 Efeitos fisiológicos, terapêuticos e psicológicos da imersãoMódulo III Avaliação na piscina terapêutica 10 Equipamento de Exercício no ambiente aquáticoMódulo IV 10 Noções sobre as técnicas de reabilitação em hidroterapia Prática supervisionada em piscina aquecidaMódulo V Planeamento da reabilitação Aquática 10 Avaliação em solo e dentro da piscina Total 50 Módulo I Designação: Introdução á Reabilitação Aquática  História da reabilitação aquática
  7. 7.  Origem da utilização da água de forma terapêutica (objectivos, indicações, contra-indicações e precauções)Módulo IIDesignação:Princípios físicos da água  Densidade  Pressão hidrostática  Calor Específico  Refracção  Empuxo/Flutuação  Viscosidade  TurbulênciaEfeitos fisiológicos, terapêuticos e psicológicos da imersão  Sistema músculo-esquelético e neuromuscular  Sistema circulatório  Sistema pulmonar  Sistema renal e outrosMódulo IIIDesignação: Avaliação na piscina terapêutica  Ficha de Avaliação no solo e na águaMódulo IVDesignação:Equipamento de Exercício no ambiente aquático  Princípios e benefícios dos equipamentos  Escolha e cuidado adequado do equipamento
  8. 8. Noções sobre as técnicas de reabilitação em hidroterapia  Noções sobre as técnicas de reabilitação em hidroterapia  Método Watsu (Conceito, objetivos da técnica, indicações e contra-indicações)  Método Halliwick (conceito, utilização, pontos de reeducação e equilíbrio)  Exercícios Terapêuticos (Ortopedia, reumatologia, neurologia e pediatria)Módulo VDesignação:Prática supervisionada em piscina aquecida  Demonstração dos princípios físicos da água utilizada na reabilitação  Treino das principais técnicas de entrada e saída do utente da piscina  Divisão em grupos dos alunos para aplicação das técnicas aprendidasPlaneamento da reabilitação aquática  Ênfase no aprendizado das técnicas de Reabilitação AquáticaAvaliação em solo e dentro da piscina  Demonstração pelo docente, dos métodos estudados na teoria.  Divisão em grupo dos alunos para aplicação das técnicas aprendidasObjetivo geral do módulo  Promover o desenvolvimento da temática da Hidroterapia - definição, tipos, pré- requisitos de piscina, benefícios e indicação dos variados tipos de patologias
  9. 9. Objetivos específicos do módulo  Definir a temática, Hidroterapia  Promover os princípios e efeitos da água  Promover conhecimentos na avaliação da terapêutica  Desenvolver os diferentes tipos de hidroterapia – Watsu e Halliwick  Conhecer os benefícios da prática aquática terapêutica  Entender a utilização e benefícios da Hidroterapia na prática profissional  Avaliar indicação e contra-indicação da hidroterapia;  Identificar os equipamentos ou acessórios aquáticos;Métodos e técnicas pedagógicasPerante a formação em Hidroterapia, como qualquer outro tipo de formação queenvolva a prática, é necessária a abordagem teórica de modo a existir o conjugar a nívelprático.Ao longo da formação de 50 horas de Hidroterapia encontra-se estipulada a utilizaçãodo método expositivo de modo á aquisição de conhecimentos, onde os formandos ficammotivados para o tema, onde se desenvolvem os conteúdos, se explica os conceitosprincipais, portanto, irá ser utilizado de modo a transmitir o conteúdo de modo aposteriormente ser utilizado ao nível da prática. Outro tipo de método é o métodointerrogativo onde se dá importância ao pensamento independente e ativo, onde aosformandos se invoca a atitude e pensamento mais autónoma através de questõesefectuadas de modo a evocar a matéria desenvolvida de modo a reformular igualmentesíntese de conteúdos. No interior do método referido atrás, existe a técnica de perguntas.A técnica de perguntas irá ser utilizada de modo a estimular o brainstorming (debate deideias), determinar a razão de certas opiniões, bem como, considerar uma acção, decisãoe/ou ideia. Perante o tipo de formação presente, a hidroterapia, é de especialimportância a utilização dos métodos demonstrativo e ativo. O método demonstrativo éutilizado maioritariamente na aprendizagem de tarefas manuais ou psicomotoras, peloque encontra-se inteiramente interligado á prática de hidroterapia, pois desenvolve onível das aptidões psico-motoras. Neste tipo de método será utilizada a demonstraçãoindirecta, através de filmes de demonstração da prática de Watsu e Halliwick (técnicas
  10. 10. de hidroterapia), e a demonstração direta. O método ativo é deveras importante numatemática como a hidroterapia pois tal como os 90% do que dizemos enquanto fazemosalgo em que reflectimos e participamos pessoalmente, o formando e o processo deaprendizagem possuem um papel dinâmico, onde o formando procura saber, tomadecisões, trabalhos de grupo, bem como, através da aplicação prática dosconhecimentos teóricos aumenta a capacidade de realização com sucesso dos objetivos.As técnicas pedagógicas a utilizar no decorrer da formação prendem-se com obrainstorming, com os trabalhos de grupo, o estudo de caso. Os trabalhos de grupo demodo a existir um debate de ideias de modo a fomentar as relações interpessoaispromovendo a motivação, existindo uma maior rapidez na realização dos objectivos.Por fim, na técnica pedagógica de Estudo de Caso existe um estudo de um caso quenecessita de uma resolução e/ou decisão, pois permite analisar uma situação emconcreto, concebendo variadas hipóteses de solução pois permite reflectir sobre o tema.Recursos didáticosOs recursos didácticos prendem-se com serem auxiliares ou suportes no ato pedagógico,são equipamentos e/ou materiais que poderão facilitar o processo de aprendizagem. Osrecursos didácticos a utilizar, tendo em conta os objectivos da formação, osdestinatários, e a própria temática, prendem-se com os visuais, audiovisuais, e, por fim,recursos do meio ambiente. Ao nível dos recursos visuais constam o projetormultimédia e o computador, e no que concerne aos recursos audiovisuais abrange osfilmes, na abordagem teórica. Na abordagem prática, na vivência em termos de piscinaserão então os recursos do meio ambiente.Avaliação da aprendizagemA avaliação da presente formação de hidroterapia será continua finalizando numaavaliação final em que serão testados os conhecimentos teóricos e práticos a nível doteste teórico.Na avaliação continua irão constar critérios como a participação do formando, sentidode responsabilidade e a relação do formando com os seus colegas formandos (trabalhosde grupo e relação interpessoal) e o formador. Nesta avaliação existirá o recurso da
  11. 11. observação direta e o método de perguntas. Ao longo da formação irá existir uma aulaprática de modo a integrar os conhecimentos teóricos. Após o último módulo, osformandos devem ser capazes de realizar a análise e desenvolvimento de um estudo decaso, bem como a realização de um teste de avaliação teórico.Na avaliação continua, ao nível do teste teórico, este constitui 50% da avaliação final;Através da Grelha de Observação (em Anexo), bem como, a relação comformandos/formador constituirão o valor de 20% do total da avaliação. O estudo de casoa analisar e desenvolver terá um peso na avaliação de 30%.Certificação da formaçãoOs formandos recebem um certificado de aprovação na formação, com a respetiva nota,caso cumpram os critérios de avaliação, e obtenham classificação superior a 9,5 valores.Em caso de não cumprimento dos critérios de avaliação expostos, os formandos, irãosomente obter uma declaração onde constam as horas e respetivos módulos departicipação.Custos e financiamentoA presente formação é financiada pelo Programa Operacional Potencial Humano –POPH.
  12. 12. Anexos
  13. 13. Anexo I
  14. 14. Ficha de inscriçãoAcção de Formação : Hidroterapia(Todos os candidatos deverão entregar cópia do Bilhete de Identidade / Cartão doCidadão, Número de Identificação Fiscal e um currículo abreviado)1 – Identificação do Candidato:Nome: _______________________________________________________________Residência:____________________________________________________________Contacto telefónico : __________________ E-mail : ___________________________2 – Situação ProfissionalLocal de Trabalho : _____________________________________________________Funções desempenhadas: ________________________________________________Categoria / Cargo : _____________________________________________________Habilitações Literárias: __________________________________________________3 – Motivo pelo qual se inscreve nesta acção de formação :__________________________________________________________________________________________________________________________________________________________4 - Outras acções de formação / cursos frequentados anteriormente na mesma áreafuncional: _______________, ___ de ____________ de 2009 _________________________________ ( Assinatura conforme BI)
  15. 15. Anexo II
  16. 16. Registo de assiduidadeEntidade: Partner Hotel Dia 10 de Fevereiro de 2013Formação: HidroterapiaFormandos: Profissionais de saúde do meio aquáticoInício da Formação: 7 de Fevereiro de 2013Fim da Formação: 8 de Março de 2013Nº total de horas: 50 horasSessão nº II HorasNome Completo 19-20h 20-21h 21-22h 22h-23h Assinatura Formador (a):
  17. 17. Anexo III
  18. 18. Questionário de Avaliação Global da Ação de Formação Designação da Ação de Formação: Hidroterapia Data: A sua opinião sobre a ação de formação que hoje termina é de extrema importância. Desta forma solicitamos que responda às seguintes questões: Legenda: 1 – Discordo totalmente; 2 – Discordo; 3 – Concordo; 4 – Concordo totalmente 1. Relativamente à ação de formação como avalia os conteúdos/temáticas/avaliação: Itens 1 2 3 41.1. Muito interessante/útil para as funções que desempenho ou poderei vir a desempenhar1.2. Bom aprofundamento dos conteúdos/temáticos abordados1.3. Tempo dedicado à exposição teórica foi adequado1.4. Tempo dedicado à exposição prática foi adequado1.5. Grau de aquisição/aprofundamento dos meus conhecimentos foi muito bom1.6. O processo de avaliação foi o mais adequado
  19. 19. 2. Relativamente à organização da ação de formação, designadamente no que toca a recursos de apoio mobilizados, como avalia: Item 1 2 3 4A qualidade e adequação da documentação distribuída foramboasA qualidade e adequação dos suportes pedagógicos utilizados(videoprojector, quadros didáticos...) foram boasA duração da ação de formação foi a adequada às temáticas enecessidades dos formandosA avaliação geral dos formadores que ministraram a ação deformação foi boaA entidade promotora (secretariado) deu todo o apoionecessárioA qualidade das instalações e condições ambientais foram asadequadas 3. No que concerne às suas expectativas Legenda: 1 - Não concretizadas - a 4 - Concretizadas Item 1 2 3 4As expectativas iniciais foram plenamente concretizadas Outros comentários e/ou sugestões: ______________________________________________________________________ ______________________________________________________________________ Assinatura (facultativa) Obrigado (a) pela sua colaboração
  20. 20. Anexo IV
  21. 21. Questionário de Avaliação do Desempenho do Formador Designação da Ação de Formação: Hidroterapia Formador (a): Para cada afirmação avalie na escala apresentada o desempenho do formador: Legenda: 1 – Insuficiente; 2 - Suficiente; 3 - Bom; 4 – Muito Bom Itens 1 2 3 4Clareza na apresentação dos objectivos pedagógicos/de aprendizagem aalcançarDomínio das matérias ministradasCapacidade de motivação dos formandosDesenvolvimento de metodologias pedagógicas adequadasVerificação, ao longo da acção de formação, da aquisição deaprendizagens por parte dos formandosDemonstração ao grupo das aplicações práticas das matériasem estudoDemonstração de interesse pelas dificuldades dos formandos(apoio na resolução de problemas concretos)Apresentação de estratégias de apoio à rentabilização dossaberes adquiridos (ex: consulta de sites especializados namatéria, referências bibliográficas, centros para consulta deinformação acercadas temáticas abordadas...)Classificação Final: Sugestões:______________________________________________________________ ______________________________________________________________________ ______________________________________________________________________ ______________________________________________________________________
  22. 22. ________________________________________________________________________________________________________________________________________Assinatura: (facultativa)Data: __________________Obrigado(a) pela sua colaboração
  23. 23. Anexo V
  24. 24. Questionário de Avaliação da Entidade Formadora Designação da Ação de Formação: Hidroterapia Formador (a): Para cada afirmação avalie na escala apresentada o desempenho da Entidade Formadora: Legenda: 1 – Insuficiente; 2 – Suficiente; 3 – Bom; 4 – Muito Bom Itens 1 2 3 4Objetivos da Acão de FormaçãoConteúdos programáticos da Ação de FormaçãoEstruturação do programaUtilidade dos conteúdos dos módulosMotivação e participaçãoInstalações e equipamentosDocumentaçãoMeios audiovisuaisUtilização de recursos didácticosApoio técnico-administrativoFormadores da Ação de Formação Assinatura
  25. 25. Anexo VI
  26. 26. Grelha de avaliação Nome: Data: A avaliação das aprendizagens dos formandos, dada a dinâmica essencialmente ativa e de aplicação prática, é feita através de duas metodologias:  Feedback das auto-avaliações  Avaliação por observação, realizada pelo Formador (a) Auto-avaliação Items para apreciação Nível de Sucesso 1 2 3 4 Participação nas actividadesCompetências gerais Sentido de responsabilidade Relacionamento com o grupo e com o formador Escolha do tema adaptável ao estudo Planeamento de tema para um período de tempo restrito Competências Específicas Selecção da metodologia Descrever as características do público-alvo Aferição o nível de escrita ao público-alvo Uso de diálogo informal e interactivo Formulação de objectivos Estruturação um módulo de auto-estudo Construção perguntas de auto-avaliação Apreciação final do trabalho Assinatura ______________________________________________________________________
  27. 27. Anexo VII
  28. 28. Grelha de observação Avaliação dos formandos Data: Legenda: 1 – Mau; 2 – Insuficiente; 3 – Suficiente; 4 – Bom; 5 – Muito Bom ComportamentoNomes Aplicação de Execução de Atenção Participação Compreensão conhecimentos tarefas Assinatura Formador (a):
  29. 29. Anexo VIII
  30. 30. Apuramento da Avaliação final dos FormandosAcção de Formação: HidroterapiaData de Início: ___ / ___ / ___ Data de conclusão: ___ / ____ / ___Observações: Nomes Nota finalData: ___/____/___ Assinatura
  31. 31. Anexo IX- Certificado -
  32. 32. Anexo X- Cronograma -

×