DIETAS DE INFORMAÇÃO: o bibliotecário terapeuta e
a ansiedade da informação do usuário nativo digital
Fundação Escola de S...
Justificativa
● Questões pessoais - dúvidas e dificuldades
● Fluxo informacional
● Orientações no uso da informação
● Nova...
Objetivos
Objetivo geral:
● Compreender como o biblioterapeuta pode trabalhar com a ansiedade de
informação do nativo digi...
Metodologia
● Pesquisa de revisão bibliográfica
● Pesquisa qualitativa e interpretativa
➔ IBICT, Scielo e ABVS
➔ Àreas: bi...
Os Nativos Digitais
● Gerações - Compartilhamento de tempo - espaço cultura
● Juventude como força transformadora da socie...
Os nativos digitais
● Geração Y e Z
● Adolescentes: 12 a 18 anos
● Interatividade, mobilidade, independência, fluidez, fal...
A ansiedade no contexto informacional
- Angústia, Inquietação, Intranquilidade, Desejo permanente, apreensão
- O medo
- Fa...
A ansiedade no contexto informacional
- Capitalismo selvagem -> lucros
- Era dos excessos : muitas opções
- Muitas escolha...
A ansiedade no contexto informacional
Consequências
- Baixa autoestima
- Dificuldade de foco e atenção
- Problemas com int...
Biblioterapia
● Tempos remotos da Grécia Antiga
● Várias denominações º
L.H.TWEFFORT (1968) “ Um auxílio no tratamento que...
Biblioterapia
● Tipos : de autoajuda, criativa, institucional, clínica, desenvolvimento
pessoal, entre outras.
● Divida em...
Dietas da informação
● Informação e a necessidade humana
● Redução de incerteza, indicação de ordem
● Necessidades informa...
Dietas da informação
Dietas da informação
● Sobrecarga/excesso de informação vs Consumo indiscriminado
● Consumidor viciado : transtornos
“Sint...
Dietas da informação
- Desconectar-se totalmente é fugir do problema
- Formação de critérios e atitudes bem determinados
-...
Conclusão
★ Adolescentes são uma parte da força transformadora da sociedade, e
mesmo assim não têm o foco em trabalhos de ...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Dietas de informação bibliotecário terapeuta e a ansiedade de informação no usuário nativo digital

178 visualizações

Publicada em

O bibliotecário na ação contra a ansiedade de informação.

Publicada em: Aperfeiçoamento pessoal
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
178
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
10
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Dietas de informação bibliotecário terapeuta e a ansiedade de informação no usuário nativo digital

  1. 1. DIETAS DE INFORMAÇÃO: o bibliotecário terapeuta e a ansiedade da informação do usuário nativo digital Fundação Escola de Sociologia e Política de São Paulo - FESPSP Faculdade de Biblioteconomia e Ciência da informação - FaBCI Aluna: Daniely Niina Kussaba Orientador: Anna Silvia Rosal de Rosal Dezembro/2014
  2. 2. Justificativa ● Questões pessoais - dúvidas e dificuldades ● Fluxo informacional ● Orientações no uso da informação ● Nova geração
  3. 3. Objetivos Objetivo geral: ● Compreender como o biblioterapeuta pode trabalhar com a ansiedade de informação do nativo digital. Objetivos específicos: ● Compreender as consequências geradas pela ansiedade de informação nos usuários nativos digitais, especificamente na geração Z ● Propor abordagens pertinentes ao trabalho do bibliotecário enquanto biblioterapeuta, no combate a ansiedade de informação dos usuários nativos digitais
  4. 4. Metodologia ● Pesquisa de revisão bibliográfica ● Pesquisa qualitativa e interpretativa ➔ IBICT, Scielo e ABVS ➔ Àreas: biblioteconomia, biblioterapia, psicologia e sociologia ➔ Período: a partir dos anos 2000, com exceção das obras de referência das áreas. ➔ Preditores: ansiedade, transtornos de ansiedade, sociedade da informação, sociedade do conhecimento, mediação da leitura, biblioterapia, excesso de informação.
  5. 5. Os Nativos Digitais ● Gerações - Compartilhamento de tempo - espaço cultura ● Juventude como força transformadora da sociedade ● Geração Digital - 3 períodos principais
  6. 6. Os nativos digitais ● Geração Y e Z ● Adolescentes: 12 a 18 anos ● Interatividade, mobilidade, independência, fluidez, falta de hierarquia, dinamismo, rapidez ● Período de descobertas de habilidades e preferências profissionais ● Busca da identidade ● Inspirações e aspirações ● Modificação de relações profissionais e empresa - cliente
  7. 7. A ansiedade no contexto informacional - Angústia, Inquietação, Intranquilidade, Desejo permanente, apreensão - O medo - Fatores psicossomáticos: Ansiedade aguda x Ansiedade crônica - Perigos, problemas crônicos, mudança de vida e transtornos - Falta de auto conhecimento
  8. 8. A ansiedade no contexto informacional - Capitalismo selvagem -> lucros - Era dos excessos : muitas opções - Muitas escolhas a fazer = conflitos = ansiedade - Conflitos intrapessoais e interpessoais (Davidoff, 2001) - Tipos : aproximação-aproximação, esquiva-esquiva aproximação-esquiva simples e dupla. - Dois polos de ação opostos de ocorrências comuns: tendência a desejar não perder nenhuma opção disponível - vício, ou desejar não escolher - fuga/evitação
  9. 9. A ansiedade no contexto informacional Consequências - Baixa autoestima - Dificuldade de foco e atenção - Problemas com interpretações de mensagens e pensamento - Diminuição de interesses - Desenvolvimento de meios compensatórios - Predisposição a doeças físicas (infecções, gripes, resfriados, viroses, gastrites, piora em problemas cardíacos, etc.) Mecanismos inconsciente naturais: ● intelectualização/ racionalização: justificativas ● distração/ catarse: evitação
  10. 10. Biblioterapia ● Tempos remotos da Grécia Antiga ● Várias denominações º L.H.TWEFFORT (1968) “ Um auxílio no tratamento que, através da leitura, busca a aquisição de um conhecimento melhor de si mesmo e das reações dos outros, resultando em um melhor ajustamento à vida.” ● A procura da cura através das palavras (o texto literário + oralidade) ● Interpretações e discussões - a identidade em movimento ● Linguagens e a leitura: construção de sentidos e significados ● Catarse (Aristóteles, sobre o teatro grego), trabalho com emoções humanas
  11. 11. Biblioterapia ● Tipos : de autoajuda, criativa, institucional, clínica, desenvolvimento pessoal, entre outras. ● Divida em públicos - alvo: crianças, adolescentes, adultos (com problemas específicos) e idosos. ● Maurice Baker nos anos 70 indicou que existiam pouquíssimos trabalhos de biblioterapia com adolescentes. ● Programas temporários brasileiros ● Consultas individuais/grupo ● Trabalho em equipe. ° ● Competências necessárias para o biblioterapeuta
  12. 12. Dietas da informação ● Informação e a necessidade humana ● Redução de incerteza, indicação de ordem ● Necessidades informacionais: pirâmide de Maslow ● Demandas da informação: pirâmide invertida sobre- posta
  13. 13. Dietas da informação
  14. 14. Dietas da informação ● Sobrecarga/excesso de informação vs Consumo indiscriminado ● Consumidor viciado : transtornos “Sintomas” : - Dismorfia da realidade “Causas”: - Agnotologia, fechamento epistêmico e falha de filtro de seleção Ansiedade de informação Ciberhipocondríaco Dataholics Bulimia Informacional Obesidade Informacional
  15. 15. Dietas da informação - Desconectar-se totalmente é fugir do problema - Formação de critérios e atitudes bem determinados - Busca a estímulos de pensamento crítico 1. Seja um infovegano 2. Busque a alfabetização informacional 3. Exercitar a atenção e o foco
  16. 16. Conclusão ★ Adolescentes são uma parte da força transformadora da sociedade, e mesmo assim não têm o foco em trabalhos de consciência informacional ★ O período da adolescência é crucial para o desenvolvimento do ser, sendo um época onde vários problemas individuais podem ocorrem, e também um período onde a recuperação é mais provável (em termos sociais e psicológicos) ★ O não controle do fluxo informacional gera problemas individuais e coletivos na saúde humana e deve ser trabalhado ★ O bibliotecário possui um rol de conhecimentos adequados ao trabalho proposto ★ A biblioterapia e o esquema das dietas informacionais são uma opção de trabalho aconselhável.

×