Demostração financeiras questôes

491 visualizações

Publicada em

questões dobre finanças

Publicada em: Economia e finanças
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
491
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
6
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Demostração financeiras questôes

  1. 1. FUNDAÇÃO CARMELITANA MÁRIO PALMÉRIO CURSO DE ADMINISTRAÇÃO CADERNO DE EXERCÍCIOS ADMINISTRAÇÃO FINANCEIRA II Professora: Alessandra Vieira Cunha Marques
  2. 2. Profª: Alessandra Vieira C. Marques – Segundo Semestre/2.010 2 1 AMBIENTE FINANCEIRO E CONCEITOS FINACEIROS Atividades Práticas Sistema Financeiro Nacional (SFN) 1 O Sistema Financeiro Nacional (SFN) tem importância social e econômica no processo de intermediação e distribuição de recursos no mercado. Ele é composto por instituições públicas e privadas que atuam nos diversos instrumentos financeiros. O governo possui órgãos normativos e executivos. Defina quais são e as funções do órgão normativo e do órgão executivo do mercado financeiro. 2 O sistema de intermediação é composto por agentes capazes de gerar poupança para investimentos e agentes carentes de capital. Estas transferências de recursos processam-se por meio das instituições financeiras. Assinale V, para verdadeiro, e F, para falso, nas alternativas relacionadas ao Sistema Financeiro Nacional. a) ( ) Uma característica do banco é a capacidade de interferir nos meios de pagamentos da economia com a criação da moeda escritural. Devido a essa característica, todo o recurso depositado no banco é devolvido ao mercado sob a forma de empréstimo. b) ( ) Os bancos comerciais e múltiplos são instituições financeiras que atendem a demanda por crédito de tomadores de recursos, sendo que os bancos comerciais e múltiplos têm o mesmo universo de atuação. c) ( ) O BNDES é um banco de investimento que atua em operações de repasses oficiais. Os recursos são oferecidos para suprir a necessidade de capital de giro e capital fixo. d) ( ) A sociedade de arrendamento mercantil e a sociedade de crédito, financiamento e investimento têm como principais fontes de recursos a colocação de debêntures de emissão própria e a colocação de letras de câmbio no mercado, respectivamente. e) ( ) Associação de Poupança e Empréstimo é constituída sob a forma de sociedades civis sem fins lucrativos que atuam no financiamento imobiliário, sendo voltadas à área habitacional. Ativos Financeiros 3 Os ativos financeiros negociados no mercado podem ser classificados com relação à renda, prazo e emissão. Defina ativos de renda fixa, renda variável, a natureza da emissão dos títulos e quais são os prazos. 4 As ações representam uma fração do capital social de uma sociedade. A ação é considerada um título de renda variável que está vinculado aos lucros auferidos pela empresa emissora. Assinale V, para verdadeiro, e F, para falso, nas alternativas relacionadas ao mercado de ações. a) ( )No exercício social, parte dos resultados líquidos é distribuída sob a forma de dividendos, ou seja, distribui dinheiro aos acionistas. b) ( )Dividendos: uma maneira de remunerar os acionistas. Outra forma de remuneração dos acionistas é o pagamento de juros calculados sobre o capital próprio; no entanto existem certas limitações e condições estabelecidas para essa forma de distribuição de resultados prevista pela legislação. O pagamento de juros calculados sobre o capital próprio não proporciona nenhuma vantagem fiscal à empresa. c) ( ) Os subscritores de capital podem beneficiar-se das valorizações de suas ações no mercado, sendo que este ganho dependerá da conjuntura do mercado e do desempenho econômico-financeiro da empresa e da quantidade de ações. d) ( )O direito de subscrição permite a todo acionista subscrever, na proporção das ações
  3. 3. Profª: Alessandra Vieira C. Marques – Segundo Semestre/2.010 3 possuídas, todo o aumento de capital; no entanto, esse direito de subscrição pode ser negociado no mercado pelo investidor quando o preço de mercado apresentar-se valorizado em relação ao preço subscrito. e) ( )Bonificação é a emissão e distribuição gratuita aos acionistas, quando uma sociedade decide elevar seu capital social, em quantidade proporcional à participação de capital. O capital social é elevado em função da incorporação de reservas patrimoniais. Mercados Financeiros 5 A intermediação financeira desenvolve-se de forma segmentada. Esses segmentos na prática permitem que várias operações financeiras interajam por meio de um amplo sistema de comunicações. Defina os segmentos de intermediação financeira. 6- Você comprou 100 opções de compra de ações da Bovespa Holding S/A pelo valor de R$ 2,00/opção e preço de exercício de R$ 33,00/ação. No dia do vencimento, o preço de mercado estava em R$ 37,00. Calcule o seu lucro ou prejuízo. 7 - Um investidor lançou 03 opções de venda de ações da Vale do Rio Doce com preço de exercício de R$ 73,00/ação e vencimento em 2 meses. Sabendo que o preço de mercado na data do vencimento era de R$ 70,00/ação e o premio de R$ 4,00/ação, calcule o lucro ou prejuízo do lançador.
  4. 4. Profª: Alessandra Vieira C. Marques – Segundo Semestre/2.010 4 2 FONTES DE FINANCIAMENTO DE CURTO PRAZO Atividades Práticas 1 Responda as questões: 1. Comente sobre as fontes espontâneas de financiamento. 2. Conceitue capital próprio. Conceitue capital de terceiros. 3. Descreva as outras fontes de financiamento.
  5. 5. Profª: Alessandra Vieira C. Marques – Segundo Semestre/2.010 5 3 ADMINISTRAÇÃO DO CAPITAL DE GIRO Elaboração e Análise do Fluxo de Caixa Atividades Práticas PRAZO MÉDIO 1. Teste de múltipla escolha a. O prazo médio de recebimento de vendas é dado pela fórmula: a. Vendas ÷ Estoques. b. Vendas ÷ 360. c. 360 x (vendas ÷ Duplicatas a Receber). d. 360 x (Duplicatas a Receber ÷ Vendas). b. Se as vendas e/ou compras flutuarem, se tiverem picos e vales ou concentração em determinadas épocas do ano, os índices de prazo médio: a. Deverão representar adequadamente, uma vez que se trata de uma média. b. Poderão estar distorcidos. c. São ainda mais úteis. d. As afirmações anteriores são falsas. c. Dias, em média que a empresa terá de esperar para receber as suas duplicatas: a. PMRV. b. PMRE. c. PMPC. d. Nenhuma das alternativas anteriores. d. O tempo decorrido entre o momento em que a empresa coloca o dinheiro (pagamento ao fornecedor) e o momento em que recebe as vendas (recebimento do cliente) é o período em que a empresa precisa arrumar financiamento. Esse ciclo é também chamado de: a. Ciclo Financeiro. b. Ciclo Econômico. c. Ciclo Operacional. d. Nenhuma das alternativas anteriores. e. Encaixe e Desencaixe são expressões que significam: a. Entradas e Saídas de Caixa. b. Tomada de Empréstimos e Pagamentos de Empréstimos c. As duas alternativas anteriores. d. Nenhuma das alternativas anteriores. 2. Questões: 1. Quais os prazos que podemos calcular através das Demonstrações Financeiras? 2. O que é Prazo Médio de Recebimento de Vendas? Qual é a sua fórmula? 3. O que é Prazo Médio de Pagamento de Compras? Qual é a sua fórmula? 4. O que é Prazo Médio de Renovação de Estoque? Qual é a sua fórmula? 5. Qual a inter-relação dos índices de prazo médio? 6. O que é ciclo operacional? 7. O que é ciclo financeiro? 3. Complete: Ciclo Operacional Venda ? ? PM ____ PM ____
  6. 6. Profª: Alessandra Vieira C. Marques – Segundo Semestre/2.010 6 4. A Cia Prado S/A apresentava os seguintes dados em suas Demonstrações Financeiras: Conta Ano 1999 Ano 2000 Ano 2001 Estoques 751.000 890.000 900.000 Fornecedores 690.000 701.000 680.000 C.M.V 3.400.000 3.600.000 3.800.000 Vendas 6.060.000 6.500.000 7.800.000 Duplicadas a Receber 1.200.000 1.100.000 1.524.000 Compras 2.900.000 1.690.000 2.500.000 Pede-se : a) Calcular PMRE , PMRV e PMPC b) Calcular o Ciclo Operacional e o Ciclo Financeiro ADMINISTRAÇÃO DO CAPITAL DE GIRO 5.Numere: 1 - NCG 1 - Ciclo Financeiro 2 - Cálculo aproximado de Vendas Diárias. 3 - Ciclo Operacional 4 - Ciclo Econômico ( ) Vendas Anuais ÷ 360 ( ) Reflete o montante de $ que a empresa necessita tomar para financiar o seu Ativo Circulante em decorrência das atividades de compra, produção e venda. ( ) PMRE + PMRV – PMPC ( ) Prazo de investimento, ou seja, o intervalo que vai da Compra até o Recebimento de Vendas. ( ) Período que vai da compra até a venda. 6. Questões: 1) O que é NCG? 2) Quais as situações básicas que podem ocorrer numa empresa? 3) O que é tesouraria? 1) Como pode ser estudada a tesouraria? Explique. 7. A Empresa Estudo Ltda apresenta os seguintes relatórios. Pede-se: a) Calcule os prazos médios PMRE, PMRV e PMPC
  7. 7. Profª: Alessandra Vieira C. Marques – Segundo Semestre/2.010 7 b) Calcule o ciclo operacional e o ciclo financeiro c) Calcule a NCG d) Calcule a Tesouraria (T) e) Faça um comentário geral dessa empresa Balanço Patrimonial 2000 2001 ATIVO Ativo Circulante Disponibilidade Aplicações Financeiras Duplicatas a Receber Estoques Total do Ativo Circulante Ativo Não Circulante TOTAL DO ATIVO PASSIVO Passivo Circulante Fornecedores Outras obrigações Empréstimos Total do Passivo Circulante Patrimônio Líquido TOTAL DO PASSIVO 200 400 280 200 1.080 2.500 3.580 300 250 170 720 2.860 3.580 420 280 1.100 450 2.250 2.500 4.750 400 250 850 1.500 3.250 4.750 Dados Adicionais 2000 2001 Compras CMV Vendas 1.250 1.100 1.300 1.590 1.650 5.900 DEMONSTRAÇÃO DO FLUXO DE CAIXA 8. A Cia Geral Ltda. apresenta os seguintes relatórios. Pede-se: a) Calcule os prazos médios PMRE, PMRV e PMPC b) Calcule o ciclo operacional e o ciclo financeiro c) Calcule a NCG d) Calcule a Tesouraria (T) e) Faça a DFLC (Demonstração do Fluxo Líquido de Caixa) f) Faça um comentário geral dessa empresa
  8. 8. Profª: Alessandra Vieira C. Marques – Segundo Semestre/2.010 8 CIA GERAL LTDA BALANÇO PATRIMONIAL B P 31.12.2001 31.12.2002 ATIVO CIRCULANTE Disponível Dupl. a Receber Estoques Total do Ativo Circulante NÃO CIRCULANTE Realizável a longo prazo Imobilizado Depreciação Total do não circulante TOTAL DO ATIVO PASSIVO CIRCULANTE Fornecedores Empréstimos Bancários Total do Passivo Circulante NÃO CIRCULANTE Financiamentos PATRIMÔNIO LÍQUIDO Capital Reservas de lucros Total Patrimônio Líquido TOTAL DO PASSIVO 1.400 12.000 7.150 20.550 350 21.900 (900) 21.350 41.900 4.700 20.000 24.700 7.250 8.550 1.400 9.950 41.900 2.000 15.000 8.370 25.370 490 28.800 (1.800) 27.490 52.860 4.000 24.190 28.190 10.870 11.000 2.800 13.800 52.860 DEMONSTRAÇÃO DAS ORIGENS E APLICAÇÕES DE RECURSOS DOAR 31.12.2002 ORIGENS Das operações Lucro do Exercício + Depreciação do Exercício Dos Acionistas Aumento do Capital De Terceiros Financiamento de Longo Prazo TOTAL DAS ORIGENS APLICAÇÕES Dividendos Aquisição de Imobilizado Aumento do Capital Circulante Líquido 1.400 900 2.300 2.450 3.620 8.370 (140) (6.900) (7.040) 1.330 DADOS ADICIONAIS 2001 2002 CMV Vendas Compras 36.800 72.000 7.500 64.500 126.000 8.900
  9. 9. Profª: Alessandra Vieira C. Marques – Segundo Semestre/2.010 9 9. Elabore o Fluxo de Caixa da Empresa Cia Legal. CIA LEGAL BALANÇO PATRIMONIAL B P 31.12.X0 31.12.X1 ATIVO CIRCULANTE Disponível Dupl. a Receber Estoques Total do Ativo Circulante NÃO CIRCULANTE Imobilizado Depreciação Total do não circulante TOTAL DO ATIVO PASSIVO CIRCULANTE Fornecedores Empréstimos Bancários Total do Passivo Circulante NÃO CIRCULANTE Financiamentos PATRIMÔNIO LÍQUIDO Capital Reservas de Lucros Total Patrimônio Líquido TOTAL DO PASSIVO 1.269 2.464 1.469 5.202 3.429 (852) 2.577 7.779 865 200 1.065 406 5.107 1.201 6.308 7.779 1.106 2.474 1.838 5.418 5.542 (1.704) 3.838 9.256 1.022 492 1.514 1.188 5.453 1.101 6.554 9.256 DEMONSTRAÇÃO DAS ORIGENS E APLICAÇÕES DE RECURSOS DOAR 31.12.X1 ORIGENS Das operações Lucro do Exercício + Depreciação do Exercício Dos Acionistas Aumento do Capital De Terceiros Financiamento de Longo Prazo TOTAL DAS ORIGENS APLICAÇÕES Dividendos Aquisição de Imobilizado Redução do Capital Circulante Líquido 300 852 1.152 346 782 2.280 (400) (2.113) (2.513) (233)
  10. 10. Profª: Alessandra Vieira C. Marques – Segundo Semestre/2.010 10 Atividades Práticas – Índices Estrutura de Capitais 1) A empresa JR Comércio Ltda apresentou nos anos abaixo, os seguintes valores em suas Demonstrações Financeiras: ATIVO Ano 19X2 Ano 19X3 PASSIVO Ano 19X2 Ano 19X3 Circulante Circulante Disponível 2.000 3.200 Salários a Pagar 19.000 31.000 Clientes /Contas a Receber 13.000 26.800 Fornecedores 13.000 43.000 Estoques 20.000 30.000 Impostos a recolher 5.000 15.000 Total do Ativo Circulante 35.000 60.000 Total do Passivo Circulante 37.000 89.000 Não Circulante Não Circulante Duplicatas a receber- longo prazo 1.200 3.300 Financiamentos 5.000 12.000 Investimentos 1.800 2.700 Patrimônio Líquido Imobilizado 35.000 107.000 Capital Social 9.000 28.500 Total do não circulante 38.000 113.000 Reservas 12.000 26.500 Reservas de Lucros 10.000 17.000 Total do PL 31.000 72.000 TOTAL DO ATIVO 73.000 173.000 TOTAL PASSIVO 73.000 173.000 Pede-se calcular os índices financeiros da Estrutura de Capitais, comentar sobre eles e avaliar o desempenho desta empresa, considerando apenas os índices de estrutura de capital. Índices Ano 19X2 Ano 19X3 Participação Capital de Terceiros Composição Endividamento Imobilização do PL Imobilização do Recursos ñ Correntes _____________________________________________________________________________________ _____________________________________________________________________________________ _____________________________________________________________________________________ _____________________________________________________________________________________ _____________________________________________________________________________________ _____________________________________________________________________________________ _____________________________________________________________________________________ _____________________________________________________________________________________ _____________________________________________________________________________________ Calcule e analise os índices financeiros da Estrutura de Capitais dos Balanços abaixo: 2) Cia Mineira ATIVO Ano 2000 Ano 2001 PASSIVO Ano 2000 Ano 2001 Circulante Circulante Disponível 200 1.350 Fornecedor 3.000 8.300 Duplicatas a Receber 2.500 9.700 Contas a Pagar 1.600 3.868 Estoques 3.400 11.200 Empréstimos Bancários ------- 4.400 Total do Ativo Circulante 6.100 22.250 Total do Passivo Circulante 4.600 16.568
  11. 11. Profª: Alessandra Vieira C. Marques – Segundo Semestre/2.010 11 Não Circulante Patrimônio Líquido Investimentos 8.100 19.600 Capital Social 4.850 9.600 Imobilizado 2.100 4.850 Reservas 4.750 14.976 Total do não circulante 10.200 24.250 Reservas de lucros 2.100 5.556 Total do PL 11.700 30.132 TOTAL DO ATIVO 16.300 46.700 TOTAL PASSIVO 16.300 46.700 Índices Ano 2000 Ano 2001 Participação Capital de Terceiros Composição Endividamento Imobilização do PL Imobilização do Recursos ñ Correntes _____________________________________________________________________________________ _____________________________________________________________________________________ _____________________________________________________________________________________ _____________________________________________________________________________________ _____________________________________________________________________________________ _____________________________________________________________________________________ _____________________________________________________________________________________ _____________________________________________________________________________________ 3) Cia Paulista ATIVO Ano 2001 Ano 2002 PASSIVO Ano 2001 Ano 2002 Circulante Circulante Disponível 2.420 2.480 Fornecedores 12.000 21.500 Contas a Receber 10.560 31.540 Salários a Pagar 24.860 8.120 Estoques 49.140 34.280 Emprestimos 18.200 25.620 Total do Ativo Circulante 62.120 68300 Total do Passivo Circulante 55.060 55.240 Não circulante Não Circulante Duplicatas a receber- longo prazo 1.650 1.800 Financiamentos LP 20.000 5.390 Investimentos 42.015 48.400 Patrimônio Líquido Imobilizado 20.830 11.300 Capital Social 30.000 33.000 Intangível 24.885 12.000 Reservas 36.400 39.320 Total do Não Circulante 89.380 73.500 Reservas de Lucros 10.040 8.850 Total do PL 76.440 81.170 TOTAL DO ATIVO 151.500 141.800 TOTAL PASSIVO 151.500 141.800 Índices Ano 2001 Ano 2002 Participação Capital de Terceiros Composição Endividamento Imobilização do PL Imobilização do Recursos ñ Correntes ______________________________________________________________________ ______________________________________________________________________
  12. 12. Profª: Alessandra Vieira C. Marques – Segundo Semestre/2.010 12 ______________________________________________________________________ ______________________________________________________________________ ______________________________________________________________________ ______________________________________________________________________ ______________________________________________________________________ ______________________________________________________________________ ______________________________________________________________________ ______________________________________________________________________
  13. 13. Profª: Alessandra Vieira C. Marques – Segundo Semestre/2.010 13 Atividades Práticas – Índices Liquidez 1) A empresa JR Comércio Ltda apresentou nos anos abaixo, os seguintes valores em suas Demonstrações Financeiras: ATIVO Ano 19X2 Ano 19X3 PASSIVO Ano 19X2 Ano 19X3 Circulante Circulante Disponível 2.000 3.200 Salários a Pagar 19.000 31.000 Clientes /Contas a Receber 13.000 26.800 Fornecedores 13.000 43.000 Estoques 20.000 30.000 Impostos a recolher 5.000 15.000 Total do Ativo Circulante 35.000 60.000 Total do Passivo Circulante 37.000 89.000 Não Circulante Não Circulante Duplicatas receber-longo prazo 1.200 3.300 Financiamentos 5.000 12.000 Investimentos 1.800 2.700 Patrimônio Líquido Imobilizado 35.000 107.000 Capital Social 9.000 28.500 Total do não circulante 38.000 113.000 Reservas 12.000 26.500 Reservas de lucros 10.000 17.000 Total do PL 31.000 72.000 TOTAL DO ATIVO 73.000 173.000 TOTAL PASSIVO 73.000 173.000 Pede-se calcular os índices de liquidez, comentar sobre eles e avaliar o desempenho desta empresa analisando somente os índices de liquidez. Índices Ano 19X2 Ano 19X3 Liquidez Geral Liquidez Corrente Liquidez Imediata Liquidez Seca _____________________________________________________________________________________ _____________________________________________________________________________________ _____________________________________________________________________________________ _____________________________________________________________________________________ _____________________________________________________________________________________ _____________________________________________________________________________________ _____________________________________________________________________________________ _____________________________________________________________________________________ Calcule e analise os índices financeiros da Liquidez dos Balanços abaixo: 2) Cia Mineira ATIVO Ano 2000 Ano 2001 PASSIVO Ano 2000 Ano 2001 Circulante Circulante Disponível 200 1.350 Fornecedor 3.000 8.300 Duplicatas a Receber 2.500 9.700 Contas a Pagar 1.600 3.868 Estoques 3.400 11.200 Empréstimos Bancários ------- 4.400 Total do Ativo Circulante 6.100 22.250 Total do Passivo Circulante 4.600 16.568 Não Circulante Patrimônio Líquido
  14. 14. Profª: Alessandra Vieira C. Marques – Segundo Semestre/2.010 14 Investimentos 8.100 19.600 Capital Social 4.850 9.600 Imobilizado 2.100 4.850 Reservas 4.750 14.976 Total do não circulante 10.200 24.250 Reservas de lucros 2.100 5.556 Total do PL 11.700 30.132 TOTAL DO ATIVO 16.300 46.700 TOTAL PASSIVO 16.300 46.700 Índices Ano 2000 Ano 2001 Liquidez Geral Liquidez Corrente Liquidez Imediata Liquidez Seca _____________________________________________________________________________________ _____________________________________________________________________________________ _____________________________________________________________________________________ _____________________________________________________________________________________ _____________________________________________________________________________________ _____________________________________________________________________________________ _____________________________________________________________________________________ . 3) Cia Paulista ATIVO Ano 2001 Ano 2002 PASSIVO Ano 2001 Ano 2002 Circulante Circulante Disponível 2.420 2.480 Fornecedores 12.000 21.500 Contas a Receber 10.560 31.540 Salários a Pagar 24.860 8.120 Estoques 49.140 34.280 Emprestimos 18.200 25.620 Total do Ativo Circulante 62.120 68300 Total do Passivo Circulante 55.060 55.240 Não circulante Não circulante Realizável a Longo Prazo 1.650 1.800 Financiamentos LP 20.000 5.390 Investimentos 42.015 48.400 Patrimônio Líquido Imobilizado 20.830 11.300 Capital Social 30.000 33.000 Intangível 24.885 12.000 Reservas 36.400 39.320 Total do não circulante 89.380 73.500 Reservas de lucros 10.040 8.850 Total do PL 76.440 81.170 TOTAL DO ATIVO 151.500 141.800 TOTAL PASSIVO 151.500 141.800 Índices Ano 2001 Ano 2002 Liquidez Geral Liquidez Corrente Liquidez Imediata Liquidez Seca _____________________________________________________________________________________ _____________________________________________________________________________________ _____________________________________________________________________________________ _____________________________________________________________________________________ _____________________________________________________________________________________
  15. 15. Profª: Alessandra Vieira C. Marques – Segundo Semestre/2.010 15 _____________________________________________________________________________________ _____________________________________________________________________________________ _____________________________________________________________________________________ _____________________________________________________________________________________ _____________________________________________________________________________________
  16. 16. Profª: Alessandra Vieira C. Marques – Segundo Semestre/2.010 16 Atividade Prática - Rentabilidade 1) A empresa JR Comércio Ltda apresentou nos anos abaixo, os seguintes valores em suas Demonstrações Financeiras: ATIVO Ano 19X2 Ano 19X3 PASSIVO Ano 19X2 Ano 19X3 Circulante Circulante Disponível 2.000 3.200 Salários a Pagar 19.000 31.000 Clientes /Contas a Receber 13.000 26.800 Fornecedores 13.000 43.000 Estoques 20.000 30.000 Impostos a recolher 5.000 15.000 Total do Ativo Circulante 35.000 60.000 Total do Passivo Circulante 37.000 89.000 Não Circulante Não Circulante Realizável a Longo Prazo 1.200 3.300 Financiamentos 5.000 12.000 Investimentos 1.800 2.700 Patrimônio Líquido Imobilizado 35.000 107.000 Capital Social 9.000 28.500 Total do Não Circulante 38.000 113.000 Reservas 12.000 26.500 Reservas de lucros 10.000 17.000 Total do PL 31.000 72.000 TOTAL DO ATIVO 73.000 173.000 TOTAL PASSIVO 73.000 173.000 Pede-se calcular os índices de rentabilidade comentar sobre eles e avaliar o desempenho desta empresa. Demonstração do Resultado do Exercício. 31/12/19X2 31/12/19X3 Vendas 22.000 36.720 CMV (6.000) (16.080) Lucro Bruto 6.000 20640 Despesas operacionais ( 6.400 ) (13.640 ) Resultado Líquido 9.600 7.000 Índices Ano 19X2 Ano 19X3 Giro do Ativo Margem Líquida Rentabilidade do Ativo Rentabilidade do PL _____________________________________________________________________________________ _____________________________________________________________________________________ _____________________________________________________________________________________ _____________________________________________________________________________________ _____________________________________________________________________________________ _____________________________________________________________________________________ _____________________________________________________________________________________ _____________________________________________________________________________________ Calcule e analise os índices econômicos de Rentabilidade utilizando os Balanços e DREs abaixo: 2) Cia Mineira
  17. 17. Profª: Alessandra Vieira C. Marques – Segundo Semestre/2.010 17 ATIVO Ano 2000 Ano 2001 PASSIVO Ano 2000 Ano 2001 Circulante Circulante Disponível 200 1.350 Fornecedor 3.000 8.300 Duplicatas a Receber 2.500 9.700 Contas a Pagar 1.600 3.868 Estoques 3.400 11.200 Empréstimos Bancários ------- 4.400 Total do Ativo Circulante 6.100 22.250 Total do Passivo Circulante 4.600 16.568 Não Circulante Patrimônio Líquido Investimentos 8.100 19.600 Capital Social 4.850 9.600 Imobilizado 2.100 4.850 Reservas 4.750 14.976 Total do Não Circulante 10.200 24.250 Reservas de lucros 2.100 5.556 Total do PL 11.700 30.132 TOTAL DO ATIVO 16.300 46.700 TOTAL PASSIVO 16.300 46.700 DRE Ano 2000 Ano 2001 Vendas 22.500 70.050 CMV (15.750) (52.537) Lucro Bruto 6.750 17.513 Despesas Operacionais (3.490) (3.831) Resultado Líquido 3.260 13.682 Índices Ano 2000 Ano 2001 Giro do Ativo Margem Líquida Rentabilidade do Ativo Rentabilidade do Patrimônio Líquido _____________________________________________________________________________________ _____________________________________________________________________________________ _____________________________________________________________________________________ _____________________________________________________________________________________ _____________________________________________________________________________________ _____________________________________________________________________________________ _____________________________________________________________________________________ _____________________________________________________________________________________ _____________________________________________________________________________________ 3) Cia Paulista ATIVO Ano 2001 Ano 2002 PASSIVO Ano 2001 Ano 2002 Circulante Circulante Disponível 2.420 2.480 Fornecedores 12.000 21.500 Contas a Receber 10.560 31.540 Salários a Pagar 24.860 8.120 Estoques 49.140 34.280 Emprestimos 18.200 25.620 Total do Ativo Circulante 62.120 68300 Total do Passivo Circulante 55.060 55.240 Não Circulante Não Circulante Financiamentos LP 20.000 5.390 Realizável a Longo Prazo 1.650 1.800 Patrimônio Líquido Investimentos 42.015 48.400 Capital Social 30.000 33.000 Imobilizado 20.830 11.300 Reservas 36.400 39.320 Intangível 24.885 12.000 Reservas de Lucros 10.040 8.850
  18. 18. Profª: Alessandra Vieira C. Marques – Segundo Semestre/2.010 18 Total do Não Circulante 89.380 73.500 Total do PL 76.440 81.170 TOTAL DO ATIVO 151.500 141.800 TOTAL PASSIVO 151.500 141.800 DRE Ano 2001 Ano 2002 Vendas 181.800 198.000 CMV (136.350) (158.816) Lucro Bruto 45.450 39.974 Despesas Operacionais (39.725) (34.974) Resultado Líquido 5.725 4.730 Índices Ano 2001 Ano 2002 Giro do Ativo Margem Líquida Rentabilidade do Ativo Rentabilidade do Patrimônio Líquido _____________________________________________________________________________________ _____________________________________________________________________________________ _____________________________________________________________________________________ _____________________________________________________________________________________ _____________________________________________________________________________________ _____________________________________________________________________________________ _____________________________________________________________________________________ _____________________________________________________________________________________
  19. 19. Profª: Alessandra Vieira C. Marques – Segundo Semestre/2.010 19 Quadro resumo dos índices SÍMBOLO ÍNDICE FÓRMULA INDICA INTERPRETAÇÃO 1. CT/PL 2. PC/CT 3. ANC-RLP/PL 4. ANC –RLP PL + PNC Estrutura de Capital * Participação de Capital de Terceiros (Endividamento) * Composição do Endividamento * Imobilização do Patrimônio Líquido * Imobilização de Recursos Não Correntes Capital de Terceiros x 100 Patrimônio Líquido Passivo Circulante x 100 Capitais de Terceiros Ativo não circulante– realizável a longo prazo x 100 Patrimônio Líquido Ativo não circulante- realizável longo prazo x 100 Patrimônio Líquido + Passivo não circulante Quanto a empresa tomou de capitais de terceiros para cada $100 de capital próprio. Qual o percentual de obrigações a curto prazo em relação às obrigações totais. Quantos $ a empresa aplicou no Ativo não circulante para cada $100 de Patrimônio Líquido. Que percentual dos Recursos não Correntes (Patrimônio Líquido e passivo não circulante) foi destinado ao Ativo não circulante. Quanto menor, melhor. Quanto menor, melhor. Quanto menor, melhor. Quanto menor, melhor. 5. LG 6. LC 7. LI 8. LS Liquidez * Liquidez Geral * Liquidez Corrente * Liquidez Imediata * Liquidez Seca Ativo Circulante + Realizável a Longo Prazo Passivo Circulante + passivo não circulante Ativo Circulante Passivo Circulante Disponível Passivo Circulante Ativo Circulante – Estoques Passivo Circulante Quanto a empresa possui de Ativo Circulante + Realizável a Longo Prazo para cada $1 de dívida total. Quanto a empresa possui de Ativo Circulante para cada $1 de Passivo Circulante. Quanto a empresa possui de Disponibilidades para cada $1 de Passivo Circulante. Quanto a empresa possui de Ativo Líquido para cada $1 de Passivo Circulante. Quanto maior, melhor. Quanto maior, melhor. Quanto maior, melhor. Quanto maior, melhor. 9. V/AT 10. LL/V 11. LL/AT 12. LL/PL Rentabilidade (ou Resultados) * Giro do Ativo * Margem Líquida * Rentabilidade do Ativo * Rentabilidade do Patrimônio Líquido Vendas . Ativo Total Lucro Líquido x 100 Vendas Lucro Líquido x 100 Ativo Total Lucro Líquido x 100 Patrimônio Líquido Quanto a empresa vendeu para cada $1 de investimento total. Quanto a empresa obtém de lucro para cada $100 vendidos. Quanto a empresa obtém de lucro para cada $100 de investimento total Quanto a empresa obtém de lucro para cada $100 de capital próprio investido, em média, no exercício. Quanto maior, melhor. Quanto maior, melhor. Quanto maior, melhor. Quanto maior, melhor.
  20. 20. Profª: Alessandra Vieira C. Marques – Segundo Semestre/2.010 20 4 TÉCNICAS DE ANÁLISE E PLANEJAMENTO FINANCEIRO Atividades Práticas ANÁLISE DOS ÍNDICES 1 Abaixo apresentamos as Demonstrações Financeiras da empresa Metalúrgica São Carlos S/A * Calcule os índices financeiros - Liquidez, Estrutura de Capital e Rentabilidade * Identifique os pontos fortes e fracos desta empresa. * Faça uma análise do desempenho desta empresa nos três anos apresentados. Balanço Patrimonial Empresa : Metalúrgica São Carlos S/A ATIVO Ano 20X1 Ano 20X2 Ano 20X3 PASSIVO Ano 20X1 Ano 20X2 Ano 20X3 Circulante Circulante Disponível 5.000 4.800 3.200 Salários a Pagar 25.000 28.000 31.000 Clientes /Contas a Receber 16.000 14.800 15.800 Fornecedores 10..000 12.600 22.000 Estoques 20.000 21.000 20.000 Impostos a recolher 8.000 6.700 5.000 Total do Ativo Circulante 41.000 40.600 39.000 Total do Passivo Circulante 43.000 47.300 58.000 Não Circulante Não Circulante Financiamentos 15..000 16.000 17.000 Realizável a Longo Prazo 2.300 4.000 5.000 Patrimônio Líquido Investimentos 2.800 3.800 3.000 Capital Social 9.100 15.000 18.500 Imobilizado 35.000 37.500 52.000 Reservas de Lucros 14.000 7.600 5.500 Total do não circulante 40.100 44.800 60.000 Total do PL 23.000 22.600 24.000 TOTAL DO ATIVO 81.100 85.900 99.000 TOTAL PASSIVO 81.100 85.900 99.000 Demonstração do Resultado do Exercício. 31/12/20X1 31/12/20X2 31/12/20X3 Vendas 22.000 36.720 53.000 CMV (6.000) (17.900) (23.200) Lucro Bruto 16.000 18.820 29.800 Despesas operacionais ( 6.400 ) (13.640 ) (23.390) Resultado Líquido 9.600 5.180 6.410 Índices Ano 20X1 Ano 20X2 Ano 20X3 Liquidez Geral Liquidez Imediata Liquidez Corrente Liquidez Seca Participação Capital de Terceiros Composição Endividamento Imobilização do PL Imobilização do Recursos Não Correntes Giro do Ativo Margem Líquida Rentabilidade do Ativo Rentabilidade do PL 2 Numere: 1. Participação de Capitais de Terceiros ( ) AC / PC 2. Composição do Endividamento ( ) V /AT 3. Imobilização do Patrimônio Líquido ( ) CT / PL 4. Liquidez Geral ( ) ANC-RLP/ PL 5. Liquidez Corrente ( ) LL / PL 6. Giro do Ativo ( ) PC / CT
  21. 21. Profª: Alessandra Vieira C. Marques – Segundo Semestre/2.010 21 7. Margem Líquida ( ) AC + RLP / PC + PNC 8. Rentabilidade do Patrimônio Líquido ( ) LL / V 3. Complete o quadro abaixo: ÍNDICE ASPECTO REVELADO Participação de Capital de Terceiros Imobilização do Patrimônio Líquido Liquidez Corrente Rentabilidade do Patrimônio Liquido 4. Preencha os espaços em branco: a) O índice de Liquidez Geral mostra quanto a empresa................................................................................. .......................................................................................................................................................................... b) O índice de Composição do Endividamento que mostra o percentual de dívidas de curto prazo em relação às dívidas totais é quanto menor......................................................................................................... c) O índice de margem Líquida é calculado através da fórmula: ................................................................... d) O índice de Giro do Ativo relaciona as vendas com o ............................................................................. 5. Com base nos dados das demonstrações financeiras seguintes, preencha os quadros A e B: Balanço Patrimonial ATIVO PASSIVO E PL Ativo Circulante Caixa e Bancos 300 Duplicatas a Receber 1.800 Estoques 1.200 Total do Circulante 3.300 Ativo Não Circulante Investimento 400 Imobilizado 2.000 Total do Não Circulante 2.400 Passivo Circulante Fornecedores 1.600 Empréstimos Bancários 1.200 Outras Contas 200 Total do Circulante 3.000 Não Circulante Financiamentos (6 anos) 800 Patrimônio Líquido Capital 1.200 Reservas 700 Total do Patrimônio 1.900 TOTAL 5.700 TOTAL 5.700
  22. 22. Profª: Alessandra Vieira C. Marques – Segundo Semestre/2.010 22 Demonstração do Resultado do Exercício Vendas 6.000 ( - ) CMV 4.400 Lucro Bruto 1.600 ( - ) Despesas Operacionais 1.000 Lucro Operacional 600 ( - ) Resultado Não Operacional 200 Lucro Líquido 400 QUADRO A CT / PL ____________ % AP / PL ____________% AC + RLP / PC + PNC ____________ AC – Estoque / PC ____________ V / AT ____________ LL / V ____________% LL / PL ____________% QUADRO B  Para cada $ 100,00 de capital próprio, a empresa tomou $_______ de terceiros.  Para cada $ 1,00 de dívidas a curto prazo, a empresa possui $_______ investidos no Ativo Circulante.  Para cada $ 1,00 investidos em seu Ativo Total, a empresa vendeu $ ________. ANÁLISE VERTICAL / HORIZONTAL 6. Marque a Alternativa Correta 1. Na Análise Vertical, o percentual de uma conta mostra: a) O resultado de uma divisão que em princípio nada permite concluir. b) A comparação de uma conta em relação ao ano anterior. c) Sua real importância no conjunto. d) Nenhuma das alternativas anteriores. 2. Na Análise Horizontal, a evolução de cada conta mostra: a) Os caminhos trilhados pela empresa e as possíveis tendências. b) A participação de cada conta em relação a um todo. c) Uma divisão entre duas contas distintas. d) Nenhuma das alternativas anteriores. 7. Questões: a) Qual o objetivo da Análise Vertical? b) Qual o objetivo da Análise Horizontal?
  23. 23. Profª: Alessandra Vieira C. Marques – Segundo Semestre/2.010 23 8. Seguem as Demonstrações Financeiras levantadas em 31/12/2000 e 31//12/2001 da Empresa Indústria de Papel Celulose Gonzaga Ltda. Pede-se: a) Calcule os índices de Estrutura de Capital, Liquidez e Rentabilidade. Faça os comentários sobre eles b) Faça a Análise Vertical/Horizontal e comente sobre: a Imobilização, Capital de Giro, Capital de Terceiros e Capital Próprio desta empresa. c) Dê sua opinião se a imobilização feita será vantajosa para a empresa. d) A empresa terá condições de pagar seus compromissos (Capital de Terceiros)? Índices Ano 2000 Ano 2001 Estrutura De Capitais Participação Capital de Terceiros Composição Endividamento Imobilização do PL Imobilização de Recursos Não Correntes Liquidez Liquidez Geral Liquidez Corrente Liquidez Imediata Liquidez Seca Rentabilidade Giro do Ativo Margem Líquida Rentabilidade do Ativo Rentabilidade do PL BALANÇO PATRIMONIAL ATIVO Ano 2000 AV AH Ano 2001 AV AH PASSIVO Ano 2000 AV AH Ano 2001 AV AH Circulante Circulante Disponível 150 200 Salários a Pagar 89 100 Clientes/Contas a Receber 190 110 Fornecedores 150 170 Estoques 220 190 Impostos a recolher 56 85 Total do Ativo Circulante 560 500 Total do Passivo Circulante 295 355 Não Circulante Não Circulante Realizável a Longo Prazo 80 155 Financiamentos 160 280 Investimentos 95 180 Patrimônio Líquido Imobilizado 170 350 Capital Social 260 290 Total Ativo não circulante 265 530 Reservas de lucros 190 260 Total do Patrimônio Líq 450 550 TOTAL DO ATIVO 905 1.185 TOTAL DO PASSIVO 905 1.185 DEMONSTRAÇÃO DOS RESULTADOS DOS EXERCÍCIOS 31/12/2000 AV AH 31/12/2001 AV AH Vendas 650 880 CMV (215) (422) Lucro Bruto 435 458 Despesas operacionais (212) (209) Lucro Líquido 223 249
  24. 24. Profª: Alessandra Vieira C. Marques – Segundo Semestre/2.010 24 ORÇAMENTO DE CAIXA Elaborar Orçamento de caixa Saldo Inicial de caixa: R$ 25 R$ 14R$ 19R$ 24Salários R$ 30R$ 65R$ 20Empréstimos Total Nov R$ 105 60 dias (20%) 30 dias (70%) À vista (10%) Dez R$ 70 Out R$ 140 Set R$ 70 Ago R$ 35 Previsão Compras Total Nov R$ 150 60 dias (30%) 30 dias (40%) À vista (30%) Dez R$ 100 Out R$ 200 Set R$ 100 Ago R$ 50 Previsão Vendas (+) Financiamento (+) Saldo Inicial de Caixa (=) Saldo Final de Caixa Nov Fluxo Líquido de Caixa Pagamentos Recebimentos DezOutSetAgo
  25. 25. Profª: Alessandra Vieira C. Marques – Segundo Semestre/2.010 25 BIBLIOGRAFIA BÁSICA: HOJI, MASAKAZU. Administração financeira: uma abordagem prática. 5ª ed. São Paulo: Atlas, 2004. SILVA, José Pereira das empresas. Análise financeira das empresas.7ª ed. São Paulo: Atlas 2005. ASSAF, Alexandre & Silvia, César Augusto Tibúrcio. Administração do capital de giro. 3ª ed. São Paulo. Atlas 2002. ASSAF, Alexandre. Estrutura e análise de balanços um enfoque econômico financeiro. 8ª ed. São Paulo: Atlas 2006. COMPLEMENTAR: ASSAF, Alexandre. Estrutura e análise de balanços: um enfoque econômico financeiro. 3º ed. São Paulo: Atlas 1993. GITMAN, Lawrence j. Princípios de administração financeira. 7ª ed. São Paulo: Harbra, 1997. SANVICENTE, Antonio Zoratto. Administração financeira, 3ª ed. São Paulo : Atlas 1997. SECURATO, J. R . Decisões financeiras em condições de risco. São Paulo, Atlas 1993. LEITE, Hélio de Paula. Introdução à administração financeira, 2ª ed. São Paulo Atlas 1994. MARTINS, Eliseu & ASSAF Neto, Alexandre. Administração financeira. São Paulo: Atlas, 1989. MELLAGI FILHO, Armando. Custo de finanças. São Paulo: Atlas, 1978. ROSS, Stephen a. WETERRFIELD, Randolph W, JAFFE Jeffery F. Princípios de administração financeira: corporate finance. São Paulo: Atlas 1995. www.soleis.com.br (lei 11.638/07 e MP 449/08). www.cfc.org.br

×