Trabalho o corpo contemporâneo na dança 1

3.436 visualizações

Publicada em

0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
3.436
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
520
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
113
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Trabalho o corpo contemporâneo na dança 1

  1. 1. A REPRESENTAÇÃO DO CORPO CONTEMPORÂNEO NA DANÇA<br />DISCIPLINA: Corpo e Contemporaneidade<br />PROF.: Ana Cristina C. Pereira<br />CURSO DE GRADUAÇÃO DE DANÇA/UFMG 1-2011<br />ALUNAS: Danielle Márcia Fernandes<br /> Débora de Oliveira<br />
  2. 2. INTRODUÇÃO<br />As possibilidades de utilização do movimento na dança contemporânea nos diz muito sobre a relação estabelecida com o corpo na contemporaneidade. O presente trabalho propõe-se a demonstrar algumas destas possibilidades.<br />Com esta finalidade, buscamos através da bibliografia e dos temas discutidos com o grupo, analisar trechos de espetáculos contemporâneos. A análise dos vídeos possibilitam inúmeras interpretações, dentre as quais escolhemos categorias que direcionam a análise e a compreensão do lugar que o corpo ocupa na sociedade contemporânea.<br />
  3. 3. CORPO E CONTEMPORANEIDADE<br />“O lugar que o corpo ocupa atualmente<br />é uma das conseqüências do enfraquecimento dos coletivos e da configuração maior da cultura do narcisismo.”<br />O individualismo característico da sociedade contemporânea encontra no corpo a possibilidade de sua expressão, seja através dos excessos, da idealização e culto ao corpo ou das intervenções que imprimem identidade ao indivíduo .<br />
  4. 4. O Corpo na dança contemporânea<br />“O possível agora é o do corpo concreto, do corpo sensório-motor portador de pensamento, como se os nós que o regulavam (e o amarravam) outrora se tivessem rompido, e o corpo tivesse entrado em expansão.”<br />Na dança contemporânea, vivencia-se a redescoberta do corpo. A idéia de corpo é questionada, rompendo-se com idealismos. O corpo é expressivo, multicultural e utiliza de várias referências, explorando as possibilidades de movimento e o conhecimento corporal. Apresenta também características psicológicas, políticas e culturais.<br />
  5. 5. CATEGORIA 1<br />Corpo Expressivo<br />O Corpo na contemporaneidade libera-se das “amarras”, da repreensão das normas sociais ao desejo do ser e torna-se o lugar de experimentação dos prazeres. <br />
  6. 6. NOME DA COREOGRAFIA:NÓ<br />FICHA TÉCNICA:<br />Coreógrafo(s):DEBORAH COLKER<br />Bailarino(s)/ Interprete(s): Alex NeoralAna Paula Marques, Camila RibeiroDeborah Colker, Daniel Calvet, Danielle Rodrigues, Jefferson Antônio, Clébio Oliveira, Luiza Continentino, Marisa Travasso,Olívia Secchin,Rafael GomesRenata Versiani,Rico Ozon,Rodrigo Werneck,VadimHermanovich<br />Música: Berna Ceppas e Kassin<br />Duração: 9:32<br />Ano: 2005<br />Pais: BRASIL<br />
  7. 7. CATEGORIA 2<br />Corpo como retrato de idéias<br />Como retrato de idéias, o corpo é utilizado para transmitir uma mensagem. Ele é a matéria para a representação de uma idéia, a qual ocupa um lugar principal.<br /> Na coreografia apresentada a seguir, o artista apresenta uma posição política do corpo, representando a idéia de antropofagia presente na arte moderna brasileira, ao inserirmos elementos estrangeiros em nossa cultura.<br />
  8. 8. NOME DA COREOGRAFIA:<br />WAGNER RIBOT PINA MIRANDA XAVIER LE SCHWARTZ TRANSOBJETO<br />FICHA TÉCNICA:<br />Coreógrafo(s): Wagner Miranda Schwartz<br />Bailarino(s)/ Interprete(s): <br />Wagner Miranda Schwartz<br />Música:  Caetano Veloso<br />Duração: 7:39<br />Ano: 2004<br />Pais: BRASIL<br />
  9. 9. Corpo se (re)descobrindo<br />Novas possibilidades são encontradas ao se disponibilizar descobri-las. Na contemporaneidade a dança é meio de experiências que esclarecem que corpo tenho, o que sou com ele e o que posso ser a partir dele.<br />CATEGORIA 3<br />
  10. 10. NOME DA COREOGRAFIA:Vi-Vidas<br />FICHA TÉCNICA:<br />Coreógrafo(s): Sônia Mota<br />Bailarino(s)/ Interprete(s): <br />Sônia Mota<br />Duração: 8:51<br />Ano: 2006<br />Pais: Brasil<br />
  11. 11. CATEGORIA 4<br />Corpo INSTINTIVO<br />O corpo utiliza de suas possibilidades de expressão através do movimento fluente, continuo e que parte de um instinto interior. Os movimentos sugerem um sentido primitivo, que nos remete ao animal, ao mitológico e à sensualidade.<br />
  12. 12. NOME DA COREOGRAFIA:FAUN<br />FICHA TÉCNICA:<br />Coreógrafo(s): SidiLarbiCherkaoui<br />Bailarino(s)/ Interprete(s):  James O'Hara & Daisy Phillips<br />Música: byNitinSawhney<br />Duração: 9:54<br />Ano: 2010<br />Pais: EUA<br />
  13. 13. ANÁLISE do corpo instintivo<br />O movimento é natural ao corpo, é instintivo. Funcionalidade que lhe cabe de fazer-nos sobreviver. A contemporaneidade nos sugere (re)descobrir o corpo para o (re) utilizarmos. Notamos que tal característica é intrínseca, parece-nos ao mesmo tempo o fundamento e o objetivo da sociedade contemporânea. Descobrir-se novamente, encontrar um novo sentido para continuar vivendo, reformular estéticas e padrões, pois os até aqui impostos já não são satisfatórios. Já não basta TER, é preciso FAZER e para fazer é preciso SER e para SER é preciso TER corpo.<br />
  14. 14. REFERÊNCIAS<br /><ul><li>CARRETERO. Teresa Cristina. Corpo e contemporaneidade. Psicologia em Revista, Belo Horizonte, v. 11, n. 17, p. 62-76, jun. 2005
  15. 15. FONTES, Malu. Uma leitura do culto contemporâneo ao corpo. Revista do Centro de Artes, Humanidades e Letras vol. 1 (1), 2007
  16. 16. GIL, José. Movimento total – o Corpo e a Dança. 2ª. imp. São Paulo: Editora Iluminuras Ltda., 2004.</li></ul>Faun.<br />http://www.youtube.com/watch?v=qKWXFoLqYeg<br />Nó – Débora Colker<br />http://www.youtube.com/watch?v=6Mjich74Ifg&feature=related<br />Vi-Vidas<br />http://www.youtube.com/watch?v=kSV1asHaQrs<br />Wagner Ribot Pina Miranda Xavier Le Schwartz Transobjeto_<br />http://www.youtube.com/watch?v=ZwGpnGZOEI8<br />
  17. 17. Imagens:<br />Categoria 1: Corpo Expressivo<br />http://frentedaculturasc.blogspot.com/2008_02_01_archive.html<br />Categoria 2: Corpo Retrato de idéias<br />http://www.icorners.com/cms/node/4137<br />Categoria 3: Corpo (Re)Descobrindo<br />http://flyff.vilammo.com/forum/index.php?showtopic=18662&st=80<br />Categoria 4: Corpo Instintivo<br />http://bizkiduniverse.blogspot.com/2010/08/zodiac-body-artwelcome-to-my-minds.html<br />

×