Trabalho realizado por:
Daniela Almeida nº4
Diogo Folgado nº5
Professora: Fátima Fonseca
Turma: 11ºI Ano:2014/2015
Escola ...

 CapítuloIII– Louvoresde peixesemparticular(fimda exposição,inícioda confirmação)
 CapítuloIII– Virtudes, Efeitose Com...

 O primeiro peixe a ser louvado é o peixe de
Tobias, pois o seu fel era bom para curar a
cegueira e o coração afastava ...
 O terceiro peixe é o torpedo, pois possui
uma qualidade que faz tremer o
pescador. Vieira desejava que existissem
na te...
Peixede Tobias Rémora Torpedo Quatro-olhos
VIRTUDES
- O fel sara a cegueira.
- O coração lança fora os
demónios.
- Pequen...

 Anáforas: Ah homens… Ah moradores… Quantos, correndo… Quantos, embarcados…
Quantos, navegando… Quantos na nau… A inter...

Capítulo III – Recursos
 Comparações: "… parecia um retrato marítimo de Santo António"; o peixe de Tobias,
com um burel...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Padre antónio vieira sermão de santo antónio aos peixes

140 visualizações

Publicada em

Padre António Vierira

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
140
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Padre antónio vieira sermão de santo antónio aos peixes

  1. 1. Trabalho realizado por: Daniela Almeida nº4 Diogo Folgado nº5 Professora: Fátima Fonseca Turma: 11ºI Ano:2014/2015 Escola Secundária Manuel Cargaleiro Curso Profissional Técnico de Multimédia Língua Portuguesa
  2. 2.   CapítuloIII– Louvoresde peixesemparticular(fimda exposição,inícioda confirmação)  CapítuloIII– Virtudes, Efeitose Comparação  CapítuloIII– Recursos Índice
  3. 3.   O primeiro peixe a ser louvado é o peixe de Tobias, pois o seu fel era bom para curar a cegueira e o coração afastava os demónios. Este é comparado com Santo António porque o seu fel e o coração eram como a palavra de Deus.  O segundo peixe é a rémora, que tem como virtudes força para impedir que o navio navegue à sua vontade. O poder deste peixe é comparado à palavra de Santo António. Capítulo III – Louvores de peixes em particular (fimda exposição, início da confirmação) Ilustração1-PeixeTobias Ilustração2-Rémora
  4. 4.  O terceiro peixe é o torpedo, pois possui uma qualidade que faz tremer o pescador. Vieira desejava que existissem na terra para fazer tremer os pecadores.  O último peixe a ser louvado é o quatro- olhos porque na realidade tem quatro olhos uns virados para cima e outros para baixo. Assim, pode estar atento aos perigos que vêm do céu e do mar. Vieira lamenta tanta abundância daquele instrumento nos peixes e tanta cegueira nos homens. Este peixe ensinou ao pregador que só devemos olhar para o céu e para o inferno porque se olharmos para os lados vemos vaidade terrena. Capítulo III – Louvores de peixes em particular (fimda exposição, início da confirmação) Ilustração3-Quatro-Olhos Ilustração4-Torpedo
  5. 5. Peixede Tobias Rémora Torpedo Quatro-olhos VIRTUDES - O fel sara a cegueira. - O coração lança fora os demónios. - Pequena no corpo. - Grande na força e no poder. - Energia. - Dois olhos olham p/cima - Dois olhos olham p/baixo. EFEITOS - Curou a cegueira do pai de Tobias. - Lançou fora os demónios de sua casa. - Pega-se ao leme de uma nau. - Impede que ela avance. - Faz tremer o braço do pescador. - Impede que o pesquem. - Defende-se dos outros peixes. - Defende-se das aves. COMPARAÇÃO Sto.António - Abria a boca contra os hereges. - Curava a cegueira. - Lançava fora os demónios. Sto.António - A língua de Sto. António domou as paixões humanas. Sto. António - 22 pescadores tremeram ao ouvir as palavras de Sto. António e converteram-se. Pregador - O peixe ensinou o pregador a olhar para cima (Céu) e para baixo (Inferno). Capítulo III – Virtudes, Efeitos e Comparação
  6. 6.   Anáforas: Ah homens… Ah moradores… Quantos, correndo… Quantos, embarcados… Quantos, navegando… Quantos na nau… A interjeição visa atingir o coração dos ouvintes; a repetição do pronome indefinido realiza uma enumeração.  Gradações: Nau Soberba, Nau Vingança, Nau Cobiça, Nau Sensualidade; "passa a virtude do peixezinho, da boca ao anzol, do anzol à linha, da linha à cana e da cana ao braço do pescador." O sentido é sempre uma intensificação para mais ou para menos.  Antíteses: mar/terra, para cima/para baixo, Céu/Inferno. Palavras de sentido oposto indicam as duas direções do sermão: peixes - homens, bem - mal. Capítulo III – Recursos
  7. 7.  Capítulo III – Recursos  Comparações: "… parecia um retrato marítimo de Santo António"; o peixe de Tobias, com um burel e uma corda, era uma espécie de Santo António do mar: as suas virtudes eram como as de Santo António. "… unidos como os dois vidros de um relógio de areia,": o peixe Quatro-Olhos possuía grande visão e precisão.  Metáforas: "… águias, que são os linces do ar; os linces, que são as águias da terra": sentido de rapidez e de visão excecional.  Ironia: "Mas ah sim, que me não lembrava! Eu não prego a vós, prego aos peixes!"

×