.I, .ITIU, "SFC"SZITÊÉ

LÉIFBÍIFÍAF

a
z r
e
»I
z u¡
e
F
l . m
h
t
z_ n
.  w
ul u' 'l
.  .l
I . Y
.  ,m 4,
L .  r. . . _
....
:Em:  lim* â ; uma Imagina:  il
Wah a : Em ; xcriia : um vzu-ucíllallv;  çpnuqiuu» naus» u. .
“H2, nnaílhlnll:  fílaigf-l*...
Miu ; liçíi/ Úzlllií ivli7r*ílt. li~ '¡°-I1"-I'ñ| l i: :

Capítulo 7 - Conhecendo as principais redes sociais e suas carac...
Como enfatizou john Donne,  ninguém é uma ilha,  e como não fazemos nada sozinhos, 
comigo não seria diferente,  mesmo por...
Agradecimentos

Agradeço também_

 : :um : Inngm ; lqpllnlm namim mi: :|, or= .I: |': :=niu›
II= L$T= J ora: : nim.  ¡E!  ...
Aos amigos e amigas,  de perto e de longe,  que
não quero magoar se esquecer de citar os nomes, 
todos são imensamente imp...
www. jesusmail. com. br

 

Não poderia terminar meus agradecimentos sem
mencionar todos os que estiveram comigo e passara...
O Apocalipse é high tech

O Apocalipse é high tech

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
  
 
 
  
  
 
 
 
 
 
 
 
 
  
  
 
 
 
 ...
Quem é Cynthia Ferreira? 

Quem é Cynthia Ferreira? 

Quandojovem escrevia diários,  lia muito e
anotava tudo o que me aco...
Quem é Cynthia Ferreira? 
 

Com isso aprendi o caminho do sobrenatural e, 
às experiências iniciadas por mamãe, 
acrescen...
Quem é Cynthia Ferreira? 

Breve Curriculo: 

    

Cynthia Ferreira

Formada em Multimidia Digital,  Pós graduanda em jor...
Você sabia que o Mar Morto só chegou à
essa condição porque não deságua em lugar
nenhum?  Em seu leito ele recebe as águas...
?ue ! é
'irrita 

; um l'.  .l 11m ; ul 1 : mn-ll:  .im-mai

. Í , ll  . Íl  . .l  . ÍÍÍIÍI Í_l, .Íl ojlqaqnvuilu: 
;l ÍlJI  _M111...
~ : una-ramais um : :nm : :nunk-album
pnllahãlñallllilh* . militantes,  :umlllsnlêli

     
    
     
     
     

  

~ ...
z_ p

n p 
. ›~¡_ 5 W?  . .  Q:  
e “v” _
p_ q ¡~
' ; ii EÉÍÍÊÇV ' *g f'  s]
¡ I R'
- l i i¡ ç -_ . e  l
I' “ $171 »k i7 w...
.p a ¡
.  es» 
 ,  ,ç
kg* QÀ(, //  o
-çx X   '  , pá

ABC das Mídias Sociais - Chris
Brogan

Com este livro,  você pode tr...
lui: : : Iilmll v qu:  ê 24ml "tail ci:  Iniuiwiaí? 

«

 i*= -v: v-izvie-izirílnniv r

il
a
-i
x

1T

Q. ” PVHIKÀÍCJPFÍÊK...
rf o o in 

4
A . 

. I . N
lx_ K4 P 
_› _. 
l  
2*'

. _ »r i
k
I
 . 
l
u_


_ _r
i
-, 
. t.  
_ 1
i-zÀ_ '
i ,    .  .
' ...
A revolução da Comunicação

Redes Sociais

Após a popularização da internet na segunda metade da década de 90, aconteceu e...
A revolução da Comunicação

Logo no início de toda essa mudança ouvia em conversas,  até mesmo na igreja,  de que a intern...
A revolução da Comunicação

A Bíblia da Mídia Social
David Brake,  Lon K. Safko

Este livro apresenta mais de lOO ferramen...
A revolução da Comunicação

. Ir

7- Mídias Sociais na Prática
josé Antônio Ramalho

Este livro mostra como as midias soci...
A revolução da Comunicação

Aplicativos recomendados

social: 

Real-time social media search and analysis

AII

“T7

W510...
A REDE EM NUMEROS
estada me 

hHÍ-Í-. Ílrkjl : ll í-, l'-', l~_Í›"-ÍÍ 'vil' niâilli.  ,EÍÍJÍÊILà
, m~*~1¡= ¡.: |,x= .LI. :~.  :na 1'¡ l e , ...
l l «
-v O I w 7 . u
í. ¡_. _ 9g_ li ip_
IEL.    
5'-*›=1~-= --i-=1~-›"- 3'?  -i  Í? rff: ;11_ãI; .~. ílZÍü: .
XT.  E'. 
I...
_. :11I. . -3 ! flo

'l- 'I iilil'

 

 

Um estudo realizado pela F/ Nazca em parceria com o Datafolha
revela que 43 milh...
A Fail:  ,nl-ç Ilíllnçlrçg, 

 

l l l P
t. .. -"~"'*^ / 
4 . l Tí** í,  
 - /  _í "Lx
r,  ' p _ «' a i
 C Ma** A mu l 
) ...
Presenciar uma criança que não tem nem dois anos '  , , A ç
de idade,  mexendo no seu celular e procurando o aplica- - 1  ...
›IEIÍEIUET_Ç 'das

    
      
  

 

 
   

    
 

I MILHÃO

29s MIL HoRAs
DE VÍDEOS SÃO
ENvIADoS PARA o

L l  - à l A ...
ê-
Ií” "Í
lundi n: :
iii "Í-"Jll l', 
/A
29%
3%

que foi comprado
por íviark Zuckberg
por 19 bühões de
dólares enquanto

e...
Comojá mencionei,  a rede reflete o nosso comportamento na so-
ciedade e,  infelizmente,  a desigualdade social também est...
A rede me números

  

E pra fechar essas informações,  esse é o perfil dos brasileiros que utilizam celular e

/ ' tablet...
AS POSSIBILIDADES
As possibilidades

Depois de números tão expressivos alguns podem até pensar - Como farei a diferença nessa
imensa arena q...
As possibilidades

_ K K ç _
Quer um exemplo na prática?  A paraense Stefany gravou um video em que canta a sua versão da
...
As possibilidades

/ .
/ /.-" i
I -' . 
 _. c 
Çf  - _;7'('Í
A~; . ,  . 
"¡ 1').  '.  ›: '/. -:
i› "'”/ 'r .  x. .o_. ~›_-...
As possibilidades

  

Um outro case foi a campanha "Não Quero Sangue Inocente em Minhas Mãos",  contra a
institucionaliza...
As possibilidades

Só nos restou então promover a mobilização da opinião pública para pressionar o
Palácio do Planalto e c...
As possibilidades

Dilma não sancione o PLC 03/2014
httpzl/ youtube/ UgclDQJZPKA

Não quero sangue inocente em minhas mãos...
Por dentro das Mídias sociais

Por dentro das Midias sociais

Conhecendo as principais redes sociais e suas característica...
na' el¡ ãlnlei:  :Ivlnrullr:  :onlíielvrsilnrullla
¡re 'vamu a à : rgnin e : :uu Iolinmr:  m ? areia
:1 ifbl.  auroimillu ...
Por dentro das i/ Iídias sociais

! Og
 -
y”.  .
a) . i - _
, J
I.  _N
- . :_
, - -. ' 

_lÍLlF-. I-ÉS!  ¡la!  Lljridl ÉIÍ...
Por dentro das Midias sociais

   

Turquia bloqueia YouTube no país /  Sl

Á

l  '
_Am . -~'>- »a

Dias depois de vetar o...
;ilví-; i çñif-_I atuam¡ tir ' vai axçzcir¡ IIÍÂ-'Jf ÇZCIIJMÉÍÊVÁLÍ. .
*Tirmi ara,  ?amam tar «assar» ã!  “IIÍÍISIFIISÍÍ g...
i* Inieiiaignnm ã : n #FF _animal «rails timer. : 01km
lllfllllãllliñr ; Palm rzoinllpnlfüfnmlr ; IRIS hihi;  a VÀÍIÍEIÇL'...
Por dentro das Mídias sociais

O gigante Google não costuma decepcionar.  E provou isso,  mais

r uma vez,  com o Google+ ...
Por dentro das l/ lidias sociais

Snapchat é um mensageiro,  disponível para i0S e Android, 
que sugere uma forma diferent...
Por dentro das Mídias sociais

Bônus - Pequeno dicionário de "internetês" : )

AFF - Usada para demonstrar descontentament...
leEÍTil  FçEiÍêlÍl iii-. Eií lPÁíl  É
 iaílylwêí/ exÍljíl; V<»iíâ“ < 4rc'l : il. +< . [,l;  e 

i(i_>(~

FJ
Leitura recomendada e Aplicativos sugeridos

Cauda Longa - Chris Anderson

M»-
“M/ ¡ufx - ' - . 

(Z _ -í ,  Chris Anderso...
Leitura recomendada e Aplicativos sugeridos

v T

n
_E

O efeito facebook
David Kirkpatrick

Essa história já foi contada:...
Leitura recomendada e Aplicativos sugeridos

. l ESLES jiYilt-_ii l. 

'AlA'A'A'i'lJ'sL: l!ls1llrinlndslniàli'
I Seminário Virtual de Evangelismo na Web - JesusMail
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

I Seminário Virtual de Evangelismo na Web - JesusMail

351 visualizações

Publicada em

Jesus Cristo veio ao mundo para que, todo aquele que Nele crer não morra, mas tenha a vida eterna. João 3:16

Você conhece outra maneira que seja mais rápida, barata e eficaz para alcançar pessoas em todo o mundo, do que a Rede Mundial de Computadores? Cadastre-se http://www.feemjesus.com.br/seminario/]

Publicada em: Mídias sociais
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
351
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
7
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

I Seminário Virtual de Evangelismo na Web - JesusMail

  1. 1. .I, .ITIU, "SFC"SZITÊÉ LÉIFBÍIFÍAF a z r e »I z u¡ e F l . m h t z_ n . w ul u' 'l . .l I . Y . ,m 4, L . r. . . _ . Í l I v Cm _ w . p A w . ç w Tr WN» ? MU _Ã n _ _ t _ 1T _ _ _ . nn nl; m! _ __ _ ? Í 11d _ w m» .
  2. 2. :Em: lim* â ; uma Imagina: il Wah a : Em ; xcriia : um vzu-ucíllallv; çpnuqiuu» naus» u. . “H2, nnaílhlnll: fílaigf-l* chi ¡mla ' ! M od ulo 'i Capítulo 1 - Mas afinal, o que é essa tal de internet? Capítulo 2 - A revolução da comunicação Capítulo 3 - A rede em números Capítulo 4 - As possibilidades Capítulo 5 - Por dentro das Mídias sociais Capítulo 6 - Leitura recomendada e Aplicativos sugeridos ¡uamlirrílí vllvivral bl: ãvnllpgalhelnn¡ r: : ': |¡i'~í¡»: 'l. _l~›')': '.¡f . f ; ñlâl 'mir
  3. 3. Miu ; liçíi/ Úzlllií ivli7r*ílt. li~ '¡°-I1"-I'ñ| l i: : Capítulo 7 - Conhecendo as principais redes sociais e suas características (Facebook, Twitter, YouTube, Instagran, Linkedin, G+, Ning e outras milhares de tribos) Capítulo 8 - Plataformas de conhecimento compartilhado - Wikis Capítulo 9 - Como utilizar a internet para evangelizar Capítulo 10 - Blogagem e Marketing de conteúdo Capítulo 11 - Engajamento Capítulo 12 -Colaboratividade Capítulo 13 - Virais e epidemias do bem Capítulo 14 - Leitura recomendada e Aplicativos sugeridos
  4. 4. Como enfatizou john Donne, ninguém é uma ilha, e como não fazemos nada sozinhos, comigo não seria diferente, mesmo porque, esse livro é exatamente o resultado de anos de aprendizagem, de relacionamentos cultivados nesse mundão, de experiências maravilhosas com pessoas fantásticas, através e, por meio da internet. Em primeiríssimo lugar dos meus agradecimentos, estáo meu Pai, que enviou seu filho jesus para me redimir através do seu sacrifício na cruz e por isso hoje estou aqui (quem A diria! ) lavada e remida pelo sangue do cordeiro, " enxertada na videira verdadeira na família sagrada e compartilhando com você um pouco daquilo que Ele me proporcionou viver! Talvez f_ quem sabe, eu consiga passar para você ç; através dessas páginas, a chama que arde em t, i meu peito, que é o evangelismo. , ' _a'x*
  5. 5. Agradecimentos Agradeço também_ : :um : Inngm ; lqpllnlm namim mi: :|, or= .I: |': :=niu› II= L$T= J ora: : nim. ¡E! “mural, :: gr-: :Ílqgm ; um atrai; levantar-Yan. -. - oirianitalüãls. , a ; imail-raul : nani: :: aim : :mam : il: :: ngm-nai em: :: aliam-Ill : mi ¡mu! :toivaigf-ÍI-i, ,nona afinar: p: r=: :l1›1=. ::': i aq! I= L33=. Iit= _:: l=. ::» : jim mismo» a : Hi1: à m IIEÍÍOI! diminui-Zig, :: num ; ramal a : :limitou É : lui : :jgtlnlcilm Illgpl' : uma ilolnlnlr 3.! nlunIñíP-. i a : iam-hum = I›1,-I= nl'r= .lI: ':: =¡: :¡-. - _umha india! dia» , trab-tim Romã iuialimo) n» annm qu: : italia : Invnou , .um Im , oia-till gp : :o)Im~$~tq: :u›w : Inn : :amu-s : ilallííi-r. (am '- : :um : :num iamlllhll : :na : :eli-ii : ig-uai : mm , lan-Lx 3oz4:: ::-tlo› ql: :um : :um ; clamam : m vn' : :Izumi iu» : nm-tim : :um vnollêlo» a l-luivnlainílm _uma num¡ u: :num ! '1Ío: n3=. i:ilo« pill! ill-Il: :: iam : Jung-t a q¡ Iran: : , uma plan: :. ?adulta-xau uma! um : mn: :um kimllhi nllíhl : m stoniílnllfllíhlql: il: :: um : :mx-mm : uam-img: :mm 'ui-hu ? ouça dia» : :um tempao» : :m Ç ÍlIllllHll! 01h. ! : :mina vn-: m Vlhllhllhlllãül ¡lllljgoj r Iumlynllliianlo¡ Ilílulplll-(q nralmolíllílo¡ : Illmi r , , ) 5(q: ':: =r= .p ã! viu-rã . my/ an, ;Jam-ilugm : :ahi , nm-fran 6m¡ Ir-. Ilhlim : Inlllraalni flu( a _Ilílndlonlllnlalllla , um u: : ai; :: miami : :mms- fliílmoi: 11-' : o›-. ... L1¡.1¡›1i Am: :: mm illirow. mhiiiiaur. !Ji-tais a Lili! !! : :amu "um. di: !mlk m¡ : :i1 lira! vn: ¡ : :num : Natural ghlüdmw pull: : olpxuiillnli-Ílzloíla oil: Hâll um: sit; n” . hi tm! , : i : Dlílñíãnlulhi til'. vai-Ele. null-ih! !! . .i ullllim ! will Inllnnlnlk: : Agradeço à toda minha família, i pois nesse núcleo somos treinados, capacitados, ali- mentados e descobrimos quem somos e a que viemos. Amo meus pais josé Lúcio e Tânia, minhas irmãs Tathi- --T- ana, Maythê e Dhébora, cunhados Bira, Gui e Hely, sobrin- hos e sobrinha (é muita gente pra citar nominalmente! ) quero que cada um de seu jeito, sinta-se abraçado agora! Em especial aos meus avós maternos, Antenor e Nilva, paternos, Zé Narciso e Lora (in memorian) tios e tias, primos e primas(também são muitos! ) por tudo o que aprendi com o exemplo de vocês; tenho doces e feliz- es lembranças. Aqui abro um parêntese para citar minhas tias amadissimas Kátia, Cibele e Beth. Não que os demais tios e tias não sejam especiais, claro que o são, mas a afinidade com as três é maior! Tí? ! d “Jr-ill Vilmulilnf-lnlliillnllLrzonllàli
  6. 6. Aos amigos e amigas, de perto e de longe, que não quero magoar se esquecer de citar os nomes, todos são imensamente importantes e amo a cada um, aprendi tanto com vocês! Muitos conhe- ci na web e depois a vida nos colocou lado a lado em uma experiência ímpar! Certamente serão cit- ados em outros momentos. Às minhas "friends forever" Claudia Frota, Daniele Cândido e Ana Bugni, com mulheres como vocês ao meu lado eu posso mejogar em qualquer de- safio, pois sei que estarão sempre comigo para me apoiar. Damares Alves - a princesa guerreira (quando eu crescer quero ser como você amiga! ) Clara Côrtes (que reencontrei recentemente graças ao Facebook! ) a sempre bela e altíssimo astral Cláudia Cruz, à vocês minhas amigas leais, fiéis escudeiras em diversas situações; nem sei se vocês meninas sabem o quanto as amo e como são especiais para mim. Não posso deixar de citar meu amigo e irmãojulio Severo, seria imper- doável de minha parte se não o fizesse! Amigo, agradeço pelas horas de conversas e pela paciên- cia comigo! Aos bispos Robson e Lúcia Rodovalho, que acredi- taram em meu potencial e me permitiram fazer o que fosse necessário para que Ievássemos o ministério Sara Nossa Terra para o mundo virtual, proporcionando a mim crescimento, e através de meu trabalho, a melhor experiência em comuni- cação dos últimos anos, uma escola de vivência e superação. Meu muito obrigado, de coração. Meu agradecimento mais do que especial ao Portal Fé emjesus, na pessoa de Eduardo Cunha, idealizador desse lindo projeto que tenho a honra de participar. O Fé emjesus é nitroglicerina espiri- tual, levando paz, amor, esperança e alegria a mil- hões de pessoas Brasil afora com serviços exclu- sivos, estudos, pregações, cultos online, música, entretenimento e conteúdo cristão de qualidade com noticias relevantes, entrevistas e coberturas especiais de tudo o que é importante para a família cristã brasileira. Como sempre enfatiza- mos, o FJ é "tudo o que você procura, em um só | ugar! ". Ao portal Fé em Jesus e a toda equipe da I ao Cubo, meu muito obrigado.
  7. 7. www. jesusmail. com. br Não poderia terminar meus agradecimentos sem mencionar todos os que estiveram comigo e passaram pela Agência I ao Cubo, desde seu início, e depois na con- cepção e imersão no projeto Fj, até o presente momento: Meu abraço especial ao Gesley, Luís, Felipe, júnior (Ahhh Mr. Ml), Álvaro e Gláucia, Ricardo, Walker, Emanuel, Tarcísio, Thiago, Nirvana, Hannah, Lucas, jéssica, Bárbara, Londerly, jordan, Pingo, Andrea, Glau, Isis, Beni, Matheus, Lulu, Renata, Bruno, Matthew, joão Marcos, Luíza, Dolinha (nosso anjo! ) Thiaguinho, Esdras, Paulinho, Weys man, Rafael, Lanne, Michaell, George, enfim, uma super equipe de irmãos apaixonados porjesus que encararam o Fj comigo não como um job, mas como ministério. Vocês são a diferença!
  8. 8. O Apocalipse é high tech O Apocalipse é high tech Sem sombra de dúvidas e sem nenhum receio de errar, essa é a expressão mais apropriada para ilustrar o momento em que vivemos. Alguns acham graça quando eu digo que o Apocalipse é high tech, mas o fato é que a tecnologia tem seu espaço garantido nos planos de Satanás, e não digo isso com a intenção de que você retorne à época das cavernas e seja um ser totalmente analógico, não mesmo! O que digo é que devemos estar totalmente por dentro dela ou seremos engolidos e manipulados como bonequinhos presos por cordas invisíveis! Com tanta vigilância e monitoramento (e o pior, consentido) não é difícil imaginar o que acontecerá quando começar o período de perseguição aberta aos cristãos na pré-tribulação. E olha que nem tô falando de chips minúsculos debaixo da pele como marca da besta! Falo do patrulhamento ideológico e da avalanche de desinformações, ambos à serviço do iníquo. Não a desinformação da pessoa que não acompanha os fatos e noticias do dia à dia, mas a desinformação que complica e confunde de tal forma que a infiltração de conceitos e valores inverte (e perverte) a ordem natural de Deus para os homens. É por isso que precisamos ocupar todos os espaços disponíveis e levar a verdade da cruz a todos que se dispuserem a ouvi-Ia. Tem coragem de atuar no ciberespaço? Se você respondeu sim, então continue comigo, do contrário, continue seu caminho e que Deus te abençoe, mas as linhas seguintes não são para você. www. jesusmail. com. br
  9. 9. Quem é Cynthia Ferreira? Quem é Cynthia Ferreira? Quandojovem escrevia diários, lia muito e anotava tudo o que me acontecia sentia ou pensava. Mamãe tinha que vir apagar a Iuz do meu quarto e me mandar dormir, senão virava a noite lendo. Pasme, sou da época em que se escreviam cartas, e amava postar (no Correio! ) aqueles envelopes gordos, com páginas e páginas ricamente decoradas com adesivos e desenhos, isso quando não eram papéis de carta da Moranguinho, Snoopy oujulle, minha prima Andreia que o diga! Sempre amei escrever e alimentava o sonho de serjornalísta, uma correspondente internacional cobrindo notícias e fatos interessantes "nesse mundão velho sem porteira" explorando cada centímetro do globo. Mal sabia eu que, mesmo antes de conhecer à Cristo, uma semente poderosa já havia sido plantada em meu coração, e o grande furo de reportagem que eu contaria a todos seria a sobrenatural história da vida, morte e ressurreição de Cristo jesus para salvação de todos os povos! "Porque os meus pensamentos não são os vossos pensamentos, nem os vossos caminhos os meus caminhos, diz o Senhor”. Isaías 55:8 www. jesusmail. com. br Meus caminhos desde o início, na verdade eram os caminhos de Deus e tudo o que vivi e experimentei até agora me preparam para o momento em que Ele irá Se revelar e inundar com Sua glória essa geração. O engraçado é que bem antes de me encontrar comjesus, eu já cria no fim do mundo. Eu tinha certeza absoluta de que viveria um "apocalipse", mas como esotérica que era, acreditava em um monte de histórias que hoje quando me lembro, só posso rir. .. e muito! Pra você ter ideia eu pedia aos ET's que me abduzissem. Pode rir mesmo porque eu dou boas gargalhadas quando recordo desse tempo. Mas o fato é que o Santo Espirito de Deusjá ministrava ao meu coração as coisas que estão por vir, só que eu distorcia tudo porque claro, ainda não O conhecia. Como a grande maioria dos brasileiros, eu nasci em um lar católico onde fui batizada e frequentava a missa aos domingos. No entanto, e apesar de tementes a Deus, minha família se envolveu em muitas experiências sobrenaturais. Mamãe sempre foi uma buscadora e nessas andanças nos levava (a mim e às minhas irmãs) em todos os lugares em que ela julgava que Deus estaria. Nisso passamos por seitas orientais, kardecismo, umbanda, e outras vibes ligadas ao sincretismo religioso característico da miscigenação das
  10. 10. Quem é Cynthia Ferreira? Com isso aprendi o caminho do sobrenatural e, às experiências iniciadas por mamãe, acrescentei as minhas. Ainda não sabia que um abismo chamava o outro (Salmos 42:7) e quando de¡ por mim, minha vida estava destruída, me encontrava nas garras de Satanás (mas, isso é assunto para outro momento, pois quero focar no resgate que Jesus efetuou e na nova chance de ter a vida da forma como Ele havia planejado e na segunda chance que me foi concedida e que agarrei com unhas e dentesl). Respondi ao Seu chamado como o menino Samuel (1 Sm 3, 1-21)"FaIa, pois o teu servo está ouvindo". Muitos anos se passaram desde então, e essa decisão mudou radicalmente minha vida. Acaso o vaso pergunta ao oleiro o que ele faz? Muito menos eu! E com essa caminhada com meu Mestre jesus, meus sonhos perdidos foram sendo resgatados e realizados, não da forma como eu pensava, mas de uma maneira muito melhor, dojeito que o Pai havia pensado! Deus em sua infinita sabedoria e misericórdia me trouxe ao ponto onde Ele queria que eu estivesse. Percorri um caminho preparado por Ele que me proporcionou experiências e vivências que nunca sonhei ter! Me colocou em situações e com pessoas chave para aprender, entender e compreender assuntos que antes eu nem desconfiava da existência. O Senhor revelou a mim uma dimensão que a Igreja, enquanto corpo de Cristo, não tem atuado a contento, onde ela não tem feito a diferença e www. jesusmail. com. br
  11. 11. Quem é Cynthia Ferreira? Breve Curriculo: Cynthia Ferreira Formada em Multimidia Digital, Pós graduanda em jornalismo Político, Pastora evangélica em Brasilia, atue¡ como Assessora de Comunicação dos deputados federais Bispo Rodovalho PP/ DF e Roberto de Lucena PV/ SP. Trabalhei como Diretora de Comunicação Digital do Ministério Sara Nossa Terra, ocasião em que também ministrei o Seminário de Evangelismo na Web (durante as Celebrações de Inverno). Fui Apresentadora de TV no programa "Eis-me Aqui" da Rede Gênesis de TV, Locutora de Rádio, sou Colaboradora do FENASP, Editora Chefe dos jornais Folha Metropolitana DF e Todos Pela Família. Presido o Instituto Flores de Aço, sou Militante nas causas em Defesa da Vida, Família e Liberdades de Crença e Expressão, fundadora do Movimento Provida "Não quero sangue inocente em minhas mãos", CEO da I ao Cubo Agência Digital e Gestora do Projeto Fé em jesus. Participei de diversos cursos de atualização e Workshops sobre Mídias Digitais, Planejamento e Gerenciamento de Projetos Digitais, Direção de Arte, entre outros. www. jesusmail. com. br
  12. 12. Você sabia que o Mar Morto só chegou à essa condição porque não deságua em lugar nenhum? Em seu leito ele recebe as águas do Mar Vermelho e do Riojordão, acumulando todo o sal e eliminando assim, 99% da vida que se aventure a chegar por lá. Mas o que isso tem a ver com evangelismo? Eu te digo agora mesmo - Absolutamente tudo! Logo nas primeiras lições como nova criatura em Cristojesus, aprendemos que devemos ser o sal e a Iuz do mundo, aprendemos que somos nós quem fazemos a diferença nessa geração, pois somos mensageiros da palavra redentora da cruz. No entanto, pouco ou nada se fala acerca de nos tornarmos "acumuladores" desse sal. O que quero dizer com isso? Quero que você entenda que a lei divina e universal é: fazer circular aquilo que recebemos! jesus nos diz para amar ao próximo como a nós mesmos, para darmos, ao invés de recebermos e por isso não podemos ser como o Mar Morto, que por não passar adiante o que recebeu, morreu! Não te parece óbvio? Mas infelizmente não é o que acontece na real. Decidi escrever esse livro para que você entenda definitivamente todo o potencial que está em você, para que aprenda a usar toda essa força vital que Cristojesus lhe confiou, atuando na internet - o veículo mais poderoso da terra (tanto para o bem quanto para o mal) com um foco - o cumprimento da sua missão - o ide! Existe outra maneira mais rápida, barata e eficaz de alcançar pessoas em todo o mundo do que a Rede Mundial de Computadores? Aliás, justiça seja feita, rede mundial de pessoas conectadas entre si através de seus computadores, afinal são pessoas que estão por trás dessas máquinas! Então, nas próximas páginas farei circular o que aprendi ao longo desses últimos 8 anos trabalhando na web e compartilharei com você conceitos, ferramentas e estratégias para que atue nessa imensa arena que é a internet, a melhor forma de propagação da maior força transformadora do universo - a salvação em Cristojesus! . !
  13. 13. ?ue ! é
  14. 14. 'irrita ; um l'. .l 11m ; ul 1 : mn-ll: .im-mai . Í , ll . Íl . .l . ÍÍÍIÍI Í_l, .Íl ojlqaqnvuilu: ;l ÍlJI _M111 o» : Iüãlilaliwãnllâiloi ll| lí_l Í_l. lI0lÍ_l_ll l Í_l í_l. ll'í_l lij . ll Í_l, 'l . ll Íl Í_l. ll”Í_l , ll Í_l . ll ll. , nillananoai im: i›1:: Il›1›ñIa›-aíl= mumimigaan , ami ¡alagoana! _q , , _C_ , i u_ x" _ _llalaalnuallvnanaialiai V : g L¡ . l-'Ínl-Í Lldlíll-Ílal! _ç ' aí IlHll$$fJIiIÍÍã i' (A _ 1 i ; ,i axamatanilmsi aliraiaamaíla! . jiu, _ _. ¡.¡, _. ¡›; _¡(. ¡¡q_. , j --m-“-¡_"'°' * vz < "Etalaíla-Glalãliíllml" i _ ç «A , i ! WW-i . Í, I : ' 3 . r' r " V' '_ , amamnni * _r~~ (anaiai-. Iiaiaílaii ç ç ” : ç m! , e i allaimaliqai j 001009051" ç ! a a À l ikmkxzu : ill : là , f agãaulh-aiarz-qanaíhi Li Clllãlílonnwplllllhnlorvnup-ila _ 'É' iaq'mk°¡gh"n5 , . _ axa1:': !_aiI. i¡= ,(aíta1r~ai '“'l“: r=~C1:= :=1,ai= ii'j'/ ,› _l : miami 3mm” 'i : :tai , llnlllãnlllsullñaõ _ i : .. ,ann: ':: :nr: .i mkuaiaaigaaai __ i íairzmaliiluíhi : Inluluoíía ' 1 › lllñlialhtlñlowílola * rt. .i, ç Crialraiwiiikahláitê V_›? *li: al= nta›-: (a1:i= ›:éh›-lniialr(omilnmaliall »A l niílltxaxilai , aiallai , aiilaaianrai : lgglawãllf-Ai Nillllãg-, I : iant: :-= ::: i:Ín: ::a1Í-1:n: ::i= ::ltai "'44 P""ávh'“""'c°-"f ñ¡ l 'q , _ê. í. _1 _ _______^ t _ Kavnai miaiaikaiailt-a-qaiaaiaggtai : 4 I a : lillmii ok. .âllllolllikolllí« 1' 1 f". É. H:¡. _P¡¡_¡-um. ¡¡_ l¡ . QEMIEIMIIILSEIoIÍCÍÁIi" 1 ! Ílllaiaíktai llíiilñl! ! : :rails-laiíanamll . _ 4 n ç = ailanutaianpmiiall' : :ai-. Iaikabajla . _ l g i. “i " 'E " ' : :afirma-i maringa: : _ i l . _ K 1 1. , m* _ v a É é” 1 , ' i 7 i¡ . ãnlpltà-? ai ! lilíuaxvmtzüzi M' "' a _, _, i l ' N 4 : amam: . 'lllndlolnâll-Lfí l ___, _= o em: : AWLIL mama-s. .. $198 l. ›_ ñwiml. " a ': v LÉÍIRÇÍÍÉÍCV-OHÍIC Éh! 1 › i ¡gm! i E' ñ ›
  15. 15. ~ : una-ramais um : :nm : :nunk-album pnllahãlñallllilh* . militantes, :umlllsnlêli ~ Ci°lC7Alr"ko1¡ni= .ma-a› , omni-mim ! mim trata: mimar . . . _N i Cnnnrãeilanmrsnvncíioir' *V IIIKHiÉIKaQlãIIQ: Im ' s' J êuiggikjkrdlol umurânonsiiupuilq: íL, ' ; j i ^ = .I _omnmnni Íauraluranlhl 4 nnqllilnlioíllavnnnvlailmll. “ r , ' N N à. .." -kiitittouCIltqaidlniqaniih-al oiaiuialhnjia--liiaii IRQ. 'Ilni 51:1¡nransalaasriaupmu: amanita 'limit-irvlvníl= -vlv¡= I5›~( iAVAVmVm) , Recentemente, Tim Berners-Lee foi considerado um dos maiores gênios vivos do mundo, “ segundo o levantamento "Top 100 Living Geniuses", da consultoria Creators Synectics. www. jesusmail. com. br
  16. 16. z_ p n p . ›~¡_ 5 W? . . Q: e “v” _ p_ q ¡~ ' ; ii EÉÍÍÊÇV ' *g f' s] ¡ I R' - l i i¡ ç -_ . e l I' “ $171 »k i7 w ll' z u** e , -3 x à. x l J f¡ / Hx d y! e , '^ u/ ong¡ k a g í _aí q' j í j¡ A Q lx “àüqãa e , ./ d( 9 / y 3' x¡ Á 'É Í l ' . 'gy › 5 t_ ~ 'V s/ Í/ , Aí 4 . _ A Em 1994, Berners-Lee fundou o World Wide Web Consortium (W3C) no MIT e era composto por várias empresas que estavam recomendações para melhorar a qualidade na Web. Berners-Lee deixou sua ideia disponível livremente, sem patente e sem royalties devidos. O World Wide Web Consor- tium decidiu que as suas normas deveriam ser baseadas em tecnologia livre de royalties, de modo que pudessem ser facilmente adotada por qualquer um. Berners-Lee foi também uma das vozes pioneiras em favor da neutralidade da rede e manifestou a opinião de que os prove- dores deveriam fornecer "conectividade sem restrições", e não deveriam nem controlar nem monitorar as atividades dos navegadores dos clientes sem o seu consentimento expresso. Ruríunliulllunlla 'Ílni ; Yaliülurmtsla ? dl rzoumoiiaru-i "Ill oii-pi ¡mft-iuaimgmnnu: milan. silo nllllloíko¡ aqgullllilt o~ lavnlnltlln» : um “m, - -mm l_, vA'1¡¡; .¡n= I¡l1IL1=¡~*" dia rzomatllioiíhi i ; mari-ua avmuriiiirzc. , L-icwbtfurziií. :uv . e- dispostas a criar normas e : mi Ilni rzolnlnlio» di: Iirzanuçai lim: aii: - «mainte- Iw Ilcalnrfiailfie» : :oii-Junta c» : naum . IEF-Ji' : i elf-Ira» : um plalrplalllúiíhloii: para: : ; unit-Jum : hÍll pliruvllñic» m mu» 'ifêlili : :um ; mm Lana» "mr dia» ; mam 't ll
  17. 17. .p a ¡ . es» , ,ç kg* QÀ(, // o -çx X ' , pá ABC das Mídias Sociais - Chris Brogan Com este livro, você pode trazer ra- pidamente seu negócio à ve ocidade das mais efetivas estratégias de marketing envolvendo mídias sociais. Neste guia definitivo, baseado em anos de pesquisa, o experiente blo- gueiro e autor best-seller Chris Brogan compila todas as táticas e ferramentas de que você precisa para usar as mídias sociais sem cair em armadilhas. Os capítulos, breves mas poderosos, podem ser lidos em sequência ou conforme a necessidade, trazendo exemplos reais de indivíduos e com- panhias, incluin- do seus erros e acertos. Geração Digital - Telles, André 'Geração digital' é um guia conciso e indispensável sobre fazer negócios ante uma nova era de marketing. Avanços tecno ógicos estão rapida- mente mudando a dinâmica da co- municação entre a empresa e o con- sumidor, que agora não é de mão- -única, mas caracteriza-se por um diálogo. E o livro explica como desen- volver uma estratégia para otimizar este diálogo, delineando as caracte- risticas das tecnologias que com- põem um programa de marketing di- gital.
  18. 18. lui: : : Iilmll v qu: ê 24ml "tail ci: Iniuiwiaí? « i*= -v: v-izvie-izirílnniv r il a -i x 1T Q. ” PVHIKÀÍCJPFÍÊKJL/ _ - - _, "x_, _| _/ _, '_J_ _ 'leur xowiki' vimuhi 1: um¡ _OIUIéÃK-'JL Conheça o Tweetdeck, a melhor solução para gerenciar diversas contas do Twitter em um mesmo programa! Antes do Twitter comprar esse aplicativo era possível gerenciar outras redes também. Acesse esse link para instalar em seu computador e começar a trabalhar pesado! https: //about. twitter. com/ products/ tweetdeck Vídeos tutoriais: , O TweetReach e uma ferramenta para como utmzar O Tweetdeck? quem precisa saber quantas pessoas estão tul- Assma tando um termo ou hashtag. E adequada para http: //youtu. be/ Xyaxqvzvju¡ quem necessita mensurar o alcance de uma campanha ou de uma marca, por exemplo. Aprenda TweetDeck em 2 minutos http¡¡¡youtu_be¡LB3¡cpcmRbY Mesmo com algumas limitações, aversão gratui_ ta funciona muito bem para visualizar dados ge- néricoslá a versão paga oferece a opção visuali- _ _ v, ¡y. _¡m zar todos os tweets que mencionam o termo de -~ e busca ou o username, enquanto que a free só »evangelismonaweb , . cataloga os u timos 50 tweets 8,067 4,265 3 Acesse http: //tweetreach. com/ e descubra até “ ° ° onde sua mensagem chega, é fantástico! Veja um exemplo de uma varredura simples às 2 da manhã, enquanto escrevo essas linhas. ACTIVITV 3 2 8 rcvcomnisurons MUST iznwzzrsnrwzsrs , it
  19. 19. rf o o in 4 A . . I . N lx_ K4 P _› _. l 2*' . _ »r i k I . l u_ _ _r i -, . t. _ 1 i-zÀ_ ' i , . . ' và-w, I *x* _ 'fa' 3.a» * ” . Í . . à'. '*Ç“'_. - _ “t › . ., ' > l v ¡ 4"'E, r'-~¡ . -~ i e ' A I
  20. 20. A revolução da Comunicação Redes Sociais Após a popularização da internet na segunda metade da década de 90, aconteceu então a grande explosão das e as relações interpessoais foram modificadas radical e definitivamente. O livre acessoà informação e a descentralização da produção dessa informa- ção, somadas à livre expressão do pensamento e de convicções, além das relações comerciais online, abriram-se infinitas oportunidades através das diversas plataformas de uma maneira tão fantástica, que podemos afirmar que a humanidade vivencia nos últimos 20 anos a terceira revolução de sua história - a da informação. You u. v #É fa. , N Revolução da informação Resumindo ao máximo, a re- / ' volução agrícola (ou neolitica) í nos tirou da condição de nômades , e nos deu autonomia na produção alimentar, já a revolução industrial nos abriu a era da modernidade, da economia dos bens de consumo e a es- truturação econômica, mas a revolução da informação descortinou o mundo, derru- bou barreiras políticas, geográficas, culturais e até/ mesmo linguísticas que/ jamais pensa- t¡ v . . , riamos serem transponiveis afetando ! i w / v, q, _ tudo ao nosso redor! . )/' a¡ Mas e agora, o que fazer e, principalmente, como agir diante do novo? Certamente não tenho respostas prontas como uma receita de bolo, mas a palavra de Deus norteia nossa vida mostrando o caminho que devemos trilharlamais tenha medo do que está pela frente, avance crendo que oSenhoré quem guia os seus passos, e se você está aqui, nesse momento lendo essas páginas, é porque Ele tem planos para você e te quer atuando nesse palco. nvmvuivi, l:icil, i:inr. ílLqumàii
  21. 21. A revolução da Comunicação Logo no início de toda essa mudança ouvia em conversas, até mesmo na igreja, de que a internet era um lugar ruim, cheio de pedófilos, pornografia e muita violência, mas seja lá como for, jesus veio para os doentes, e se em um primeiro momento os que dominaram esses espaços foram aqueles que acreditavam que a rede mundial de computa dores lhes proporcionava anonimato, se enganaram feio porque tudo na internet fica registrado e deixa rastros, basta saber como e onde pro j curar. No entanto, quando aconteceu o boom das redes sociais, os j j acessos a elas superaram o interesse nos conteúdos pornográficos, l Mn¡ j¡ j isso em 2008, e as pessoas passaram a ter uma vida virtual ativa e em i sua grande maioria, socialmente saudável. Claro, excessos também foram registrados, mas precisamos compreen ^ der queo onlineé reflexo daquilo que somos e acreditamos e nem l s, s, todos tem equi íbrio e maturidade para ponderar e filtrar o que é público do que é de foro intimo. Percebemos que as pessoas transferem para o mundo virtual suas mazelas emocionais vividas no mundo real, e/ ou tentam l projetar o mundo ideal para elas em seus perfis virtuais. De qualquer forma, e em ambas as situações, jesus é a saída, e é ai que nós entramos amem? 4* "Tú Mas para entenderaabrangência e o potencial evangeistico da internete como nós, a igreja de Cristo, nos encaixamos nisso tudo, precisaremos compreender a magnitude do raio #. de ação e isso veremos no capítulo seguinte: ( -A rede em números! i í livros indicados: j - A Bíblia da Mídia Social David Brake, Lon l<. Safko l - A Bíblia do Marketing Digital Claudio Torres - Mídias Sociais na Prática José Antônio Ramalho - A Revolução Das Mídias Sociais André Telles vluvlvlviiglaizuianinílLqoiniàii
  22. 22. A revolução da Comunicação A Bíblia da Mídia Social David Brake, Lon K. Safko Este livro apresenta mais de lOO ferramentas e l aplicativos, e traz também exercícios e métodos de ' avaliação que ensinam como realizar uma auditoria ' i de midia social na sua empresa, em concorrentes e A seus clientes - tudo isso para criar a estratégia perfeita para seu negócio. Uma obra que vai dar o que teclar. Lou , mo êÃ: i¡ Ezsmaircias Saiba + -> " . Ag! ? IAS IMICAS. 55:_ ; y_['41w: NS'09"ÃR arco , ;oacc~ ' CIOS A Bíblia do Marketing Digital « Claudio Torres Um guia prático para que o leitor possa entender como utilizar a Internet para os negócios e implementar ações de marke- ting, comunicação e publicidade on-line. Aborda as principais estratégias, ações, ferramentas e midias presentes na web, alem de incluir roteiros práticos para uso no dia-a-dia. O livro foi escrito para ser aproveitado por todos que desejam utilizar a Internet para o crescimento de seus negócios, seja você um pequeno ou médio empresário, um executivo de uma grande empresa, um publicitário, um profissional de comunicação e marketing ou mesmo um estudante ou professor de “ ~ cursos de comunicação, marketing e publicidade. Se você quer entrar de vez na revolução dos negócios através da Internet, este livro foi feito para você. Saiba + -> http: //bit. Iy/1DRZqpc "Ir . x nvmiiAvivi, l=i:1I_i. -1nr= _í| Lummàii
  23. 23. A revolução da Comunicação . Ir 7- Mídias Sociais na Prática josé Antônio Ramalho Este livro mostra como as midias sociais podem ser utilizadas para alcançar objetivos pessoais e comerciais. É um guia prático sobre como usar de maneira eficiente as ferramentas disponíveis na internet. Saiba + ->. A Revolução Das Mídias Sociais André Telles Este livro apresenta cases, conceitos, dicas, ferramentas, táticas e estratégias e como tirar proveito das midias sociais uma a uma e do conjunto delas. O autor mostra também os diferentes tipos de midias sociais de acordo com o foco de atuação. No Brasil, mais de 80% dos internautas partici- pam de alguma midia social. Estes são alguns lj números importantes e que refletem a impor- tância das l/ lídias Sociais. Esses números defi- nem o cenário e a importância das mídias sociais. Mais do que isso, apontam a importân- j cia de se desenvolver uma estratégia para a lj captação e utilização dessas poderosas redes. O livro ainda conta com um capítulo sobre i marketing político digital e uma lista das princi- pais referências digitais no Brasil. Saiba + -> http: //bit. ly/1x0hDi8 _/ ,_/ -, ->*7'4// ! - ~ *Vl/ l - z I-il ' an' 1:¡ 17.1:: . É_ . 22-' l' ls* _ . .$- t E - ' À É 'j E i . . g. : ' "'Du- ' u. ~ 5 z 'V-á . . 41 - - - 'r'- '. x4' - , _,_, _ ¡_ , . - . a -'~ : Lj z '- ' 'z 1 l l l l l viuvlvlvivglainiaanraílLummàii
  24. 24. A revolução da Comunicação Aplicativos recomendados social: Real-time social media search and analysis AII “T7 W510 @Ei ; mi l ; xalranirfràli = .lqll. lllc» em; 'nf-flo , Ni-Tlilsllliou. manual» j, @sair : me a màmlict' lui: : l : :um c» annzdlie» cita aligumnm: 'ÍHI“i“= _IIII= IIlÍ= _IE. ã ¡Inpncieielivral vtairir-. ii : i viuaifm Íclliaftallitjlc» iülñlllhlílchfv oil: eiiaiarnnnn» cjlc» "lãll'lllc~ cm «rzenli-. Illcilc. :muita Ícxami Çlllâ' plcltilallllcu, rícllliali' rztnni c~ : ti: u:: 'r: ,|l Miu» 'íicml Acesse www. socialmention. com aplique os filtros disponíveis e mãos à obra! l _ l , litsr, rr. r j , iíil-. .ill nuwivular-ilL-inníl l . atomniii
  25. 25. A REDE EM NUMEROS
  26. 26. estada me hHÍ-Í-. Ílrkjl : ll í-, l'-', l~_Í›"-ÍÍ 'vil' niâilli. ,EÍÍJÍÊILà , m~*~1¡= ¡.: |,x= .LI. :~. :na 1'¡ l e , iaiaj lkfãfl l r: â¡ 'ae Vl: a¡ nili 'ici t: t: -nvra = Via1:: m 1mm: : ll Vi: l manga u fls. :i ll I 'is i: : l 1:, t: I tanga l f): r. “N B, i1 i» .11 mui: : ll VP: "llâl n: 'l um¡ ral I ir r : :Lvl i: : 1 im' if¡ 'i N . _ g s _ j' ; lu warm: : Ii e n ilrnnrji 'Ia , na im¡ 'l I': R um) v! ll m: : l: I' : :i fim: : ll (eu: lu» , msm il : r : :l na l 1'¡ : m: : f: : P: .". ÍI : I l 1:, ,› jr» 1 "à". : rn : mu: ll T: Ina' : :r a : 'am 1l rf¡ T: I l? rrmçíi . im : r : ~ l u: : 1: : i3: : : : n: ' : l l ›: . . l mag i: :i ll= l ii: : : 'lina Í nã¡ = :. ,ir lj¡ r-_Êi , i i: ta: : n r-i l ii -': iâi min¡ i: r l nan¡ min: : ; nl = ki ÍÍIÍ. :I : “ )I'l_l': l=l 1:6¡ . M” " *NÍVHÍ l rj . . 4:. ; _ _n_ 31% 27% 25% WÍÊ-iíí-. ítiíí nv-iggmm _ug "u, ,night ç j . ' 1__-. .'Í$¡_-| Ê°~. 1 I i7.; A l, .Í>l: l* i 'KIA j'›~4¡: ¡c1, L5
  27. 27. l l « -v O I w 7 . u í. ¡_. _ 9g_ li ip_ IEL. 5'-*›=1~-= --i-=1~-›"- 3'? -i Í? rff: ;11_ãI; .~. ílZÍü: . XT. E'. I ' i ' à i exp; L , ')¡“ j! . E i1 _ñ . à. 'J JC** -vl "'_*_. .'*'T' r' ' "c f' 'Í Hz'. -ÊiiÍfTlíxmiíx l _-'__p'4_l_ L , f L_ OU SEJA pos INTERNAUTAS RASÍLEIRGS EMTRAM NA 37% INTERNET PELÚ MENOS 1 VEZ PÉ SEMANA. .. www. jesusmail. com. br
  28. 28. _. :11I. . -3 ! flo 'l- 'I iilil' Um estudo realizado pela F/ Nazca em parceria com o Datafolha revela que 43 milhões de brasileiros acessam a internet através do celular. Segundo essa pesquisa, 3,8 milhões de brasileiros ti- veram seu primeiro contato com a internet por meio do celular e 63% acessam com o plano pré-pago, ainda mais econômico que o pós-pagolá 19% dos cidadãos possuem um dispositivo móvel, mas sem um plano de dados, ou seja, o acesso à internet está condicionado ao uso do Wi-Fi nos locais em que se encontram. Já entre os brasileiros que utilizam celular e tablet para se conectarem, 54% são do sexo masculino, 68% possuem entre i6 e 34 anos, 48% são da classe A/ B e 54% completaram o ensino médio. 545- % l l. Atualmente, 1 em cada 5 brasile- l, - iros costuma comentar e compartil- l '- har experiências pela internet no , l . I i. ç , exato momento em que elas aconte- il il l cem fulltime - utilizando seus »l ~ 0/0 celulares e as redes sociais. Além l l disso, os celulares criaram uma - enorme quantidade de comentaris- tas e críticos de shows, filmes, seriados, realities e, principalmente, TV. 51% dos in- ternautas que postaram algo relacio- ; nado à televisão estavam conecta- ' dos e interagindo enquanto assistiam ao programa objeto do assunto. Esse pro- . ; . cesso está sendo responsável pela verda- ' deira revolução em nosso modo de viver. i *y Um outro exemplo de toda essa interação é o caso do “Selfie", o autorretrato com- partilhado na internet. O modo de pub- Iicação dessas fotografias se tornou à um dos assuntos mais comentados de l 2013, e a palavra foi até adicionada J em um dos maiores dicionári- os da língua inglesa, o Oxford
  29. 29. A Fail: ,nl-ç Ilíllnçlrçg, l l l P t. .. -"~"'*^ / 4 . l Tí** í, - / _í "Lx r, ' p _ «' a i C Ma** A mu l ) 4 . H . ' f . _ . l . t , _ç . f, _c j t' l x / i . ›_ . j L «g7 V . .l l _ j , ij _ 'np', _l Recentemente uma ação inusitada rendeu em mídia espontânea o equivalente a 10 milhões de dólares em publicidade. Na entrega do Oscar 2014, a atriz Ellen Degéneres resolveu dar “uma força" para a piz- zaria de um amigo e fez um pedido pelo celular de diversas pizzas, que foram entregues durante a cer- imônia! A repercussão nas redes sociais foi imediata, pois quem as- sistia comentou, quem estava lá fo- "Buzz (buxixo) não é ter uma propaganda elegante ou promover exposições comerciais glamourosas. Diz respeito àquilo que os clientes - as pessoas que pagam pelos produtos - falam um para o outro. "Emanuel Rosen, autor de "The anatomy of buzz" tografou e postou, e assim o buzz* Outros conteúdos e mídias também são grandes atra- gerado continua rendendo até hoje, tivos para o aumento do uso dos portáteis. São eles: e provavelmente já está nos estu- livros digitais, e-books (como esse que você lê agoral), dos de cases de muitas faculdades conteúdos por demanda (músicas, filmes e séries) e e cursos de marketing mundo também o e-commerce. Aliás, 15% dos internautas afora. A mobilidade à serviço da leem livros pela web e 24% fizeram compras virtuais oportunidade. Isso é genial! _ nos últimos 12 meses. * r P ' 15% 24% l
  30. 30. Presenciar uma criança que não tem nem dois anos ' , , A ç de idade, mexendo no seu celular e procurando o aplica- - 1 tivo do Youtube para assistir a desenhos, ou procurando _ ” "És aplicativos dejogos (né Ruan Miguel? ) pode ser um "choque" / ç , i . _jul “l” ; :'_', _~'“*›_, ,l em um primeiro momento, porém, essa é uma cena que se "; f», ~ . i repete cada vez mais e que certamente só vai aumentar. ç/ ,j ' j ' t Essas crianças já nascem sabendo onde clicar nos , Ç 5 -'” E v '~ ~ "ã f' smartphones, são nativos digitais. É tudo tão intuitivo . ,H l¡ que se você procurar no Youtube vai encontrar até gato e * s** i navegando em IPad! f§ ~ / // v Y A 'a- ( Ja_ à. l »ç _ -ãl-as-«aa-SIJ; u ' l : W _ _nm-m 7*** "Vi-t e "l um iiãfiãmafãríãutaâla c* “a “ “' j W i l macumba-mim! ? i f. . , . 7 . , Í i c; um www. jesusmail. com. br . - *i
  31. 31. ›IEIÍEIUET_Ç 'das I MILHÃO 29s MIL HoRAs DE VÍDEOS SÃO ENvIADoS PARA o L l - à l A A 'l *l YOUTUBE EM u v MILHÕES MILHÕEs ÍÃÊÊSÉÍÍÃÊÉÊ 147 ANoS AS VISITÀM O ACESSAM SISTINW mm SEM PARAR. POR FACEBOOR O TWITTER MINUW' POR DIA 7°” °'^ ' z '. _. x' l l z; ll n 'V ^ i 2 l . , : ve . j l ~ f. _ç ' . .I « V. f' ' É Í '” ' _ - ' . l r ' n: 'J Í* _ - _n_ , . -› -xgiI. nvt= l,l? -í¡1i(; g.= . : III-im 7 , ou i i cdi ; g *.2- Í/ *si* ' 1 www. jesusmail. com. br
  32. 32. ê- Ií” "Í lundi n: : iii "Í-"Jll l', /A 29% 3% que foi comprado por íviark Zuckberg por 19 bühões de dólares enquanto escrevo essas linhas l x/ Viga' _x a _z/ A Mark Elliot Zuckerberg é um programador e empresário norte-ameri- cano, que ficou conhecido mundialmente por ser um dos fundadores do Facebook, a maior rede social do mundo. + de 31 bilhões de reais foi o total faturado pelo e-commerce no Brasil em 2013, um crescimento de ›29% em vendas, o equiva- lente a 3% das vendas totais do varejo brasileiro, mas, ainda bem longe do nível do mercado america- no, que movimenta US$ 300 bilhões que respondem por cerca de 10% do fatura- men odo comércio de lá. . . , ›- i E l i l" 1:: : aii; _givníl-xfi-nnli: :HF-i- -hi-lhiuiihi-íioi: 'no lJIIÍT-Iíhlt : i Imfltl” "anita di: : Ir-Iízuvlefiflllg” @lol
  33. 33. Comojá mencionei, a rede reflete o nosso comportamento na so- ciedade e, infelizmente, a desigualdade social também está pre- sente no mundo digital: entre os 10% mais pobres, apenas 0,6% tem acesso à Internet; entre os 10% mais ricos, esse número é de 56,3%. Somente 13,3% dos negros usam a Inter- net, mais de 2 vezes menos que os de raça branca (28,3%). j _ l . j ç 0.6% _9 N: % ÃÊTÂÊÉÊE? NAO TEN ACESSO . A INTERNET 'ã 33 ' . .f i'l - -: ,: à; É" _" “wi” 1'” 'Íp' Os índices de acesso à Internet das Regiões j, l 'l ». - ' "' '"“ '* """^“ Sul (25,6%)eSudeste (26,6%) i d; t" "_ zm” contrastam com os das A' 1 gaia; x ç “W *“°"- "W Regiões Norte (12%)e Nordeste (11 9%) a “' (W)- -^ -› _E . .._ " - 1 as¡ * l y n l- P' 7 . g-l' l ala), 'L/ *Ílcgi 'v' IJ. , : .-; #.~-: it: ~;i. , . dir 4 , . 'L _xq - llIl i l ^ : I/ll 'Íl› 'E -t _. .!-~. ..*. ..: ..›. ~.l¡ , llll f 'll '-5'-
  34. 34. A rede me números E pra fechar essas informações, esse é o perfil dos brasileiros que utilizam celular e / ' tablet para se conectarem. Oiii 54% são do sexo masculino â o/ são de clase A/ B 0 possuem entre 16 e 34 anos No Mundo O número de usuários de computador dobrou em 2012, chegando a 2 bilhões. A cada dia, 500 mil pessoas entram pela primeira vez na Internet. 200 milhões de tuítes são publicados por dia. A cada minuto são disponibilizadas 147 horas de vídeo no YouTube e a cada segundo um novo blog é criado. 70% das pessoas consid- eram a Internet indispensável. Em 1982 havia 315 sites na Inter- net. Estimativas de outubro de 2011 somavam um total de 504.082.040 sites na web. completaram o ensino médio Outros conteúdos e midias também são grandes atrativos para o aumento do uso dos portáteis. São eles: livros digitais (e-books), conteúdos por demanda (músicas, filmes e séries) e também o e-commerce. 15% dos internautas leem livros pela web e 24% fizeram compras virtuais nos últimos 12 meses. llllliñ http: //www. techtudo. com. br/ artigoslnoti- cia/2013/02/os-20-sites-mais-acessados-no-mun do-em-2013.htmI Confira os 20 sites + acessados em 2013 (não saiu ainda a lista de 2014!) www. jesusmail. com. br
  35. 35. AS POSSIBILIDADES
  36. 36. As possibilidades Depois de números tão expressivos alguns podem até pensar - Como farei a diferença nessa imensa arena que é a internet? E eu te digo: - Não se intimide com o novo! Conhece aquela história do vendedor de tênis que chegou à um determinado país e ao constatar que lá todos usavam chinelos enviou um relatório desanimado desaconselhando sua empresa a investir naquele mercado? Pois é, algum tempo depois, a mesma empresa enviou outro vendedor que ao ver que lá todos usavam chinelos enviou outro relatório, eufórico dizendo: - 'Tripliquem a pro- dução porque aqui ninguém usa tênis, ainda! ". Esse deve ser o pensamento de um evangelista virtual, pois a internet representa a sua seara, o seu espaço para fazer tudo o que sempre quis e sonhou para alcançar vidas! Tudo é uma questão de ponto de vista porque aonde uns vêem copos meio vazios, outros vêem copos meio cheios! Atitude é a chave do sucesso! k i t Rob Glaser, CEO da Real-I Netvvorks E 'imni-riíoiiairaiçño» -íiai ¡E19! inIpi-iiüraiiii-i , orairílr ! lui ollliiíoi 'human-Ant em; a¡ 1011 _lllbbllUâll ii íhi: umas-raw. ,oidaiuifanirthic àíqplíàllíifãln* mi vivia¡ a azqgilicraioílai , im “Íillia Amoílàlraolni : mi lhni 'nonamllinnici ldlalnílíirzolli : i lllllílíllllfl m! rio] OlIIÍÍEPi Ilrololifillllllilãllilàk» oil: A *Lil ih¡ Lung-qi @hi inliqiüiçlí : Lriiíi i IIpIIILíi-uralnioikc» : i : Iran-ii nildlbi tbm-ii: :i r: o1|'¡I= I¡rft= .Illl= .Ir§io~ 01h. ¡ 'i-ll-ivlieñioi cflnelllqnlirai : uma aiiiríis. ifiilfle. :incluiu-ni ¡an! km1¡ 1mm iram-ahi oii: nlàl-Flií: :ici 9I1plllf. '=_li'= ,i alan-ih! tomar-i a pull” glllfa ahi à uni ? sumiu-quim A ! Jlraiigpii-ii piaicsx-ni qu: : a: Intex-assis! prato: rlçlicjtlioi; oii: :: omilufr rrigjíji-i mi Vlàllíõl: 3 ! lllãllil guiar' gm; :ta: plr-müllpia com¡ noi-rim¡ demitiu-thin: T li : :um lqllllil? ! - sit-av: : lêli' asi-ira¡ Vi'AVi'A'i'L, l'-ls1ll›1I'| r=. Íl Ldolllnili' nlplllrfhllilalllioi a plíalíàlfãnirfhk- @low inlialilnlllhl: r: i*T= .I¡loÍio~ : I-'Hini »xml-iram : i inkurniai, :mf-i Cllãlüui_ vil" chi : crallñlaivivuiiüe @lima o» 533mm: :ioIÍ-iiv: o assumiu) llffãlnlíio» e! nninlniciic» citei; Things. , him: a di: : animo: : [Iilris Ahilíleilraçni nioiaibai ! ill-g : i intaum-al dia! !! : img-qui 3.! uni namo lllllVlàlrñf-l : mi ; pu-a : i Fâltíâlliai 'iciiall eita ¡um! ¡IIIIL líioíF-h oil: 'plr'CIlÍlll'(Oli~ oii: Inch-i, com! tramas. vzciliinnias. ils* vlauioílas. , ã: 331ml ii r-. irzaiiàai 'Ícliãll aims. 'pi-maca "aum-tim ãlllíííâbflêíííül". itaim. :imail-gm criem c› piaui-ar di: a-ggni-. mhiggio ! lua ã ! iraivaicíkaiiüilczci di: : miarniaill ! animar 'Êllãlllilci di: : meinen: '-2 oii: ll» _ a iai: guia* : :ich uni ¡tias-rias! .segmentar 'rqpiwçiçiçm asia: :lilás ! lili : tic: - niveis ! me Fâlfjüllllâlllilíi : Jc Thrill oil-gusta cralpiiluici Al ilãlñfíâllliiíllllãltél! ! 'ii-i di: !Í ¡ii-Ili o» @W131 mui¡ ! um : Ivnllzn ' ~ . _ : agiu-atum ! me El! ! : ar-ant : hmm dim. , Failplíàhíâlllhllll : nã : Inn: |Ílc› em: os, níniii-. irçs. alilñcllniçlí» : lim ng. site); ;iqtus gúgãllliâb* dia¡ in» Iílilallñai líClllCjgÍãñlígt, -, ~ 1.31.1¡ parta¡ Cilmi algunas fo» III-amanita» oílai ¡nilflelirírai ll fiirri' 1.1 z i -n n i), _llllf-. .lll
  37. 37. As possibilidades _ K K ç _ Quer um exemplo na prática? A paraense Stefany gravou um video em que canta a sua versão da música "A Thousand Miles" de Vanessa Carlton em que menciona um Cross Fox na letra e que literal- mente bombou no YouTube! Você viu? A Wolksvagen viu! E não só viu como a montadora foi antenada ousada e esperta o bastante para capitalizar em cima dessa paixão que gerou uma enorme expopição í em midia espontânea para a empresa a tal ponto que chegou a pre- , -- ' ' “wi ç sentear a Youtuber com um OKm! O próprio Gerente de Marketing T da montadora, Zolla foi entregar o carro no programa Caldeirão / do Huck, da Rede Globo de TV. , , r 7 / Ti I . _ ' j Eli: : irríic» YOIFSFÍÍRCI! ! oii- um¡ ! Tlm 'Italic izrrnii Ilnral gitlvnrcílcrrti ; mini r: .¡. ¡n¡= _.. ¡-. ¡.1¡(q. - [mtu largar : ramais-rw : i rtirrarnrari : i : riariçgfrcil E : usual ã! :i crrrrwiiãfrci : lia ¡Era! ¡SITE! Slam¡ vlisüllllllcílardl: :Er : ke iníimra a- Liminar: :i pllzliaiícliülrai ; War -ir-. iiir-. w ElñK°i3'-. lIlir= .r"liI)~1~*301' illliai tjir» 'i'cru, l'fu, llorq, piarrzalbrat' Ntñíl iillllílãrtílâli» crus : amami: Vífllll : i in» i *remar çrImMMIIIi : i »iriam Pai-rsrs . im. [Ô [ç : LJIIIi nas: l 'L. -:ra: ~-íli; rl1t(= i~, ~ l 'LJAIB--r-riiicririrñn-i: _= lI_i d-rli : íir-¡Iir-. Iw Outra rede que no Brasil tem se revelado um excelente espaço para conscien- 'l : DE 'l fl? ? Wii-Url# tização política e mobilização em prol de causas é o Facebook. Recentemente participei de um apelo que também só alcançou seu objetivo graças à inter- net. Uma mãezinha fez um vídeo caseiro, mostrando a realidade em que vive com seu filho, portador de uma cegueira irreversível para a medicina. O vídeo mostra as grandes lições de independência que ela tem ensinado ao filhinho, mas confesso que a primeira vez que assisti. ..o nó ficou na garganta. Seu pedido na verdade era bem simples, a familia precisava de material de construção para melhorar as condições de vida de seu filhinho. Ela não utilizou nenhum site de crowdfounding, apenas informou uma conta bancária e acreditou na boa vontade das pessoas. _llllf-. lÍll. lesii: l rivrviuviviJ-ialrnnrzrl lntonlnili' _z z
  38. 38. As possibilidades / . / /.-" i I -' . _. c Çf - _;7'('Í A~; . , . "¡ 1'). '. ›: '/. -: i› "'”/ 'r . x. .o_. ~›_-. ¡. c~¡-, ¡P. ¡¡. ¡)¡A 4 . .u z c I a_ _ ã_ _ e ›. .¡ : mir: |s. . 2.o. . u . n / xx-&Ít 'v' ' . u '. .-^ ¡ , .n-'o^ '* '* A j. _. .-7_x_~___"- --_ i _rg-j 5'# »ax-. - , -"~**-"~. . , 9v". _r¡ Assista no You Tube: A'. n! °- _l i a __ Indo na casa da vovó! Miguel -y m_ x. | : upuçlpi lim “': '*~I-'~*'i IV' - ~ - u k r_ ç J, b¡ . .l j . n_ ç VPL, ,cj http. Ilyoutu. belb_tn/ lz¡LoijvirkU ' “ * 77.088 views | 1.845 likes | 17 dislikes i z'í: ›liii, jgií; Illl¡, |“l : à GQ Miguel, esse pequeno guerreiro de Deus que já mostrou a que Velo! Eu mesma me envolvi, endossei e ajudei nesta campanha. Claro que primeiro conversei com a mãe e depois de convencida de sua idoneidade mobilizei alguns amigos que doaram quantias para aquele fim. O mais interessante nesse case foi a diferença de alca- nce das redes utilizadas. Enquanto no YouTube onde o vídeo foi postado originalmente e assistido por 77 mil pessoas, no Facebook o mesmo vídeo, postado por um outro usuário que baixou do YouTube e upou em seu perfil teve 367.148 compartilhamentos e 468 comentários, o que por baixo alcançou cerca de 110.144.400 pessoas. Isso mesmo! l/ lultiplique cada compartilhamento por uma média de 300 amigos, que de fato e' a média de amigos que os norte americanos tem, por isso disse que calcule¡ por baixo, n j - . Aliás, a solidariedade é a marca do bra- j” j ç sileiro, está no DNA tupiniquim, glória à Deus por isso! E a campanha pra , ajudar a família do Miguel continua tá? j Os dados da conta da Josy, minha amiga linda são esses: C°"f¡"a "° Facebwk¡ JOSIANE ALMEIDA SANTOS 7 i1ttp: //on. fb. me/1yhUiep< › BANcocBpRlxggâéffâããôzgg CONTA POUPANÇÔ - 60746948 367.148 compartilhamentos | 468 comentários AGENGA _ 0080 _ll/ .lf-. .IÍ l. . lc-; srrs '¡'AVi'A'i'L. l'sk1I. l›1I'n= .ll lmmllluili'
  39. 39. As possibilidades Um outro case foi a campanha "Não Quero Sangue Inocente em Minhas Mãos", contra a institucionalização do aborto no Brasil. Em 2013 uma Iei foi aprovada em tempo recorde levando cerca de 6 meses para tra- mitar nas duas Casas (Câmara e Senado) e chegar à sançã presi- dencial, que é quando passa a valer de fato. A le¡ era do (PLC 3/2013) #DilmaNãoSancione Não quero sangue inocente em minhas mãos! Somos contra a PLC 03/2013 . l a gx¡ x1 ~ , c _ l / ?W j t: _ Í. httpz/ /facebookcom/ r _ NaoQueroSanguelnocenteEmMinhasMaos . V/ , l KIM». M. . j . “ . ~ não fosse uma expre- %d1yl' . .tj-j “i ssão; "profilaxia da_ ¡ _q A gravidez" e que na prati- . i i ca regulamentava uma portaria de 1998 que libera- va a prática do aborto pelo SUS em casos de estupro, dispensando inclusive a necessi- dade do registro do B. O, o boletim de ocorrência feito em delegacia. #DilmaNãoSancione ' N* Não quero sangue inocente em minhas mãos! l Somos contra a PLC 03/2013 litlpz/ /farobook . cnin/ NaoiQiioroSaiigiivlnocn-nicl iiiMiiiliasMaos E a única coisa que faltava era a assinatura da presidente Dilma Roussef! Apesar de em sua campanha de 2010 ela haver assumido o compromisso de não aprovar o aborto (dentre outros tópicos discutidos com lideranças religiosas) o que inclusive foi fartamente documentado e consta em seu jornal direcionado ao Povo de Deus, do qual participei da elaboração, ela ignorou o acordado. Precisamos de sua ajuda! ill' " 4o Kx q( . L ag* Aboixo-ossinodfsódefevndeodaortoquemlónasceu! Ajude-nosadefendei-«VIDAF . o' s- x 7 j" l Confira nesse link . ttpz/ /tzitxly/ 'ír- "*. ::! :7 A É I I _Vil-all l I
  40. 40. As possibilidades Só nos restou então promover a mobilização da opinião pública para pressionar o Palácio do Planalto e convencê-los de que o Brasil não queria (como não quer até hoje! ) o aborto legalizado no país. Pensamos em uma campanha de alto impacto e que chocasse as pessoas e o nome definido foi "Não quero sangue inocente em minhas mãos" colocando as pessoas que se omitissem da luta como cúmplices da matança de bebês. Abrimos uma fanpage que em poucos dias atingiu 10 mil curtidas e com o abaixo-assinado atraímos a militância pró-vida. Muitos aderiram e nos ajudaram com fotos e vídeos e posteriormente convocamos um ato público em frente ao Palácio do Planalto, sede do Governo Federal, tudo isso em 7 dias! O resultado você pode conferir nos links abaixo: Página no Facebook https: //www. facebook. com/ NaoQueroSangueInocenteEmMinhasMaos Abaixo-assinado que colheu 4600 assinaturas em 5 dias Abaixo-assinado Só defende o aborto quem já nasceu! Ajude-nos a defender a VIDA! http: llwww. peticaopublica. com. br/ psign. aspx? pi= P2013N42425 Matérias e cobertura Chega de disse-me-disse: A Iei é boa, mas o conteúdo é de morte Entenda de uma vez porque o PLC 03/2013 precisa ser vetado. http: //wvvw. feemjesus. com. br/ noticia/ chega-de-disse-me-disse-Iei-%C3%A9-boa-mas-o-conte%C3%BAd o-%C3%A9-de-morte Vai se omitir? Reunião com ministros termina, mas manifestações não podem parar. Um dia antes do veto ou sanção presidencial do PLC 03/2013, entidades religiosas se reuniram com ministros para segurar projeto da morte que os parlamentares deixaram passar. http: //www. feemjesus. com. br/ noticia/ vai-se-omitir-reuni%C3%A3o-com-ministros-termina-mas-manife sta%C3%A7%C3%B5es-n%C3%A3o-podem Dia D para a Vida no Brasil Reunião com representantes de entidades religiosas no Palácio do Planalto agora pela manhã decidirá o rumo do PLC 03/2013 que potencialmente legaliza o aborto no Brasil. AVida pede passagem e o futuro deste Governo está emjogo http: //wvvw. feemjesus. com. br/ noticia/ dia-d-para-vida-no-brasil Dilma deve sancionar projeto sobre violência contra mulher que enfurece religiosos Presidente deverá apenas mudar a redação do trecho sobre o uso da pílula do dia seguinte em casos de estupro para "contraceptivo de emergência" http: //veja. abril. com. br/ noticia/ saude/ diIma-deve-sancionar-projeto-sobre-violencia-contra-mulhe r-que-enfurece-religiosos Derrota vergonhosa para o Brasil - Dilma sanciona o aborto O preço da omissão. Acaba de ser anunciado pelo Planalto que o PLC 03/2013 foi sancionado por Dilma Rousseff na íntegra contrariando acordos de campanha e compromissos com segmentos religiosos e acima de tudo, com a vida http: //www. feemjesus. com. br/ not¡cia/ derrota-vergonhosa-para-o-brasil-dilma-sanciona-o-aborto Deputados evangélicos reagem à sanção de Iei para vítimas de estupro Hospitais deverão dar "pilula do dia seguinte" a mulher que sofreu violência. Para religiosos. texto pode ampliar aborto; governo nega e propôs ajustes. http: //wvvw. feemjesus. com. brInoticia/ deputados-evang%C3%A9Iicos-reagem-%C3%A0-san%C3 %A7%C3%A3o-de-Iei-para-v%C3%ADtimas-de-estupro i _Alicia-Ill lesrrs VAVAVHHHLJFLÍlÍ-'iliñn laiomnÍ-ir
  41. 41. As possibilidades Dilma não sancione o PLC 03/2014 httpzl/ youtube/ UgclDQJZPKA Não quero sangue inocente em minhas mãos! Cynthia Ferreira http: /lyoutu. be/3!hhAUIBbeA Não quero sangue inocente em minhas mãos! Dra Damares Alves http: /lyoutu. be/ M0uKszPzLK4 Não quero sangue inocente em minhas mãos! Mr. Pingo http: llyoutu. be/31C0lA1LYOY PLAYLIST COMPLETA - NÃO QUERO SANGUE lNOCENTE EM MINHAS MÃOS https: //www. youtube. com/ playlist? !ist= PLGt8xfhigKSzUZxsS9tiUjJIz5X2QXQKf i . . : L0 'A'A'A'A'A'l. l'-I~71I. I›7II'Ir= .l1Leomtàli 97/1' ' Dl": "I i/ /r/ x/z/ w, i . l ' ' “P” Í «9//157/ 3: a 1 J . ; ipiaianii di: »api-ritmo n: nibii: - il: .iclniorfftn dio pimlliiio uma *lllllñàlginlllilt vi-Invt-I ; sem “cplhllira um: nnioimninnioi: qu; :LitIIII-irnliqllior '- mllllãlllllln* IH= Ii tluliiâlui oi: mail-I: il; :: Imlllllirbtgfíici II: QUI'- ¡Iidçi-nnioic, -. ~ : íüllníllnihllllllt o Cllãihlllêíà a o ; meu di: nnioiiillkkzuíio a Ii- - inkauuiuí (aim ! Ilhlniilm ; P461 ': :iai-viu si: Iinr. A-: iuimr Õ' -^ KI; .a atá/ r, i. ; .1 . .t/ nao Exemplos não faltam de como usar as diversas plataformas gratuitas da internet. Para te inspirar confira esse canal no Youtube Lições de guardanapo httpsu/ /wwwyoutu 'ijecom/ user/ LicoesDeGuardanapo/ videos 3.518 inscritos | 224.558 visualizações ví 224.558 l ›i IIHIIIH'Á= <IB1; . a l. ¡ Participante desde 7 de março de 2012 : Tiki: nio» *liízliieielí : i: ; nim-nie : mu: :irzaL-imiohic : Ein azciricniainii: :i: liga-tic = II P-IIIP: fi. :: f-mr l l ( L 'f' ! II : :s ? L n l ZE'1.B
  42. 42. Por dentro das Mídias sociais Por dentro das Midias sociais Conhecendo as principais redes sociais e suas características (Facebook, Twitter, YouTube, Instagran, Linkedin, G+, Ning e outras milhares de tribos) i 'í Il I , w' , K_ «à " l ' Tiga-el l 1 “Eita V! Parcaftioioit- a = ,I ¡Ilallcir : :leila _amami _ dia aliIralIloíl-iila, rzuni IIEÍÉ» dia 'I Íotlliñi ' iraniano; GHQPEIÍÍEIIÍÍOB» _mir 'loiofim O! nllleiníloi, DEI-lia Gillian), oillilrtlllniainlia 161w .15- : Inicomlrai lllll 31111130 elll rzoinl' silo mi tardia O gai-vllçoi n. “O Twitter é a trilha sonora em tempo real dos maiores : ill-mu _[0 momentos e eventos do mundo todo, e 2013 não foi uma 01:. .. para a 111m3” 'Ii exceção. Seja a queda de energia durante o Super Bowl ; amp ç, .=¡. ¡¡¡= ¡'¡= ¡.n. ¡¡= ¡.¡¡. c=. j. 4,. . (campeonato de futebol americano) ou as eleições na : lilvlloílaio : mu: :is grau-mis. l mi Alemamhã" sílaba um¡ mil: P-TICÍÍGIÍHÍÍ! 'ELT› eller K lareira â 'Mimi A: ,oiaisàisiorais _ _ ç _ _ ç _ ~ l _ ¡amhn-, j , j ,1e : Ingmar a ¡manjgr O Twitter atingiu a impressionante marca de meio bilhao de usuari- “Em 5,, ,hmm . ja, ¡nnuçngj . j, m. , os eo_ Brasil chega na segunda posição com 41,1_ milhões de “um, ' usuarios e um crescimento de mais de 23% a partir do inicio do ano. Ele toma o lugar dojapão que passa este ano para a terceira posição com 35 milhões de usuários, segundo Semiocast. O Fkiczal' mit oíltmiiig- Émile: :: liam mis ams. ¡relutân- , ellaiiaiieilnrai naum: . ? auxiliar-is gil mini o alia "indios. o); IIIGJH . nillnrami rzoiuanpioiuioíke : i : nim site riam'. citar; lnii-. Iuniaiuiliais, :: Iei-tim ; iria er minimum iioiiill : um , cialis @braga : i 'IWÁÍ/ nlllim-. iaz, :: Jarinu-tm : i rzoinimil Ojapão conserva por seu lado sua segunda posição em número de tweets, com 10,06 do número total das publicações feitas. Bem atrás dos usuários americanos que postaram 25,8%. Assim, o japonês continua sendo a segunda língua mais utilizada no Twitter, atrás do inglês. toma almraiiktaiiair. Os ÍIIKQIIEIIIÍEBI i7?, me! ! chama» 'lr' ' l _. 5;, "ny ur: 'saiu' z. “vumfu : t mf# 1: É. , ¡= ¡¡= ¡¡= ¡¡¡¡=5 31.( ' . Z ulllniíiw* -ia IiuIr-ÍIíi-ic. j' x "H 7 gnu; .f. 'silk : ' f' z hr t: am t lj "J -Mr. ¡.gn¡¡v¡. g_ : vivi: | m ls: i 1 en: / "j j l n¡iov¡aIl= ›-! Iir; i~.1d; l!~e'l-_'M^u, «apra Iâlpllar a i '= I m 'Il-ZJI-'íí -I- / ' 7!( A q** aramiardêl airllimai-: x-ita ÇÍÊHFÍÚÊP. m "mm" mm -r-. qvr-. i-. Ht. i j¡ A lllilnim alem, . 513m6' dia preparem: É ' : rimas . :i-. iant-iaiirsui 101-7075), : Iilngnlieioi : III nlllimçlçi dia gli-lê* ' 1 91012151 S! / j _ ' 'í *'- 7 1.1.1.1' ~ ug! " - _a a( "F 3 4.. _ Mutum. .laieiliciurzlllu: ciuiàii
  43. 43. na' el¡ ãlnlei: :Ivlnrullr: :onlíielvrsilnrullla ¡re 'vamu a à : rgnin e : :uu Iolinmr: m ? areia :1 ifbl. auroimillu em; :Wma 'torneiras : lã" Timm: um): :rima niirnrarr ol: urinário: n: *Ilñllk : niurolir: riaoiy-aruliv : :me am : :: ramal-t : iílspginrulo m_ . __. ' nnillnfiaie. 'em 122mm¡ : uu: :aurora : tiamiiusm, :mr: :m jiciehini: inianihrnr: :m "um, ;uma : falhar: ;ru 'uma j: : z eiaulqlillntl: um: tar-iai: nujhlk, :imllluoiu : r: lninvunrííiai: olkqprenrlviqi: um: ¡rrlliríiau el: Çalllfíl¡ 'uviiuaii [Initi- nr: r "ru. - : uma: n: prai ÍL', inn¡ : mirim . loliuur: : 3:¡ IIII ? alii-tr 351m1_ - : #13: VIII já : Ele : frllikl "Milla (am Ilur: 511:! ? : lu nau um; :ii _units eiílalllrtl eram : um: : ¡Fgblllíhríizu Ilgcrohk : rc Iuur: "TT" law: :: r Elo 22m' : uqgonimror: :Lulu: _ug : i-u: el: 'roroinr Sic. iqzinlmi sua. : lar-aii: : naun-Wisnik a ~IIIÍIII= IIIÍHIIIOU: R, : :rn leiehl: : Im: :rá ali : i: el: :cimo crnulinl : iarainiurauir: pr= ir= axvnnrgailvni ! me um. a ñleiullamot Willi? ? bioma: nim: Ialiaivlêirrfr: :em ai: :isumloi: figuram: :ro ¡iunrun : mpilíllnl Ir: lnilai ara¡ : mm : igual mkt : im: á : mr: :ranma : ririuiãnii: a prai il @¡l'r'ñil= l' kñimlpraiml el: l: : : mlk el: mam ullllñic el; aqgufloiomx, ao' : :gira L1 _oiarzrilniliorzrnlaic_ : IIIIF: alla! ! 3 91:¡ n: hginim : rc lrirnihlnra, Illl “carolina, o "um "nur ? L1 : : a . prai i1 m 'kim : :m0, Imr: am 14H16_ m¡ ullnllnlii 1o . TRÉV iamnnnnro mui: 'mirar í m¡ : mim: cia : rciunpr: :mui o Inulílo ni: aivniugallml' Confira na íntegra (em inglês) no link: https: //media. twitter. com/ faith e você pode também seguir o perfil. VAVAVAVHIVL, ÍCLYIIHIIFHLJIilllhhi Por dentro das Mídias sociais l 40 curoctoros Mas a principal característica do Twitter são os perfis dos formadores de opinião, artistas, jornalistas e veículos de comunicação. A capaci- dade de síntese das pessoas é testa- da ao extremo, o que também é um bom treinamento para que consiga- mos passar a mensagem desejada em 140 caracteres. Na verdade minha dica é, nunca utilize todos, pois se você não deixar uma margem de pelo menos 25 caracteres, e isso incluindo o link de redirecionamento (recurso muito utilizado já que o espaço é pouco) o RT não será possível, ou então seu username será apagado, perdendo assim a origem do tweet e retirado seu crédito pela informação. A menos que a fonte seja seu site ou blog, claro. Iurçrli
  44. 44. Por dentro das i/ Iídias sociais ! Og - y”. . a) . i - _ , J I. _N - . :_ , - -. ' _lÍLlF-. I-ÉS! ¡la! Lljridl ÉIÍÍ_| _f_i-ÊJI~ il: lHlIâViT-YL! 'nm-url 'llíihlnrm 'lolIlIIlÍol-a (nula): n): mai* um : tah ! l'. l=. l›*l= !mm ¡um! ,animal-ih ; xana-m sit» ; mulata . . L , « . !ix-uu V_ÍC¡lEÍfC> el; 'Tlelf-w: :Em = lIUÂÍ= JOÍÉP~ ao» VollViulila : i »rnuíhi nnnmo l ilh, nílm ilãíqguuílo» 'lullllllila vmar-oil: ?um ih): ill: g" 'lou II ' a' ; Líiíi hum ! Jill : mi l ? il 3.213:: =~ ¡ÍIÍ-Ílfoznlnr. v à L7 - , II-: Jcuuitm-qoni : i 'It- um, l 'l . l ¡Jl 'ff : l ug: m: r : u: I. l me oii-i: :in ; uniu "h -- : ul : um: cito» qu: : gllhlkglllàlr Ollllhi Huíla : i tralÍow mIlIÊmu: i 'I= ,F~Íl| ~'1fIl"-ͧÍ? l:| :_ ici-hp p: IJBP. g! i1 ma¡ ongLíLxgnyjgàujr-*xa ¡ilxqâgxvfgagi : gil-f m¡ 4:. .~ m: '» ! lua o» ir» -i í» ? Tur ; m _ : lí u 9' ¡lflnlglíyêÍ¡*1_¡1-| ¡l1-(71=›¡íê -LrF-_Lñ : :ulfuiit-¡iii-rii air; . z el? :i'm 'ur-W want-s: #mil-r O Youtube tem sido uma grande ferramenta e tem dis- seminado o pavor aos inimigos da democracia e da clareza das coisas! Governos estão com medo da força da web! Lembram dos acontecimentos no Egito, Turquia, Síria, a chamada Primavera Árabe? Só pra contextualizar segue uma matéria que li no Olhar Digital, há um tempo atrás. vivmuuu, tailmnnnln: umàli Confira o alcance desse canal do YouTube! Eles se especializaram em vídeos engraçados, pega- dinhas e as tão celebradas vídeo cacetadas. Imagine o quanto arrecadam com monetização? https: //www. youtube. com/ user/ faílarmy/ about i ' ~ ¡ Participante : :Êlçljzeaãoes deÍulho de 2011
  45. 45. Por dentro das Midias sociais Turquia bloqueia YouTube no país / Sl Á l ' _Am . -~'>- »a Dias depois de vetar o acesso ao Twitter, o governo turco determinou o bloqueio do YouTube. Quem tenta acessar o site de vídeos no país se depara com uma mensagem que confirma a restrição a mando das autoridades. Em resposta, o órgão representante das operadoras locais entrou com recurso administrativo para tentar reverter a decisão. Segundo o jornal americano "The Wall Streetjour- nal", a proibição se deu porque o Google recusou-se a excluir vídeos que mostram o primeiro ministro turco, Recep Tayyip ErdoÀYan, orientando o filho a esconder dinheiro de investigadores que apuravam supostas irregularidades". You Tube no¡ am no¡ go word cup brazil m Q Axqpll lllàlñlllr ¡n! ;inlelll romoílalnnop. uai o» em: ai: !HL-f ¡F1- eiuumlnui m: Inomihlr ii _o1r'l| l~f7Ipl'lo~ rzolni : p: *em ”, llñlllÍÍalníhlgmàlf- oílajlllho» oil; guri: : ; r «k kl -_ Ílãlplllk . mm 'ni-Irma . .ane rzonur 7,; : instant-klj a : Ilan n: Hzlnoílalñlnll m* “Jllalui 161m : Icicnnílll : Jor 'AT-him @hi / M r  Iilfhi íhllliluli r "Nei i'm : mi f! ¡ n¡ A 30H03' io» 'liluiüoíl r: I.| ,-*"3 Lc I > 1 4.370.872 views | 105.019 likes | 4.083 dislikes | 29.944 comentários| S t; Só do YouTube eu falaria uns 3 dias de tão fantástico que é, e tivemos muitas experiências maravilhosas com essa plataforma! Confira algumas delas nos links indicados nesta matéria http: //bit. Iy/1yIIMjb Fé na Estrada ~ do Brasil à Grécia que Paulo sacudiu! http: //youtu. be/ RDahOE0xGis Fé na Estrada chega à Turquia! http: //youtu. be/ Sjsdjxgtrwl Fé na Estrada chega à Istambul http: //youtu. be/ ehSSyPP6FpQ Social media e TV http: //www. fIowics. com/2013/11/14/novas-solucoes-para-sociaI-tv/ Ui ¡gfll 'Numa. lzkulnnnllu: cmmli
  46. 46. ;ilví-; i çñif-_I atuam¡ tir ' vai axçzcir¡ IIÍÂ-'Jf ÇZCIIJMÉÍÊVÁLÍ. . *Tirmi ara, ?amam tar «assar» ã! “IIÍÍISIFIISÍÍ garantia¡ ; lít- 'Ílfgalr ae. ñilnlraia "Icmrfcfiaiá, rzrtnmo 'GIMYÃÍO r mais» " i'm, ríia VEL. , vflríiaitíie. , iítfiics. , rzclaljiai- _ , ai 'exalta i<: ic. "=. IIV_t_-. ¡çf. -Íic› cíir» ulsiurâricx, Czcnii -JLJIIÍÍEA (tica Fi: IL_. Ira<: iL. .ra¡i-a, trancar ciar naun, aioicxczanL_ O ailrtvíicw j_ : Narnia-aluna tratar» o aalrvltçn ¡narram! A SML, alçraimir cíia : :ur ¡¡¡L, .[¡ic› : iram: : amam Irialirainliâmrii-_açt Phivâni «J» ariñiiirñllalha rfir» tlíllttai a¡ ranciia r' -T- anual ciçrarcaucíiçnrai rjie (Íialibliãli ; atrai “Íâfüli n iamvnç), 'a ; mm ai Íf-'ÍÍSlFI“l= Íl_ «W aalrvtrgzri aii-ã: :nella , ÇWÓIOIIICI cics, nliaunmigalirrs. MEM, liííifj, a' C1 nur: (cinta cíicnnnrialrauani a¡ irliairmaii na ; irimanrai tiaficraucíiai cio aiâciuicj), ríio cima çnruçmannuaimta m. . LHÊÍFVÍÍÇC! dia; 'ãíblllâ §$ÍÍIII rzcnnn imita! , gxgggjlvlall aloxmanr vllcíiacs¡ Innraigairia, âi-, lÕÍlc› rm aiiâ: mamar» 'ai ; It Ji m vnai air-s. , 'ãliâIlII cial ; neiislltilliciaictia cia a _ 1 ÍCEÍÍQ-ÇEÍFCIO 'no VAVlrraIi. Amp Aliás, 'ralfiâlrltalnllalrl 0;. /gfãálflf5 'ikvlallalnli uni Llggoancíia* dia 510 ¡Iiialn “ ¡r! k. crainai 'l-CICI m raíczurarc» eia : liam criar' cxcfmvtair ÇEICÍÍCÍÍÇEI cia “thumbs, cíia , lugar r» cgàllklizír rua¡ grejcíeieí a' "gay a vltrlrzli' ; eiraxctiall . .Is -Jgfjleai alÇIlaBi-flnlian ai cxçxggíicw 'l w116i, i "nnrsiçaxvnlrei ; laura CJLISIIII Por dentro das Mídias sociais _ A r r r . . I l J. r Í A x Í l À z «qi i-Í 7 O Zap Zap como foi carinhosamente batizado entre os brasileiros, se mos- trou uma ferramenta muito poderosa na divulgação de mensagens, notícias, vídeos e muito mais. Está sendo amplamente utilizado para difundir orações, men- sagens evangelísticas, grupos de intercessão e muitas outras iniciativas. Para viralizar um vídeo é a melhor pedida inclusive! No entanto, conti- nua valendo a máxima do jornalismo antes de com- partilhar algo para toda a sua lista de transmissão; confira a fonte para não contribuir com hoax! / X , /' c: (A “A ; ré tg' ' P. P. g4/
  47. 47. i* Inieiiaignnm ã : n #FF _animal «rails timer. : 01km lllfllllãllliñr ; Palm rzoinllpnlfüfnmlr ; IRIS hihi; a VÀÍIÍEIÇL'. Hana* rzrniirai rzcmi rzaimai a'. a 'law niilim-. iç. dia ! ultima-r Cama a» : mp â _oivíimlívldl rraipiiuirair cm c: =.irr= .i;4-. .ir*Ici¡a›, -. = .. itiilr dia¡ buf-ilícita» rr-_i cílr» : um czaliillairg : ieisnni rzcimm aipim: : *illiiiuig as; ¡nnraig-. iuiç, cm 'ÍÍÍIIEEGIILT , Orsini cikaipioik. ,oilIÍ-illcrãplai: nim ; iam piçicill, mu, a : mu: units-n, ,na lama VÀHIPEIÍZAEIE, czuirnr a (1!lI'Il§lIlÉl-Í, =JSL. O ! um vim pirioíl: ÍOP-. Drénlw gnlilñiallllâllllâ* um aqui czailliiair' m» -Ílrrllcil IVE- um 'Ann-timing ? lili-Ina Cias-im uma "GIII s. !im ; inmu- ; mamar : matt = :i vlairzâío» VAVIQÍIL. : um: :l : :me uiauríimn. l. miprairilllirair vncíl-. ng, -iia : na 'E5 na» gllneílcir. É _oicuisfivlal ? amar c› F§34L1iiu› um pirãipirüm ¡IQIÍÍCEIÍÂVIM cm ll-Y-. li : llgllnl em: :High limwlfoliw . jm camara¡ : tim rz-, iluilairt (niguem. ê nã» : Lilríclrllâll gmail rihanna 'tail Iliiisiiirsir : i "migrar". nlliíhím, V! illlirair na¡ 'm', -4 Maias» : it: aqui llñntll oil: : qui: m 'Ellllpiar ro¡ girl-il: «zririair : i , cairia o ~ @Hugh rzamipni _kvlíli dia¡ plfõlpli , pilkrraiçêíci Caso você não tenha um smartphone, mas queira acompanhar o que seus , amigos andam postando na _- rede social, basta acessar a «. o versão web do Instagram. Para facilitar o processo, -' basta criar uma conta, WT_: P' seguir quem quiser e acom- panhar as atualizações at- , ravés do feed. Então, é só "dar coraçõezinhos" para as fotos que gostar e comentar nas que quiser. Não é possível postar fotos através da versão para navegadores, mas o usuário con- segue editar seu perfil, alterar senha ou criar "badges" para divulgar sua página na rede social em sites. www. jesusmail. com. br As hashtags (#) : Elm : min-r: #Ligia : igmmnvnx i: IHIh qomiar-: :ininn : nillm' ni-Whvmxzi z. :ig-ira z ihiniur" 3mm a Inmniga-. i. ! his animam» _mim vm-(í '- cnianhir : l 141mm- u; um Iilãliàllllnlrãloílo : Hñlllllci ul'- -huum gui; :uma , Ilobñdlvlãl "ampli-cair mito» ein : :guiam lnr-. igancu iàlgliàkíàlllhi : iu : Lomani: uma gnihivm" : iram -ílimiu : Ibi: illniu ¡Ilpiàldnlllír ¡ranm- ai: : : :dia ÍIIIIHIIIÍÍILAÍ: nniuchlníbnnicic di: Íoiuimra¡ ~ III : una uma ; mile vilmnilkmi uma. - : p ? oii-ic : um o u: ?uniu ! Halihlr : P : nan-num: 'lrmliltigb' gm; vniufí olll Ilni : Itinga níllhoir.
  48. 48. Por dentro das Mídias sociais O gigante Google não costuma decepcionar. E provou isso, mais r uma vez, com o Google+ (ou Google Plus). Existem diversos motivos para adorá-Io; desde a ótima integração com os demais serviços do Google até a enorme facilidade de uso. Vale destacar, primeiramente, que o conceito de círculos adotado é super interessante. Como na - vida real, nós mantemos vários graus de amizade e, normalmente, interagimos com os nossos amigos l de maneiras diferentes. Então, nada melhor do que 1 levar isso para dentro da vida virtual. Além disso, sua integração é muito inteligente. Mil- hões de pessoas já usam os demais aplicativos do Google - como Gmail, Docs e Busca, por exemplo. Logo, com o Google+ integrado a eles, vai parecer tolice abrir algum outro site (como o Facebook ou Twitter) para trabalhar com sua rede social. Outro ponto positivo é o bate-papo. A montagem de chats de vídeo em grupo é fácil de usar, divertida e muito bem planejada. Com certeza, dá um banho nas demais mídias. No entanto, se a idéia do Google+ era concorrer diretamente com o Facebook, houve um pequeno "erro". Afinal, ele está muito mais parecido com o estilo do Twitter. A sua inter- face também poderia ser mais bem trabalhada. Não é que seja desagradável. Na verdade, está longe disso. Mas a do Facebook é muito mais intuitiva. 1¡ - i'i¡-_¡'ll VAVAVAVA'A'›, Í=| ~1II~'1IlnnL-(Olllhhi
  49. 49. Por dentro das l/ lidias sociais Snapchat é um mensageiro, disponível para i0S e Android, que sugere uma forma diferente de conversar com os seus amigos. As imagens enviadas pelo bate-papo só podem ser visu- alizadas durante alguns segundos. Depois, elas desaparecem. O aplicativo é uma boa alternati- va para quem gosta de trocar im- agens picantes ou engraçadas, mas não quer que se espalhem pela rede. Como a foto some depois de um curto período de tempo, Snapchat é mais aconselhado do que outros aplicativos de trocas de men- sagem, como WhatsApp e o j Hangout. Você pode enviar mensagens curtas e até mesmo longas e, o melhor, de graça. É possível contro- lar o tempo que o histórico ficará disponível para as demais pessoas, garantin- do maior tranquilidade e pri- vacidade para você. Basta estar conectado a uma rede 3G, 4G ou I' n: q( 1/ VUÀ'A'Á'AVL, Í¡I~'1II›ÍIIFÍ1.. iZllllhhi L. eli-SL P; f; As fotos tiradas pelo aplicativo são salvas au- tomaticamente e enviadas em tempo real com apenas um clique para autorizar o envio. Você pode definir por quanto tempo o conta- to poderá ter a imagem disponivel para visu- alização. Você será avisado imediatamente caso a pessoa tire uma captura de tela da sua foto.
  50. 50. Por dentro das Mídias sociais Bônus - Pequeno dicionário de "internetês" : ) AFF - Usada para demonstrar descontentamento, cansaço, insatisfação, indignação ou discordância. Ao pronunciar essa "Palavra" repare o som emitido: é como um suspiro por falta de paciência. ÁDD - Vem de Add, em inglês, Signiñca "adicionar", como por exemplo: “Me add no Facebook? " ou "Vou add vocêl". AMG - Signiñca "amigo" ou "amiga" e pode ser aplicado de diversas formas como "amg, você sabe o endereço da festa? ? BBQ OU BBK - É a abreviação do termo "babaca" nas redes sociais. É preciso prestar muita atenção para não confundir com "barbecue" (chur- rasco). BFF ' Muito Usada P0' mulheres, a abreVlação de "Best Friends Forever”, em português "melhores amigas para sempre", serve para dizer que consid- era alguém uma melhor amiga: "Gabi, minha bff, falou que a festa foi ótimal", por exemplo, BJS - Significa "beijos". Usada para se despedir do seu amigo ou ao ñnal de alguma mensagem enviada porvocê. Existem também outras abreviações para a palavra, como bj, bjo, bjos, bjk, bjoks, bju. bjx. BRINKS - Serve para mostrar que a frase não é para ser levada a Sério. signiñca "brincadeira", no "vocabulário digital". Você diz que aquilo não passa de uma "brinks" ou que você está de "brinks". BTW - São as iniciais das palavras que formam a frase, em inglês, "By The Way'. Quer dizer "a propósito", é usada, principalmente, para acrescentar algo no assunto durante uma conversa, como por exemplo: "saquei dinheiro no caixa automático. BTW, muitos bancos agora não cobram tarifas até quatro saques no mês nesses terminais". CMG - Significa "comigo". Por exemplo: "ele está cmg na festa hoje". CTZ - Significa "certeza" ou "com certeza". Outras abreviações dessas palavras também são muito comuns, como CTZZ, CTZA, COM CTZA. Essas podem ser usadas para afirmar o que foi dito ou até para ironizar. FÍKDIK - Serve para mostrar que a mensagem é um conselho, já que significa "Fica a dica". Por exemplo: "Oi amg, as lojas do shopping estão t0dô5 em liquidação. FlKDlK". GLR - Uma espécie de abreviação de "galera". Por exemplo: "glr, vamos marcar de nos encontrar? ". LOL - Esta é a abreviação de "Laughing Out Loud", em inglês. Significa “rindo alto", em Português. Serve para você dizer que você está rindo muito, que está às gargalhadas, sobre um acontecimento, Também existem outras formas de rir à toa, como ROFL ou ROTFL(Rolling on the floor laughing - ro- ' lando de rir no chão) ou LOLZ. O uso do LOL pode substituir os "kkkk" e os "hahaha" e tantas outras gargalhadas mais comuns que exigem muitos carac- teres, ou mesmo ser usado depois delas. MSG - Abreviação da palavra "mensagem". Exemplo: "enviei uma msg para você ontem". MSM - Ajuda a economizar caracteres ao escrever "mesmo". Por exemplo: "É isso msmV'. N - A letra sozinha é usada para dizer "não", em qualquer ocasião durante um bate-Papo na rede. NSFW - Significa não abra no trabalho (do inglês, "Not Safe For Work", "não seguro para ao trabalho", em português. Um aviso ao amigo quando é enviado algum conteúdo "impróprio", por exemplo. OMG - Expressão muito usada para expressar espanto e quer dizer "Al meu Deus". Vem da expressão em inglês, "Oh My God". ORLY - Éa abreviação da expressão interrogativa, em inglês, “Oh, really? ". Significa algo como "Sério? ”, em português. Usada quando um amigo conta algo impressionante ou mesmo ironizando ao contarem uma mentira durante uma conversa. PFV - Significa "por favor". Existem outras siglas usadas, como PF, PFVR, PLZ (de please, por favor em inglês). Usada para pedidos ou como ironia em relação a algum comentário. PLMDDS - É uma redução de "Pelo Amor de Deus". Usada para pedir alguma coisa ou para exclamar a sua indignação por algo. PQ - Abreviação de "por que" ou "porque". Assim como muitas outras, essa é usada para economizar caracteres na conversa. SDDS - É uma abreviação da palavra "saudades". Você pode usar durante uma conversa ou em uma foto antiga, por exemplo, SDV - Essa gíria é muito usada no Twitter e no Instagram e signíñca "Segue de Volta". Usada por usuários ao pedir para que os outros o sigam também nessas redes sociais; o popular "Follow Back", SQN - Famoso no Twitter como hashtag, significa “Só que não". Ela está muito presente nas redes sociais, sendo Citada pelos usuários quando dizem algo contrário do que pensam. Exemplo: "adoro carnaval. #sqn". lDD - É a abreviação da palavra "Verdade", Existem também outras variações dessa, como VRDD e VDDR, que quer dizer "verdade verdadeira". Você pode usar para concordar com o que alguém disse online, WTF ' Abreviação da pergunta, 'What The F***7'. Algo como "Que porcaria é essa? ", em português). Sempre usada quando você se espanta com alguém ou alguma coisa. "Vocês viram o filme de ontem? vifrFT/ “í XOXO - Significa "Beijose abraços". Muito usada ao se despedir em um bate-papo ou em uma mensagem. Você também pode escrever "xxx" (só beijos) e "xoxoxoxoxo". Use quantos "x05" você quiser, para mandar muitos beijos e abraços para alguém_ www. jesusmail. com. br
  51. 51. leEÍTil FçEiÍêlÍl iii-. Eií lPÁíl É iaílylwêí/ exÍljíl; V<»iíâ“ < 4rc'l : il. +< . [,l; e i(i_>(~ FJ
  52. 52. Leitura recomendada e Aplicativos sugeridos Cauda Longa - Chris Anderson M»- “M/ ¡ufx - ' - . (Z _ -í , Chris Anderson, editor chefe da revista 'Wired', 713,400, TV explorou pela primeira vez o fenômeno da É' 5730” 'cauda longa' em um artigo que se tornou um q_ dos mais influentes ensaios sobre negócios de j k/ f# nosso tempo. Usando o mundo dos filmes, dos A '” livros e da música, mostra que a Internet deu _ / rw . ,. origem a um novo universo, no qual a receita " x1_ total de diversos produtos de nicho, com baixo 736 volume de vendas, é igual à receita total de poucos u. ; 0,¡ [0 _y ai¡ produtos de grande sucesso. Por isso cunhou o waóÍâWI/ 'ca f_ termo 'cauda longa' para descrever essa situação, o 'Cvüáçcalomo/ Uc/ ?a/ ÍPI/ [jg qual tem sido usado pela alta gerência das empresas e (o 0 dos/ nçyrcom pelos meios de comunicação no mundo todo. Nesse livro, h '(z-»z: :v/ :°'4-, , a»- Cados Anderson mostra como chegamos a esse ponto e revela as “w 3°" 71070,” enormes oportunidades que se originam desse fato, vislum- 'tv " r Cibercultura - André Lemos Neste livro, André Lemos analisa os im- pactos das novas tecnologias na socie- dade contemporânea, através da de- scrição da nova cultura tecnológica plan- etária - a cibercultura. O ciberespaço permitiu ao autor compreender os espectros da ciber- cultura e da socialidade. A internet já é um fenômeno hegemônico que vem ganhando cada vez mais espaço no cotidiano e na noção das esferas Saiba + http: //bít. Iy/1z1dyep brando um futuro que está presente. Saiba + http: //bit. Iy/1vSxtyv sociopolíticas. lilllilhlblêkfillsililinlnámilàli'
  53. 53. Leitura recomendada e Aplicativos sugeridos v T n _E O efeito facebook David Kirkpatrick Essa história já foi contada: tudo dsbast/ darg; 1 i A começou como uma novidade entre da/ I/: crdr/ :gdge . estudantes no alojamento de uma m'°'°-ra9,eto” . das universidades mais exclusivas e arma/ nando prestigiadas do mundo. Em pouco tempo o Facebook transformou-se numa empresa com mais de 500 milhões de usuários e obteve um dos mais vertiginosos crescimentos já registrados na história. Na versão de Ben Mezrich, em Bilionários por acaso, para atin- gir o sucesso, Mark Zuckerberg -fundador e CEO da empresa - enganou Divya Naren- dra e os sócios, os irmãos Winklevoss, e, por influên- cia do controverso Sean Parker, um dos criadores do Napster, passou por cima de seu amigoesócio, obra- sileiro Eduardo Saverin. Em O efeito Facebook, de David Kirkpatrick, Mark Zuckerberg, eleito o Homem do Ano pela revista Time, conta a sua versão, endossada pelos principais executivos da empresa. Ex-editor sênior de Internet e tecnolo- gia da revista Fortune, o autor não se restringe à gênese da rede social mais popular do mundo, mas analisa seu impacto na vida social de adolescentes e de adultos no mundo inteiro. . Kirkpat- rick mostra como Zuckerberg, um jovem de i9 anos, estudante de Harvard, recusou-se de forma categórica e sistemática a comprometer suas ideias, insistindo em manter o foco no crescimento e não nos lucros, e proclamou que o Facebook deve dominar (palavras dele) a comunicação na In- ternet. Saiba + http: //bit. Iy/1vnZFq7 O Aplicativo recomendado desse capítulo é o T*: >.. i› 7? . v -› › v 242g - . MM _i Tweepsmaps! au---i-iiz-. ..ma '-1 IIili L , u a. .., Você vai ter uma visão geral da abrangência e alcance A, ... 'J M_ de seus tweets no mapa mundi. A versão free já trás . “t” _aj“°'“, ., . _.. ,, muitas informações relevantes, mas óbvio que a paga (2,7 m. M_ é muito melhor. Conheça, explore e depois evolua e j: _ "m" »m faça um upgrade! . “à” " V' 1:' http: //tweepsmap. com/ Map/ f_ _ ç , M 11W, °“' f. ..” , , ; A f; rir/ f” ' *c* " , LW-m- j _' mou-uu . lesus _filé-ill_ imilviviii. iaeil. iehinrllqrçmiàii'
  54. 54. Leitura recomendada e Aplicativos sugeridos . l ESLES jiYilt-_ii l. 'AlA'A'A'i'lJ'sL: l!ls1llrinlndslniàli'

×