27

33.325 visualizações

Publicada em

USO EXCLUSIVO DA FACULDADE TEOLÓGICA!

Publicada em: Educação
0 comentários
3 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
33.325
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
18.152
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
579
Comentários
0
Gostaram
3
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

27

  1. 1. FACULDADE E SEMINÁRIOS TEOLÓGICO NACIONAL DISCIPLINA: SOTERIOLOGIA ORIENTAÇÕES O Slide aqui apresentado, tem como objetivo apresentar um RESUMO do Livro estudo na Disciplina. Dessa forma: 1. Realize a leitura com total cuidado e oração. 2. Utilize a Bíblia, Dicionários e outras fontes teológicas para acompanhamento das passagens mencionadas. 3. As imagens são meramente ilustrativas.
  2. 2. FACULDADE E SEMINÁRIOS TEOLÓGICO NACIONAL DISCIPLINA: SOTERIOLOGIA 1 Introdução Soteriologia (Do gr. = ciência da salvação). É a parte da Teologia e da Cristologia que diretamente trata da redenção da humanidade pecadora pelo sacrifício de Jesus Cristo
  3. 3. FACULDADE E SEMINÁRIOS TEOLÓGICO NACIONAL DISCIPLINA: SOTERIOLOGIA 2 Introdução Enviado pelo Pai, feito homem em tudo igual aos homens exceto no pecado, em nome deles e em seu proveito, ofereceu a vida na Cruz para remir o pecado da humanidade e abrir-lhe as portas do Céu.
  4. 4. FACULDADE E SEMINÁRIOS TEOLÓGICO NACIONAL DISCIPLINA: SOTERIOLOGIA 3 Introdução Esta redenção oferecida gratuitamente apela à aceitação por cada homem dos merecimentos de Jesus Cristo, mediante os meios de salvação e santificação, objeto de outras secções da Teologia.
  5. 5. FACULDADE E SEMINÁRIOS TEOLÓGICO NACIONAL DISCIPLINA: SOTERIOLOGIA 4 Introdução Para se ter uma noção básica do uso da palavra: recomendamos a leitura dos seguintes textos: Deus como sendo Salvador, Libertador e Preservador – Lucas 1:47; 1 Timóteo 1:1; 2:3 e 4:10; Tito 1:3; 2:10 e 3:4; Judas 25. Jesus como sendo Salvador, Libertador e Preservador Lucas 2:11; João 4:42; Atos 5:31; 13:23; Efésios 5:23; Filipenses 3:20; 2 Timóteo 1:10; Tito 1:4; 2:13; 3:6; 1 João 4:14; 2 Pedro 1:1 e verso 11; 2:20; 3:2 e 18. Entre muitos outros textos.
  6. 6. FACULDADE E SEMINÁRIOS TEOLÓGICO NACIONAL DISCIPLINA: SOTERIOLOGIA 5 Introdução Por que é necessário o estudo da soteriologia? Por causa da existência do pecado (Em grego: hamartia), portanto, hamartia é o oposto a soter, “o pecado nos separa de Deus, o pecado desarraiga-nos do meio em que devemos viver...”
  7. 7. FACULDADE E SEMINÁRIOS TEOLÓGICO NACIONAL DISCIPLINA: SOTERIOLOGIA 6 Introdução A universalidade do pecado – Este estado mau da alma é universal, ou seja, significa que todos os homens nascem nesta condição ou posição. (usamos a palavra “homem” de forma genérica, nos referindo à raça humana). Todos quantos nascem neste mundo já nascem nessa posição ou estado de pecado, ou seja, nascem debaixo desse princípio fundamental. Paulo chama a este estado universal da alma de “morte” (leitura: Efésios 2:5).
  8. 8. FACULDADE E SEMINÁRIOS TEOLÓGICO NACIONAL DISCIPLINA: SOTERIOLOGIA 7 Introdução Um resumo de nossos estudos de Soteriologia "O termo “justificação” refere-se ao ato divino mediante o qual, com base na obra infinitamente justa e satisfatória de Cristo na cruz, Deus declara que os pecadores condenados livres de toda a culpa do pecado e de suas conseqüências eternas, declarando-os plenamente justos aos seus olhos“ Teologia Sistemática - Uma Perspectiva Pentecostal, Stanley M. Horton (CPAD). Texto citado como adendo cultural.
  9. 9. FACULDADE E SEMINÁRIOS TEOLÓGICO NACIONAL DISCIPLINA: SOTERIOLOGIA 8 A Justificação O tema do Evangelho de Paulo é Cristo, e este crucificado para justificação dos pecadores (1 Coríntios 2:2; Gálatas 1:4) É certo que os demais apóstolos também deram testemunho da salvação dos pecadores por meio de Jesus; porém Paulo nos mostra como é que o Evangelho é uma revelação da justiça de Deus (Romanos 1:16 17).
  10. 10. FACULDADE E SEMINÁRIOS TEOLÓGICO NACIONAL DISCIPLINA: SOTERIOLOGIA 9 A Justificação A palavra chave nos escritos de Paulo é justificação. Tanto no Antigo Testamento como no Novo, as palavras justificar e justificação têm um significado legal e judicial bem definido; são palavras que estão intimamente relacionadas com a idéia de juízo ou teste (Deuteronômio 25:1; 1 Coríntios 4:3; Mateus 12:37).
  11. 11. FACULDADE E SEMINÁRIOS TEOLÓGICO NACIONAL DISCIPLINA: SOTERIOLOGIA 10 A Justificação A palavra justificação pode ser definida como ser alguém declarado justo por um tribunal. Quando se diz que Deus justifica a um homem, quer-se dizer que seu caso foi levado a juízo diante de Seu Divino Tribunal e que, depois de examinar o caso, declarou-se o acusado tão livre de qualquer falta ou culpa como se fosse todo ele justo e agradável a vista de Deus.
  12. 12. FACULDADE E SEMINÁRIOS TEOLÓGICO NACIONAL DISCIPLINA: SOTERIOLOGIA 11 Atividade Salvadora de Deus O Novo Testamento apresenta dois aspectos da atividade salvadora de Deus, e para estudar em detalhes estes dois aspectos vamos facilitar numerando cada um deles. 1 – Obra de Deus por nós em Cristo 2 – Obra de Deus em nós pelo Espírito Santo.
  13. 13. FACULDADE E SEMINÁRIOS TEOLÓGICO NACIONAL DISCIPLINA: SOTERIOLOGIA 12 Atividade Salvadora de Deus A Obra de Deus por nós em Cristo, é o Evangelho. É a declaração do que Deus tem feito em Seu Filho pela família humana. Como Paulo declara: “Deus estava em Cristo reconciliando consigo o mundo...” 2° Coríntios 5:19. Deus nos considera para Seu favor na pessoa de Seu amado Filho. Pois, em Cristo nosso livramento está assegurado e os nossos pecados estão perdoados (Efésios 1:6 e 7).
  14. 14. FACULDADE E SEMINÁRIOS TEOLÓGICO NACIONAL DISCIPLINA: SOTERIOLOGIA 13 Aspectos da Salvação Veremos agora alguns dos vários aspectos que nos demonstram a atual posição em que o crente se encontra e sobre quais os processos que decorreram desde nosso primeiro contato com Cristo até este momento em que somos considerados filhos de Deus.
  15. 15. FACULDADE E SEMINÁRIOS TEOLÓGICO NACIONAL DISCIPLINA: SOTERIOLOGIA 14 Aspectos da Salvação O estudo de hamartologia (de hamartia = pecado) nos mostrou que o homem (tratamento genérico, isto é, tanto homem como mulher) sem Deus ocupa uma posição negativa por causa da alma contaminada, até o momento em que faz um concerto definitivo e obtêm uma vida digna diante de Deus mediante a justificação.
  16. 16. FACULDADE E SEMINÁRIOS TEOLÓGICO NACIONAL DISCIPLINA: SOTERIOLOGIA 15 Aspectos da Salvação O homem sem Deus, enquanto não obtêm os benefícios do “único ato de justiça” Romanos 5:18, carece de perdão, justificação, reconciliação, redenção, santificação, novidade de vida e finalmente o homem sem Deus, como um desconhecido, necessita de adoção. Estes são os sete aspectos (algumas vezes chamados de “doutrinas”) da salvação (Grego = soter).
  17. 17. FACULDADE E SEMINÁRIOS TEOLÓGICO NACIONAL DISCIPLINA: SOTERIOLOGIA 16 Aspectos da Salvação Perdão Já falamos que o homem sem Deus é considerado um devedor diante de Seu Criador (leia com atenção – Lucas 7:41-47), e como tal, para cancelar a dívida necessita do perdão de Deus, ele tem que ser perdoado.
  18. 18. FACULDADE E SEMINÁRIOS TEOLÓGICO NACIONAL DISCIPLINA: SOTERIOLOGIA 17 Aspectos da Salvação Justificação Já estudamos em detalhes o significado de justificação. Perceba agora que em relação com o Perdão (primeiro aspecto) é notória a compreensão dos atributos de Deus. Como Pai Bondoso, Compassivo e Cheio de Misericórdia – Deus perdoa. Mas, no Seu atributo de Juiz, Deus justifica. O perdão elimina os erros cometidos, a justificação nos livra da condenação da lei.
  19. 19. FACULDADE E SEMINÁRIOS TEOLÓGICO NACIONAL DISCIPLINA: SOTERIOLOGIA 18 Aspectos da Salvação Reconciliação Uma leitura atenta de Colossenses 1:21 demonstra que éramos estranhos e inimigos, por causa de nossas obras más, isto é, nos éramos, como todo pecador, porém, agora (note-se o “agora” do escritor da Epístola) Deus nos reconciliou. A reconciliação como um ato de Deus. É Deus quem reconcilia, portanto, não use mais a expressão: “Me reconciliei com Deus”. Não foi você que se reconciliou, FOI DEUS.
  20. 20. FACULDADE E SEMINÁRIOS TEOLÓGICO NACIONAL DISCIPLINA: SOTERIOLOGIA 19 Aspectos da Salvação Redenção A escravidão é fato consumado na vida de quem não conhece e não aceita o que foi realizado em seu favor por Deus. O homem sem Deus está preso, algemado com correntes ao próprio inferno. O pagamento de um preço pode colocar em liberdade o homem deste jugo. A palavra redimir vem do grego “agorazo” (Apocalipse 5:9 em comparação com Romanos 3:24 e 1a Pedro 1:18), que aqui significa adquirir no fórum.
  21. 21. FACULDADE E SEMINÁRIOS TEOLÓGICO NACIONAL DISCIPLINA: SOTERIOLOGIA 20 Aspectos da Salvação Também tem sua origem em “axagorazo” (como em Gálatas 3:13), onde significa adquirir fora do fórum. E ainda uma terceira palavra grega “lutroo” (como em Lucas 24:21) que tem o sentido de libertar por um preço. Lembre que “Liberdade” é um dos significados de “soter”.
  22. 22. FACULDADE E SEMINÁRIOS TEOLÓGICO NACIONAL DISCIPLINA: SOTERIOLOGIA 21 Aspectos da Salvação Santificação O que seria santificação? – “Falo como homem, pela fraqueza da vossa carne; pois que, assim como apresentastes os vossos membros para servirem à imundícia e à maldade para a maldade, assim apresentai agora os vossos membros para servirem à justiça para a santificação”. – Romanos 6:19.
  23. 23. FACULDADE E SEMINÁRIOS TEOLÓGICO NACIONAL DISCIPLINA: SOTERIOLOGIA 22 Aspectos da Salvação A idéia básica de santificação na Bíblia é “separação” – A Bíblia de Estudo Almeida define assim no Dicionário: “Separar uma pessoa, um objeto ou mesmo uma instituição para servir a Deus com dedicação e amor. Deus mesmo santifica o seu povo (João 17:17 e 19; 1° Tessalonicenses 5:23; 2° Tessalonicenses 2:13; 1° Pedro 1:2) Aqueles que foram santificados são seus santos”.
  24. 24. FACULDADE E SEMINÁRIOS TEOLÓGICO NACIONAL DISCIPLINA: SOTERIOLOGIA 23 Aspectos da Salvação O Novo Nascimento Bíblico. Tudo quanto a graça tem feito a nosso favor pela obra de Cristo foi com o fim de nos reconciliar com Deus, mediante nossa libertação do domínio do pecado, gerando em nós uma vida nova e santificada pelo poder do Espírito Santo em íntima ligação com Ele, tornando-nos herdeiros da vida eterna que fruiremos em Sua presença.
  25. 25. FACULDADE E SEMINÁRIOS TEOLÓGICO NACIONAL DISCIPLINA: SOTERIOLOGIA 24 Aspectos da Salvação Uma leitura dos escritos apostólicos demonstra que o novo nascimento é uma obra de Deus. Antes que qualquer pessoa compreenda as verdades divinas reveladas pelo espírito santo, através da Palavra de Deus, precisa “nascer de novo”. Não existe no homem natural qualquer capacidade para compreender e apreciar os pensamentos de Deus. Leia 1° Coríntios 2:14).
  26. 26. FACULDADE E SEMINÁRIOS TEOLÓGICO NACIONAL DISCIPLINA: SOTERIOLOGIA 25 Aspectos da Salvação Adoção Já estudamos que os aspectos da salvação são sete, a saber: perdão, justificação, reconciliação, redenção, santificação, novidade de vida e adoção, já estudamos seis, estudemos agora o sétimo: a adoção. Hamartia, ou seja, o pecado, nos afastou de Deus, estávamos longe (Efésios 2:13), separados de Deus (Efésios 2:12), escravos do pecado (João 8:34). Todavia, “hamartia” tirou também a paternidade original.
  27. 27. FACULDADE E SEMINÁRIOS TEOLÓGICO NACIONAL DISCIPLINA: SOTERIOLOGIA 26 Aspectos da Salvação Todavia, os crentes cristãos e todos que compartilham do conhecimento da verdade, fariam bem em tratar com a devida seriedade essas solenes advertências. Não nos esqueçamos do que escreveu João Bunyan: "Então vi que há um caminho para o inferno, partindo dos próprios portões do céu, bem como partindo da Cidade da Destruição".
  28. 28. FACULDADE E SEMINÁRIOS TEOLÓGICO NACIONAL DISCIPLINA: SOTERIOLOGIA 27 Aspectos da Salvação Relembremo-nos igualmente, que o apóstolo Paulo temia que, de alguma maneira, após haver ele pregado a outros, e sido usado para conduzir outros a Cristo, ele mesmo viesse a ser "desqualificado" (1Co 9.27; o grego é, literalmente, "desaprovado", mas esta versão traduz admiravelmente bem o termo). Cfr. 2Pe 2.20-21.

×