Linguagem literária não literária

6.459 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
6.459
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
242
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
115
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Linguagem literária não literária

  1. 1. LINGUAGEM LITERÁRIALINGUAGEM NÃO LITERÁRIAQUAL É A DIFERENÇA??
  2. 2. OBSERVEM OS DOIS TEXTOS A SEGUIR QUE TRATAM DO MESMOASSUNTOTEXTO IA escravidão dos negros, no Brasil, é uma nódoa que mancha a nossahistória. Mesmo com a “libertação “dos escravos, através da Lei Áurea, aescravidão continua a deixar seu rastro por muitos e muitos anos.Grandes injustiças sociais foram cometidas contra os cidadãosafrodescendentes que, ao receber a chamada “liberdade” foram, de umdia para o outro, jogados ao Deus dará, sem ter emprego fixo, moradiaou alimentos, criando-se assim outro problema tão grave quanto aescravidão: eram levas e levas de ex escravos que vagavam pelascidades, sem ter quem os acolhesse. Logo em seguida, ao invés decontratar os serviços dos recém libertos, o Brasil resolveu investirtrazendo agricultores europeus, principalmente os italianos, para cuidarda lavoura, tarefa que antes era exercida exclusivamente pela mão deobra escrava. Mª das Neves
  3. 3. TEXTO IISenhor Deus dos desgraçados!Dizei-me vós, Senhor Deus!Se é loucura... se é verdadeTanto horror perante os céus?!Ó mar, por que não apagasCoa esponja de tuas vagasDe teu manto este borrão?...Astros! noites! tempestades!Rolai das imensidades!Varrei os mares, tufão!(...) (Castro Alves in Navio Negreiro)
  4. 4. DEFINIÇÃOA linguagem literária é caracterizada por sua plurissignificação, cujabase é a conotação, é utilizada muitas vezes com um sentidodiferente daquele que lhe é comum.Podemos citar como exemplos de textos literários o conto, opoema, o romance, peças de teatro, novelas, crônicas.A linguagem não literária é a utilizada com o seu sentido comum,empregada de modo denotativo, é a linguagem dos textosinformativos, jornalísticos, científicos, receitas culinárias, manuaisde instrução etc.
  5. 5. DENOTAÇÃO CONOTAÇÃOPalavra com significação Palavra com significaçãorestrita ampla, criada pelo contextoPalavra com sentido comum, Palavras com sentidos queencontrada no dicionário carregam valores sociais, afetivos, ideológicos etc.Palavra utilizada de modoobjetivo Linguagem expressiva rica em sentidos.Linguagem exata e precisa Palavra utilizada de modo criativo, artístico.
  6. 6. EXEMPLOS A menina está com a cara toda pintada. Aquele cara parece suspeito.No primeiro exemplo, a palavra cara significa"rosto", a parte que antecede a cabeça,conforme consta nos dicionários. Já nosegundo exemplo, a mesma palavra cara teveseu significado ampliado e, por uma série deassociações, entendemos que nesse casosignifica "pessoa", "sujeito", "indivíduo".
  7. 7. EXERCÍCIOSObserve as frases e coloque (D) para denotação e (C) paraconotação.a) O zoológico da cidade tem uma cobra cascavel.b) Minha vizinha é uma cobra.c) Há um desenho pregado na parede.d) O menino ficou de olhos pregados na menina.e) A Lua é o único satélite natural da Terra.f) Rita está no mundo da lua.g) Ela falou-me com o coração nas mãos.h) Esta ideia tem pernas para andar.i) Aquele cachorro me traiu com minha melhor amiga.j) O professor de redação é um gato.k) Aquele cachorro é um animal perigosol) Vivia à margem da sociedade, fugindo de todos.

×