COLÉGIO MANUEL BERNARDES
Ano Lectivo de 2008/2009
História – 7.º Ano
Lisboa, Março de 2009
Professora Cristina Mariano

O ...
O primeiro serviço do ano,
Pelo S. João () o devem prestar,
Devem o feno ceifar,
Medir e juntar,
E no meio dos prados atar...
1. Observa o mapa da figura 1
1.1 Identifica a região peninsular onde os Cristãos
se refugiaram
1.2 .Refere as razões que ...
4. Observa o mapa da figura 1.
4.1 O mapa refere algumas etapas da Reconquista Cristã.
Explica, por palavras tuas, o que e...
Islamismo Origem »
Religião »
Portugal »
Mapa De Portugal »
Islamismo Origem »
Religião »
Portugal »
Mapa De Portugal »
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Fichas de apoio 7.º ano

525 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
525
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
6
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Fichas de apoio 7.º ano

  1. 1. COLÉGIO MANUEL BERNARDES Ano Lectivo de 2008/2009 História – 7.º Ano Lisboa, Março de 2009 Professora Cristina Mariano O TRABALHO SERVIL O Calendário do Vilão
  2. 2. O primeiro serviço do ano, Pelo S. João () o devem prestar, Devem o feno ceifar, Medir e juntar, E no meio dos prados atar. Quando tudo amontoado estiver, Ao solar o devem levar, Quando lhes fizerem saber. Depois devem limpar o canal: Aí vão todos, forcado ombro, Levantar o estrume, o duro e o mole. E vem o mês de Agosto: Um serviço a não esquecer, É que devem a corveia, Que cumprida tem que ser. O trigo devem ceifar, Amontoar e aparelhar, E No meio dos campos empilhar. Devem levá-lo à granja, Fazem este serviço desde criança. Tudo se exige ao vilão, E o seu trigo fica à chuva e ao vento, E já sem alento, Amaldiçoam esta herança De má sorte. Depois vem a Nossa Senhora, Em Setembro. Se o vilão oito porcos tiver, Os dois mais belos levará, E o outro a seguir é do Senhor, Que não ficará com o pior, E ainda é preciso pagar, PeIa sobra deles, Um dinheiro. Depois vem o S. Dinis, Os vilãos aterrados estão, É preciso o censo pagar. Depois devem os campos cercar E a respectiva renda, Ao senhor, ainda pagar Depois vem a corveia, Quando a terra lavrada estiver. a trigo ao celeiro devem ir buscar, Semear e gradar,Um acre cada um. Depois devem as oferendas. Toucinho pelo Santo André, Três semanas antes do Natal. No Natal devem as galinhas, Que têm que entregar, boas e finas. Depois vem a braçagem. Vá! levem os cavalos, As vacas, os Veados, Empenhem a casa, Tragam-me bastante! Depois vem o Domingo de Ramos, Festa por Deus estabelecida, E o direito dos carneiros para pagar! Na Páscoa devem a corveia: Podem ir à forja, E os cavalos ferrar, Pois a lenha têm que ir buscar. Depois vão ao moinho banal, E o moleiro a farinha mal medirá, E o seu quinhão tirará. Depois vão ao forno banal. Este direito ainda á pior! Quando a mulher do vilão aí vai, E mesmo que pague bem a sua fornada, Nunca o vilão Comerá bom pão, Pois ela será mal preparada E o pão, cru ficará. in Recueils de textes d'histoire, Le Moyen Age, dir. de Louis Gothier e Albert Troux Formação dos reinos Cristãos no Processo da reconquista
  3. 3. 1. Observa o mapa da figura 1 1.1 Identifica a região peninsular onde os Cristãos se refugiaram 1.2 .Refere as razões que terão levado os Cristãos a refugiarem-se nessa região. 2. Lê o seguinte texto. Lenda das Amendoeiras Conta a lenda que um chefe mouro da região do Al-Gharb(1), rude e corajoso, se apaixonou por Gilda, filha de um grande senhor do Norte, morto em combate pelos Muçulmanos. Fizeram-se os preparativos para o casamento: engalanaram-se colunas e salões e palácios; engrinaldaram-se casas e ruas e praças. Vieram mongóis e chineses e rajás da Índia; príncipes da Etiópia, germanos e normandos do Norte; godos da Hispânia… E chegaram presentes. Jóias e moedas, sedas e perfumes, oiro e prata, fabulosos presentes de todos os cantos da Terra. E houve música e canto e dança, nos salões e nos palácios, nas ruas e nas praças. Cantou- se e dançou-se e contaram-se histórias épicas do grande senhor do Al-Gharb. Comeu-se e bebeu-se. A festa continuou por muitos dias… (1)Al-Gharb – expressão árabe que quer dizer «o ocidente». 2.1 Com base no texto, explica a seguinte frase: «Apesar dos conflitos entre Muçulmanos e Cristãos, houve períodos de paz em que os dois povos conviveram.» 2.2 Dá mais dois exemplos de convivência pacífica entre Cristãos e Muçulmanos. 2.3 Imprime a sopa de letras, e procura oito palavras relacionadas com a herança cultural muçulmana 3. Com as palavras que encontraste na pergunta anterior, completa o seguinte quadro sobre a herança muçulmana na Península Ibérica.
  4. 4. 4. Observa o mapa da figura 1. 4.1 O mapa refere algumas etapas da Reconquista Cristã. Explica, por palavras tuas, o que entendes por Reconquista Cristã. 4.2 Identifica o elemento natural que está associado às diferentes etapas da Reconquista Cristã. 4.3 Explica por que razão esse elemento condicionou o avanço da Reconquista. 5. Enumera os reinos cristãos que se formaram na Península Ibérica. 6. Refere de que reino Portugal se tornou independente. 7. Completa os espaços em branco, utilizando os conceitos que se seguem. • Guerra Santa • Ramadão • cruzados • Islão • Moçárabes • Condado • Islamismo • califas • rotas comerciais • Muçulmanos • independência política • Reconquista No século VII, surgiu na Península Arábica uma nova religião, o ____________________, que significa submissão à vontade de Deus. O ___________________________________ foi influenciado pelo Judaísmo e pelo Cristianismo. Os crentes dessa religião, os _________________, devem cumprir várias obrigações, como jejuar do nascer ao pôr-do-sol, no mês do __________________________. Os ______________________________, chefes religiosos e políticos que sucederam a Maomé, partiram à conquista do Mundo, espalhando o Islamismo. O Islão defendia a ______________________________ como defesa da sua fé. No século VIII, os mercadores muçulmanos controlavam as ____________________________ do Oriente e do Ocidente. Após terem ocupado o Norte de África, em 711, os Muçulmanos invadiram a Península Ibérica. A maioria dos cristãos visigodos continuou a viver nos territórios ocupados, embora mantendo a sua religião; eram chamados ______________________________. Outros refugiaram-se nas Astúrias e, com a ajuda de cavaleiros de outros reinos cristãos, os ___________________, iniciaram a _________________________, ou seja, um movimento que procurava recuperar as terras conquistadas pelos Muçulmanos. Um destes cavaleiros, o conde D. Henrique, recebeu como recompensa dos serviços prestados, D. Teresa, filha ilegítima de D. Afonso VI de Leão e Castela, e o governo do _______________________________ Portucalense. Foi D. Afonso Henriques, o filho de ambos, que conseguiu a _____________________________________ deste território, ou seja, passou a governar como rei, sem estar dependente do Reino de Leão.
  5. 5. Islamismo Origem » Religião » Portugal » Mapa De Portugal »
  6. 6. Islamismo Origem » Religião » Portugal » Mapa De Portugal »

×