Fortalecendo Negócios Digitais

187 visualizações

Publicada em

Material para mostrar para o cliente o que ele realmente precisa saber, falar a linguagem dele para parcerias mais longas.

Publicada em: Mídias sociais
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
187
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
7
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
2
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Fortalecendo Negócios Digitais

  1. 1. Cristiane M Ferle MKT DIGITAL CMF FORTALECENDO NEGÓCIOS DIGITAIS
  2. 2. Fortalecendo negócios digitais O maior desafio para manter os clientes, seja como empreendedor, seja como agência, é de longe a maturidade dos trabalhos oferecidos X trabalhos ofertados. O cliente não tem a obrigação de entender termos técnicos de um relatório de métricas, por exemplo. Muito bem, as empresas ainda não conseguem atingir o grau de adaptação para o digital, o que torna o trabalho do atendimento mais delicado, o receio do "não sei onde vou investir" precisa ser cuidadosamente explicado, mas dentro da linguagem corporativa! É preciso falar a língua do cliente, seja ele como for! Por essa razão é essencial ter um bom briefing, conhecer mesmo o cliente, ter um excelente planejamento de negócios para ser manter-se entendido. O profissional precisa ser proativo no trabalho e estar antenado com o mercado. Sim, há uma avalanche de informações diárias, ficou com medo? Então vai com medo mesmo! Leia muito, estude sempre, esteja por dentro para, no mínimo argumentar sobre a sua metodologia, sobre o investimento do seu cliente. Na visão do cliente, o fato é: o tempo aumenta e a paciência diminui! Por essa razão, é necessário falar a língua corporativa, explicar cenários, concorrentes,
  3. 3. onde valerá a pena investir, por exemplo. Quanto mais transparência, melhor será! Tudo isso fará com que esteja mais próximo! Hoje, o modo de pensar do ser humano mudou e algumas questões passam batidas. Questões como ‘para quê?’, ‘por quê?’, ‘onde se deseja chegar?’. Pode-se ser uma agência, ser freela ou até empreendedor, cliente será sempre cliente, meu bem! Essas questões básicas farão toda a diferença e principalmente, auxiliará a não perder o foco da proposta inicial! Outro ponto importante é, se o produto / serviço é ruim, não haverá campanha que salve! Triste realidade da empresa que criou, mas é fato, não tem como fazer milagre por algo que não causa interesse de compra ou de uso! Se mesmo assim, aceitar esse cliente, será trabalho em vão. Mas não é o que tratamos nesse post. E da mesma forma será como o seu trabalho, é necessário causar o interesse no cliente para trabalhar junto! Para começar é preciso pensar grande, mas ser pequeno. O simples sempre chama mais atenção, comparado ao que passa muita informação. Como por exemplo, uma propaganda de carro de aventura: em uma estrada de terra, chuva, montanhas e só! O oposto se criar um filme com vários amigos que saem de um lugar comum, passam pelo litoral, passam em festas, no outro dia seguem para uma trilha e alguém segura um GPS e depois retornam para o lugar comum! E como estamos tratando de negócios digitais, é importantíssimo ressaltar as métricas! O cliente quer ver para onde está indo o investimento. Dessa forma, precisa-se de métricas que gerem valor ao negócio, de forma simples, clara e bem estruturada. Mostrar para o cliente como as informações são aplicadas, exibir riscos, comparativos. Além de claro, mostrar o seu diferencial. É nesse momento que a mente do cliente se abre e são descobertos novos caminhos, novas ideias e parcerias mais longas. Mão na massa!

×