Trabalho gustavo, jonatan e gabriel

259 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
259
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
14
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Trabalho gustavo, jonatan e gabriel

  1. 1. O que é IBAMA
  2. 2. O IBAMA é projeto do governo que serve como protessão aos animais o IBAMA luta contra o trafico de animais e contra a transportação ilegal da madeira e contra as queimadas ilegais para uso da agropecuária
  3. 3. • O termo biodiversidade - ou diversidade biológica - descreve a riqueza e a variedade do mundo natural. As plantas, os animais e os microrganismos fornecem alimentos, remédios e boa parte da matéria-prima industrial consumida pelo ser humano.
  4. 4. • Para entender o que é a biodiversidade, devemos considerar o termo em dois níveis diferentes: todas as formas de vida, assim como os genes contidos em cada indivíduo, e as inter-relações, ou ecossistemas, na qual a existência de uma espécie afeta diretamente muitas outras.
  5. 5. • A diversidade biológica está presente em todo lugar: no meio dos desertos, nas tundras congeladas ou nas fontes de água sulfurosas .
  6. 6. • Flora é o conjunto de espécies vegetais (plantas, árvores, etc.) de uma determinada região ou ecossistema específico. • É um termo muito utilizado em botânica. A flora numa determinada região pode ser muito rica, ou seja, com muita variedade de espécies. É o que acontece com a flora brasileira, pois em nosso país existem diversos ecossistemas como, por exemplo, Amazônia, Cerrado, Mata Atlântica, Caatinga, Pantanal, entre outros. Cada ecossistema possuí flora específica, adaptada às condições ambientais da região.
  7. 7. • Flora da Mata Atlântica: pau-brasil, bromélias, palmito-juçara, quaresmeira, begônias, citronela, salvia, acácia, passiflora. Flora da Amazônia: seringueira, annona, attalea, fabaceae. Flora do Cerrado: jacarandá, terminalia, connarus, andirá, salácia, Antonia, miconia, rustia formosa. Flora da Caatinga: cecropia, cleome, combretum, sicana, cucumis, dioclea, abrus, acácia.
  8. 8. Rhea americana - Ema O Bioma Cerrado ocupa cerca de 2 milhões de km2 do território brasileiro. Ocorre em 13 estados brasileiros e no Distrito Federal, e também na Bolívia.
  9. 9. Estilosantes - Stylosanthes Segundo dados da Embrapa Cerrados hoje existem na região 50 milhões de hectares de pastagens cultivadas, 30 milhões de hectares de pastagens nativas, 13,5 milhões de hectares de culturas anuais e dois milhões de hectares de culturas perenes e florestais.
  10. 10. • Habitat é um local específico ou região onde se desenvolvem ou vivem seres vivos de forma organizada. • O habitat oferece as condições climáticas, físicas e alimentares adequadas para o desenvolvimento de uma determinada espécie. O mangue, por exemplo, é o habitat de algumas espécies de caranguejos. Neste local eles encontram alimentação, proteção contra os predadores e oxigenação ideal para a sobrevivência. • As atividades e o modo de vida de cada espécie em seu habitat possui o nome de nicho ecológico.
  11. 11. • A degradação de uma área, independentemente da atividade implantada, verifica-se quando: a) a vegetação e, por conseqüência, a fauna, são destruídas, removidas ou expulsas; e b) a camada de solo fértil é perdida, removida ou coberta, afetando a vazão e qualidade ambiental dos corpos superficiais e/ou subterrâneos d’água. Quando isso ocorre, reflete-se na alteração das características físicas, químicas e biológicas da área, afetando seu potencial sócio-econômico.
  12. 12. • Novo processo produtivo cria células solares por um quarto do preço • Pesquisadores europeus criaram um novo processo produtivo que torna possível fabricar as mesmas células solares fotovoltaicas vendidas no comércio hoje a um custo que é apenas um quarto do atual. 16/11/2009
  13. 13. Vídeo Energia Eólica
  14. 14. • uma das formações vegetais mais importantes para a preservação da vida e da natureza. O próprio nome já indica isso: assim como os cílios protegem nossos olhos, a mata ciliar serve de proteção aos rios e córregos. Simplificadamente, podemos dizer que a mata ciliar é a formação vegetal que cresce às margens dos cursos d'água.
  15. 15. • No entanto, a mata ciliar é mais que isso. Ela forma uma comunidade de plantas, animais e outros organismos vivos que interage com outros componentes não vivos, como os rios. Essa interação é benéfica a todos. Ou seja, a mata ciliar é parte fundamental de um ecossistema.
  16. 16. • A formação da mata ciliar é favorecida pelas excelentes condições dos terrenos próximos dos rios. Os rios fornecem a água e os nutrientes, que são levados através deles, se depositam em suas margens e ajudam as plantas a crescer.
  17. 17. • Nas margens dos rios mais fundos, é mais comum observarmos árvores. Os rios mais rasos formam várzeas, áreas planas que alagam com freqüência. Essas várzeas não têm o solo firme, sendo mais comum encontrar nelas arbustos e vegetação rasteira. No entanto, a mata ciliar se espalha por uma área maior nos rios mais rasos.
  18. 18. • Mais importante que os rios para a sobrevivência dessa vegetação, é a mata ciliar para a conservação dos rios e dos animais. A mata ciliar funciona como um obstáculo contra o assoreamento dos rios, ou seja, segura a terra das margens para que ela não caia dentro deles. Essa terra poderia matar as espécies que vivem no fundo dos cursos d'água ou torná-los barrentos, dificultando a entrada da luz solar, necessária para alguns organismos que vivem nos rios e que servem de alimento aos peixes.
  19. 19. • Mata Nativa, pousada ecológica entre a praia e o quadrado, com ambientes ricos em detalhes para descobrir e relaxar. Convite ao conforto e à natureza
  20. 20. • Quando chove, a mata ciliar também impede entrada de lixos no rio.
  21. 21. • A Caatinga é uma área coberta por vegetal verdadeiramente brasileira, isto é, própria da região, sendo que não são encontradas em nenhuma parte do mundo. Originalmente, essa vegetação cobria uma área equivalente a 11% do território nacional, isto é, cerca de 734.478 km², sendo encontrada nos Estados do Piauí, Maranhão, Rio Grande do Norte, Ceará, Pernambuco, Sergipe, Alagoas, Paraíba, Sergipe e no Norte de Minas Gerais. Na caatinga estimasse a existência de 2.000 a 3.000 espécies de vegetais.
  22. 22. • É uma vegetação característica do clima semiárido, onde com a penúria de água, as plantas que compõem a caatinga são xerófilas (organismo adaptado à vida num meio seco), sendo que se percebermos a cácteas ao invés de folhas possuem espinhos para que haja uma diminuição de evapotranspiração (perda de água do solo por evaporação), entretanto, as caducifólias plantas que numa certa estação do ano perdem suas folhas, realizam este processo para não haver perda de água.
  23. 23. De uma forma geral, os vegetais que compõem a caatinga contam com folhas atrofiadas que permite enfrentar extensos períodos sem chuva. Nos dias atuais, existem apenas 50% original da vegetação, sendo que algumas áreas da caatinga que foram degradas estão sofrendo o processo de desertificação, isto é, a formação de “desertos” entre as vegetações originais. A economia na caatinga é constituída através da agropecuária, entretanto, é obtido baixa produtividade, e com a falta de técnicas para com o solo o home causa impactos neste ecossistema. Mais informações por email
  24. 24. CERRADO
  25. 25. • O Cerrado tem um tipo de bromélia diferente das outras do mundo.[2] a bromélia do cerrado é azul com bolinhas roxas, mudando de cor de dia que fica rosa com amarelo, de tarde laranja com vermelho e de noite volta a ser roxa com azul.
  26. 26. • A Mata Atlântica é uma formação vegetal que está presente em grande parte da região litorânea brasileira. Ocupa, atualmente, uma extensão de aproximadamente 100 mil quilômetros quadrados. É uma das mais importantes florestas tropicais do mundo, apresentando uma rica biodiversidade
  27. 27. • Sambaquieiros, os primeiros habitantes do litoral brasileiro • Ainda hoje o litoral é a região que concentra os maiores conglomerados urbanos no Brasil. Suas belezas e recursos naturais continuam atraindo mais e mais visitantes, a ponto de alguns irem passar as férias na praia e não retornarem mais aos seus locais de origem.
  28. 28. • Uma lista de 139 espécies de aves é apresentada para uma extensão de área que vai do Arquipélago do Bailique até Amapá, incluindo a região dos lagos e Ilha de Maracá.
  29. 29. • O sal bruto, retirado das salinas não deve ser usado e sim o sal marinho moído fino (é o mesmo sal grosso próprio para churrascos). O sal bruto que provém dos compartimentos mecanicamente escavados das salinas possui até 20% de agentes poluentes quando oriundo de baías poluídas pelas industrias.
  30. 30. • Seringueira - é uma árvore da família das Euphorbiaceae (Hevea brasiliensis) de folhas compostas, flores pequeninas e reunidas em amplas panículas, com fruto em uSeringueira - é uma árvore da família das Euphorbiaceae (Hevea brasiliensis) de folhas compostas, flores pequeninas e reunidas em amplas panículas, com fruto em uma grande cápsula com sementes ricas em óleo , cuja madeira é branca e leve, e de cujo látex se fabrica a borracha. ma grandeSeringueira - é uma árvore da família das Euphorbiaceae (Hevea brasiliensis) de folhas compostas, flores pequeninas e reunidas em amplas panículas, com fruto em uma grande cápsula com sementes ricas em óleo, cuja madeira é branca e leve, e de cujo látex se fabrica a borracha. cápsula com sementes ricas em óleo, cuja madeira é branca e leve, e de cujo látex se fabrica a borrachaSeringueira - é uma árvore da família das Euphorbiaceae (Hevea brasiliensis) de folhas compostas, flores pequeninas e reunidas em
  31. 31. A relação do homem com a fauna e a flora do Cerrado vem desde tempos imemoriais. Pesquisas comprovam que os primeiros humanos a perambular pelo Cerrado, há cerca de 11,5 mil anos, já consumiam produtos como o pequi, por exemplo, sendo essa uma importante fonte de nutrientes para as populações pré-históricas.
  32. 32. • Soube do caso ainda no Domingo: durante a tarde, apareceram cinco leões abandonados na beira de uma estrada em Uberaba, a 472 quilômetros de Belo Horizonte, na região do Triângulo Mineiro, Estado do Mato Grosso.
  33. 33. • Um recurso não renovável é um recurso natural que não pode ser produzido, regenerado ou reutilizado a uma escala que possa sustentar a sua taxa de consumo.
  34. 34. • A Erosão é a destruição do solo e seu transporte em geral feito pela água da chuva, pelo vento ou, ainda, pela ação do gelo, quando este atua expandindo o material no qual se infiltra a água congelada. ...
  35. 35. Podemos dizer que assoreamento é o mesmo quePodemos dizer que assoreamento é o mesmo que obstrução. É algo que vem do ato ou efeito deobstrução. É algo que vem do ato ou efeito de assorear. É como uma obstrução da barra de um rioassorear. É como uma obstrução da barra de um rio ou de um porto, provocada por amontoação de terrasou de um porto, provocada por amontoação de terras ou areias, o que causa enchentes ou obras de arte,ou areias, o que causa enchentes ou obras de arte, construções, enfim.construções, enfim.
  36. 36. DESMATAMENTO O desmatamento da Amazônia, que este ano teve uma baixa histórica, segundo dados do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe), deve crescer novamente ... Desmatamento zero é meta possível, diz estudo Correio Braziliense Estudo sobre o fim do desmatamento na Amazônia brasileira é ... Último Segundo Cop-15 » Brasil apresenta estudo para zerar desmatamento na Amazônia
  37. 37. O termo reflorestamento tem sido utilizado para todo o tipo de implantação de florestas, porém não é correto falar em reflorestamento em uma área que nunca foi coberta por floresta. Por isso, o termo aplica-se apenas à implantação de florestas em áreas naturalmente florestais que, por ação antrópica ou natural, perderam suas características originais. Chama-se "florestamento" à implantação de florestas em áreas que não eram florestadas naturalmente.
  38. 38. Entende-se por viveiro florestal um determinado local onde são concentradas todas as atividades de produção de mudas florestais.
  39. 39. Biocombustível é o combustível de origem biológica não fóssil. Normalmente é produzido a partir de uma ou mais plantas. Todo material orgânico gera energia, mas o biocombustível é fabricado em escala comercial a partir de vegetais com potencial econômico aproveitável, como a cana-de- açúcar, mamona, soja, canola, babaçu, mandioca, milho, beterraba.

×