Os últimos desenvolvimentos do RCAAP

434 visualizações

Publicada em

Os últimos desenvolvimentos do RCAAP. - João Gomes

Publicada em: Tecnologia
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
434
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
11
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide
  • Este PPT exibe as institiuçõesmembroRCAAP:19 Universidades 7 Politécnicos 3 Laboratórios 4 Hospitais
  • IR is the main service and is delivered in an innovative way.This means that a IR can be up and running in a two months period.
  • In 2011 RCAAP started to offer a hostingservice in SaaS regime- Link- Pagewithfirstjournals
  • Expandimos a nossa actividade para a área dos repositórios científicos passando a cobrir, não apenas a produção científica em si, mas também os dados que lhes deram origem.O repositório de dados científicos conta com a participação de 3 instituições e está disponível em dados.rcaap.pt
  • A integração com o DeGoís veio permitir a interligação entre Plataforma de Curricula DeGóis e o RCAAP aproveitando o mesmo registo para os dois sistemas.
  • Project to seeauto-deposit policies in RI related to national journals. Similar to Dulcinea.SHERPA-ROMEO Portuguese versionPartnership
  • In october 2009 a MoUwassignedbetweenMinistries of ScienceandEducation of Brasil and Portugal
  • 453888 Documentos indexados de 45 Recursos (PT +Bra)101817 Documentos indexados de 44 Recursos (PT)
  • Thisgraph show thenumber ofdocumentsevolution. In thebeginning of thismonth
  • Quer através do número de consultas e downloads
  • Regarding policies and mandates itisalsointeresting to seethatthenumberhasbeen a significantgrowthBefore RCAAP 3 policies/mandatesAfter RCAAP 12 aditionalonesPor fim, a evolução do RCAAP regista um crescimento assinalável das políticas e mandados. Na era pré-RCAAP foram registadas 3 políticas ou mandados. Na era RCAAP foram registadas 12.
  • Desafios para além do actual momento financeiro:Serviços montados, equipas de gestão mobilizadasDisseminação e consciencializar a comunidade, em particular a de autores, para os benefícios do Open Access, repositórios institucionais e projecto RCAAP;Fomentar e apoiar a definição e implementação de mandatos de Open Access nas instituições de Ensino e Investigação;Fomentar e apoiar a definição e implementação de mandatos de Open Access nas agências financiadoras da ciência (públicas e privadas), incluindo a possibilidade de financiar publicações em regime de GoldOpen Access;Internacionalização – integrar Portugal no leque de países com iniciativas reconhecidas neste domínio.
  • Os últimos desenvolvimentos do RCAAP

    1. 1. O Projecto RCAAP João Gomes FCCN - Diretor Serviços Avançados joao.gomes@fccn.pt
    2. 2. Projecto RCAAP • Aumentar a visibilidade e difusão dos resultados de investigaçãoObjectivos • Facilitar o acesso à informação sobre a produção científica nacional • Integrar Portugal num conjunto de iniciativas internacionais • FCT (Política/Financiamento)Governance • FCCN (Geral e infra-estruturas) • UM (Científica e técnica) • Serviços electrónicos (Portal, Directório, Repositórios Institucionais, Repositórios de Dados e Revistas) Serviços • Comunicação, disseminação e formação • Apoio e suporte • Advocacy e Networking
    3. 3. ESSE Frassineti UAçoresUTAD UAveiro
    4. 4. Repositórios na Nuvem SARI - Serviço de Alojamento de Repositório Institucional Características Responsabilidades Direitos da Principais da equipa Instituição • Ensino e • Housing (Datacenter) • Preserva Investigação • Gestão Infraestruturas Identidade • Gratuíto • Gestão de Software • Storage • Regulado • Formação • Indexação contrato • Helpdesk e suporte • Portal RCAAP • Baseado modelo SaaS08-10-2012 RCAAP - Repositório Cientifico de Acesso Aberto de Portugal 4
    5. 5. Revistas Científicas SaaSDisponíveis em:http://revistas.rcaap.pt
    6. 6. Integração com B-On08-10-2012 RCAAP - Repositório Cientifico de Acesso Aberto de Portugal 7
    7. 7. Integração com DeGóis08-10-2012 RCAAP - Repositório Cientifico de Acesso Aberto de Portugal 8
    8. 8. Ranking no Sherpa/RoMEO N.º de editoras, por país, com políticas definidas para auto-arquivo em RIs.blimunda@rcaap.pt
    9. 9. Cooperação Luso-Brasileira08-10-2012 RCAAP - Repositório Cientifico de Acesso Aberto de Portugal 10
    10. 10. Portal IR 1 SARI IR 2 Oai-pmh 2 SARI N IR N Oai-pmh SARI – Repositórios alojados pelo RCAAP IR – Repositórios alojados pela Instituição RCA AP
    11. 11. INDICADORES
    12. 12. Evolução Repositórios 35 30 25 20 15 10 5 0 2003 2004 2005 2006 2007 2008 2009 2010 2011RI (locais) 1 1 1 4 10 13 12 11 12SARIs 5 14 20 21Total Agregados 18 26 31 33
    13. 13. Evolução Nº de documentos120,000100,000 80,000100.000 60,000 40,000 20,000 Documentos 0 2007.5 2008 2008.5 2009 2009.5 2010 2010.5 2011 2011.5 2012 2012.5 Fonte: Portal RCAAP
    14. 14. Downloads RCAAP por ano Downloads10,000,000 9,000,000 8,000,000 7,000,000 6,000,000 5,000,000 4,000,000 3,000,000 2,000,000 1,000,000 0 Fonte: SCEUR 2.Out.2012 2009 2010 2011 2012
    15. 15. Políticas/Mandados OA em Portugal Instituição Ano 200 Universidade do Minho 5 200 ISCTE 7 200 Universidade do Porto 8 201 Universidade Aberta 0 Instituto Politécnico de 201 Bragança 0 201 Universidade de Coimbra 0 201 Universidade de Lisboa 0 Hospitais Universitários de
    16. 16. Conclusões/Desafios ● Disseminação e consciencialização da comunidade, em particular a de autores ● Cumprimento dos mandados nas instituições de Ensino e Investigação ● Mandados nas agências financiadoras da ciência ● Continuar esforços de internacionalização08-10-2012 17 RCA AP
    17. 17. OBRIGADORCAAP - Repositório Cientifico de Acesso Aberto de Portugal 18

    ×