Estados Físicos da matéria

37.798 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação
1 comentário
6 gostaram
Estatísticas
Notas
Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
37.798
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
66
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
612
Comentários
1
Gostaram
6
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Estados Físicos da matéria

  1. 1. QUÍMICA
  2. 2. Como vamos funcionar... Aulas em powerpoint : http://www.marciojmlopes.xpg.com.br/ Exercícios de sala (Atividades-exercícios de aplicação) Sempre trazer este livro! Exercícios de casa (propostos)
  3. 3. Matéria: É tudo que tem massa e ocupa lugar no espaço.
  4. 4. Madeira Matéria: Tudo que tem massa e ocupa lugar no espaço. Troncos Corpo: Porção limitada de matéria Cadeira Objeto: Porção limitada de matéria que por sua forma especial se presta a determinado uso.
  5. 5. Estados Físicos da Matéria FORMA VOLUME Constante SÓLIDO (Estrutura interna organizada, partículas com pouca partí Constante mobilidade) VARIÁVEL LÍQUIDO (Estrutura interna mais ou menos Constante organizada, partículas com maior partí mobilidade) VARIÁVEL GASOSO (Estrutura interna desorganizada, Variável partículas se movimentam em partí todas direções) direç
  6. 6. Plasma Irving Langmuir Em física, Plasma é denominado o quarto estado da matéria. Difere-se dos sólidos, líquidos e gasosos por possuir seus átomos separados ao ponto de desprenderem-se dos elétrons. Por este motivo o plasma é também chamado de gás ionizado. Estima-se que 99% de toda matéria existente esteja no estado de plasma, o que faz deste o estado da matéria mais comum e abundante do universo.
  7. 7. Condensado de Bose-Einstein Dados de distribuição de velocidade confirmando a descoberta de um novo estado da matéria, o Condensado de Bose-Einsten, a partir de um gás de Rubídio
  8. 8. O Condensado de Bose-Einstein é uma fase da matéria formada por bósons a uma temperatura muito próxima do zero absoluto. Nestas condições, uma grande fração de átomos atinge o mais baixo estado quântico, e nestas condições os efeitos quânticos podem ser observados à escala macroscópica. A existência deste estado da matéria como conseqüência da mecânica quântica foi inicialmente prevista por Albert Einstein em 1925, no seguimento do trabalho efetuado por Satyendra Nath Bose. O primeiro condensado deste tipo foi produzido setenta anos mais tarde por Eric Cornell e Carl Wieman em 1995, na Universidade de Colorado em Boulder, usando um gás de átomos de rubídio arrefecido a 170 nanokelvins (nK).
  9. 9. Condensado fermiônico. Cientistas do Laboratório JILA e da Universidade do Colorado (Estados Unidos) relataram a primeira observação de um novo estado físico da matéria, conhecido como "condensado fermiônico". O condensado fermiônico é formado por pares de átomos em um gás e era procurado há muito tempo pelos cientistas, que previam a existência desse novo estado da matéria em suas teorias.
  10. 10. Na experiência que os cientistas agora fizeram, um gás com 500.000 átomos de potássio foi resfriado até 50 bilionésimos de grau acima do zero absoluto e então submetido a um campo magnético. Esse campo magnético fez com que os férmions se juntassem em pares, de forma semelhante aos pares de elétrons que produzem a supercondutividade, o fenômeno no qual a eletricidade flui sem resistência. A equipe da Dra. Jin detectou o emparelhamento e verificou a formação do condensado fermiônico pela primeira vez no dia 16 de Dezembro de 2003.
  11. 11. “Alumínio transparente" Em matéria publicada na edição desta semana da revista "Nature Physics", os cientistas utilizaram um processo conhecido como fotoionização, onde, o laser conseguiu "nocautear" um elétron das camadas internas de cada átomo de uma amostra de alumínio, sem romper a estrutura do mesmo, tornando o metal praticamente invisível à radiação ultravioleta. Em texto divulgado na Universidade de Oxford, um dos responsáveis pelo estudo, o professor Justin Wark, afirma que o grupo criou "um estado da matéria completamente novo, nunca antes visto". O equipamento usado no experimento foi o "Flash laser", sediado em Hamburgo, na Alemanha. Os pesquisadores acreditam que a proeza ajudará a compreender a formação de pequenas estrelas que se formam a partir de implosões de lasers de alto poder e impulssionará os trabalhos em diversas áreas como a ciência planetária, astrofísica e fusão nuclear.
  12. 12. PROPRIEDADES DA MATÉRIA PROPRIEDADES GERAIS PROPRIEDADES FUNCIONAIS PROPRIEDADES ESPECÍFICAS
  13. 13. PROPRIEDADES GERAIS: Comuns a todos os materiais Volume / extensão: Propriedade que a matéria tem de ocupar um lugar no espaço. O volume mede a extensão de um corpo. Inércia: propriedade que a matéria tem em permanecer na situação em que se encontra, seja em movimento, seja em repouso. Quanto maior for a massa de um corpo, mais difícil alterar seu movimento, e maior a inércia. A massa mede a inércia de um corpo. Impenetrabilidade: Dois corpos não podem ocupar, simultaneamente o mesmo lugar no espaço. Outras propriedades seriam a Compressibilidade, Elasticidade, Divisibilidade, Indestrutibilidade, etc.
  14. 14. PROPRIEDADES FUNCIONAIS Hidrocarbonetos são inflamáveis. Os ácidos têm sabor azedo. Os sais fundidos conduzem corrente elétrica. As propriedades funcionais são aquelas apresentadas por um grupo de substâncias, chamado função química .
  15. 15. PROPRIEDADES ESPECÍFICAS Propriedades físicas: ponto de fusão, ponto de ebulição, densidade. Propriedades organolépticas: cor, odor, sabor. Propriedades químicas: reações químicas. As propriedades específicas caracterizam cada tipo de substância .
  16. 16. Mudanças de estado da matéria Sublimação Solidificação Condensação (Liquefação) Sólido Líquido Gasoso Fusão Vaporização Sublimação
  17. 17. Calefação Na calefação, o líquido passa instantaneamente para o estado gasoso. O líquido (em pequena quantidade) recebe uma grande quantidade de calor e se torna vapor rapidamente, produzindo um som característico(tchchchch). Ex:Uma gota d'agua em uma chapa quente. Ebulição Na ebulição, o líquido está passando para o estado gasoso na sua temperatura de ebulição, que é a temperatura máxima que o líquido pode existir a uma determinada pressão. Todas as moléculas do líquido estão recebendo calor. É caracterizada Vaporização: pela formação de bolhas no líquido. Borbulhamento.O ponto de ebulição da água no nível do mar é de 100,0° C. Ex: A água fervendo na chaleira, em uma caldeira de ar quente. Evaporação Na evaporação, o líquido passa para o estado gasoso a qualquer temperatura. É um processo lento e superficial, ou seja, as moléculas da superfície do líquido conseguem adquirir energia suficiente para passar para o estado gasoso. A evaporação é a vaporização que ocorre espontaneamente. ou seja sem ser provocada por exemplo: Ex: Colocamos um jarro de água no sol e o sol vai vaporizar a água então vai ser evaporação porque ocorreu espontaneamente..
  18. 18. Experiências
  19. 19. Ponto de Fusão / Solidificação Ponto de Fusão é a temperatura em que uma substância muda do estado sólido para o estado líquido. Ponto de Solidificação corresponde ao processo inverso, embora as temperaturas sejam equivalentes. Obs. O PF e o PS são obtidos em uma dada pressão, quando esta não é citada, considera-se a pressão atmosférica
  20. 20. Ponto de Ebulição / Liquefação Ponto de Ebulição é a temperatura em que uma substância muda do estado líquido para o estado gasoso. Ponto de liquefação corresponde ao processo inverso, embora as temperaturas sejam equivalentes. Obs: O PE e o PL são obtidos em uma dada pressão, quando esta não é citada, considera-se a pressão atmosférica
  21. 21. Curva de Aquecimento da água T° C G LeG 100 L SeL 0 tempo S - 20
  22. 22. Curva de Resfriamento da água T° C G LeG 100 L SeL 0 tempo S - 20
  23. 23. Dica: SÓLIDO PF LÍQUIDO PE GASOSO Ex: Dada substância possui PF = -10° e PE = 88° C C. Qual seu estado físico a temperatura ambiente? PF = -10° C PE = 88° C 25° C Resp: LÍQUIDO

×