Técnicas de negociação - parte 1

294 visualizações

Publicada em

Material de aula de ATENDIMENTO EM PUBLICIDADE E PROPAGANDA - Desenvolvido pelo Prof. Marcelo Simioni

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
294
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
4
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
13
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Técnicas de negociação - parte 1

  1. 1. AULAAULAAULAAULA 6666 TÉCNICAS DE NEGOCIAÇÃOTÉCNICAS DE NEGOCIAÇÃOTÉCNICAS DE NEGOCIAÇÃOTÉCNICAS DE NEGOCIAÇÃO POSTURAPOSTURAPOSTURAPOSTURA
  2. 2. Técnicas para uma comunicaçãoTécnicas para uma comunicaçãoTécnicas para uma comunicaçãoTécnicas para uma comunicação mais eficaz no trabalho e nomais eficaz no trabalho e nomais eficaz no trabalho e nomais eficaz no trabalho e no relacionamento com os clientesrelacionamento com os clientesrelacionamento com os clientesrelacionamento com os clientes
  3. 3. “Não é apenas o que dizemos, mas como“Não é apenas o que dizemos, mas como“Não é apenas o que dizemos, mas como“Não é apenas o que dizemos, mas como dizemos que faz a diferença”.dizemos que faz a diferença”.dizemos que faz a diferença”.dizemos que faz a diferença”. •Impacto na comunicação (média) Linguagem corporal: 55% Tom de voz: 38% Palavras: 7% Os números podem varia dependendo da situação, mas sem dúvida a linguagem corporal e o tom de voz fazem imensa diferença no impacto e no significado do que dizemos.
  4. 4. DeDeDeDe quequequeque formaformaformaforma podepodepodepode umumumum profissionalprofissionalprofissionalprofissional desenvolverdesenvolverdesenvolverdesenvolver umaumaumauma comunicaçãocomunicaçãocomunicaçãocomunicação maismaismaismais eficazeficazeficazeficaz emememem seuseuseuseu trabalhotrabalhotrabalhotrabalho eeee nononono relacionamentorelacionamentorelacionamentorelacionamento comcomcomcom osososos clientes?clientes?clientes?clientes? •não existe “fórmula ideal” •cada um deve desenvolver o estilo pessoal que melhor se adapte à sua personalidade.
  5. 5. Existem técnicas que podem melhorar a exposição de uma ideia. Plataformas de exposição: •apresentação pública; •contato ou reunião com clientes; •texto que tenha como objetivo apresentar uma proposta.
  6. 6. TécnicasTécnicasTécnicasTécnicas quequequeque podempodempodempodem melhorarmelhorarmelhorarmelhorar aaaa exposiçãoexposiçãoexposiçãoexposição dededede umaumaumauma ideiaideiaideiaideia.... 1- Apresentar o tema com frases curtas que sintetize o sentido completo daquilo que será apresentado. 2- Iniciar a apresentação com um exemplo ou breve resumo, que possa despertar o interesse. Este deve ter uma espécie de “gancho”, ou ideia central, que possa ser desenvolvida ao longo de sua explanação.
  7. 7. 3- Fazer pausas, deixando as pessoas absorverem o sentido da comunicação. Enfatize aspectos relevantes. Destaque os pontos principais. 4- Crie empatia com seu interlocutor. Seja habilidoso ao defender ideias polêmicas, evite a prepotência, porém, apresente as idéias de maneira firme, segura e convincente.
  8. 8. 5- Utilize a linguagem que tem certeza que o ouvinte está familiarizado. Se o cliente é do setor de saúde, exemplos relacionados aquela área farão mais sentido para eles. Se o mesmo é do mundo esportivo, então, as metáforas relacionadas ao esporte serão muito mais eficazes. 6- Olhe as pessoas nos olhos, interaja com seus interlocutores através de diálogos, olhares e expressões.
  9. 9. 7- Seja congruente em sua explanação, e, ao defender uma ideia, procure convencer-se antes da importância e da veracidade das informações. Assim, sua expressão corporal transmitirá a mesma mensagem que suas palavras. 8- Aprofunde as ideias. Transmita conhecimentos relevantes. Em qualquer apresentação as pessoas precisam receber alguma informação, dica ou ideia relevante de sua parte, por isto prepare-se. Evite ser genérico e superficial.
  10. 10. 9- Seja o mais breve possível que o assunto permitir, não canse as pessoas. 10- Ao final, faça um breve resumo destacando as ideias principais e encerre. 11- Seja um entusiasta. Mostre vitalidade e alma na sua apresentação.
  11. 11. Através da apresentação de ideias de forma eloquente, um profissional constrói seu carisma e sua marca pessoal, tornando-se uma referência no meio em que atua. Algumas pessoas são naturalmente habilidosas na arte de se comunicar de maneira adequada. No entanto, esta é uma competência que pode e deve ser aprendida por todos os profissionais, cuja comunicação interpessoal tem um papel fundamental no desempenho de suas funções, e, principalmente, como ferramenta de marketing pessoal.
  12. 12. Técnicas de apresentação.Técnicas de apresentação.Técnicas de apresentação.Técnicas de apresentação. Estudo de Caso
  13. 13. Técnicas de apresentação:Técnicas de apresentação:Técnicas de apresentação:Técnicas de apresentação: “case” Steve Jobs“case” Steve Jobs“case” Steve Jobs“case” Steve Jobs • Steve Jobs podia ser definido como um líder carismático. • O homem minimalista da Apple tinha um jeito de reter a atenção da plateia e de divulgar cada informação de modo que a compreensão fosse rápida e a receptividade bastante positiva. • A seguir, um resumo das técnicas de apresentação usadas por Steve Jobs. (fonte Slide Magnet)
  14. 14. As palestras de Steve Jobs foram um sucesso porque: •Ele valorizava a plateia. Ele entrava sem estardalhaço no palco, quase não olha para os slides e se dirige à plateia praticamente o tempo todo, sem dar as costas. Dá sempre a entender que é para quem está sentado assistindo a apresentação que o objeto da apresentação é feito, criando empatia.
  15. 15. •Faz suspense. Jobs começava a falar. Anunciava qualidades, contava sobre maravilhas. Avisava que tem algo no bolso - mas não mostrava. Andava pra lá, contava mais qualidades que o produto tem. Andava pra cá… Criava suspense, isso era ótimo para manter a atenção de todos. Se ele revelasse de cara como era o produto, ninguém ficaria por perto para vê-lo terminar de falar.
  16. 16. •Usa de entusiasmo. Mas é importante frisar que a empolgação de Jobs era elegante e contagiosa. Um fator importante para isso é a crença na filosofia Apple que Jobs carregava. Ele não só acredita na empresa como também na importância que ela tem para a humanidade.
  17. 17. •Usa poucos números. Apresentações técnicas, com muitos gráficos e números acabam dispersando. Quem perde um detalhe deixa de acompanhar todo o resto. Por isso, Jobs mostrava só o essencial, e depois de um número mostrava logo um slide interpretando aquilo de modo simples.
  18. 18. •Começa bem, termina melhor. O começo é importante para garantir que todos se interessem e fiquem de olho, mas o fim da apresentação precisa ser chocante. A última impressão é a que ficará. E, o final de toda apresentação da Apple é o lançamento de algum produto completamente inovador e com design arrojado. Um autêntico objeto de desejo.
  19. 19. Referências • CORREIA, Roberto. O atendimento na agência de propaganda. São Paulo: Global, 2006. • FERRARI, Flávio. Planejamento e Atendimento – a arte do guerreiro. São Paulo: Loyola, 2002. • RIBEIRO, Júlio [et al.] RIBEIRO, Júlio e outros. Tudo que você queria saber sobre propaganda e nunca ninguém teve paciência para explicar. São Paulo; Ed. Atlas, 1975.

×