Tble3 1 t11

70 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação, Tecnologia
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
70
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Tble3 1 t11

  1. 1. Tractebel Energia 08 JUL 2011 A Tractebel Energia S.A é a maior empresaOscilação (%): TBLE3 IBOV privada de geração de energia elétrica do Brasil.No mês (0,87%) (0,31%) Pertencente ao Grupo GDF SUEZ, a TractebelNo ano 0,19% (10,24%) Energia tem como maiores clientes as concessionárias de distribuição de energia eEm 12 meses 28,86% (1,70%) indústrias - além de prestar serviços associados como a implantação de instalações de co-Valor de Mercado R$ 17,8 Bilhões geração, operação e manutenção dePatrimônio Líquido R$ 5,4 Bilhões equipamentos de produção de energia eÚltimo Preço (07/07/2011) R$27,26 monitoramento da qualidade da energia. A receita operacional líquida da Tractebel noPreço Alvo R$32,00 primeiro trimestre de 2011 totalizou R$ 1.0Recomendação Compra bilhão, o que representa um aumento de 8,1%P/L 14,0 quando comparados com os R$ 945,5 milhões atingidos no primeiro trimestre de 2010. Conforme a companhia esse aumento estáR$ milhões 1T10 1T11 ∆% diretamente relacionado à evolução da receitaReceita operacional bruta e das deduções da receita 946 1.022 8,10%Líquida operacional. O preço médio de vendas deMargem energia liquida da exportação e das deduções 52,69 59,46 6,77p.p.Bruta % sobre a receita operacional bruta atingiu R$Ebitda 587,33 692,49 17,91% 120,07/MWh no primeiro trimestre de 2011, oLucro que representa um aumento de 7,5% quando 246,72 306,95 24,41% comparado com primeiro trimestre de 2010.Líquido Os custos de venda de Energia Elétrica e Serviços da Tractebel nesse primeiro trimestre de 2011 alcançaram R$ 414,4 milhões, o que representou uma diminuição de 7,4% quando comparados com os R$ 447,3 milhões atingidos no primeiro trimestre de 2010. As despesas Gerais e Administrativas tiveram um crescimento de R$ 4,8 milhões, o que representa um aumento de 14,2%, atingindo R$ 38,3 milhões no primeiro trimestre, quando comparados com os R$ 33,5 milhões atingido Gráfico dos últimos três meses da ação. Fonte: Economática. no primeiro trimestre de 2010. Segundo a Tractebel esse aumento se deve principalmente Rua Líbero Badaró, 293 – 23º andar – Centro – São Paulo/SP – CEP 01009-907 www.souzabarros.com.br – tel.: (11) 3292-6900
  2. 2. Tractebel Energia 08 JUL 2011a contribuição adicional ao Fundo de Pensão em razão dos reajustes inflacionários e de novasdos funcionários e indenizações decorrentes contratações com melhores preços; a reduçãode acordos judiciais. das compras de energia para revenda em funçãoA receita financeira no primeiro trimestre de do vencimento de contratos, cujos preços eram2011 atingiu R$ 39,7 milhões, o que elevados; e da maior alocação de energia narepresenta um aumento de R$ 11,3 milhões Câmara de Comercialização de Energia Elétricaquando comparados com os R$ 28,4 milhões (CCEE), que reduziu o que seria uma maioratingidos no primeiro trimestre de 2010. As posição compradora da Companhia, que, pordespesas financeiras da Tractebel no primeiro sua vez, foi resultante da menor geraçãotrimestre de 2011 atingiu R$ 148,1 milhões, termelétrica.um aumento de R$ 16,1 milhões comparado O Lajida apresentado pela Tractebel nessecom os R$ 132 milhões atingidos pela primeiro trimestre de 2011 alcançou R$ 692,5companhia no primeiro trimestre de 2010. milhões, um aumento de 17,9% quandoSomando então um resultado negativo de comparado com os R$ 587,3 milhões atingidosR$108,4 milhões. no primeiro trimestre de 2010. A margemO lucro Líquido da Tractebel no primeiro Lajida atingiu 67,7%, ante aos 62,1%trimestre de 2011 alcançou R$ 307,0 milhões, verificados no mesmo período do ano anterior.o que representa um aumento de 24,4% No final do mês de março de 2011, a dividaquando comparado com os R$ 246,7 milhões líquida da Tractebel era de R$ 3.3 bilhões, umatingidos pela companhia no primeiro aumento de 36,9% quando comparado com otrimestre de 2010. Segundo a companhia esse primeiro trimestre de 2010 que era de R$ 2.4incremento se deve a três itens, são eles: a bilhões.elevação do preço médio de venda em 7,5% Setor Energia Elétrica ROA% ROE% P/L Nome 1T11 1T10 1T09 1T11 1T10 1T09 AES Tiete 4,62 5,08 8,65 9,76 43,9 42,97 13,1 Cemig 1,53 1,4 1,34 4,58 4,08 3,6 8,9 Cesp 0,33 0,14 0,82 0,58 0,33 1,76 81,7 Coelba 3,18 3,88 3,92 7,47 10,84 10,62 8,5 Coelce 3,35 3,99 2,85 7,7 11,13 8,78 5,1 Copel 2,08 1,92 2,06 3,44 3,57 3,38 10,5 CPFL Energia 2,21 2,56 1,72 7,08 9,5 5,63 13,8 Eletrobras 0,86 0,56 0,07 1,83 0,97 0,12 8,5 Eletropaulo 2,4 1,94 1,2 7,54 6,79 4,47 4,3 Energias BR 1,49 1,45 1,14 4,12 4,05 3,31 10 Tractebel 2,36 2,29 2,76 6,05 6,7 7,38 14 Rua Líbero Badaró, 293 – 23º andar – Centro – São Paulo/SP – CEP 01009-907 www.souzabarros.com.br – tel.: (11) 3292-6900
  3. 3. Tractebel Energia 08 JUL 2011Em relação à taxa de retorno sobre o ativo Clodoir Vieira - CNPI(i) - Economista datotal (ROA - Return On Assets) que mensura Corretora Souza Barros e professor na pós-a eficiência global da empresa em gerar lucros graduação na IPOG-Goiania e Senac-SP.com seus ativos disponíveis, referente ao iprimeiro trimestre de 2011 da Tractebel foi de Disclaimer - ( ) Declaração do analista de valores2,36%, valor 0,07 ponto percentual maio que mobiliários de investimento, nos termos do art. 17 da ICVMo mesmo período do ano de 2010, porém um 483 - As informações financeiras utilizadas neste relatório foramvalor menor em relação ao ano de 2009. obtidas diretamente das empresas. Todas as informações foram obtidas de fontes públicas que acreditamos confiáveis e de boa fé,Quanto maior for o rendimento da empresa mas não foram independentemente conferidas e nenhuma garantia,sobre o total dos ativos, melhor. expressa ou implícita, é feita sobre sua exatidão, ou se a informaçãoEm relação ao setor de Energia Elétrica a é completa.Tractebel das 12 empresas selecionadas o Este documento foi preparado pelo analista da Souza Barros e está sendo fornecido exclusivamente com o objetivo de informar. AsROA da Tractebel foi o quinto melhor, sendo informações, opiniões, estimativas e projeções referem-se à datao destaque para a AES Tiete. presente e estão sujeitas a mudanças como resultado de alteraçõesE em relação à taxa de Retorno sobre o nas condições de mercado, sem aviso prévio.patrimônio líquido (ROE - Return On Equity) O analista de investimento ou de valores mobiliários, envolvido na elaboração deste relatório “Clodoir Gabriel Vieira” ouque mensura o retorno sobre o investimento simplesmente “Clodoir Vieira”, declara que as recomendaçõesdos proprietários na empresa, referente ao contidas neste refletem exclusivamente suas opiniões pessoais sobreprimeiro trimestre de 2011 da Tractebel foi de a companhia e seus valores mobiliários e foram elaboradas de forma6,05%, valor menor se comparado com os independente e autônoma, inclusive em relação à Corretora Souza Barros Câmbio e Títulos S.A. e demais empresas do Grupo.6,70% do mesmo período do ano de 2010 e O analista de investimentos, envolvido na elaboração deste relatório,com o valor de 7,38% do ano de 2009. Quanto tem vínculo como cotista do “Clube de investimento SB”, porém nãomaior o retorno, melhor para os proprietários. participa da administração. A empresa analisada pode fazer ou nãoEm relação ao setor de Energia Elétrica a parte da carteira. As operações realizadas podem ou não seguir a tendência da recomendação.Tractebel das 12 empresas selecionadas oROE da Tractebel foi o sexto melhor, sendo odestaque para a AES Tiete.Mantivemos a nossa recomendação de compracom um preço alvo de R$ 32,00. Acreditamosem uma recuperação do preço da energia nolongo prazo, juntamente com a capacidade daempresa na comercialização de sua energia.Além disso no dia 28/06/2011 circulou nosjornais uma possível compra da DukeParanapanema, mas isso foi desmentido pelaempresa. Se isso acontecer no futuro agregaráo valor da empresa. A companhia continuaapresentando boas perspectiva e está entre asmelhores pagadoras de dividendos. Rua Líbero Badaró, 293 – 23º andar – Centro – São Paulo/SP – CEP 01009-907 www.souzabarros.com.br – tel.: (11) 3292-6900

×