Semanal 31 01 11

111 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
111
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
6
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Semanal 31 01 11

  1. 1. Relatório Semanal 31 Janeiro 2011Cenário EconômicoA última semana do mês de janeiro foi marcada pela divulgação de importantes índices naeconomia dos Estados Unidos e também no Brasil. O destaque ficou para os dados do PIB,enquanto por aqui números finais da inflação chamaram a atenção. Além disso, o Fomc decidiupela manutenção da taxa de juros americana com já era esperado pelo os analistas.Um fator que contribuiu para as perdas acumuladas pelas bolsas na semana foi a tensão no Egito,originadas pelas restrições aos direitos e restrição à liberdade no país. Uma onda de protestosviolentos já causou uma série de mortes.Essa semana tem agendas carregadas principalmente internacionais, com os índices de atividadeem janeiro nos EUA, Europa e China, que libera os seus números, antes do inicio dos feriados doAno Novo Lunar o que pode ser aproveitado por Pequim para aumentar o juro. Isso já bastariapara os investidores manter-se na defensiva, alem disso a tensão no Egito continua. 1/3
  2. 2. Relatório Semanal 31 Janeiro 2011Destaque de alta na semanaRedecard ON – 2,2% - Após varias semanas consecutivas de queda, este titulo figura pelasegunda semana consecutiva entre as maiores altas da semana, fato que sugere um naturalmovimento de ajuste, visto que sofreram queda 21,63% no ano de 2010, maior do que a quedaregistrada pelo concorrente Cielo, que foi de 5,55%. Acrescentamos que a Redecard é boapagadora de dividendos, tendo distribuído em 2009 100% do lucro liquido ajustado. Pelo ladofundamentalista destacamos que a companhia está adotando como estratégia a captura de nichosalternativos dentro do mercado de cartões e o credenciamento de outras bandeiras além daquelascom as quais já trabalha. Desta forma, poderão ocorrer ganhos de escala no médio prazo que, seconfirmados amenizarão a tendência de pressão nas taxas de administração cobrados dos lojistase sobre as receitas de aluguel de equipamentos e de antecipação de recebíveis. Até dez/10,acompanhia estabeleceu relevantes parcerias, quais sejam: Visa, Banco Triângulo, Sorocred,Hipercard, Bancoob, Sicredi, Caixa Economica Federal, Multiplus e China UnionPay, entre outras.Destaque de queda na semanaB2W Varejo ON – (11,4%) / Lojas Renner ON – (9,8%) / Lojas Americanas PN (8,9%) - Adesvalorização destes títulos reflete as perspectivas de arrefecimento no ritmo de crescimento docomércio varejista por conta do repique de alta das taxas de juros e redução nos prazos nasvendas parceladas de bens duráveis, onde se incluem aparelhos eletrônicos, eletrodomésticos,computadores, celulares e móveis entre outros.Marfrig ON (13,3%) – Ainda que as perspectivas para o desempenho comercial da Marfrig sejampositivas por conta da sinalização do aumento da demanda internacional por proteínas animais eos elevados preços médios destes, por outro lado, o ainda pesado perfil financeiro gera incertezasno curto prazo quanto à lucratividade líquida da companhia.PDG Realt ON (8,7%) – Todo setor de construção se desvalorizou na semana. O aumento doIPCA-15 acima das estimativas do mercado adicionou temor aos investidores de um apertomonetário acima do inicialmente previsto. A elevação dos juros encarece a divida das empresas e 2/3
  3. 3. Relatório Semanal 31 Janeiro 2011tende a reduzir a demanda por imóveis. Além disso, o aumento da inflação reduz a renda dapopulação, o que também diminui a demanda por imóveis.Disclaimer iAtendimento Souza BarrosSão Paulo (11) 32492-6900 - 0800 77 123 00www.souzabarros.com.br – www.investtrader.com.brClodoir Vieira - CNPILarissa Gatti Nappoi Declaração do analista de valores mobiliários de investimento, nos termos do art. 17 da ICVM 483 -As informações financeiras utilizadas neste relatório foram obtidas diretamente das empresas. Todas asinformações foram obtidas de fontes públicas que acreditamos confiáveis e de boa fé, mas não foramindependentemente conferidas e nenhuma garantia expressa ou implícita, é feita sobre sua exatidão, ou se ainformação é completa. Este documento foi preparado pelo analista da Souza Barros e está sendo fornecidoexclusivamente com o objetivo de informar. As informações, opiniões, estimativas e projeções referem-se à datapresente e estão sujeitas a mudanças como resultado de alterações nas condições de mercado, sem aviso prévio.O analista de investimento ou de valores mobiliários, envolvido na elaboração deste relatório “Clodoir GabrielVieira” ou simplesmente “Clodoir Vieira”, declara que as recomendações contidas neste refletem exclusivamentesuas opiniões pessoais sobre a companhia e seus valores mobiliários e foram elaboradas de forma independente eautônoma, inclusive em relação à Corretora Souza Barros Câmbio e Títulos S.A. e demais empresas do Grupo.O analista de investimentos, envolvido na elaboração deste relatório, tem vínculo como cotista do “Clube deinvestimento SB”, porém não participa da administração. A empresa analisada pode fazer ou não parte da carteira.As operações realizadas podem ou não seguir a tendência da recomendação. 3/3

×