Semanal 08 11 10

235 visualizações

Publicada em

Publicada em: Negócios
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
235
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
4
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Semanal 08 11 10

  1. 1. Relatório Semanal 08 Novembro 2010 1/4 Cenário Os mercados acionários de todo o mundo encerraram a primeira semana de novembro com otimismo, em um período que se destacou pelo pacote bilionário do Federal Reserve para estimular a economia dos Estados Unidos. Também chamou a atenção dos investidores a derrota dos Democratas, partido do presidente Barack Obama, nas eleições legislativas. Os Republicanos conquistaram a maioria da Câmara, com Obama mantendo o comando do Senado. Destaque de alta na semana Sabesp ON – 7,7% - A alta que vem se observando nas ações da empresa nas últimas duas semanas se deve à vitória do candidato da situação em São Paulo, sinalizando a continuidade de uma boa governança, bem como à queda do dólar frente ao real. A companhia, como todos sabem, tem um elevado endividamento indexado na moeda norte-americana. Bradespar PN – 7,5% - Atribuímos a valorização das ações da Bradespar à divulgação do resultado referente ao terceiro trimestre da Vale, sua maior investida. A mineradora registrou forte
  2. 2. Relatório Semanal 08 Novembro 2010 2/4 crescimento do volume vendido no terceiro trimestre do ano e tudo indica que as perspectivas são bastante promissoras. Petrobras PN – 5,0% - Os mercados globais iniciaram novembro com mais otimismo, embalados por novos indicadores que atestam demanda aquecida na China. Isto levou a cotação do petróleo a sair do patamar de US$83/barril tipo Brent, registrado na última sexta-feira (29/10/2010), para um fechamento de US$88/barril, na última quinta-feira(04/11/2010). A ação da petrolífera reagiu positivamente, acompanhando a evolução da commodity. Destaque de queda na semana Lojas Renner ON – (6,3%) – A queda vista nesta semana deve-se, principalmente, ao ajuste frente ao resultado do terceiro trimestre. Apesar do bom desempenho, com alta de 86% do lucro líquido frente ao mesmo período de 2009, na semana o papel desvalorizou 6,3%, mesmo assim, os papéis acumulam valorização de 63,4% desde o início do ano. Marfrig ON – (5,8%) – Com a queda de 2,49% nesta sexta-feira (05/11/2010), as ações Marfrig encerraram a semana com recuo de 5,85%, ante a expectativa negativa do mercado quanto ao resultado da empresa. Não é de agora que a situação dos frigoríficos brasileiros merece atenção. Com o boi gordo em alta e a valorização expressiva da moeda brasileira frente ao dólar, já é de se esperar o pior para os resultados das empresas do setor. RESULTADOS 3º TRIMESTRE – SEMANA 01 a 05 NOVEMBRO/2010 Duratex – Revelou lucro líquido de R$ 118,280 milhões, acima dos R$ 613 mil vistos no mesmo período de 2009. Em termos recorrentes, os ganhos somaram R$ 114,318 milhões, avanço de 67,9% na base de comparação anual. Tanto no Ebitda (geração operacional de caixa) recorrente quanto na receita líquida, o crescimento se manteve. O primeiro montante totalizou R$ 239,426 milhões, alta de 54,9% na base anual. Já a segunda cifra mostrou expansão de 21,4%, ao somar R$ 703,312 milhões. (05/11/2010)
  3. 3. Relatório Semanal 08 Novembro 2010 3/4 Gerdau – Destaque do terceiro trimestre foi o crescimento de 20%, na comparação anual, da receita líquida da empresa. A cifra alcançou R$ 8,190 bilhões, frente aos R$ 6,808 bilhões reportados no mesmo período do ano passado. O resultado positivo da receita líquida na comparação anual é explicado, segundo a própria Gerdau, pelos volumes vendidos, que foram maiores – com destaque para a operação Aços Especiais -, e em menor grau, pela melhora da receita líquida por tonelada vendida. O Ebitda da Gerdau nesse último trimestre foi de R$ 1,265 bilhão, enquanto no mesmo período do ano passado, fora de R$ 1,375 bilhão, configurando assim uma retração de 8%. (05/11/2010) Lojas Americanas – Teve um lucro líquido de R$ 45,1 milhões, avanço de 470,9% na comparação com o mesmo período de 2009, quando lucrou R$ 7,9 milhões. Em linha, tanto o Ebitda (geração operacional de caixa) quanto a receita líquida foram crescentes. O primeiro montante somou R$ 288,3 milhões, alta de 30,1% frente ao obtido entre julho e setembro do ano passado. Já a segunda cifra revelou variação positiva de 12,6%, ao totalizar R$ 2,258 bilhões. (04/11/2010) Ambev – A AmBev relatou um lucro líquido de R$ 1,815 bilhão, avanço de 47,5% em relação aos ganhos vistos no mesmo período do ano passado. Quanto à receita líquida e ao Ebitda (geração operacional de caixa), os desempenhos também foram positivos. O primeiro montante somou R$ 5,978 bilhões, avanço de 10,5% frente ao obtido entre julho e setembro do ano passado. Já o Ebitda revelou variação positiva de 11,8%, ao totalizar R$ 2,652 bilhões. (03/11/2010) Cielo – A Cielo viu seu lucro líquido saltar 23% em relação ao terceiro trimestre de 2009, para R$ 488,1 milhões. Entre julho e setembro deste ano, a companhia registrou volume financeiro de transações de R$ 67,3 bilhões, marcando um aumento de 24,1% em relação ao terceiro trimestre do ano passado. Refletindo este avanço, a receita operacional líquida do período veio em R$ 1,13 bilhão, um avanço de 23% na mesma base de comparação. O Ebitda ajustado do período somou R$ 760,6 milhões, representando uma evolução de 20,9% na passagem anual. (03/11/2010) Itaú – O Itaú apresentou lucro líquido de R$ 3,03 bilhões entre julho e setembro deste ano, fato que representa um avanço de 33,77% em comparação com os mesmos meses do ano anterior. A companhia atingiu um patrimônio líquido de R$ 57,22 bilhões, 17,11% superior ao de igual período de 2009, ao passo que a carteira de crédito total saltou 5,7% no período ao registrar R$ 313,1
  4. 4. Relatório Semanal 08 Novembro 2010 4/4 milhões. Já o retorno sobre o patrimônio líquido médio anualizado foi de 21,6%, 2,7 pontos percentuais maior que o registrado no mesmo período de 2009. O resultado bruto da intermediação financeira teve alta de 5,5% sobre o trimestre anterior, com R$ 8,26 bilhões, contra R$ 7,83 bilhões, ao passo em que os ativos totais do banco atingiram R$ 686,2 bilhões. Com sentidos opostos, também se destacam os Índices de Eficiência e o Índice de Basileia, no qual o primeiro registrou avanço sobre o trimestre anterior e sobre o mesmo período do ano passado, com 49,2%, e o segundo decaiu sobre os mesmos períodos, ao apontar para 15,3% neste último trimestre. (03/11/2010) Disclaimer i Atendimento Souza Barros São Paulo (11) 32492-6900 - 0800 77 123 00 www.souzabarros.com.br – www.investtrader.com.br Analista CNPI: Clodoir Vieira Trainee: Larissa Gatti Nappo i Declaração do analista de valores mobiliários de investimento, nos termos do art. 17 da ICVM 483 - As informações financeiras utilizadas neste relatório foram obtidas diretamente das empresas. Todas as informações foram obtidas de fontes públicas que acreditamos confiáveis e de boa fé, mas não foram independentemente conferidas e nenhuma garantia, expressa ou implícita, é feita sobre sua exatidão, ou se a informação é completa. Este documento foi preparado pelo analista da Souza Barros e está sendo fornecido exclusivamente com o objetivo de informar. As informações, opiniões, estimativas e projeções referem-se à data presente e estão sujeitas a mudanças como resultado de alterações nas condições de mercado, sem aviso prévio. O analista de investimento ou de valores mobiliários, envolvido na elaboração deste relatório “Clodoir Gabriel Vieira” ou simplesmente “Clodoir Vieira”, declara que as recomendações contidas neste refletem exclusivamente suas opiniões pessoais sobre a companhia e seus valores mobiliários e foram elaboradas de forma independente e autônoma, inclusive em relação à Corretora Souza Barros Câmbio e Títulos S.A. e demais empresas do Grupo. O analista de investimentos, envolvido na elaboração deste relatório, tem vínculo como cotista do “Clube de investimento SB”, porém não participa da administração. A empresa analisada pode fazer ou não parte da carteira. As operações realizadas podem ou não seguir a tendência da recomendação.

×