Cemig                                          JUN 2012                                                   FichaNome de Pre...
Cemig                                          JUN 2012São 114 sociedades, 14 consórcios e 1 fundo de investimento em part...
Cemig                                               JUN 2012                                             Composição Acioná...
Cemig                                          JUN 2012dividendos nele prevista e devidamente aprovado, será aplicado na c...
Cemig                                          JUN 2012Relatório de RecomendaçãoEm relação a última divulgação de resultad...
Cemig                                        JUN 2012Oscilação (%):                                   CMIG4              I...
Cemig                                                  JUN 2012Equity Research(i)Clodoir Vieira – CNPI                    ...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Cemig 1 t12

267 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
267
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
2
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Cemig 1 t12

  1. 1. Cemig JUN 2012 FichaNome de Pregão: CEMIGCódigos de Negociação: CMIG3 e CMIG4Data de Reg. na CVM: 30/06/1971Início Neg.: 30/06/1971Segmento: Novo MercadoDiretor-Presidente Djalma Bastos de MoraisDiretor Vice-Presidente Arlindo Porto NetoDiretor de Finanças e RI Luiz Fernando RollaSetor: Energia ElétricaDescrição da Atividade: Concessionária de serviço público de energia elétrica.Total de Ações Emitidas: 853.018.228Capital Social: R$ 4.265.091.140,00 HistóricoConstituído em Minas Gerais em 22 de maio de 1952 como sociedade por ações de economiamista com prazo indeterminado de duração, de acordo com a Lei Estadual de Minas Gerais nº828, de 14 de dezembro de 1951, e o regulamento que a implementou, o Decreto Estadual deMinas Gerais nº 3.710, de 20 de fevereiro de 1952. Com denominação social de CompanhiaEnergética de Minas Gerais – CEMIG, também conhecidos como CEMIG. Com a finalidade deatender disposições legais e regulatórias pelas quais foram obrigados a proceder àdesverticalização dos negócios, em 2004 foi constituído duas subsidiárias integrais, a CemigGeração e Transmissão S.A., designada como Cemig Geração e Transmissão, e CemigDistribuição S.A., designada como Cemig Distribuição. A Cemig Geração e Transmissão e aCemig Distribuição foram criadas para realizar as atividades de geração e transmissão, edistribuição de energia elétrica, respectivamente.As sociedades a seguir descritas são as principais subsidiárias e controladas, que foramconsolidadas nas demonstrações financeiras relativas ao exercício encerrado em 31 dedezembro de 2011, todas elas constituídas no Brasil: Rua Líbero Badaró, 293 – 23º andar – Centro – São Paulo/SP – CEP 01009-907 www.souzabarros.com.br – tel.: (11) 3292-6900
  2. 2. Cemig JUN 2012São 114 sociedades, 14 consórcios e 1 fundo de investimento em participação. Rua Líbero Badaró, 293 – 23º andar – Centro – São Paulo/SP – CEP 01009-907 www.souzabarros.com.br – tel.: (11) 3292-6900
  3. 3. Cemig JUN 2012 Composição Acionária Quantidade de Ações Acionistas Ordinárias % Preferenciais % Total %Setor Público 190.071.128 50,98 8.847.666 1,84 198.918.794 23,32 Área Federal 688 0 698 0 1.386 0 Caixa Econômica Federal 688 0 688 0 1.376 0 DNIT - - 10 0 10 0 Área Estadual 190.041.861 50,97 8.821.839 1,84 198.863.700 23,31 Estado de Minas Gerais 189.991.615 50,96 - - 189.991.615 22,27 MGI Minas Gerais Participações - - 8.549.862 1,78 8.549.862 1 MGS Minas Gerais Adm e serviços SA - - 271.977 0,06 271.977 0,03 RURALMINAS 32.615 0,01 - - 32.615 0 Cia Desenvol Econ MG – CODEMIG 1.055 0 - - 1.055 0 COPASA – Cia. Saneamento MG 16.576 0 - - 16.576 0 Municípios 28.579 0,01 25.129 0,01 53.708 0,01Setor Privado 182.763.626 49,02 470.745.211 98,03 653.508.837 76,61 Interno 165.890.325 44,49 90.638.768 18,88 256.529.093 30,07 AGC Energia S/A 122.901.990 32,96 - - 122.901.990 14,41 Demais Acionistas 42.988.335 11,53 90.638.768 18,88 133.627.103 15,67 Externo 16.873.301 4,53 380.106.443 79,16 396.979.744 46,54 ADRs 1.038.767 0,28 225.070.725 46,87 226.109.492 26,51 Demais Acionistas (Incluindo LATIBEX) 15.834.534 4,25 155.035.718 32,29 170.870.252 20,03Ações em Tesouraria - - 363.650 0,08 363.650 0,04Ações a identificar (ao portador) - - 222.731 0,05 222.731 0,03Conselho de Administração 2.322 0 1.189 0 3.511 0Conselho Fiscal - - - - - -Diretoria Executiva 9 0 696 0 705 0Total do Capital 372.837.085 100 480.181.143 100 853.018.228 100Ações de Livre Negociação(FREE FLOAT ) 182.792.893 49,03 470.993.769 98,09 653.786.662 76,64 Fonte: Cemig – Abril/2012 DividendosConforme previsto em nosso Estatuto Social, os dividendos de um determinado exercício socialsomente serão distribuídos depois de efetuada a dedução, antes de qualquer participação, dosprejuízos acumulados e da provisão para o imposto sobre a renda.O lucro líquido apurado em cada exercício social será destinado: (i) 5% para a reserva legal, atéo limite máximo previsto em lei; (ii) 50% distribuído como dividendo obrigatório aos acionistasda Companhia, observadas as demais disposições de nosso Estatuto Social e a legislaçãoaplicável; e (iii) o saldo, após a retenção prevista em orçamento de capital e/ou investimentoelaborado pela administração da Cemig, com observância do Plano Diretor e da política de Rua Líbero Badaró, 293 – 23º andar – Centro – São Paulo/SP – CEP 01009-907 www.souzabarros.com.br – tel.: (11) 3292-6900
  4. 4. Cemig JUN 2012dividendos nele prevista e devidamente aprovado, será aplicado na constituição de reserva delucros destinada à distribuição de dividendos extraordinários, observado o disposto abaixo, até olimite máximo previsto na lei.Pontos FortesEleição do governador Antonio Anastásia afastou, por pelo menos até 2014, a possibilidade dealterações na gestão e governança da Cemig.Forte geração de caixa.A perspectiva de expansão, via crescimento orgânico ou aquisições, deve gerar ganhos deescala e sinergias.Pontos FracosO controle estatal e risco de interferência política é um "fantasma" sobre a empresa, que detempos em tempos aparece para assustar os investidores.O agressivo plano de crescimento pode resultar em um pagamento excessivo nas futurasaquisições, destruindo valor aos acionistas. Embora essa seja uma ameaça real, nãoconsideramos esse cenário como provável.A partir de 2015 vence a concessão de algumas usinas, com energia assegurada equivalente a16% da geração total da Cemig. A decisão do governo sobre as concessões vincendas deveocorrer neste semestre e o mais provável é a renovação onerosa, o que implicará em reduçãode tarifas.Fundamentos do SetorEmpresas do Setor: Cesp, Celesc, Cemig, Coelce, Cpfl Energia, Copel, Eletrobras, Eletropaulo,Energias Br, Equatorial, Aes Tiete, Light S/A, Mpx Energia, Tractebel, Tran Paulist.Em tempos de crise, momento em que vivemos, a psicologia dos investidores tem secaracterizado por uma forte aversão ao risco e, por essa razão, a procura por ações de caráterdefensivo tem aumentado, entre elas, às do setor elétrico. O setor elétrico tem um carátermarcadamente defensivo devido a algumas de suas características, como por exemplo:1- trata-se de bem de natureza essencial, sendo, portanto, menos sensível que outros aretrações do nível de atividade econômica;2- boa parte da demanda do setor não sofre com oscilações de caráter conjuntural, sendodecorrente de contratos de longo prazo;3- o setor é também muito protegido contra inflação, tendo preços indexados aos índicesinflacionários em todos os três segmentos: geração, transmissão e distribuição. Rua Líbero Badaró, 293 – 23º andar – Centro – São Paulo/SP – CEP 01009-907 www.souzabarros.com.br – tel.: (11) 3292-6900
  5. 5. Cemig JUN 2012Relatório de RecomendaçãoEm relação a última divulgação de resultados da Cemig, a companhia registrou no primeirotrimestre de 2012 lucro líquido consolidado de R$ 631,388 milhões, o que representa uma altade 20% sobre o mesmo período de 2011. O Lajida, Lucro Antes de Juros, Impostos,Depreciação e Amortizações, também conhecido como Ebitda, foi de R$ 1,44 bilhão, umcrescimento de 11,44% sobre R$ 1,292 bilhão no primeiro trimestre de 2011. A CompanhiaEnergética de Minas Gerais registrou receita consolidada de R$ 4,148 bilhões, 15% maior que ade R$ 3,605 bilhões no período de janeiro a março de 2011. A receita com fornecimento brutode energia elétrica alcançou R$ 4,586 bilhões, 16% maior que em igual intervalo do anoanterior. O resultado financeiro líquido representa uma despesa de R$ 262,080 milhões, 7,3%menor que a de R$ 282,819 milhões do primeiro trimestre de 2011.No mês de maio a Cemig organizou um evento com profissionais de mercado e divulgou suasprojeções oficiais de geração operacional de caixa para os anos de 2012 e 2016, a expectativa éque o Lajida some entre R$ 5,4 bilhões e R$ 6,2 bilhões. No ano de 2011 a companhia atingiuum Lajida de R$ 5,3 bilhões.No encontro a diretoria afirmou que o objetivo é buscar maior eficiência, preservar asustentabilidade das operações e manter o foco nos resultados empresariais, além de atualizar oposicionamento estratégico do grupo. A empresa já está implementando 21 iniciativas quevisam promover aumento da produtividade, melhoria operacional, redução de custos e expansãodas receitas; e ainda promover a execução sinergias entre as empresas do grupo e reorganizaro portfólio das participações.A expectativa é que os ganhos com a implantação destas medidas alcancem R$ 600 milhões,dos quais 50% devem ser observados ao longo dos próximos três anos. A companhia estimaainda a elevação do preço de geração, influenciada pelos efeitos da renovação de contratos jáexistentes por novos com preços anteriores. De acordo com as estimativas da companhia, opreço médio deve ficar na faixa de R$ 113 por MWh em 2012 e passar para a faixa entre R$113,00 e R$ 116,00 nos anos de 2013 e 2014 e ficar entre R$ 121 e R$ 125 entre 2015 e 2016.O grupo informou que espera uma receita de transmissão de R$ 647 milhões em 2012, subindoa R$ 653 milhões em 2013, ano em que ativos de transmissão passarão por revisão tarifária.Para 2014, a estimativa é de uma receita de R$ 641 milhões, recuando para R$ 635 milhões em2015, montante mantido para 2016. Os dados passados para o mercado deverão impactarpositivamente no preço da ação no médio prazo.Nossa recomendação é de compra, com um preço justo de R$ 38,00*. O consenso do mercadoconsultado na Reuters também é de compra com um preço justo de R$ 35,35. Rua Líbero Badaró, 293 – 23º andar – Centro – São Paulo/SP – CEP 01009-907 www.souzabarros.com.br – tel.: (11) 3292-6900
  6. 6. Cemig JUN 2012Oscilação (%): CMIG4 IBOVNo mês 1,56% -0,61%No ano 39,72% -4,58%Em 12 meses 57,76% -14,13%Valor de Mercado R$ 28,38 BilhõesPatrimônio Líquido R$ 12,37 BilhõesÚltimo Preço (06/06/12) R$ 35,73Preço Justo R$ 38,00Recomendação CompraP/L 12,10 R$ milhões 1T11 1T12 ∆%Receita Líquida 3.605 4.148 15,00%Margem Bruta % 37 39 2,06 p.p.Ebitda 1.292 1.440 11,44%Lucro Líquido 526 631 20,00%Gráfico dos últimos três meses da ação. Fonte: Economática.Fonte: Economática, RI Cemig, Lopes Filho, Infomoney.*Preço Justo da Consultoria Lopes Filho & Associados Rua Líbero Badaró, 293 – 23º andar – Centro – São Paulo/SP – CEP 01009-907 www.souzabarros.com.br – tel.: (11) 3292-6900
  7. 7. Cemig JUN 2012Equity Research(i)Clodoir Vieira – CNPI (55 11) 32926664 clodoir@souzabarros.com.brEduardo Matsura – CNPI-T (55 11) 32926670 ematsura@souzabarros.com.brLarissa Gatti Nappo (55 11) 32926943 larissa@souzabarros.com.br iDisclaimer - ( ) Declaração do analista de valores mobiliários de investimento, nos termos do art. 17 da ICVM 483 - Asinformações financeiras utilizadas neste relatório foram obtidas diretamente das empresas. Todas as informações foramobtidas de fontes públicas que acreditamos confiáveis e de boa fé, mas não foram independentemente conferidas e nenhumagarantia, expressa ou implícita, é feita sobre sua exatidão, ou se a informação é completa. Este documento foi preparado peloanalista da Souza Barros e está sendo fornecido exclusivamente com o objetivo de informar. As informações, opiniões,estimativas e projeções referem-se à data presente e estão sujeitas a mudanças como resultado de alterações nas condições demercado, sem aviso prévio. O analista de investimento ou de valores mobiliários, envolvido na elaboração deste relatório“Clodoir Gabriel Vieira” ou simplesmente “Clodoir Vieira”, declara que as recomendações contidas neste refletemexclusivamente suas opiniões pessoais sobre a companhia e seus valores mobiliários e foram elaboradas de formaindependente e autônoma, inclusive em relação à Corretora Souza Barros Câmbio e Títulos S.A. e demais empresas do Grupo.O analista de investimentos, envolvido na elaboração deste relatório, tem vínculo como cotista do “Clube de investimento SB”,porém não participa da administração. A empresa analisada pode fazer ou não parte da carteira. As operações realizadaspodem ou não seguir a tendência da recomendação. Rua Líbero Badaró, 293 – 23º andar – Centro – São Paulo/SP – CEP 01009-907 www.souzabarros.com.br – tel.: (11) 3292-6900

×