Ambv4 2 t11

231 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação, Negócios, Tecnologia
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
231
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
3
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Ambv4 2 t11

  1. 1. Ambev 16 AGO 2011 A Companhia de Bebidas das Américas -Oscilação (%): AMBV4 IBOV AmBev integra a maior plataforma de produçãoNo mês 10,07% (7,09%) e comercialização de cervejas do mundo.No ano 2,02% (21,14%) Individualmente, é a quarta maior cervejaria do mundo e líderes do mercado latino-americano,Em 12 meses 46,07% (17,53%) produzindo e comercializando cervejas, refrigerantes e bebidas não carbonatadas. AValor de Mercado R$ 140,8 Bilhões empresa é está presente em 14 países dasPatrimônio Líquido R$ 24,8 Bilhões Américas e tem aproximadamente 70% doÚltimo Preço (15/08/11) R$50,40 mercado brasileiro. A receita liquida da AmBev apresentou umPreço Alvo R$57,90 crescimento de 6,2%. Passando de R$ 5.7Recomendação Manter bilhões no segundo trimestre de 2010 para R$P/L 18,8 5.8 bilhões no segundo trimestre de 2011, esse crescimento conforme a companhia é devido principalmente aos aumentos de preço nasR$ milhões 2T10 2T11 ∆% regiões, que geraram um aumento na receitaReceita líquida por hectolitro (100 litros) de 7,1% no 5.678 5.811 6,2%Líquida período.Margem O CPV - Custo de Produto Vendido 65,89 65,27 (0,62p.p.)Bruta % consolidado teve um aumento de 9,3% noEbitda 2.408 2.578 9,4% trimestre, no Brasil também houve um aumentoLucro de 6,0% da passagem do segundo trimestre de 1.510 1.832 21,34% 2010 para 2011, segundo a companhia oLíquido aumento do CPV foi principalmente decorrente dos maiores custos com matérias-primas e embalagens assim como da menor diluição dos custos fixos. O crescimento de 1,6% das despesas com vendas, gerais e administrativas, excluindo depreciação e amortização, foi conseqüência segundo a companhia principalmente da inflação e dos maiores custos logísticos, parcialmente compensados pela menor provisão Gráfico dos últimos três meses da ação. Fonte: Economática. Rua Líbero Badaró, 293 – 23º andar – Centro – São Paulo/SP – CEP 01009-907 www.souzabarros.com.br – tel.: (11) 3292-6900
  2. 2. Ambev 16 AGO 2011para remuneração variável e por iniciativas de 1.5 bilhão no mesmo período do ano anterior,redução de despesas. representando um aumento de 21,3%.O resultado financeiro líquido no segundo O Lajida (Lucro Antes dos Juros, Impostos,trimestre de 2011 melhorou em R$ 80,1 Depreciação e Amortização) da AmBev foi demilhões, porém continua negativo em R$ 25,4 R$ 2.6 bilhões no trimestre com ummilhões. A AmBev apresentou alguns motivos crescimento de 9,4% enquanto a margempara esta melhora: menores despesas líquidas expandiu 200 pontos-base no período paracom juros, e ganhos com instrumentos 44,4%. Com relação à geração de caixaderivativos relacionados à política de hedge operacional atingiu R$ 2.6 bilhões no trimestre,da Companhia. apresentando um aumento de 1,4% em relaçãoNo segundo trimestre de 2011 a AmBev ao mesmo período de 2010.apresentou um lucro liquido de R$ 1.8bilhões, comparado a um lucro líquido de R$ Ambev ROA% ROE% P/L Nome 2T11 2T10 2T09 2T11 2T10 2T09 Ambev 4,38 3,68 3,43 7,59 6,67 6,30 17,20Em relação à taxa de retorno sobre o ativo empresa também é uma excelente pagadora detotal (ROA - Return On Assets) que mensura dividendos.a eficiência global da empresa em gerar lucroscom seus ativos disponíveis, referente ao Fonte: Economática e RI Drogasil.primeiro trimestre de 2011 da AmBev foi de Clodoir Vieira - CNPI(i) - Economista da4,38%, valor 0,70 ponto percentual menor que Corretora Souza Barros e professor na pós-o mesmo período do ano de 2010. Quanto graduação na IPOG-Goiania e Senac-SP.maior for o rendimento da empresa sobre ototal dos ativos, melhor. i Disclaimer - ( ) Declaração do analista de valoresE em relação à taxa de Retorno sobre o mobiliários de investimento, nos termos do art. 17 da ICVMpatrimônio líquido (ROE - Return On Equity) 483 - As informações financeiras utilizadas neste relatório foramque mensura o retorno sobre o investimento obtidas diretamente das empresas. Todas as informações foramdos proprietários na empresa, referente ao obtidas de fontes públicas que acreditamos confiáveis e de boa fé, mas não foram independentemente conferidas e nenhuma garantia,primeiro trimestre de 2011 da AmBev foi de expressa ou implícita, é feita sobre sua exatidão, ou se a informação7,59%, valor maior se comparado com os é completa.6,67% do mesmo período do ano de 2010 e Este documento foi preparado pelo analista da Souza Barros e estácom o valor de 6,30% do ano de 2009. Quanto sendo fornecido exclusivamente com o objetivo de informar. As informações, opiniões, estimativas e projeções referem-se à datamaior o retorno, melhor para os proprietários. presente e estão sujeitas a mudanças como resultado de alteraçõesMantivemos a nossa recomendação de manter nas condições de mercado, sem aviso prévio.em carteira de longo prazo com preço alvo de O analista de investimento ou de valores mobiliários, envolvido naPreço Alvo: R$ 57,90. Lembrando que a elaboração deste relatório “Clodoir Gabriel Vieira” ou Rua Líbero Badaró, 293 – 23º andar – Centro – São Paulo/SP – CEP 01009-907 www.souzabarros.com.br – tel.: (11) 3292-6900
  3. 3. Ambev 16 AGO 2011simplesmente “Clodoir Vieira”, declara que as recomendaçõescontidas neste refletem exclusivamente suas opiniões pessoaissobre a companhia e seus valores mobiliários e foram elaboradasde forma independente e autônoma, inclusive em relação àCorretora Souza Barros Câmbio e Títulos S.A. e demais empresasdo Grupo.O analista de investimentos, envolvido na elaboração desterelatório, tem vínculo como cotista do “Clube de investimentoSB”, porém não participa da administração. A empresa analisadapode fazer ou não parte da carteira. As operações realizadaspodem ou não seguir a tendência da recomendação. Rua Líbero Badaró, 293 – 23º andar – Centro – São Paulo/SP – CEP 01009-907 www.souzabarros.com.br – tel.: (11) 3292-6900

×