Português - Sintaxe (1ª Unidade)

2.440 visualizações

Publicada em

0 comentários
2 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
2.440
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
207
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
213
Comentários
0
Gostaram
2
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Português - Sintaxe (1ª Unidade)

  1. 1. Sintaxe do período simplesPROF.: MARIA DO CARMO
  2. 2. Sintaxe do período simplesSlides Termos essenciais Termos integrantes Termos acessórios e vocativo
  3. 3. Frase, oração e período Frase Oração PeríodoMoça! O homem pediu socorro. Cantei, dancei e depois dormi.• estrutura gramatical de • frase, ou membro da • frase constituída de umasentido completo; frase, que possui um ou mais orações;• pode expressar uma ideia, predicado; • forma um todo, comuma emoção, uma ordem, sentido completo; • contém uma formaum apelo; verbal ou uma locução • pode ser simples (uma• quando efetivamente verbal. oração) ou compostopronunciada, é um enunciado. (duas ou mais orações).• As palavras devem obedecer a certa disposição, a uma certa ordem para que a fraseseja inteligível e, assim, realizar-se o ato de comunicação.
  4. 4. Frase, oração e período• Moça! – frase formada por uma única palavra.• Bom dia, minha senhora. – frase formada por várias palavras, sem a presença de verbo.• O dia está muito quente! – frase formada por várias palavras, com a presença de verbo.• No fundo da selva virgem podemos encontrar populações ágrafas, isto é, que nãodesenvolveram a escrita, não conhecem a escrita. – frase formada por várias palavras,com a presença de vários verbos.• Já não há mãos dadas no mundo(Carlos Drummond de Andrade). – é uma frase, poispossui sentido completo.• Não mãos mundo no já há dadas. – não é uma frase, pois é agramatical, não temsignificado.
  5. 5. Frase, oração e período• Socorro! é uma frase, pois possui sentido completo, mas não é uma oração pois nãocontém uma forma verbal ou uma locução verbal.• O homem pediu socorro. – é uma frase constituída de uma oração, pois apresenta umaforma verbal.• Era impossível ouvir seu grito de socorro. – é uma frase constituída por duas orações,pois apresenta duas formas verbais.• Chove é uma frase constituída de uma oração, portanto é um período simples.• A existência é frágil. – é uma frase também constituída de uma oração, portanto é umperíodo simples.• Quando você foi embora, fez-se noite em meu viver. – é uma frase constituída porduas orações, portanto é um período composto.• Cantei, dancei e depois dormi. - é uma frase constituída por três orações, portantotambém é um período composto.
  6. 6. Termos da oraçãosintaxe – é a parte da gramática que estuda asrelações entre as palavras que formam a frase,entre as orações que formam um período e entreas frases que formam um discurso. Sujeito Predicado essenciais Complementos verbais(objeto • Termos direto e objeto indireto) da oração integrantes Complemento nominal Agente da passiva acessórios Adjunto adnominal vocativo Adjunto adverbial Aposto
  7. 7. Termos essenciais Sujeito Predicado• é o tema do que se vai • é a informação sobre ocomunicar, o ser de quem se sujeito;declara algo;• estabelece uma relação de • está formado, essencialmente, porconcordância em número e pessoa uma forma verbal nuclear, que podecom o verbo.(núcleo do estar acompanhada de outras palavraspredicado) que se relacionam a essa forma verbal e/ou ao núcleo do sujeito. • nas orações absolutas o núcleo do • seu núcleo significativo sujeito é representado por um pode estar representado por substantivo ou palavra com valor de um verbo, por um nome ou substantivo.(palavra substantivada, por um verbo e um nome. pronome substantivo, numeral substantivo)
  8. 8. Termos essenciais simples compostosujeito oculto indeterminado oração sem sujeito verbalpredicado nominal verbo-nominal
  9. 9. Termos essenciais Tipos de sujeito• Sujeito simples: apresenta um único núcleo, diretamente relacionado ao verbo.-Ex.: O silêncio mais profundo invadiu a noite. Os murmúrios da correnteza parecem clamar por atenção.-Ex.: Acreditei nas suas palavras.* Temos um sujeito representado por um pronome que não está expresso na oração(eu), mas é identificável pela desinência verbal, trata-se de um exemplo de sujeitoelíptico ou desinencial ou oculto.• Sujeito composto: apresenta mais de um núcleo, diretamente relacionado aoverbo.-Ex.: Você e alguém mais sabiam de tudo. O silêncio da noite e os murmúrios da correnteza contrastavam.
  10. 10. Termos essenciais Tipos de sujeito• Sujeito indeterminado: ocorre quando não é possível identificar a quem serefere o predicado.-Ex.: Receberam comissões absurdas na negociação. verbo na 3ª pessoa do plural e sujeito não identificado anteriormente Precisa-se de secretária experiente. verbo na 3ª pessoa do singular, acompanhado da partícula “se” e não é transitivo direto
  11. 11. Termos essenciais Tipos de sujeito• Oração sem sujeito: formada apenas pelo predicado, que está organizado emtorno de um verbo impessoal.-Ex.: Nevou nos Alpes suíços verbo indica fenômeno da natureza. Está tarde. verbo estar indica fenômeno relativo ao tempo. também com os verbos ser, fazer e haver. Não havia gente na rua. verbo haver, no sentido de existir.
  12. 12. Termos essenciaisConcordância sujeito predicado Os dias de verão chegaram! Os dias de verão são iluminados. Os dias de verão amanhecem iluminados.
  13. 13. Termos essenciaisTipos de predicado• Predicado verbal: tem como núcleo significativo uma forma verbal.-Ex.: A chuva parou . núcleo: verbo intransitivo que não necessita de complemento Fecharam a loja. núcleo: verbo transitivo que necessita de complemento para que a oração tenha sentido completo: “a loja” (objeto direto). Enviou uma mensagem à namorada. núcleo: verbo transitivo que necessita de complementos “uma mensagem” (objeto direto) e “à namorada” (objeto indireto).
  14. 14. Termos essenciaisTipos de predicado• Predicado nominal: tem como núcleo significativo um nome que atribui umaqualidade a estado do núcleo do sujeito, daí ser chamado de predicativo dosujeito.-Ex.: Dona Fausta é meio rabugenta. núcleo: adjetivo (predicativo do sujeito) – verbo de ligação (não significativo). Eu virei uma pedra. núcleo: substantivo (predicativo do sujeito) – verbo de ligação (não significativo).
  15. 15. Termos essenciaisTipos de predicado• Predicado verbo-nominal: apresenta dois núcleos significativos - uma formaverbal e um nome.-Ex.: A turma gritava entusiasmada. núcleo: adjetivo (predicativo do sujeito) núcleo: verbo intransitivo – não necessita de complemento A cobrança antecipada deixou seu amigo indignado. núcleo: adjetivo (predicativo do objeto) núcleo: verbo transitivo – complemento “seu amigo” (objeto direto)
  16. 16. Termos integrantes objeto direto• complementos verbais objeto indireto• complemento nominal• agente da passiva
  17. 17. Termos integrantes Complemento verbal Complemento nominal Agente da passiva• completa o sentido • completa o sentido • designa o ser quedos verbos transitivos; de um nome; pratica a ação;• pode ligar-se ao verbo • apresenta-se sempre • apresenta-se semprepor meio de preposição antecedido de antecedido de(objetos indiretos) ou não preposição. preposição;(objetos diretos). • só aparece quando o verbo está na voz passiva analítica.
  18. 18. Termos integrantesComplementos verbais • Objeto direto: complementa um verbo transitivo direto, apresenta-se sem preposição e é o ser sobre quem recai a ação verbal (na voz ativa). Sempre representado por um substantivo ou palavras com valor de substantivo, como os pronomes oblíquos o, a, os, as. - Ex.: Vendeste o carro para comprar a gasolina. Eu a conheci no baile. • Objeto indireto: complementa um verbo transitivo indireto e liga-se a ele por meio de preposição. Sempre representado por um substantivo ou palavras com valor de substantivo, como os pronomes oblíquos lhe, lhes. - Ex.: Gosto de teatro. Pediram-lhe explicações.
  19. 19. Termos integrantesComplemento nominal • Complementa um substantivo, adjetivo ou advérbio e apresenta-se antecedido de preposição. -Ex.: Cancelamos nossa ida à Bahia. complemento nominal substantivo A água é necessária à vida. complemento nominal adjetivo Ele votou contrariamente aos interesses populares. complemento nominal advérbio
  20. 20. Termos integrantes Agente da passiva • Designa o ser que pratica a ação na voz passiva. Sempre antecedido de preposição. - Ex.: O político foi eleito pelo povo. sujeito o ser sobre o qual se declara algo sujeito agente da passivapaciente voz passiva ≠ agente da passiva O sertão será inundado pelo mar. o ser que pratica a ação agente da passiva sujeitopaciente voz passiva O homem é escravizado pelo dinheiro. agente da passiva sujeitopaciente voz passiva
  21. 21. Termos acessóriosAdjunto adnominal• Modifica o significado de um substantivo.- Ex.: A bela Juliana entregou dois bilhetes a meu pai. substantivo substantivo substantivo pronome – adjunto numeral – adjunto adnominal adnominalartigo – adjunto adnominal adjetivo – adjunto adnominal
  22. 22. Termos acessórios Adjunto adverbial• Indica uma circunstância do verbo.- Ex.: Moro em Marília.• Intensifica o sentido do verbo, do adjetivo ou do advérbio.- Ex.: O cachorro come muito. O cachorro é muito forte. O cachorro veio de muito longe.
  23. 23. Termos acessórios Aposto• Relaciona-se a um nome para esclarecê-lo ou explicá-lo. Geralmente aparece entrevírgulas ou é introduzido por dois pontos.- Ex.: Cubatão, a cidade mais poluída do Brasil, localiza-se na Baixada Santista. Maria comprou várias frutas: mamão, melancia, abacate e uva. • Aposto de especificação: ligado ao substantivo diretamente, sem pontuação indicando pausa. - Ex.: O poeta Camões exaltou a pátria.
  24. 24. O vocativo• Termo independente, serve para chamar, invocar ou interpelar um ouvinte real ouhipotético;• Relaciona-se, em geral, com a segunda pessoa do discurso;• Sempre aparece isolado por sinais de pontuação.- Ex.: E vós, Tágides minhas, pois criado Tendes em mim um novo engenho ardente Estavas, linda Inês, posta em sossego...
  25. 25. Termos acessórios• adjunto adnominal• adjunto adverbial• aposto
  26. 26. Termos acessórios Adjunto adnominal Adjunto adverbial Aposto• determina, • indica uma • esclarece ou explicaespecifica ou delimita circunstância do verbo um nome, ao qual seo significado de um ou intensifica o sentido relaciona;substantivo; de um adjetivo, de um verbo ou de outro advérbio;• equivale a um • equivale a um • normalmente apareceadjetivo; advérbio; isolado por sinais de pontuação, mais comumente entre• pode ser representado • pode ser agrupado de vírgulas ou introduzidopor adjetivo, locução acordo com a por dois pontos.adjetiva, numeral, circunstância quepronome adjetivo ou expressa (lugar, tempo,artigo. modo, negação, etc.).

×