Movimentos sociais

1.864 visualizações

Publicada em

Slide para ajudar a explanação sobre movimentos sociais. Possui a descrição do que são movimentos sociais, suas características e apresenta também um pouco sobre os movimentos ocorridos aqui no Brasil em 2013, tudo isso recheado de muitas imagens, o que ajuda na assimilação dos conteúdos pelos alunos.

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.864
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
7
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
75
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Movimentos sociais

  1. 1. Movimentos Sociais  Um movimento social existe quando um grupo de indivíduos está envolvido num esforço organizado, seja para mudar ou para manter certas características da sociedade, é a coletividade agindo de maneira concentrada visando realizar uma mudança ou barrar alguma.
  2. 2. Movimentos Sociais Os movimentos sociais não são predeterminados; dependem sempre das condições específicas em que se desenvolvem, ou seja, das forças sociais e políticas que os apoiam ou confrontam, dos recursos existentes para manter a açao e dos instrumentos utilizados para obter repercussão.
  3. 3. Movimentos Sociais Os movimentos sociais são sempre de confronto político. Na maioria das vezes faz relação com o Estado, seja de oposição, seja de parceria, de acordo com seus interesses e necessidades:  Contra ações do poder público;  Para pressionar o poder público;  Em parceria com o poder público;  Independente do poder público.
  4. 4. Fases dos Movimentos Sociais:  Agitação: Funciona em dois estágios, no primeiro, a população encontra-se resignada diante de uma situação de injustiças sociais, na segunda o povo se encontra descontente e inquieto, porém, sem direção.  Excitação: Neste momento torna-se relevante o papel dos líderes e agitadores, estes têm como função organizar os sentimentos da população ou grupo a favor do movimento.  Formalização: Nesse estágio, há a necessidade de organizar-se melhor, desenvolver ideologias e traçar planos próprios. A ideologia fornece ao grupo direção, justificação, instrumentos de ataque e defesa, inspiração e esperança.  Institucionalização: Caracteriza os movimentos que obtiveram sucesso em atrair numerosos seguidores. Nessa fase, as figuras carismáticas são substituídas por lideranças profissionais, estabelecendo um quadro burocrático eficiente, muitas vezes na busca da centralização, esses movimentos adquirem sede própria.
  5. 5. Os principais movimentos sociais no Brasil  Movimento dos Trabalhadores Sem Terra (MST)  Movimento dos Trabalhadores Sem Teto (MSTS)  Movimentos em defesa dos índios, negros e das mulheres.
  6. 6. Em meados de 1950, os movimentos nos espaços rural e urbano adquiriram visibilidade através da realização de manifestações em espaços públicos (rodovias, praças, etc.). Os movimentos populares urbanos foram impulsionados pelas Sociedades Amigos de Bairro - SABs - e pelas Comunidades Eclesiais de Base - CEBs.
  7. 7. Os anos 1960 e 1970, mesmo diante de forte repressão policial, os movimentos não se calaram. Havia reivindicações por educação, moradia e pelo voto direto. Em 1980 destacaram-se as manifestações sociais conhecidas como "Diretas Já".
  8. 8.  Em 1990, o MST e as ONGs tiveram destaque, ao lado de outros sujeitos coletivos, tais como os movimentos sindicais de professores.  Ações coletivas que tocam nos problemas existentes no planeta (violência, por exemplo),  Ações coletivas que denunciam o arrocho salarial (greve de professores e de operários de indústrias automobilísticas);  Ações coletivas que denunciam a depredação ambiental e a poluição dos rios e oceanos (lixo doméstico, acidentes com navios petroleiros, lixo industrial)
  9. 9. A recente onda de manifestações que varre o Brasil de Norte a Sul surpreendeu muitas pessoas, que assistiram atônitas à forma como um movimento que começou pequeno, contra o aumento da tarifa de transporte público, agora abraça outras causas e conseguiu mobilizar mais de um milhão de pessoas em cem cidades.
  10. 10.  As manifestações brasileiras seguem tendências que vem se repetindo em outros países.  o Irã, em 2009  o Egito, em 2011  a Espanha, também em 2011  a Turquia, em 2013
  11. 11. O papel das redes sociais Apesar de terem motivações diferentes, esses protestos têm em comum o fato de terem sido organizados e promovidos nas mídias sociais.

×