P R O F . C L A UD N E Y S . D O S S A N T O S
ANTIGUIDADE
ORIENTAL - REVISÃO
 O CRESCENTE FÉRTIL
•Berço das primeiras civilizações;
•Atual Iraque até Egito;
•Grandes rios;
•Terras férteis.
EGITO E MESOPOTÂMIA:
•Impérios TEOCRÁTICOS de REGADIO;
- Líder = Deus ou representante dele;
- Aproveitamento de cheias do...
1 - A MESOPOTÂMIA:
• “Terra entre rios” – Tigre e Eufrates;
• Atual Iraque;
• Sucessão de vários povos;
• Cidades-Estado;
PRINCIPAIS POVOS DA
MESOPOTÂMIA
POVO LÍDER CIDADE(S) CARACTERÍSTICAS
Sumérios Patesi (rei) Ur, Uruk,
Nippur, Lagash
Escrit...
CARACTERÍSTICAS COMUNS A
TODOS POVOS MESOPOTÂMICOS
• Economia: agrícola (principal), com comércio e
artesanato desenvolvid...
• Cultura: identificação de movimentos de planetas,
previsão de eclipses, diferenciação entre planetas e
estrelas, domínio...
2 - O EGITO:
• Rio Nilo;
• Defesas Naturais: Desertos,
Mar Mediterrâneo, Mar
Vermelho;
• Poucas invasões –
longevidade;
• ...
• Comunidades primitivas = GENS;
• União de GENS = NOMOS (Nomarca = líder);
• União de NOMOS = REINOS (ALTO e BAIXO);
• Un...
• Médio Império (2000 – 1580 a.C);
• Tebas;
• Faraós X Nomarcas;
• Entrada de Hebreus no Egito;
• Invasão dos Hicsos (intr...
• Decadência cultural e militar;
• Conquistados sucessivamente por persas,
macedônios, romanos, árabes, turcos e ingleses,...
• Cultura: conhecimentos de medicina,
anatomia, técnicas de mumificação,
calendário solar com o ano dividido
em 12 meses d...
 CIVILIZAÇÕES DO EXTREMO ORIENTE:
ÍNDIA E CHINA
Assim como as civilizações do Crescente Fértil, os
povos do Extremo Orien...
3 - ÍNDIA
• Vale do Rio Indo
• Vestígios de planejamento urbano – Civilização
Harapense.
MIGRAÇÕES ÁRIANAS
• Migração dos arianos ou árias x declínio dos
Harapenses.
• Arianos vestígios de uma antiga religião: H...
SISTEMA DE CASTAS
(SOCIEDADE BRÂMANE OU VÉDICA)
• A posição social é
determinada pelo
nascimento e
legitimada pela
crença,...
REAÇÕES AO SISTEMA DE CASTAS
• Budismo
Suas lições principais são
não praticar o mal,
cultivar o bem e a
própria mente, vi...
4 - CHINA
• Cultivavam também amoreiras para a criação de
bicho da seda. A fabricação de seda era uma arte
milenar e bastante apreci...
A CHINA IMPERIAL: A DINASTIA
CHIN
(OU QUIN)
• No ano 221 a.C., Qin Shi
Huang (ou Hoang-Ti)
pôs fim às lutas dos
Reinos Com...
Para proteger sua tumba
foram criados Os
“guerreiros e cavalos de
terracota” o túmulo do
imperador Qin Shi
Huang e os sold...
• A Grande muralha da China, construída em seu governo
contava com 2500 quilômetros de extensão e 2500 torres de
vigia, ti...
SOCIEDADE
• Família imperial.
• Grandes proprietários de terras.
•Mandarins (funcionários públicos letrados)
• Grandes com...
TAOÍSMO.
• Atribuído ao filosofo Lao- Tsé,
que viveu durante o período
dos reinos guerreiros.
• Tao, significa caminho e a...
CONFUCIONISMO
• Confúcio foi um importante
filosofo chinês, pregava rígidos
valores morais baseados:
• No culto aos ancest...
5 - OS FENÍCIOS:
• Atual Líbano;
• Descentralização política;
• Cidades-Estado(Ugarit, Biblos, Sidon, Tiro);
• Comércio, n...
6 - OS PERSAS:
• Atual IRÃ;
• Medos + Persas;
• Maior império da Antiguidade Oriental;
• Ciro e Cambises: conquistas terri...
O IMPÉRIO PERSA
Soldados persas
A DIVISÃO EM SATRÁPIAS
CARACTERÍSTICAS DOS PERSAS
• Não influíam nos costumes dos dominados (cobravam
tributos e exigiam integração no exército);...
7 - OS HEBREUS:
• Atual ISRAEL ou PALESTINA;
• Agricultores e pastores (Rio Jordão);
• Principal fonte de estudo: Bíblia (...
• Moisés – retirada dos hebreus do Egito (ÊXODO) e
recondução à Canaã;
• 10 mandamentos;
• Josué – chegada à Palestina (Je...
• Salomão – auge, muito comércio, construções
(Templo de Iavé), grandiosidade, altos impostos
(descontentamento);
• 926 a....
• Conquistados pelos Assírios (Reino de Israel) e
Babilônios (Reino de Judá);
• Cativeiro da Babilônia;
• 539 a.C. – Retor...
• Em relação à religião no antigo Egito, pode-se afirmar que:
a) a religião dominava todos os aspectos da vida pública e p...
QI – QUESTÃO DE INTELIGÊNCIA
(VUNESP) Os Estados Teocráticos da Mesopotâmia e do Egito
evoluíram acumulando característica...
UFRN As sociedades que, na Antiguidade, habitavam os
vales dos rios Nilo, Tigre e Eufrates tinham em comum o fato
de:
a) t...
REFERÊNCIAS
• Alves, Alexandre e Oliveira, Letícia Fagundes de.
História conexões. Volume Único. Moderna Plus,
2015.
• htt...
Antiguidade oriental    revisão
Antiguidade oriental    revisão
Antiguidade oriental    revisão
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Antiguidade oriental revisão

2.403 visualizações

Publicada em

Antiguidade Oriental, Modo de produção asiático, Mesopotâmia, Egito, Índia, China, Fenícios, Hebreus e Persas

Publicada em: Educação
0 comentários
3 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
2.403
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1.498
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
16
Comentários
0
Gostaram
3
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Antiguidade oriental revisão

  1. 1. P R O F . C L A UD N E Y S . D O S S A N T O S ANTIGUIDADE ORIENTAL - REVISÃO
  2. 2.  O CRESCENTE FÉRTIL •Berço das primeiras civilizações; •Atual Iraque até Egito; •Grandes rios; •Terras férteis.
  3. 3. EGITO E MESOPOTÂMIA: •Impérios TEOCRÁTICOS de REGADIO; - Líder = Deus ou representante dele; - Aproveitamento de cheias dos rios - Civilizações fluviais; •MODO DE PRODUÇÃO ASIÁTICO: - Estado = dono das terras; - População = obras públicas e produção em geral sob forma de servidão coletiva; - Obrigações básicas: pagamento de impostos, serviço militar e produção; •Recursos agrícolas distribuídos pelo Estado.
  4. 4. 1 - A MESOPOTÂMIA: • “Terra entre rios” – Tigre e Eufrates; • Atual Iraque; • Sucessão de vários povos; • Cidades-Estado;
  5. 5. PRINCIPAIS POVOS DA MESOPOTÂMIA POVO LÍDER CIDADE(S) CARACTERÍSTICAS Sumérios Patesi (rei) Ur, Uruk, Nippur, Lagash Escrita cuneiforme; Zigurates Acádios Sargão I Idem aos sumérios Unificação; Amoritas Hamurábi Babilônia Código de Hamurábi Assírios Assurbanipal Assur, Nínive Violência – exército permanente Caldeus Nabucodonossor Babilônia Conquistas territoriais; construções (Jardins Suspensos).
  6. 6. CARACTERÍSTICAS COMUNS A TODOS POVOS MESOPOTÂMICOS • Economia: agrícola (principal), com comércio e artesanato desenvolvidos; • Servidão coletiva; • Propriedade da terra = deuses • Sacerdotes + políticos + imperador = intermediários entre homens e deuses; • Religião: politeísta, deuses = fenômenos naturais, sem crença de vida após a morte, cerimoniais visando recompensas terrenas;
  7. 7. • Cultura: identificação de movimentos de planetas, previsão de eclipses, diferenciação entre planetas e estrelas, domínio da multiplicação, divisão, raiz quadrada, raiz cúbica, divisão da circunferência em 360 graus, divisão do ano em 12 meses, semana em 7 dias e dias com 12 horas; • Maiores contribuições: - ESCRITA CUNEIFORME - CÓDIGO DE LEIS.
  8. 8. 2 - O EGITO: • Rio Nilo; • Defesas Naturais: Desertos, Mar Mediterrâneo, Mar Vermelho; • Poucas invasões – longevidade; • Isolamento cultural – estruturas sem transformações;
  9. 9. • Comunidades primitivas = GENS; • União de GENS = NOMOS (Nomarca = líder); • União de NOMOS = REINOS (ALTO e BAIXO); • União de REINOS = IMPÉRIO (Menés – 1º faraó) • Antigo Império (3200 – 2300 a.C); • Tínis e Mênfis; • Grandes pirâmides e obras de irrigação; • ESTADO + altos funcionários = controle administrativo; • Revoltas no final do período (altos impostos e trabalho excessivo);
  10. 10. • Médio Império (2000 – 1580 a.C); • Tebas; • Faraós X Nomarcas; • Entrada de Hebreus no Egito; • Invasão dos Hicsos (introdução de cavalos e metalurgia). • Novo Império (1580 – 517 a.C); • Tebas; • Xenofobia e militarismo; • Escravização de hebreus (ÊXODO – retirada de hebreus do Egito); • Conquistas territoriais (Palestina, Fenícia e Síria); • Tentativa monoteísta (Amenófis IV – Aton);
  11. 11. • Decadência cultural e militar; • Conquistados sucessivamente por persas, macedônios, romanos, árabes, turcos e ingleses, só voltando a ser independente no século XX de nossa época. • Economia: agrícola; • Servidão coletiva; • Sociedade: - Faraó e família - Sacerdotes, altos funcionários e nobreza. - Camponeses (felás) e escravos.
  12. 12. • Cultura: conhecimentos de medicina, anatomia, técnicas de mumificação, calendário solar com o ano dividido em 12 meses de 30 dias, arquitetura grandiosa especializando-se em obras hidráulicas e religiosas, pintura sem utilização de perspectiva, escrita de 3 tipos: HIEROGLÍFICA, HIERÁTICA e DEMÓTICA.
  13. 13.  CIVILIZAÇÕES DO EXTREMO ORIENTE: ÍNDIA E CHINA Assim como as civilizações do Crescente Fértil, os povos do Extremo Oriente desenvolveram-se as margens de grandes rios, e contaram com elementos como as monções (designação dada aos ventos sazonais, em geral associados à alternância entre a estação das chuvas e a estação seca). Essas civilizações mostram como o Mundo Antigo estava conectado, caindo por terra a ideia de isolacionismo.
  14. 14. 3 - ÍNDIA • Vale do Rio Indo • Vestígios de planejamento urbano – Civilização Harapense.
  15. 15. MIGRAÇÕES ÁRIANAS • Migração dos arianos ou árias x declínio dos Harapenses. • Arianos vestígios de uma antiga religião: Hinos Védicos Indra o Deus védico do céu
  16. 16. SISTEMA DE CASTAS (SOCIEDADE BRÂMANE OU VÉDICA) • A posição social é determinada pelo nascimento e legitimada pela crença, pois é parte do carma. A reencarnação é a única forma de compreender uma ascensão social.
  17. 17. REAÇÕES AO SISTEMA DE CASTAS • Budismo Suas lições principais são não praticar o mal, cultivar o bem e a própria mente, visando atingir o Nirvana, a realidade superior que todos almejam alcançar, no qual a pessoa obtém o fim do ciclo de sofrimento, ou seja, o samsara. • Jainisno A não-violência é o cerne do jainismo e o ponto onde todas as doutrinas se intersectam. A violência é a agressão intencional ou não-intencional. Os jainistas tentam evitar a agressão em todas as suas formas, seja através de ações, palavras, ou pensamentos, a todo e qualquer ser vivo, ou aos ecossistemas
  18. 18. 4 - CHINA
  19. 19. • Cultivavam também amoreiras para a criação de bicho da seda. A fabricação de seda era uma arte milenar e bastante apreciada pelos Chineses. Seu comércio era feito com indianos e árabes. • Rota da seda, foi como ficou conhecido os caminhos pelos quais as caravanas chinesas passavam vendendo e comprando mercadorias.
  20. 20. A CHINA IMPERIAL: A DINASTIA CHIN (OU QUIN) • No ano 221 a.C., Qin Shi Huang (ou Hoang-Ti) pôs fim às lutas dos Reinos Combatentes e fundou a dinastia Qin (Chin). • Hoang- Ti unificou a região e criou o reino da China, tornand0-se o 1° imperador.
  21. 21. Para proteger sua tumba foram criados Os “guerreiros e cavalos de terracota” o túmulo do imperador Qin Shi Huang e os soldados de terracota são conhecidos como a “oitava maravilha do mundo” e uma importante descoberta arqueológica.
  22. 22. • A Grande muralha da China, construída em seu governo contava com 2500 quilômetros de extensão e 2500 torres de vigia, tinha 10 metros de altura e 6 de largura, contou com mais de 400 mil trabalhadores.
  23. 23. SOCIEDADE • Família imperial. • Grandes proprietários de terras. •Mandarins (funcionários públicos letrados) • Grandes comerciantes e empresários manufatureiros • funcionários do governo • Pequenos comerciantes • Pequenos proprietários •Artesãos •Camponeses •Trabalhadores contratados • Pequeno numero de escravos
  24. 24. TAOÍSMO. • Atribuído ao filosofo Lao- Tsé, que viveu durante o período dos reinos guerreiros. • Tao, significa caminho e a principal ideia desta doutrina era que o homem deveria levar uma vida em perfeita harmonia com a natureza = busca do equilíbrio. • Enfatizava a simplicidade, a naturalidade e a espontaneidade Lao- Tsé
  25. 25. CONFUCIONISMO • Confúcio foi um importante filosofo chinês, pregava rígidos valores morais baseados: • No culto aos ancestrais. • Obediência aos pais • Respeito as antigas tradições • Lealdade e submissão a lei e à autoridade. • Responsabilidade social das classes privilegiadas. Confúcio
  26. 26. 5 - OS FENÍCIOS: • Atual Líbano; • Descentralização política; • Cidades-Estado(Ugarit, Biblos, Sidon, Tiro); • Comércio, navegação e pirataria; • Fundação de colônias no Mar Mediterrâneo: • Cartago (TUN); • Cádiz e Málaga (ESP); • Palermo (ITA); • Maior legado: ALFABETO.
  27. 27. 6 - OS PERSAS: • Atual IRÃ; • Medos + Persas; • Maior império da Antiguidade Oriental; • Ciro e Cambises: conquistas territoriais; • Dario I – auge; • Divisão em províncias chamadas SATRÁPIAS; • 1ª moeda internacional – DÁRICO; • Rede de estradas e comunicações desenvolvidas; • Xerxes – decadência (Guerras Médicas); CIRO
  28. 28. O IMPÉRIO PERSA Soldados persas
  29. 29. A DIVISÃO EM SATRÁPIAS
  30. 30. CARACTERÍSTICAS DOS PERSAS • Não influíam nos costumes dos dominados (cobravam tributos e exigiam integração no exército); • Economia basicamente agrícola; • Servidão coletiva; • Religião: ZOROASTRISMO ou MASDEÍSMO • Dualidade entre ORMUZ-MAZDA (bem) X ARIMÃ (mal); • Avesta = livro sagrado.
  31. 31. 7 - OS HEBREUS: • Atual ISRAEL ou PALESTINA; • Agricultores e pastores (Rio Jordão); • Principal fonte de estudo: Bíblia (Antigo Testamento); • Patriarcas: • Abraão – condução dos hebreus para Canaã (Monoteísmo – Iavé); • Isaac; • Jacó – 12 descendentes (12 tribos); • Migração para o Egito (posterior escravização);
  32. 32. • Moisés – retirada dos hebreus do Egito (ÊXODO) e recondução à Canaã; • 10 mandamentos; • Josué – chegada à Palestina (Jericó). • Juízes; • Líderes militares para combater os Filisteus; • Gideão, Sansão e Samuel; • Reis; • Unidade política das 12 tribos; • Saul; • Davi – vitória sobre filisteus, poderio militar, conquista de toda a Palestina (Jerusalém);
  33. 33. • Salomão – auge, muito comércio, construções (Templo de Iavé), grandiosidade, altos impostos (descontentamento); • 926 a.C. – CISMA • 10 tribos – Norte – Jeroboão – Reino de Israel; • 2 tribos – Sul – Roboão – Reino de Judá • Enfraquecimento.
  34. 34. • Conquistados pelos Assírios (Reino de Israel) e Babilônios (Reino de Judá); • Cativeiro da Babilônia; • 539 a.C. – Retorno à Palestina (libertados por Ciro – persa); • Fim do cativeiro da Babilônia; • 70 d.C. – expulsos da Palestina pelos Romanos (Diáspora); • Maior legado cultural: MONOTEÍSMO, base de 3 das maiores religiões monoteístas do mundo: Judaísmo, Cristianismo e Islamismo.
  35. 35. • Em relação à religião no antigo Egito, pode-se afirmar que: a) a religião dominava todos os aspectos da vida pública e privada do antigo Egito. Cerimônias eram realizadas pelos sacerdotes a cada ano, para garantir a chegada da inundação e, dessa forma, boas colheitas, que eram agradecidas pelo rei em solenidades às divindades; b) a religião no antigo Egito, como nos demais povos da Antiguidade, não tinha grande influência, já que estes povos, para sobreviverem, tiveram que desenvolver uma enorme disciplina no trabalho e viviam em constantes guerras; c) a religião tinha apenas influência na vida da família dos reis, que a usava como forma de manter o povo submetido a sua autoridade; d) o período conhecido como antigo Egito constitui o único em que a religião foi quase inteiramente esquecida, e o rei como também o povo dedicaram-se muito mais a seguir a tradição dos seus antepassados, considerados os únicos povos ateus da Antiguidade; e) a religião do povo no antigo Egito era bastante distinta da do rei, em razão do caráter supersticioso que as camadas mais pobres das sociedades antigas tinham, sobretudo por não terem acesso à escola e a outros saberes só permitidos à família real. RESPOSTA: A
  36. 36. QI – QUESTÃO DE INTELIGÊNCIA (VUNESP) Os Estados Teocráticos da Mesopotâmia e do Egito evoluíram acumulando características comuns e peculiaridades culturais. Os Egípcios desenvolveram a prática de embalsamar o corpo humano porque: a) se opunham ao politeísmo dominante na época. b) os seus deuses, sempre prontos para castigar os pecadores, desencadearam o dilúvio. c) depois da morte a alma podia voltar ao corpo mumificado. d) construíram túmulos, em forma de pirâmides truncadas, erigidos para a eternidade. e) os camponeses constituíam categoria social inferior. RESPOSTA: C
  37. 37. UFRN As sociedades que, na Antiguidade, habitavam os vales dos rios Nilo, Tigre e Eufrates tinham em comum o fato de: a) terem desenvolvido um intenso comércio marítimo, que favoreceu a constituição de grandes civilizações hidráulicas; b) serem povos orientais que formaram diversas cidades- estado, as quais organizavam e controlavam a produção de cereais; c) haverem possibilitado a formação do Estado a partir da produção de excedentes, da necessidade de controle hidráulico e da diferenciação social; d) possuírem, baseados na prestação de serviço dos camponeses, imensos exércitos que viabilizaram a formação de grandes impérios milenares. RESPOSTA: C
  38. 38. REFERÊNCIAS • Alves, Alexandre e Oliveira, Letícia Fagundes de. História conexões. Volume Único. Moderna Plus, 2015. • http://pt.slideshare.net/histoehistoria/fencios- hebreus-e-persas-36875149 • http://www.suapesquisa.com/ • www.brasilescola.com/.../zoroastrismo-religiao-dos- antigos-persas.htm • www.infoescola.com • www.clio21.blogspot.com.br

×