Auditoria disponibilidades

3.414 visualizações

Publicada em

Auditoria

Publicada em: Negócios
0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
3.414
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
95
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Auditoria disponibilidades

  1. 1. PROGRAMA DE AUDITORIA DISPONIBILIDADES Cliente : ____________________________________________________ Auditor : ______________________ Supervisor : ___________________ PROGRAMA DE TRABALHO Tempo Indicação/ ExamesEstimado Real Ref. I – OBJETIVO DA AUDITORIA 1) Determinar se a disponibilidade registrada existe, isto é, encontra-se nos bancos, em poder da empreas ou de terceiros. 2) Determinar se a disponibilidade de propriedade da empresa está integralmente incluída no balanço e a de terceiros, excluída do mesmo. 3) Determinar se a disponibilidade está contabilizada de acordo com os princípios de contabilidade geralmente aceitos aplicados uniformemente em relação ao exercício anterior. 4) Determinar se a disponibilidade está livre de restrições de uso, penhora e vinculação em garantia. 5) Determinar se a disponibilidade está corretamente descrita e classificada, e as divulgações cabíveis foram feitas no balanço ou em notas explicativas. 6) Avaliar os controles internos e procedimentos adotados pela empresa. II - ESCOPO DA AUDITORIA : Baseado na revisão dos controles internos realizados e na materialidade envolvida, determinamos que o escopo do Disponível será o de contagem de caixa e seu Follow- up, confirmação e exames das conciliações bancarias na data-base de ___________. III - PROCEDIMENTOS DA AUDITORIA : 1- Obtenha a composição do disponível e execute os Seguintes procedimentos : a) Confira o saldo em _____, com os papéis de trabalho daquele ano, quando for o caso; b) Confira o saldo em ________ com o razão; c) cruze referências com folhas subsidiárias ao balanço (extra-contábil); Caixa 1) No dia ________, proceda a contagem física do caixa como segue: a) Conte os valores e documentos em poder do caixa, na presença do responsável pelo mesmo; b) some a contagem física realizada; c) confira o saldo apurado com o boletim de caixa; d) Caso a contagem física tenha revelado outros itens que não numerários, observe qual o tratamento contábil dispensado a estes, e caso aplicável, proponha ajustes ou recomendações.
  2. 2. e) Inspecione os comprovantes incluídos no saldo de caixa quanto à aprovação e autenticidade; f) Ao devolver os itens contados fisicamente, obtenha do caixa o recibo de devolução devidamente assinado; g) cruze referências com a posição do disponível. 2) Analise a documentação de caixa dos meses de _____ e ____ quanto a: a) Valor legal e forma do documento; b) Autorização de pagamento; c) Descrição do fato e do beneficiário; d) Aspecto fiscal e tributário; e) Classificação contábil; f) Coerência entre a "data do pagamento "constante no documento e a "data do registro contábil". 3) Dar especial atenção Quanto a : a) Operações cujo volume seja superior à média do movimento ocorrido. b) Operação de caráter "eventual"; c) Estornos; d) Pendências de caixa superiores a 30 dias (relatar por data, valor, responsável e justificativa). 4) Analisar as transações de caixa, verificar os comprovantes de pagamentos e recebimentos, com objetivo de comprovar se as transações estão suportadas por documentação hábil e que referem-se as operações normais do ramo de atividade da empresa. Bancos 1) Revise as contas do razão para determinar os bancos em que a empresa possui contas bancárias e "circularize-as" na data de ______. 2) Solicite a conciliação da conta bancária, os extratos dos bancos e coteje com as contas analíticas dos bancos, observando se os saldos estão exatos; 3) De posse da composição dos bancos conta movimento, faça: a) soma; b) cruze referências com as conciliações do disponível; c) confira os saldos com o razão; 4) Examinar a validade da documentação bancaria e o regime de movimentação dos valores nos bancos, ou seja: a) A origem dos depósitos e suas correlações com as receitas; b) os documentos de autorização de débito em contas; d) a proporcionalidade dos valores debitados a título de juros, comissões, taxas, etc. (em face das taxas usuais do mercado).
  3. 3. 5) Dispensar especial atenção quanto a : a) Operações cujo volume seja superior ao comumente ocorrido; b) operações de caráter eventual; c) Estornos. 6) Faça o Cutoff dos cheques, com o objetivo de certificar que os cheques estão sendo registrados no período de sua competência e que as conciliações bancárias não contêm item errôneo, procedendo : a) Prepare uma relação do último cheque emitido e dos cheques em branco para a data do exame; b) Verifique se não foi lançado nenhum cheque de número posterior ao do cutoff nos seguintes registros : b.1) razão analítico de banco antes da data do exame; b.2) Extrato bancário antes da data do exame. c) Verifique se não foi lançado nenhum cheque de número anterior ao do cutoff nos seguintes registros : c.1) razão analítico do banco ou registro de caixa com pagamento após a data do exame; c.2) estrato bancário após a data do exame, que não esteja também pendente na conciliação bancária. 7) Para os bancos cujo saldo confirmado esteja em desacordo com o saldo contábil, obtenha a conciliação bancária e efetue os seguintes procedimentos : a) some; b) Cruze referências entre a resposta e o saldo constante da conciliação; c) cruze referências entre o saldo do razão constante da conciliação com a composição dos bancos conta movimento; d) para os valores não considerados pelo banco, examine-os documentalmente e constate que tenham sido apresentados no extrato do período subsequente; e) para os valores não considerados pela empresa, caso seja possível, examine os documentos comprobatórios. Em caso contrário obtenha explicações necessárias. 8) Efetue circularização bancária para tomar confirmação da existência de possíveis transações não registradas. 9) Realize exames nas tranferências bancárias. Deve ser dada atenção especial ao tratamento contábil dispensado a estes itens. Aplicações financeira de liquidez imediata
  4. 4. 1) Verifique se todos as aplicações financeiras estão corretamente registradas e adequadamente suportadas por documentos válidos; 2) De posse da composição das aplicações financeiras, faça: a) soma; b) cruze referências com as conciliações do disponível; c) confira os saldos com o razão; 3) Dispensar especial atenção quanto a : a) Operações cujo volume seja superior ao comumente ocorrido; b) operações de caráter eventual; c) Estornos. Geral 1) relacione valores em cobrança que estejam em poder dos caixas ou da tesouraria; 2) Examinar todos os elementos que, constando do disponível, não possuam liquidez imediata; 3) Revise seu trabalho verificando que este contenha todas as evidências necessárias e que todos os objetivos de auditoria foram cumpridos. 4) Revisão do supervisor. AUDITOR SUPERVISOR Visto Data Visto Data
  5. 5. ORIENTAÇÕES QUANTO A EXECUÇÃO : 1) Para a Contagem do caixa, o auditor deve tomar os cuidados necessários para que esta tenha realmente validade : a) Presença do Responsável : A contagem de caixa deve ser realizada com a presença de responsável pelo numerário. Na entrega do numerário contado deve ser obtido o recibo de entrega assinado pelo responsável para isentar o auditor de quaisquer diferenças porventura existentes ou reclamações posteriores; b) Número de caixas existentes: Para evitar manipulação e transferência de fundos entre caixas, deve-se preferencialmente fazer-se a verificação simultânea dos caixas, para isto deve- se utilizar mais de um auditor; c) Contagem surpresa : Para evitar possíveis manipulações ou encoberta de falta de numerário. d) Se durante a contagem forem observados outros itens que não numerários, o auditor deve efetuar uma listagem dos itens observados reunindo todos os possíveis subsídios de forma clara. Para estes casos o auditor deve obter as explicações de imediato e proceder ao acompanhamento subsequente da resolução destes itens, pois podem envolver possíveis dissimulações de numerário. e) Papel de trabalho : Ao realizar a contagem, o auditor deve preencher seu papel de trabalho à tinta, observando os seguintes aspectos: - Nome do fundo de caixa; - Nome do responsável pelo numerário; - Data e hora da realização da contagem; - Listagem de todos os itens constantes do caixa; e - Recibo de devolução do numerário contado. f) Nas verificações da exatidão aritmética, observar sempre se os "transportes" de valores estão exatos. 2) Na verificação das contas bancárias o auditor deve preocupar-se com os seguintes aspectos : a) Conciliações bancarias :
  6. 6. Obter as conciliações bancárias e certificar-se de que as pendências são decorrentes de operações normais. As pendências, dependendo de sua materialidade, devem ser cuidadosamente examinadas para evitar possíveis ativos, passivos ou despesas não contabilizadas no seu período de competência; b) Confirmação : Obter confirmação independente sobre os saldos bancários e, dependendo da confiabilidade do controle interno, também o extrato bancário; e c) Estrato bancário : Selecione um período para exame no extrato bancário, contendo um período imediatamente anterior e um período imediatamente subsequente à data base examinada, para determinar que : - todos os débitos e créditos são normais e foram contabilizados em tempo hábil; - todos os débitos e créditos pendentes de conciliação são comprovados no período subsequente;
  7. 7. 1) Relação do Disponível Nome da empresa cliente Data : Disponibilidades Conta razão Descrição Ref. Saldo 31/12/XX Saldo 31/12/XX Caixa ________ ____________ Bancos c/ movimento ________ ___________ Aplic. de liqu. Imediata ________ ____________ Total _______ ____________ (relatar as situações constatadas) 2) Contagem de caixa Nome da empresa cliente Data do caixa: Contagem do caixa realizada em ____/ ___ / ____ às _____ horas Descrição Ref. Valor em R$ Dinheiro em notas _____________ Dinheiro em moedas _____________ Valores em cheque _____________ Documentos diversos Total (relacionar abaixo, as situações encontradas, principalmente quanto a documentos estranhos ou situações anormais) Recibo-devolução Recebi em devolução do Sr______ , auditor da Command Consultores Associados S/C Ltda., a quantia de R$ _________(________), como acima demonstrado, os quais estavam intactos. Declaro ter presenciado a contagem e não dispor de outros valores da (nome da empresa cliente) que não tenham sido entregues para a contagem. (relatar abaixo as notas, observações, conclusões e/ou recomendações quanto a contagem do caixa)
  8. 8. 3) Bancos conta movimento Nome da empresa cliente Bancos conta movimento : Data : Conta do Razão Descrição Ref. Saldo cfe. extrato Valores não considerados Saldo cfe razão Pelo Banco Pela empresa Débito Crédito Débito Crédito Total Nota : Relatar as situações encontradas 4) Conciliações bancárias Nome da empresa cliente Banco ________________ Data : Conciliação bancária Saldo pelo extrato bancário em ___/___/___ R$ Valores não considerados pelo banco : R$ __________ R$ __________ ________ Valores não considerados pela empresa : R$ __________ R$ __________ ________ Saldo conforme razão em ___/___/____ R$ __________ (relatar os fatos constatados, fazendo referência aos papeis de trabalho anteriores)
  9. 9. 5) Balancete de trabalho Nome da empresa cliente Balancete de Trabalho : Data : Descrição Ref Saldo Ajustes Saldo ajustado31/12/xx 31/12/xx Débito Crédito Circulante Disponibilidades Contas a receber Estoques Desp. Antecipadas ______________________________________ Realizável a longo prazo ______________________________________ Permanente Investimentos Imobilizado Bens de oper. Depr. Acumul. ______________________________________ 6) Lançamentos de ajuste e/ou reclassificação Nome da empresa cliente Lançamentos de ajuste e/ou reclassificação Data : N.º Ref. Descrição Ativo Passivo Resultado D (C) (D)C (D) C
  10. 10. 5) Balancete de trabalho Nome da empresa cliente Balancete de Trabalho : Data : Descrição Ref Saldo Ajustes Saldo ajustado31/12/xx 31/12/xx Débito Crédito Circulante Disponibilidades Contas a receber Estoques Desp. Antecipadas ______________________________________ Realizável a longo prazo ______________________________________ Permanente Investimentos Imobilizado Bens de oper. Depr. Acumul. ______________________________________ 6) Lançamentos de ajuste e/ou reclassificação Nome da empresa cliente Lançamentos de ajuste e/ou reclassificação Data : N.º Ref. Descrição Ativo Passivo Resultado D (C) (D)C (D) C

×