Repensand

1.760 visualizações

Publicada em

0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.760
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
67
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
106
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Repensand

  1. 1. REPENSANDO A AVALIAÇÃO ESCOLAR ELIZIANE DE PAULA SILVEIRA BARBOSA CLARICE BORGES DA SILVA OLIVEIRA
  2. 2. <ul><li>Assista ao vídeo e elabore uma frase que expresse sua concepção acerca da avaliação da aprendizagem. </li></ul><ul><li>Vídeo </li></ul><ul><li>Avaliação – TV ESCOLA </li></ul>Repensando a avaliação escolar
  3. 3. A avaliação da aprendizagem no ensino fundamental <ul><li>Avaliação é um juízo de qualidade sobre dados relevantes, tendo em vista uma tomada de decisão. </li></ul><ul><li>(LUCKESI, 2001) </li></ul>
  4. 4. IMPORTANTE: <ul><li>Processo contínuo e permanente; </li></ul><ul><li>Promover a reflexão da prática pedagógica docente e a retomada de conteúdos; </li></ul><ul><li>Práticas avaliativas integradoras e não excludentes. </li></ul>
  5. 5. Características da Avaliação da Aprendizagem <ul><li>1. tem por objetivo diagnosticar a situação de </li></ul><ul><li>aprendizagem do educando; </li></ul><ul><li>2. é diagnóstica e processual; </li></ul><ul><li>3. é dinâmica; </li></ul><ul><li>4. é inclusiva; </li></ul><ul><li>5. é democrática; e </li></ul><ul><li>6. exige uma prática pedagógica dialógica. </li></ul><ul><li>(LUCKESI, 2005) </li></ul>
  6. 6. Modalidades da avaliação <ul><li>Avaliação diagnóstica; </li></ul><ul><li>Avaliação formativa; </li></ul><ul><li>Avaliação somativa. </li></ul>
  7. 7. Orientações para avaliação: <ul><li>Diversidade de instrumentos e situações; </li></ul><ul><li>Utilização de diferentes códigos, como o verbal, o oral, o escrito, o gráfico, o numérico, de forma a se considerar as diferentes aptidões dos alunos. </li></ul><ul><li>O professor pode realizar a avaliação por meio de: </li></ul><ul><li>Observação sistemática; </li></ul><ul><li>Análise das produções dos alunos; </li></ul><ul><li>Atividades específicas para a avaliação; </li></ul><ul><li>Critérios de avaliação. </li></ul>
  8. 8. <ul><li>Expectativas de aprendizagem dos alunos em conseqüência do ensino, que devem se expressar nos objetivos, nos critérios de avaliação propostos e na definição do que será considerado como testemunho das aprendizagens; </li></ul><ul><li>Os critérios de avaliação representam as aprendizagens imprescindíveis ao final do ano. </li></ul>
  9. 9. Qual a sua percepção em relação ao erro? Conceito de erro <ul><li>É preciso ultrapassar a sistemática tradicional de buscar os absolutamente certos e errados em relação às respostas do aluno e atribuir significado ao que se observa em sua tarefa, valorizando idéias, dando importância as suas dificuldades. </li></ul><ul><li>(HOFFMANN, 1993, p. 84) </li></ul>
  10. 10. Paradigmas do Erro <ul><li>Tornar o erro observável para o aluno exige, que o professor tenha: </li></ul><ul><li>Uma postura investigativa diante do mesmo; </li></ul><ul><li>Compreenda porque o aluno errou; </li></ul><ul><li>Incentive a auto-superação por parte do aluno; </li></ul><ul><li>Tenha uma prática dialógica. </li></ul><ul><li>Paradigmas do Erro </li></ul><ul><li>Descentralize a autoridade docente; </li></ul><ul><li>Desequilibre as hipóteses iniciais apresentadas pelo aluno; </li></ul><ul><li>Promova trabalhos em equipe; </li></ul><ul><li>Estimule o aluno a realizar as atividades. </li></ul>
  11. 11. É preciso entender... <ul><li>Rever nossa prática, buscando novas e inovadoras alternativas metodológicas e de avaliação; </li></ul><ul><li>Rever o planejamento; </li></ul><ul><li>Formas de gestão e organização da escola. </li></ul>
  12. 12. <ul><li>Vídeo: Refletindo com Paulo Freire. </li></ul><ul><li>Quais são os desafios que atualmente </li></ul><ul><li>nós educadores devemos superar? </li></ul>
  13. 13. Princípios: Autonomia <ul><li>Refere-se à capacidade de posicionar-se, </li></ul><ul><li>elaborar projetos pessoais; </li></ul><ul><li>Participar cooperativamente de projetos </li></ul><ul><li>coletivos, ter discernimento, organizar-se em função de metas eleitas; </li></ul><ul><li>Governar-se, participar da gestão de ações coletivas, estabelecer critérios e eleger princípios </li></ul><ul><li>éticos. </li></ul>
  14. 14. Interação e cooperação <ul><li>Conviver em grupo de maneira produtiva e cooperativa; </li></ul><ul><li>Dialogar, a ouvir o outro e ajudá-lo, a pedir ajuda, aproveitar críticas, explicar um ponto de vista, coordenar ações para obter sucesso em uma tarefa conjunta. </li></ul>
  15. 15. Disponibilidade para a aprendizagem <ul><li>Disponibilidade para o envolvimento do aluno na aprendizagem, o empenho em estabelecer relações entre o que já sabe e o que está aprendendo. </li></ul>
  16. 16. Organização do tempo e do espaço <ul><li>Vivência do controle do tempo pelos alunos; </li></ul><ul><li>O professor define as atividades, estabelece a organização em grupos, disponibiliza recursos materiais adequados e define o período de execução previsto; </li></ul><ul><li>Carteiras móveis, crianças com acesso aos materiais; </li></ul><ul><li>Programação de atividades extra classe; </li></ul><ul><li>Seleção do material. </li></ul>
  17. 17. Seleção do material <ul><li>Uso do computador e materiais didáticos. </li></ul>
  18. 18. Qualidade da Educação <ul><li>Que qualidade buscamos Hoje? </li></ul><ul><li>A qualidade social da educação – o cumprimento ao direito à educação com a superação das desigualdades e injustiça, </li></ul><ul><li>tendo: relevância , pertinência e equidade. </li></ul>
  19. 19. QUALIDADE DA EDUCAÇÃO <ul><li>Educação que potencialize a ação crítica e reflexiva, a autonomia, a criatividade, o fim dos preconceitos e discriminações. Para a superação de uma cultura de ensino-aprendizagem baseada no autoritarismo e na dominação. Construída de forma participativa com parâmetros qualitativos identificados com as reivindicações de transformação da realidade. </li></ul>
  20. 20. Repensando a avaliação escolar <ul><li>Como operacionalizar uma aula de sucesso? </li></ul><ul><li>Como avaliar com eficácia e eficiência? </li></ul>
  21. 21. Repensando a avaliação escolar <ul><li>A avaliação </li></ul><ul><li>X </li></ul><ul><li>Processo de Ensino </li></ul>
  22. 22. Repensando a avaliação escolar <ul><li>Prova / Avaliação </li></ul><ul><li>X </li></ul><ul><li>Construção de conhecimento </li></ul>
  23. 23. O pseudo-sucesso no ensinar <ul><li>Quando o aluno apenas repete o que o professor ensina; </li></ul><ul><li>Quando o aluno tira boas notas somente nas provas; </li></ul><ul><li>Quando o professor fala sem parar e o aluno anota para reproduzir. </li></ul>
  24. 24. O sucesso no ensinar <ul><li>Quando o professor atinge os objetivos de ensinar oportunizando aprendizagem significativa de conteúdos relevantes; </li></ul><ul><li>Quando o ensino proporciona o desenvolvimento de habilidades e aquisição de conhecimentos, que conduzem às competências almejadas. </li></ul>
  25. 25. Ensino para competências/habilidades <ul><li>Competência é a capacidade do sujeito mobilizar recursos cognitivos visando abordar uma situação complexa. </li></ul><ul><li>Habilidade é a capacidade técnica para realizar determinada tarefa. </li></ul><ul><li>Quais recursos... </li></ul><ul><li>Conteúdos específicos; </li></ul><ul><li>Habilidades e procedimentos; </li></ul><ul><li>Linguagens; </li></ul><ul><li>Valores culturais; </li></ul><ul><li>Administração das emoções. </li></ul>
  26. 26. Professor competente <ul><li>Conhece o conteúdo específico de sua disciplina; </li></ul><ul><li>Tem habilidade ao ensinar; </li></ul><ul><li>Utiliza linguagem pertinente; </li></ul><ul><li>Sabe que a avaliação é momento privilegiado de estudo; </li></ul><ul><li>Elabora bem os itens das provas; </li></ul><ul><li>Administra valores culturais ligados à avaliação; </li></ul><ul><li>Utiliza linguagem clara e precisa para o comando das questões; </li></ul><ul><li>Cria ambiente favorável ao controle das emoções. </li></ul>
  27. 27. Qualidade da Educação <ul><li>Gestão Democrática; </li></ul><ul><li>Avaliar para Aprender . </li></ul><ul><li>PARA PENSAR! </li></ul>
  28. 28. Obrigada! Eliziane de Paula Silveira Barbosa [email_address] www.professoraelizianedepaula.blogspot.com Clarice Borges da Silva Oliveira [email_address] www.clariceborges.blogspot.com

×