Linguagem informal

315 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
315
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
2
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Linguagem informal

  1. 1. A linguagem coloquial, informal ou popular é uma linguagem utilizada no cotidiano em que não exige a atenção total da gramática, de modo que haja mais fluidez na comunicação oral. Na linguagem informal, usam-se muitas gírias e palavras que na linguagem formal não estão registradas ou tem outro significado
  2. 2. Deu ruim. Deu errado, não funcionou. Baralhão. Situação em que tudo é possível, um grande baralho. Divar. Fazer a diva. Sensualizar. Fazer a sensual. Sem filtro. Uma alusão ao uso recorrente dos filtros do aplicativo Instagram. Só que não/só que sim. Oriundas das redes sociais, as expressões não significam nada, mas reforçam a ironia das conversas. Não tenho roupa. Gíria gay que significa “não estou preparado para tal situação”. Trolar. Sacanear, zombar. Do inglês to troll, muito usada para falar de memes da internet. Tá pago. Está resolvido. Se pá. Talvez. Sarna. Gíria muito usada nas comunidades da Zona Sul: se o moleque está produzido, montado, com acessórios e cabelo em dia, está “sarna”. Lelesque. Uma variação de “moleque”, “leque” e “lesque”, o

×