Pioartrite 2011

7.865 visualizações

Publicada em

Publicada em: Saúde e medicina
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
7.865
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
5
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Pioartrite 2011

  1. 1. Pioartrite (Artrite Infecciosa) Carlos Augusto Silva de Andradequinta-feira, 21 de abril de 2011
  2. 2. Definição Difícilquinta-feira, 21 de abril de 2011
  3. 3. Definição Difícil A maioria das culturas é negativaquinta-feira, 21 de abril de 2011
  4. 4. Definição Infecção do líquido articular causada por Difícil um agente bacteriano A maioria das culturas é negativaquinta-feira, 21 de abril de 2011
  5. 5. Definição Infecção do líquido articular causada por Difícil um agente bacteriano A maioria das culturas é negativa Febre > 38,3 Edema 4 critérios Dim. de Mov. Articular Sintomas Sistêmicosquinta-feira, 21 de abril de 2011
  6. 6. Epidemiologia Todas as idades: frequência maior lactentes e crianças até os 3 anosquinta-feira, 21 de abril de 2011
  7. 7. Epidemiologia Todas as idades: frequência maior lactentes e crianças até os 3 anos 2 a 3 Vezesquinta-feira, 21 de abril de 2011
  8. 8. Epidemiologia Todas as idades: frequência maior lactentes e crianças até os 3 anos Quadril 2 a 3 Vezesquinta-feira, 21 de abril de 2011
  9. 9. Etiologiaquinta-feira, 21 de abril de 2011
  10. 10. Etiologia Hematogênica Trauma Contiguidade Iatrogênicasquinta-feira, 21 de abril de 2011
  11. 11. Etiologiaquinta-feira, 21 de abril de 2011
  12. 12. Etiologia Staphylococcus aureusquinta-feira, 21 de abril de 2011
  13. 13. Etiologiaquinta-feira, 21 de abril de 2011
  14. 14. Etiologiaquinta-feira, 21 de abril de 2011
  15. 15. Etiologia * * Vacinaçãoquinta-feira, 21 de abril de 2011
  16. 16. Etiologia ** * * Vacinação ** Anemia Falciforme: Salmonellaquinta-feira, 21 de abril de 2011
  17. 17. Diagnóstico Clínico Diferente nas diversas faixas etáriasquinta-feira, 21 de abril de 2011
  18. 18. Diagnóstico Clínico Diferente nas diversas faixas etárias Recem Natos Sintomas SISTÊMICOS prevalecem sobre os LOCAIS Irritabilidadequinta-feira, 21 de abril de 2011
  19. 19. Diagnóstico Clínico Diferente nas diversas faixas etárias Recem Natos Sintomas SISTÊMICOS prevalecem sobre os LOCAIS Irritabilidade Sinal da Fraudaquinta-feira, 21 de abril de 2011
  20. 20. Diagnóstico Clínico Diferente nas diversas faixas etárias Recem Natos Sintomas SISTÊMICOS prevalecem sobre os LOCAIS Irritabilidade Sinal da Frauda Perda de Pesoquinta-feira, 21 de abril de 2011
  21. 21. Diagnóstico Clínico Diferente nas diversas faixas etárias Recem Natos Sintomas SISTÊMICOS prevalecem sobre os LOCAIS Irritabilidade Sinal da Frauda Perda de Peso Taquicardiaquinta-feira, 21 de abril de 2011
  22. 22. Diagnóstico Clínico Diferente nas diversas faixas etárias Recem Natos Sintomas SISTÊMICOS prevalecem sobre os LOCAIS Irritabilidade Sinal da Frauda Perda de Peso Taquicardia Hipotensãoquinta-feira, 21 de abril de 2011
  23. 23. Diagnóstico Clínico Diferente nas diversas faixas etárias Recem Natos Sintomas SISTÊMICOS prevalecem sobre os LOCAIS Irritabilidade Sinal da Frauda Perda de Peso Taquicardia Hipotensão Letargiaquinta-feira, 21 de abril de 2011
  24. 24. Diagnóstico Clínico Diferente nas diversas faixas etáriasquinta-feira, 21 de abril de 2011
  25. 25. Diagnóstico Clínico Diferente nas diversas faixas etárias Maiores que 3 Anos Sintomas LOCAIS prevalecem sobre os SISTÊMICOS Dor Localizadaquinta-feira, 21 de abril de 2011
  26. 26. Diagnóstico Clínico Diferente nas diversas faixas etárias Maiores que 3 Anos Sintomas LOCAIS prevalecem sobre os SISTÊMICOS Dor Localizada Flexão, AB e RIquinta-feira, 21 de abril de 2011
  27. 27. Diagnóstico Clínico Diferente nas diversas faixas etárias Maiores que 3 Anos Sintomas LOCAIS prevalecem sobre os SISTÊMICOS Dor Localizada Flexão, AB e RI Flexão Joelhoquinta-feira, 21 de abril de 2011
  28. 28. Diagnóstico Clínico Diferente nas diversas faixas etárias Maiores que 3 Anos Sintomas LOCAIS prevalecem sobre os SISTÊMICOS Dor Localizada Flexão, AB e RI Flexão Joelho Febre > 38,3quinta-feira, 21 de abril de 2011
  29. 29. Diagnóstico Clínico Diferente nas diversas faixas etárias Maiores que 3 Anos Sintomas LOCAIS prevalecem sobre os SISTÊMICOS Dor Localizada Flexão, AB e RI Flexão Joelho Febre > 38,3 Inapetência/Calafriosquinta-feira, 21 de abril de 2011
  30. 30. Diagnóstico Clínico Diferente nas diversas faixas etárias Maiores que 3 Anos Sintomas LOCAIS prevalecem sobre os SISTÊMICOS Dor Localizada Flexão, AB e RI Flexão Joelho Febre > 38,3 Inapetência/Calafrios Queda estado geralquinta-feira, 21 de abril de 2011
  31. 31. Diagnóstico Clínico Diferente nas diversas faixas etárias Maiores que 3 Anos Sintomas LOCAIS prevalecem sobre os SISTÊMICOS Dor Localizada Flexão, AB e RI Flexão Joelho Febre > 38,3 Inapetência/Calafrios Queda estado geral Incapacidade de descarga pesoquinta-feira, 21 de abril de 2011
  32. 32. Diagnóstico Laboratorial VHS PCRHemocultura Análise Líquido Sinovial/Gramquinta-feira, 21 de abril de 2011
  33. 33. Diagnóstico Laboratorial VHS Aumenta após 24-48 horas 50 a 90 mm/hora PCRHemocultura Análise Líquido Sinovial/Gramquinta-feira, 21 de abril de 2011
  34. 34. Diagnóstico Laboratorial VHS Aumenta após 24-48 horas 50 a 90 mm/hora PCR Aumenta após 6-8 horasHemocultura Análise Líquido Sinovial/Gramquinta-feira, 21 de abril de 2011
  35. 35. Diagnóstico Laboratorial VHS Aumenta após 24-48 horas 50 a 90 mm/hora PCR Aumenta após 6-8 horasHemocultura 50% Análise Líquido Sinovial/Gramquinta-feira, 21 de abril de 2011
  36. 36. Diagnóstico Laboratorial VHS Aumenta após 24-48 horas 50 a 90 mm/hora PCR Aumenta após 6-8 horasHemocultura 50% Análise Líquido Sinovial/Gramquinta-feira, 21 de abril de 2011
  37. 37. Imaginologia Radiologia Simplesquinta-feira, 21 de abril de 2011
  38. 38. Imaginologia Radiologia Simples Pouca Importância Fase Aguda Distensão capsular; Rarefação óssea; Subluxaçãoquinta-feira, 21 de abril de 2011
  39. 39. Imaginologia Radiologia Simples Pouca Importância Fase Aguda Distensão capsular; Rarefação óssea; Subluxaçãoquinta-feira, 21 de abril de 2011
  40. 40. Imaginologia Radiologia Simples Pouca Importância Fase Aguda Distensão capsular; Rarefação óssea; Subluxaçãoquinta-feira, 21 de abril de 2011
  41. 41. Imaginologia Radiologia Simples Pouca Importância Fase Aguda Distensão capsular; Rarefação óssea; Subluxaçãoquinta-feira, 21 de abril de 2011
  42. 42. Imaginologia Radiologia Simples Pouca Importância Fase Aguda Distensão capsular; Rarefação óssea; Subluxaçãoquinta-feira, 21 de abril de 2011
  43. 43. Imaginologia Ultrassonografiaquinta-feira, 21 de abril de 2011
  44. 44. Imaginologia Ultrassonografia Mais utilizado e mais importante Examinador Dependente e Negativo não afasta. (DÚVIDA MANTIDA:”PUNÇÃO”!)quinta-feira, 21 de abril de 2011
  45. 45. Imaginologia Ultrassonografia Mais utilizado e mais importante Examinador Dependente e Negativo não afasta. (DÚVIDA MANTIDA:”PUNÇÃO”!)quinta-feira, 21 de abril de 2011
  46. 46. Imaginologia Outros Cintilografia Óssea Diferenciar OHA Tomografia Computadorizada/ Pouca Utilidade na AP; Avaliação de sequelas RMquinta-feira, 21 de abril de 2011
  47. 47. Diagnóstico Diferencial Pioartrite / Sinovite Transitória do Quadril Texto Critérios de Kocherquinta-feira, 21 de abril de 2011
  48. 48. Diagnóstico Diferencial Pioartrite / Sinovite Transitória do Quadril Texto Incapacidade de Descarga de Peso Critérios de Kocherquinta-feira, 21 de abril de 2011
  49. 49. Diagnóstico Diferencial Pioartrite / Sinovite Transitória do Quadril Texto Incapacidade de Descarga de Peso Critérios de VHS > 40 Kocherquinta-feira, 21 de abril de 2011
  50. 50. Diagnóstico Diferencial Pioartrite / Sinovite Transitória do Quadril Texto Incapacidade de Descarga de Peso Critérios de VHS > 40 Kocher Febrequinta-feira, 21 de abril de 2011
  51. 51. Diagnóstico Diferencial Pioartrite / Sinovite Transitória do Quadril Texto Incapacidade de Descarga de Peso Critérios de VHS > 40 Kocher Febre Leococitose > 12000quinta-feira, 21 de abril de 2011
  52. 52. Diagnóstico Diferencial Pioartrite / Sinovite Transitória do Quadril Critérios de Kocher 100 Texto Incapacidade de Descarga de Peso Critérios de VHS > 40 75 Kocher Febre Leococitose > 12000 50 25 0 1 2 Juntos 3 Juntos 4 Juntosquinta-feira, 21 de abril de 2011
  53. 53. Diagnóstico Diferencial Pioartrite / Sinovite Transitória do Quadril Critérios de Kocher 100 Texto Incapacidade de Descarga de Peso Critérios de VHS > 40 75 Kocher Febre Leococitose > 12000 50 25 0 1 2 Juntos 3 Juntos 4 Juntosquinta-feira, 21 de abril de 2011
  54. 54. Diagnóstico Diferencial Pioartrite / Sinovite Transitória do Quadril Critérios de Kocher 100 Texto Incapacidade de Descarga de Peso Critérios de VHS > 40 75 Kocher Febre Leococitose > 12000 50 25 0 1 2 Juntos 3 Juntos 4 Juntosquinta-feira, 21 de abril de 2011
  55. 55. Diagnóstico Diferencial Pioartrite / Sinovite Transitória do Quadril Critérios de Kocher 100 Texto Incapacidade de Descarga de Peso Critérios de VHS > 40 75 Kocher Febre Leococitose > 12000 50 25 0 1 2 Juntos 3 Juntos 4 Juntosquinta-feira, 21 de abril de 2011
  56. 56. Diagnóstico Diferencial Pioartrite / Sinovite Transitória do Quadril Critérios de Kocher 100 Texto Incapacidade de Descarga de Peso Critérios de VHS > 40 75 Kocher Febre Leococitose > 12000 50 25 0 1 2 Juntos 3 Juntos 4 Juntosquinta-feira, 21 de abril de 2011
  57. 57. Diagnóstico Diferencial Pioartrite / ARJ Quadril raramente é afetado na ARJ Início mais gradual Deambulação é conseguida Sem leococitose na análise do líquido sinovialquinta-feira, 21 de abril de 2011
  58. 58. Diagnóstico Diferencial Pioartrite / Outras Púrpura Henoch-Schonlein Febre Reumática Enteroartrites Salmonellas ou Yersiniaquinta-feira, 21 de abril de 2011
  59. 59. Tratamento Emergência Ortopédica!!! Objetivos do Tratamento Reconhecer a Infecção Identificar o Agente Início da Terapia Corretaquinta-feira, 21 de abril de 2011
  60. 60. Tratamento Artrotomia Lavagem com SF a 0,9% Artroscopia Imobilização ou Tração Pós-Opquinta-feira, 21 de abril de 2011
  61. 61. Tratamento Duração é Controversa Controle Laboratorialquinta-feira, 21 de abril de 2011

×