Biografia de Madre Rita (parte 2)<br />Rita teria uns 20 anos. <br />Via cada vez mais claramente qual sua vocação: consag...
Rita passou a ter um Diretor Espiritual  que, ao ver a perseguição do Governo Português às Congregações Religiosas, a acon...
Entrou, então, em 1877 no “Colégio das Irmãs da Caridade – cidade do Porto.Era a única Congregação autorizada em Portugal ...
Confrontando o carisma daquelas irmãs com o que ia na alma, viu que não vinha ao encontro com o gênero de vida e apostolad...
Educar meninas pobres e abandonadas<br />Desejava preparar-se para melhor desempenho do que ela, juntamente com o Pe.Franc...
Biografia de Madre Rita (parte 2)<br />Rita teria uns 20 anos. <br />Via cada vez mais claramente qual sua vocação: consag...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Módulo i atividade 2 (slide)

254 visualizações

Publicada em

Publicada em: Espiritual
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
254
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Módulo i atividade 2 (slide)

  1. 1. Biografia de Madre Rita (parte 2)<br />Rita teria uns 20 anos. <br />Via cada vez mais claramente qual sua vocação: consagrar-se a Deus na Vida Religiosa. <br />O pai era muito piedoso. Mas, porque sentia por ela um oculto carinho, deixou sair da boca esta expressão: <br />“Podiam ir as outras irmãs mas ela não”<br />
  2. 2. Rita passou a ter um Diretor Espiritual que, ao ver a perseguição do Governo Português às Congregações Religiosas, a aconselhava esperar ou até pensar em outra forma de vida. Contudo, nunca esmoreceu e, finalmente, aos 29 anos, conseguiu dos pais e do Diretor Espiritual a almejada autorização para ingressar numa Congregação Religiosa. <br />
  3. 3. Entrou, então, em 1877 no “Colégio das Irmãs da Caridade – cidade do Porto.Era a única Congregação autorizada em Portugal por somente se dedicar ao serviço dos pobres, a exemplo de São Vicente de Paulo. <br />
  4. 4. Confrontando o carisma daquelas irmãs com o que ia na alma, viu que não vinha ao encontro com o gênero de vida e apostolado que sempre a fascinou.O Diretor Espiritual da Comunidade assim também julgou e Rita deixou aquelas Religiosas de origem francesa.<br />
  5. 5. Educar meninas pobres e abandonadas<br />Desejava preparar-se para melhor desempenho do que ela, juntamente com o Pe.Francisco Pereira,sj – seu Diretor Espiritual, pensavam ser a vontade de Deus a seu respeito: recolher e educar meninas pobres e abandonadas.<br />Tudo isto se desenrolou, coincidindo com a subida de Leão XIII, o Papa do Rosário e da Família, à Cadeira de Pedro.<br />
  6. 6. Biografia de Madre Rita (parte 2)<br />Rita teria uns 20 anos. <br />Via cada vez mais claramente qual sua vocação: consagrar-se a Deus na Vida Religiosa. <br />O pai era muito piedoso. Mas, porque sentia por ela um oculto carinho, deixou sair da boca esta expressão: <br />“Podiam ir as outras irmãs mas ela não”<br />

×