EDITORIAL                                               VEJA TAMBÉM:    Comunicação - palavra chave em 2010!              ...
REUNIÃO DE PAISÉ preciso cuidar com afinco da Educação do seu filho, frequentar as reuniões escolares é um excelente começ...
Fica aqui o convite para que os pais e os                                                              responsáveis partic...
Mas o trabalho não acabou. Continuamos aconstruir brinquedosatravés de oficinapermanente,      ondeutilizamos diversosmate...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Boletim Informativo 2010

799 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
799
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
154
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
2
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Boletim Informativo 2010

  1. 1. EDITORIAL VEJA TAMBÉM: Comunicação - palavra chave em 2010! Reunião de Pais, p. 2 / PEA 2009, p. 3/ Espaço CIPA, p. 4/ Fique por Dentro, p. 4 / Refletir, p. 4 A criação de um boletim informativotem a finalidade de aproximar pessoas, divulgarexperiências e compartilhar idéias. O boletim informativo é uma dasferramentas, a mais recente delas, para ampliaras diversas formas de comunicações jáexistentes nesta unidade educacional. Sendoassim, a proposta deste é complementar asações comunicativas das reuniões de conselho eAPM, reunião de Pais, comunicados internos eexternos, recados através da agenda da criança,conversas no dia a dia entre pais e professores,funcionários e direção. Entronização da Patrona Dirce Migliaccio Em 28 de agosto de 2010, aconteceu, no o Fantasminha”, com Dirce Migliaccio no papel deCEU Aricanduva, o evento de Entronização da Pluft, obra de Maria Clara Machado; depois doPatrona deste CEI. Aproveitamos a 3º Festa da sucesso vivido com os fantasminha Pluft, Dirce foiFamília para realizar a solenidade e homenagear convidada a interpretar em 1977 a primeira Emílianossa nova Patrona Dirce Migliaccio. Desde esta do seriado “Sítio do Pica-pau Amarelo” da TVdata, o CEU CEI Aricanduva passou a se chamar Globo.CEU CEI Dirce Migliaccio. Durante todo o processo de alteração do A alteração do nome da unidade teve início nome desta unidade, foi notória a satisfação de todosem 2009, a partir da necessidade de constituir uma - pais, funcionários e comunidade – em participaridentidade ao trabalho aqui realizado. Houve então desta ação, também foi visível o contentamento dauma mobilização entre funcionários e comunidade equipe técnica do CEI (Direção e Coordenaçãopara encontrar uma personalidade que representasse Pedagógica) ao perceberem o envolvimento deo CEI: foram realizadas pesquisas, apresentações das todos.personalidades e votação. Após este longo processo, Durante a 3ª Festa da Família, após apresenteamos o CEI com um novo nome, o qual solenidade de abertura e entronização que foramnome que reflete a identidade desta instituição. marcadas por apresentações audiovisuais que Cabe ressaltar aqui um breve histórico da ressaltavam a valorização dos direitos das crianças,vida profissional de Dirce Migliaccio: estreou no entre eles o respeito à infância, ao brincar e ateatro ao lado do irmão Flavio Migliaccio em 1958; ludicidade. Houve apresentação teatral sobre a vidatrabalhou em seu primeiro filme, “Os mendigos”– e a obra de Dirce Migliaccio, realizada porem 1962; a partir de 1965 atuou em diversas novelas professoras da unidade, as quais divertiram eda extinta TV Tupi; em 1973 integrou o elenco de emocionaram o público presente. As famílias e asum grande clássico da televisão brasileira, a crianças também participaram ativamente datelenovela “O Bem Amado”, escrita por Dias exposição e das oficinas que aconteciamGomes, na novela vivia um das famosas irmãs simultaneamente à apresentação teatral. Fica aqui oCajazeiras, a Judicéia; em 1975 a Globo e a TV do “Parabéns!” à unidade!Rio de Janeiro fizeram em parceria, o seriado “Pluft,
  2. 2. REUNIÃO DE PAISÉ preciso cuidar com afinco da Educação do seu filho, frequentar as reuniões escolares é um excelente começo, quer ver? O professor do seu filho conhece suas  Entender as especificidades da idade de seuexpectativas em relação ao trabalho dele? E você, sabe filho;exatamente como é o dia-a-dia de sua criança no CEI?Se você freqüenta as reuniões de pais e mantém um  Conhecer para poder ajudar;diálogo constante com os profissionais que cuidam da  Mais confiança para todos.Educação do seu filho (a), provavelmente deve estarcom todas essas questões esclarecidas e, assim, se Além das razões citadas, participando dassentindo mais seguro. reuniões de pais do CEI Dirce Migliaccio, os pais têm a oportunidade de conhecer um documento da A reunião de pais esta prevista na portaria de unidade chamado “Portifólio”. Existem dois tipos deOrganização de todas as Unidades Escolares e seu portifólios, o da sala (registrando as atividades e oprincipal objetivo, segundo a pedagoga Isa Spanghero desenvolvimento grupo) e o individual (descrevendo oStoeber (uma das autoras do livro Reunião de Pais - desenvolvimento pleno das crianças). Os portifóliosSofrimento ou Prazer?) é “compartilhar interesses e são elaborados pelas educadoras da criança durantemissões tendo em vista os benefícios para o aluno”. o período que ela permanece no CEI e são “Compartilhar” é mesmo a palavra de ordem compostos de registros escritos, fotográficos e dequando falamos em reuniões, afinal a relação entre a atividades realizadas no decorrer de cada ano.escola e os pais deve ser de parceria. Para Carmem Na reunião de pais do mês de outubro recebemosSilvia Galluzzi, autora do livro “Propostas para alguns “feedbacks” de pais que queremosReunião de Pais”, as reuniões têm um grande poder de compartilhar:aproximar famílias e escolas: “Os pais recebemorientações, esclarecem dúvidas e, assim, estabelecemuma relação de confiança e cooperação com os “De todas as escolas que visitei inclusive asprofessores.” particulares, foi somente no CEU Aricanduva que encontrei o método de ensino apropriado para essa Socialmente falando, participar das reuniões faixa etária que minha filha encontra-se. No meutambém traz benefícios às crianças, pois a troca de entendimento o brincar, o imaginar, essas partes tãovivências entre pais e professores promove também simples que compõem a infância, tem grandeuma aproximação entre pais/pais e pais/ filhos: importância na formação psíquica dos pequenos” (mãe Sandra Valentim de Sousa) “É importante que os pais das crianças se conheçam e troquem experiências.” (Silvia Benedicto Cristina, “Posso afirmar que minha filha está em uma instituição assistente social e diretora de projetos do CRAS - de primeira qualidade, ela é a prova viva do excelente Centro de Referência da Assistência Social) atendimento prestado às crianças: é uma criança feliz e em total desenvolvimento. Confio em todos vocês!” (mãe Clarice) Destacamos aqui algumas razões para marcarpresença nos encontros e tirar o máximo proveito deles: “É muito satisfatório ver que nossos filhos estão sendo  Conhecer o Centro de Educação Infantil a bem cuidados, a maior prova que tenho disto é o gosto fundo: os profissionais, o espaço físico, os do meu filho pela escola e o carinho com que ele fala materiais utilizados pelas crianças, as das professoras” (mãe Tânia Pinheiro Francalino) propostas pedagógicas;  Acompanhar o desenvolvimento da criança;  Esclarecer dúvidas de interesse geral;  Conhecer seu filho sob outros pontos de vista;  Firmar parceria com a escola;
  3. 3. Fica aqui o convite para que os pais e os responsáveis participem destes encontros, reforçando nossa parceria, com comprometimento e responsabilidade. ACONTECE! PEA 2009: A IMPORTÂNCIA DO BRINQUEDO NO DESENVOLVIMENTO DA CRIANÇA No ano de 2009 realizamos o 1º Um dos objetivos do PEA foi aProjeto Especial de Ação (PEA) do CEU ampliação do repertório de brincadeiras eCEI Aricanduva, visando atender a necessidade da da diversidade de brinquedos, por meio dounidade estudamos os “BRINQUEDOS”. desenvolvimento e disponibilização de elementos capazes de estimular e apoiar as crianças em sua criatividade e imaginação. Desse modo, as crianças têm a oportunidade de vivenciar situações da vida cotidiana, assumir papéis e reproduzir as ações de personagens. Assim, elas se constituem como protagonistas de sua própria história. ...”Se a criança é estimulada a usar seus brinquedos desde a mais tenra idade, podendo se Na infância a brincadeira é fundamental para permitir inclusive inversões,favorecer o desenvolvimento integral e ampliar o conversões, distorções,universo cultural das crianças. Brincar é uma forma subvertendo a ordem eprivilegiada de aprendizagem. A opção em abordar no transformação, ela terá maiorProjeto Especial de Ação (PEA) o tema “A oportunidade de ampliaçãoimportância do brinquedo para o desenvolvimento da de horizontes. Crescerá comcriança” visou ampliar as experiências e vivências menos rigidez e maiorsignificativas das diferentes linguagens de flexibilidade, conseguindo teraprendizagens na rotina deste Centro Educação opinião própria e vendo asInfantil. Também envolve através de formação, os coisas de diversos eprofessores, os familiares e, principalmente, as inusitados ângulos. Assim elacrianças do CEI. Este movimento contribuiu muito terá liberdade para sentir-se à vontade para arriscar,para qualificar ainda mais nosso “fazer” diário. buscar suas próprias soluções, traçando seus caminhos com autoconfiança e criatividade” – Entendemos que o brincar é uma necessidade e Machado, 2007.um direito da criança, desta forma, o brinquedo é umadas ferramentas que assegura este direito. Pesquisas e estudos comprovam a importância do brinquedo e de sua variedade para o Através das brincadeiras, as crianças desenvolvimento da criança de zero a três anos:adquirem experiências importantes para o seudesenvolvimento, ampliam conhecimento e sua “É no brincar, e talvez apenas no brincar, quecapacidade criadora. O brincar também favorece o a criança ou adulto fruem de sua liberdade devínculo com outras crianças e com adultos, é o criação” - Winnicott, 1982.elemento organizador para o inicio das relações Por isso também, algumas ações foramemocionais e sociais, a ferramenta gênese para a desenvolvidas em nosso CEI: levantamento dosexpressão e a resolução das angustias e dos conflitos. brinquedos existentes na unidade; reciclagem de As brincadeiras são atividades diárias no materiais; construção de brinquedos não estruturados;cotidiano do CEI que, quando mediadas pelo oficinas entre grupos de professores, exposição paraprofessor, possibilitam às crianças vivenciar papéis professores de outras unidades; exposição para associais e vencer desafios. famílias e comunidade; apreciação, exploração e apropriação dos brinquedos pelas crianças.
  4. 4. Mas o trabalho não acabou. Continuamos aconstruir brinquedosatravés de oficinapermanente, ondeutilizamos diversosmateriais recicláveis FIQUE POR DENTROe, desta forma, Conheça os colegiados do CEI e participe doequipamos osambientes com Conselho de CEI e da Associação de Pais evários brinquedos e ampliamos a possibilidade de livre Mestres (APM).escolha dos brinquedos pelas crianças. O que foi discutido nas reuniões de 2010? Para saber mais: Machado, Marina Marcondes, O Brinquedo – Sucata e a Criança; 2007 MARÇO: Eleição dos representantes do Conselho Winnicott, D. W. A criança e o seu mundo; 1982 de CEI e APM-Gestão 2010/11; aprovação do calendário escolar; envolvimento da comunidade Oliveira, Zilma de Moraes, Faz de conta & Cia; 2005 nos encaminhamentos para participação no Plano Municipal de Educação da Cidade de São Paulo; processo de alteração do nome do CEI; organização da Comissão de funcionários para compras do CEI; levantamento das prioridades de ESPAÇO CIPA materiais, brinquedos e manutenção; A CIPA (Comissão Interna de Prevenção ABRIL: Definições das normas para o de Acidentes) tem por objetivo levantar, propor e funcionamento do Conselho e eleição do controlar situações que possam causar acidente de Presidente e Vice Presidente; apresentação dos trabalho aos servidores. A instauração da CIPA nas resultados das discussões do Plano Municipal de unidades educacionais com mais de 20 servidores é Educação; uma conquista, relativamente, recente, MAIO: Prestação de contas da verba do 1° regulamentada pela LeiREFLETIR de setembro PARA 13.174, de 05 repasse PTRF; de 2001, e pela Portaria 4350/06. Final de 2010. Ano de muitas conquistas, JUNHO: Eleição para o cargo de Coordenadora mudanças nossa Unidade Neste período é Em e dificuldades. Escolar, a CIPA é Pedagógica da unidade; constituída atualmente por quatro (4) sobre nossas inevitável fazermos avaliações servidores (os JULHO: Trabalho Pedagógico no CEU CEI – auxiliares e objetivos.educação Eduardo e Sandra, decisões técnicos de Nem sempre conseguimos Currículo e datas comemorativas; organização da e as professoras prazo de doze meses. Assim, alcançá-los no curto Marly e Janaina), que Festa da Família; trabalho da CIPA; manutenção disponibilizam pontinha de frustração e também um sentimos uma 6 horas suas jornadas semanais dos brinquedos da área externa; para trabalhos exclusivosrelação ao desconhecido pouco de ansiedade em da CIPA, incluindo o atendimento a outros servidores para tratar de 2011. AGOSTO: Prestação de contas do 2º repasse do PTRF; manutenção e aquisição de brinquedos assuntos pertinentes a prevenção de acidentes. Como diz uma música de Chico César: para o parque; “caminho se conhece andando”. Então, as SETEMBRO: Manutenção do parque do andanças de 2010 trouxeram-nos muitos convívio; boletim informativo do CEI; proposta conhecimentos, os quais nos auxiliaram no do Shopping para construção de avenida entre o caminho ainda não percorrido de 2011, cheio de bloco educacional e a gestoria; alteração de expectativas, mistérios e oportunidades de calendário escolar; definição do horário de atendimento da unidade para 2011; Levantamento aprendizagem. das prioridades de compra com a verba do PDDE; Esperamos que seja um caminho macio OUTUBRO: Prestação de contas PDDE; para os pés, cheio de paisagens novas para os olhos e para o pensamento. Um caminho que permita NOVEMBRO: Portaria de atendimento e construções; muito visitado por pessoas que organização das unidades escolares; queiram permanecer nele. Quem sabe, queiram modificá-lo mais, talvez. Mas, que ele seja trilhado. PDDE - Programa de dinheiro direto na escola - Enquanto não passamos nele, não sentimos sua Anual textura, sonharemos com ele, conforme o poeta PTRF – Programa de Transferência dos recursos Financeiros – 3 repasses no ano Mário Quintana: “se as coisas são inatingíveis... ora! Não é motivo para não querê-las. Que tristes os caminhos, se não fora, a mágica presença das estrelas!”

×