A municipalização do ensino brasileiro

426 visualizações

Publicada em

Slides do seminário da disciplina de Gestão do Mestrado em Educação da UFGD, apresentado pelas mestrandas Carolina e Fabiana.

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
426
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
10
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

A municipalização do ensino brasileiro

  1. 1. © Carolina & Fabiana 2013
  2. 2. © Carolina & Fabiana 2013
  3. 3. - Possui graduação em Pedagogia pela Universidade Metodista de Piracicaba (1972); - Mestrado em Educação pela Universidade Metodista de Piracicaba (1983) e - Doutorado em Educação pela Universidade Estadual de Campinas (1992). - Tem experiência na área de Educação, com ênfase em Política Educacional, atuando principalmente nos seguintes temas: política educacional, municipalização do ensino, educação, descentralização e financiamento da educação. © Carolina & Fabiana 2013 CLEITON DE OLIVEIRA
  4. 4. © Carolina & Fabiana 2013
  5. 5. © Carolina & Fabiana 2013
  6. 6. © Carolina & Fabiana 2013
  7. 7. © Carolina & Fabiana 2013
  8. 8. © Carolina & Fabiana 2013
  9. 9. © Carolina & Fabiana 2013
  10. 10. © Carolina & Fabiana 2013
  11. 11. © Carolina & Fabiana 2013
  12. 12. © Carolina & Fabiana 2013
  13. 13. © Carolina & Fabiana 2013
  14. 14. A partir de uma perspectiva crítica, “o grau de centralização ou descentralização em um país se define pelo grau de poder e controle social que determinados grupos ou atores sociais exercem sobre o domínio particular da atividade pública”( Hevia,1991). © Carolina & Fabiana 2013 
  15. 15. © Carolina & Fabiana 2013
  16. 16. © Carolina & Fabiana 2013
  17. 17. © Carolina & Fabiana 2013
  18. 18. © Carolina & Fabiana 2013
  19. 19. © Carolina & Fabiana 2013
  20. 20. © Carolina & Fabiana 2013
  21. 21. © Carolina & Fabiana 2013
  22. 22. © Carolina & Fabiana 2013 Constituição de 1891
  23. 23. Essa dualidade refletiu a distância que havia “entre a Educação da classe dominante (escolas secundárias acadêmicas e superiores) e a educação do povo ( primária e escola profissional)” ( pg.19). © Carolina & Fabiana 2013 
  24. 24. © Carolina & Fabiana 2013
  25. 25. © Carolina & Fabiana 2013
  26. 26. © Carolina & Fabiana 2013
  27. 27. © Carolina & Fabiana 2013
  28. 28. © Carolina & Fabiana 2013 A Constituição estabeleceu “ uma política nacional de educação de conformidade com os postulados e aspirações vitoriosas na Conferencia de Niterói, em 1932, e no Manifesto dos Pioneiros pela reconstrução educacional do Brasil” (AZEVEDO,1964).
  29. 29. © Carolina & Fabiana 2013
  30. 30. © Carolina & Fabiana 2013
  31. 31. © Carolina & Fabiana 2013
  32. 32. © Carolina & Fabiana 2013
  33. 33. © Carolina & Fabiana 2013
  34. 34. © Carolina & Fabiana 2013
  35. 35. © Carolina & Fabiana 2013
  36. 36. © Carolina & Fabiana 2013
  37. 37. © Carolina & Fabiana 2013
  38. 38. © Carolina & Fabiana 2013
  39. 39. © Carolina & Fabiana 2013
  40. 40. © Carolina & Fabiana 2013
  41. 41. © Carolina & Fabiana 2013
  42. 42. © Carolina & Fabiana 2013
  43. 43. © Carolina & Fabiana 2013
  44. 44. © Carolina & Fabiana 2013
  45. 45. © Carolina & Fabiana 2013
  46. 46. © Carolina & Fabiana 2013
  47. 47. © Carolina & Fabiana 2013
  48. 48. OLIVEIRA, C. de. A municipalização do ensino brasileiro. In: OLIVEIRA, C. de et al. Municipalização do ensino no Brasil. Belo Horizonte: Autêntica, 1999. p. 11-36. © Carolina & Fabiana 2013 REFERÊNCIA:

×