O Desenho de estratégias de trabalho com TIC combase no conhecimento de professores experientes:               o caso das ...
Contexto de investigação                       Projeto TACCLE 2 - criação de materiais                       para promover...
Problema de partida                   Dificuldades, manifestadas pelos                professores auscultados no TACCLE 1,...
ObjetivosIdentificar soluções criativas e inovadorascapazes de fazer face ao desafio de inspirar eorientar os professores ...
Metodologia  "Metodologias de desenvolvimento"Development         Research (Van dan Akker, 1999)    uso do conhecimento te...
Etapas de desenvolvimento Fase 1               Fase 2            Fase 3              Fase 4Auscultação/          Discussão...
Grupo de trabalho•   10 professores de diferentes    disciplinas da área das Artes    com grande motivação e    experiênci...
ProcedimentosContactar professores    Redes sociais virtuaisespecialistas da área    (Facebook, Escola 2.0; e-das Artes   ...
Fase IImaginar as Artes com as TIC         Período: Janeiro à junho de 2012         •   Analisar as implicações do        ...
Resultados 1ª Fase               “Projeto criativo integrador"•   Mobilização de conhecimentos relativos às    potencialid...
Resultados 1ª Fase• Preocupação em definir a melhor maneira de  apresentar os conteúdos, métodos, técnicas e  ferramentas ...
Resultados 1ª Fase        Metáfora“viagem de metropolitano”                            A organização das atividades       ...
Conclusões 1ª Fase Os resultados da 1ª Fase sugerem que uma atividade curricular proposta para a área das Artes com recurs...
Fase 2Concretizar as Artes com as TIC         Período:   Julho a Dezembro de 2012         •   Recolher ideias sobre conteú...
Referencial teórico                                                IC                                         om as T     ...
Referencial teórico  Conceção de                 Perspetivas de              Formação de    Ensino e                Integr...
ReferênciasAlmeida, M. A. e Valente, J. A. (2011). Tecnologias e Currículo: trajetórias convergentes oudivergentes?, São P...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

TACCLE2 TicEduca2012

520 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação
0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
520
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
8
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
9
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

TACCLE2 TicEduca2012

  1. 1. O Desenho de estratégias de trabalho com TIC combase no conhecimento de professores experientes: o caso das artes Fernando Albuquerque Costa - fc@ie.ul.pt Carla Rodriguez - carlapaiva@ie.ul.pt Lisboa, Dezembro de 2012
  2. 2. Contexto de investigação Projeto TACCLE 2 - criação de materiais para promover a utilização das TIC nas diferentes áreas curriculares. • Primeiro Ciclo Desenvolvimento • Matemática e de estratégias de Ciências • Humanidades ensino e • Competências aprendizagem com - chave as TIC em articulação com a • Artes formação de professores.http://taccle2.eu 517726-LLP-1-2011-1-BE-COMENIUS-CMP Comenius 2011/2014
  3. 3. Problema de partida Dificuldades, manifestadas pelos professores auscultados no TACCLE 1, para utilizar as TIC de forma integrada ao currículo: ausência de orientações pedagógicas e metodológicas!Desafios propostos pelo TACCLE 2• Aumentar a consciência dos professores sobre o potencial das tecnologias digitais quando aplicadas ao processo de ensino e aprendizagem.• Estimular a implementação de ações concretas que envolvam professores e alunos em atividades que explorem o potencial da Web 2.0.
  4. 4. ObjetivosIdentificar soluções criativas e inovadorascapazes de fazer face ao desafio de inspirar eorientar os professores de Artes para utilizaremas TIC nas atividades que propõem edesenvolvem com os seus alunos,Identificar estratégias pedagógicas emetodológicas concretas que possam mobilizaro potencial das TIC para favorecer umaaprendizagem ativa por parte dos alunos, etrazer um valor acrescentado ao processo deensinar e aprender
  5. 5. Metodologia "Metodologias de desenvolvimento"Development Research (Van dan Akker, 1999) uso do conhecimento teórico no contexto da solução de problemas práticos. Análise de um Busca de Reflexão eproblema prático Teste e soluções em documentação (investigadores avaliação das acordo com um que conduzam e profissionais soluções referencial investigações no terreno) encontradas teórico. futuras Refinamento do problema, soluções e método Adaptado de (Coutinho & Chaves, 2001)
  6. 6. Etapas de desenvolvimento Fase 1 Fase 2 Fase 3 Fase 4Auscultação/ Discussão e Aplicação e Reflexão, Análise do elaboração das avaliação das reformulação eproblema de atividades atividades em documentação partida práticas contextos reais das atividades Refinamento do problema, soluções e método
  7. 7. Grupo de trabalho• 10 professores de diferentes disciplinas da área das Artes com grande motivação e experiência de uso das TIC nas suas aulas.• 7 investigadores da área das TIC e Educação com experiência no desenvolvimento de estratégias de ensino e aprendizagem com tecnologias.
  8. 8. ProcedimentosContactar professores Redes sociais virtuaisespecialistas da área (Facebook, Escola 2.0; e-das Artes mail.Organizar sessões Técnica de estimulação eperiódicas de trabalho recolha de dados:(Focus-Group) brainstormingAuscultar os 10 Documentaçãoprofessores audiovisual e escrita dasespecialistas na área sessões de trabalhodas Artes Transcrição e análise dos dados coletados
  9. 9. Fase IImaginar as Artes com as TIC Período: Janeiro à junho de 2012 • Analisar as implicações do problema da falta de orientações pedagógicas sobre como utilizar as TIC nas práticas pedagógicas • Identificar as estratégias pedagógicas e metodológicas que combinem o potencial das TIC e favoreçam a aprendizagem dos alunos no domínio das Artes
  10. 10. Resultados 1ª Fase “Projeto criativo integrador"• Mobilização de conhecimentos relativos às potencialidades e limites das tecnologias• Flexibilidade para criar novas situações de aprendizagem• Integração mais efetiva das TIC na prática docente
  11. 11. Resultados 1ª Fase• Preocupação em definir a melhor maneira de apresentar os conteúdos, métodos, técnicas e ferramentas utilizadas em uma atividade de forma a criar uma ambientação adequada sem deixar de visar as aquisições previstas no currículo• As propostas de atividades devem ser organizadas em torno de um objetivo didático comum, embora com a flexibilidade suficiente para que os professores construam o seu próprio conteúdo.
  12. 12. Resultados 1ª Fase Metáfora“viagem de metropolitano” A organização das atividades deve: • Possibilitar aos professores a definição de seu próprio percurso em função de seus interesses ou necessidades específicas • Garantir a flexibilidade, do ponto de vista do ensino e da aprendizagem através da conceção de conteúdos próprios em articulação com a proposta curricular.
  13. 13. Conclusões 1ª Fase Os resultados da 1ª Fase sugerem que uma atividade curricular proposta para a área das Artes com recurso às TIC deve ser estruturada de forma flexível, permitindo ao professor definir seu próprio percurso em função das características específicas da própriasituação pedagógica (objetivos de aprendizagem, perfil do grupo de alunos, tecnologias disponíveis, tempo, etc.) e de suas próprias competências técnico- pedagógicas e metodológicas.
  14. 14. Fase 2Concretizar as Artes com as TIC Período: Julho a Dezembro de 2012 • Recolher ideias sobre conteúdos do ensino e aprendizagem das Artes que envolvam o uso de tecnologias • Mapear aspetos criativos e inovadores capazes de inspirar os professores da área das Artes e orientá-los na planificação e utilização das TIC nas atividades que desenvolvem com seus alunos
  15. 15. Referencial teórico IC om as T agem c ndiz e Apre En sino de ceçãoCon sd s e a petiv o da P ers raçã ículo Formação de teg curr s In no professores para e C TI das Art o uso das TIC
  16. 16. Referencial teórico Conceção de Perspetivas de Formação de Ensino e Integração das TIC professores para oAprendizagem com no currículo das uso das TIC as TIC Artes Significativa Inovação Autónoma Colaborativa Mudança Reflexiva Construtiva Transversalidade Crítica Ativa Integrada Transdisciplinar Prática(Almeida & Valente, 2011) EACEA/Eurydice Modelo f@r (Costa, 2010, 2012) (2009) (Costa, 2007) (Jonassen, 1996) TPACK PCK (Peralta & Costa, 2007) (Mishra & Koeler, 2006) (Shulman, 1986)
  17. 17. ReferênciasAlmeida, M. A. e Valente, J. A. (2011). Tecnologias e Currículo: trajetórias convergentes oudivergentes?, São Paulo: Paulus.Costa, F. (2012). «Desenvolvimento curricular e TIC: do déficit tecnológico ao déficitmetodológico», in Albano Estrela e Júlia Ferreira (Eds.), Revisitar os estudos curriculares — Ondeestamos e para onde vamos?. Lisboa, Secção Portuguesa da AFIRSE.Costa, F. (2010). «Do subaproveitamento do potencial pedagógico das TIC à desadequação daformação de professores e educadores», in Maria Elizabeth Almeida (Ed.), Actas do I ColóquioBrasil-Portugal — 2010: Perspectivas de inovação no campo das TIC na Educação. São Paulo,Brasil: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo.Jonassen, D. (1996): Computers in the classroom: mindtools for critical thinking, Columbus, OH:Merrill/Prentice Hall.Mishra, P. & Koehler, M. J. (2006). Technological Pedagogical Content Knowledge: a framework forteacher knowledge. Teachers College Report, 108, 1017-1054. doi: Consultado em Janeiro, 2012em http://www.tpck.org/COSTA, F. & PERALTA, H. (2007). TIC e Inovação Curricular. Nota de Apresentação (versão on-line). Sísifo. Revista de Ciências da Educação, 3, pp. 3-6.Shulman, L. (1986). Those who understand: Knowledge growth in teaching. In: EducationalResearcher, Feb. 1986: 4-14. (AERA Presidential Address).TACCLE (2009). Apoio a professores para a criação de conteúdos em ambientes de aprendizagem:manual de e-learning para professores. Jenny Hughes, EditoraVan Den Akker, J. (1999). Principles and methods of development research. In Jan Van den Akker,N. Nieveen, R. M. Branch, K. L. Gustafson & T. Plomp (Eds.), Design Methodology andDevelopmental Research in Education and Training (pp. 1-14). The Netherlands: Kluwer AcademicPublisher.

×