FLÁVIO SANTOS
Psicólogo atuante no CREAS III – Campina Grande
Mestre em Desenvolvimento Regional – UEPB-UFRJ
Professor Tut...
RESGATE DE MEMÓRIAS
Estratégias que foram importantes na minha formação
Motivações internas e externas
Principais dificuld...
LINHA DO TEMPO
1988
CONSTITUIÇÃO CIDADÃ
“Novo Estado de Direitos”
19901988
Desafio para o acesso a
Política de educação e
...
LINHA DO TEMPO
2000
CONSOLIDAÇÃO DO
ENSINO BÁSICO
“Maior acesso ao ensino
Médio”
2005
EXPANSÃO DO ENSINO
SUPERIOR
“Aumento...
LINHA DO TEMPO
2012
EDUCAÇÃO PARA
A CIDADANIA
“Condição necessária
Para o rompimento
Com as situações de
exclusão”
2013
CO...
O LUGAR DO EDUCADOR NA
CONTEMPORANEIDADE
Como o professor lida com as novas expectativas em sua atividade?
Que público é e...
PROBLEMAS CONTEMPORÂNEOS DA
EDUCAÇÃO
Precarização do trabalho docente
Vínculos empregatícios precários
Escolas pouco prepa...
PROBLEMAS CONTEMPORÂNEOS DA
EDUCAÇÃO
Aumento do financiamento público da educação
PIB:
3,9% EM 2000
4,7% EM 2008
DEFESA DE...
COMO O PROFESSOR PODERÁ DAR
CONTA DESSAS DEMANDAS?
QUEM PROPÕE O PROJETO DE
FORMAÇÃO DOCENTE E DISCENTE?
A ESCOLA COMO ESPAÇO FLUIDO
“O papel que é dado o professor – de mero executor dos projetos educacionais normatizados
pelo...
(IM)POSSIBILIDADES
Atuação em redes (a ação pedagógica intramuros é cada vez menos
Insuficiente);
Necessidade de articulaç...
SÉRIE DO JN ESSA SEMANA TRATA DA
SITUAÇÃO DOS PROFESSORES NO
BRASIL
http://g1.globo.com/jornal-nacional/noticia/2015/02/au...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Palestra de abertura do ano letivo da EEEMP José Leite de Souza - Monteiro Pb

243 visualizações

Publicada em

Apresentação traz uma trajetória das políticas na área de educação, principalmente destacando a emergência desta correlacionada com outros direitos fundamentais, pós constituição de 1988. Apresenta ainda desafios na educação contemporânea.

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
243
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
7
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Palestra de abertura do ano letivo da EEEMP José Leite de Souza - Monteiro Pb

  1. 1. FLÁVIO SANTOS Psicólogo atuante no CREAS III – Campina Grande Mestre em Desenvolvimento Regional – UEPB-UFRJ Professor Tutor – Especialização em Gestão de Saúde – UEPB Professor UVA/UNAVIDA – Especialização em Psicopedagogia – Monteiro Educador de Participação Cidadã – PROJOVEM – Complexo Penitenciário do Serrotão – Campina Grande
  2. 2. RESGATE DE MEMÓRIAS Estratégias que foram importantes na minha formação Motivações internas e externas Principais dificuldades Avanços
  3. 3. LINHA DO TEMPO 1988 CONSTITUIÇÃO CIDADÃ “Novo Estado de Direitos” 19901988 Desafio para o acesso a Política de educação e Direitos fundamentais 1996 LEI DE DIRETRIZES E BASES DA EDUCAÇÃO Garantia de acesso à Educação igualitária
  4. 4. LINHA DO TEMPO 2000 CONSOLIDAÇÃO DO ENSINO BÁSICO “Maior acesso ao ensino Médio” 2005 EXPANSÃO DO ENSINO SUPERIOR “Aumento das possibilidades de acesso” 2010 PRIMEIRO DECÊNIO DO PLANO DECENAL DE EDUCAÇÃO “Avanços e retrocessos”
  5. 5. LINHA DO TEMPO 2012 EDUCAÇÃO PARA A CIDADANIA “Condição necessária Para o rompimento Com as situações de exclusão” 2013 CONSOLIDAÇÃO DE EXAMES DE CERTIFICAÇÃO ENEM – ENADE “Moeda da educação no sistema capitalista” 2014 EDUCAÇÃO PARA O DESENVOLVIMENTO E SUSTENTABILIDADE “Crise mundial que demanda a transformação da sociedade da informação na sociedade do conhecimento” “Não cabe apenas a educação essa transformação”
  6. 6. O LUGAR DO EDUCADOR NA CONTEMPORANEIDADE Como o professor lida com as novas expectativas em sua atividade? Que público é esse que está sendo atendido? Como o educador lida com a dificuldade das famílias em acompanhar a ação Pedagógica?
  7. 7. PROBLEMAS CONTEMPORÂNEOS DA EDUCAÇÃO Precarização do trabalho docente Vínculos empregatícios precários Escolas pouco preparadas Construção de uma escola de qualidade “Abandono da escola pública pela classe média (profissionais liberais, Acadêmicos e pela mídia...fazer escola para os filhos dos outros” (Filho, 2011) O resgate da escola como um valor em um país de todos (Escrito do século XIX) “As criancas das classes razoavelmente abastadas nao vao a escola publica porque seus pais tem preconceito de cor ou porque temem, e com razao, pela moralidade de seus fi lhos, em contato com esta multidao de garotos cujos pais enviam a escola apenas para se verem longe deles algumas horas” (Filho, 2011)
  8. 8. PROBLEMAS CONTEMPORÂNEOS DA EDUCAÇÃO Aumento do financiamento público da educação PIB: 3,9% EM 2000 4,7% EM 2008 DEFESA DE QUE ESSE VALOR DEVERIA SER DE 10% (PRÉ-SAL) PARA COMPENSAR AS DEFASAGENS EM PAÍSES DESENVOLVIDOS ESSE VALOR É EM TORNO DE 5% Formação docente deficitária e pouca expectativa de novos talentos Pouca mão de obra Baixa expectativa dos jovens para seguir a carreira do magistério Enfase nas carreiras tecnológicas, nos bacharelados Expansão do ensino superior e do número de mestres e doutores Em alguns países latino americanos essa taxa já em bem maior que no Brasil, como Como por exemplo na Argentina.
  9. 9. COMO O PROFESSOR PODERÁ DAR CONTA DESSAS DEMANDAS?
  10. 10. QUEM PROPÕE O PROJETO DE FORMAÇÃO DOCENTE E DISCENTE?
  11. 11. A ESCOLA COMO ESPAÇO FLUIDO “O papel que é dado o professor – de mero executor dos projetos educacionais normatizados pelo Ministério da Educação – transfere sua autoridade local (a sala de aula) para as mãos do saber especialista. Essa situação gera uma relação catastrófica entre professor e aluno, relação em que as partes não mais se respeitam. Conclusão: o que notamos é a crescente afirmação do saber especialista como poder regulador”. ANDRÉ, Carminda Mendes. The teacher in post-modern condition. Educação em Revista, Marília, v.9, n.2, p. 37-50, jul.-dez. 2008. O espaço da sala de aula se amplia O jovem não quer nada? Grande parte das dificuldades de diálogos possíveis entre a escola e a cultura são barrados pelo projeto de formação docente e discente
  12. 12. (IM)POSSIBILIDADES Atuação em redes (a ação pedagógica intramuros é cada vez menos Insuficiente); Necessidade de articulação multi e transdisciplinar; Ampliação da relação interinstitucional (entender a família como uma dessas Instituições); Parcerias entre os diversos sistemas de garantia de direitos e instituições de ensino e pesquisa; Recuperação da autonomia plena das escolas, consolidando Projetos Políticos Pedagógicos que retratem as reais contradições e desafios da comunidade.
  13. 13. SÉRIE DO JN ESSA SEMANA TRATA DA SITUAÇÃO DOS PROFESSORES NO BRASIL http://g1.globo.com/jornal-nacional/noticia/2015/02/aumenta-o-numero-de-professores-que- abandonam-salas-de-aula.html

×