Celso L eite News                                                                                              Página 1   ...
PÁGINA2                                                            CELSO LEITE NEWS   Conjuntivite                        ...
PÁGINA3                                                                                             CELSO LEITE NEWS      ...
PÁGINA 4                                                           CELSO LEITE NEWS                                       ...
PÁGINA 5                                                                                                      CELSO LEITE ...
PÁGINA6                                                                           CELSO LEITE NEWS                        ...
PÁGINA7                                                                     CELSO LEITE NEWS                  P ro j etos ...
PÁGINA 8                                                      CELSO LEITE NEWS                                            ...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Jornal8edio 12011-parapublicao-110919080244-phpapp01

305 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
305
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Jornal8edio 12011-parapublicao-110919080244-phpapp01

  1. 1. Celso L eite News Página 1 Data 30/04/2011 8ª Edição Editorial Terremoto no JapãoOlá, galera do Celso LeiteNews, este é o primeiroeditorial do nosso jornal de2011. Está cheio de novi-dades e coisas interessan- Nesta edição:tes. Vamos abordar vários Editorial 1assuntos: os terremotos Terremoto 1no Japão, faremos umahomenagem à Vai-Vai, Saúde 2falaremos sobre respeito, Homenagem à Vai-Vai 2teremos algumas poesias Opinião 3feitas pelos nossos alunos, Relato Pessoal/Poesias 4conheceremos melhornossos professores, dentre Entrevista 5outros assuntos. Esse ano O que é Terremoto? O tsunami foi devastador Opinião 6também teremos várias no Japão chegando a 8,9 É quando uma rocha apre-atividades esportivas, pro- Carta do Leitor 6 na escala Richter, o maior senta uma pequena ruptu-jetos sendo inaugurados terremoto já registrado Recadinhos 6como a rádio e, se tudo ra, ou seja, quando nela no Japão. O número de Projetos 7correr como o previsto, há uma falha e não é pos- mortos passa de 11 mil Hora de Relaxar 8voltaremos com alguns sível res istir, esse pessoas e 8 mil prédiosprojetos do ano passado. ―rachamento‖ produz os foram destruídos. OEnfim, nós do jornal agra- chamados terremotos. tsunami foi tãodecemos a todos que parti- devastador que destruiu Dica de filme e livro:ciparam, e você que ainda muitos pontos no Japão,não teve a oportunidade chegando a 10 metros de A Última Música!de publicar alguma maté- O que um pequeno terre- altura e as pessoas moto pode ocasionar.? Uma história inesquecí-ria, não esqueça que ago- ficaram aterrorizadas , ora temos o blog onde vo- Geralmente, o tempo de vel de amor, carinho e epicentro do abalo compreensão – o primei-cês podem escrever e pos- sísmico foi registrado a duração de um terremototar matérias interessantes é de 1 a 2 minutos. ro amor, o amadureci- uma profundidade de 24para o jornal da escola. mento, a relação entre km no oceano Pacífico, aGostaríamos que todos os 130 km da ilha de pais e filhos, o recomeço Existe um sistema que ser-alunos participassem. Não Honshu. e o perdão – A ÚLTI-se esqueçam: O jornal é ve para medir a intensida- MA MÚSICA demons-nosso! de do terremoto que é tra, como só Nicholas Luíza Karla B. da Silva- 8ªC chamado de Escala Sparks consegue, as vá- Richter, em que a pressão rias maneiras que o amor do terremoto, com 6,1 e é capaz de partir e curar 6,9, pode causar sérios seu coração. danos em uma área de 100km, agora um entre Indicação de 7,0 e 7,9 causa danos na Beatriz Kohatsu - 8ªC superfície do local.
  2. 2. PÁGINA2 CELSO LEITE NEWS Conjuntivite Homenagem à Vai-Vai A conjuntivite é umainflamação da conjuntivaocular, membrana transparentee fina que reveste a parte dafrente do globo ocular (obranco dos olhos) e o interiordas pálpebras. Pode atacar osdois olhos, durando de umasemana a quinze dias e nãocostuma deixar sequelas. Podem ser ocasionadaspor fatores alérgicos, irritativosou infecciosos e cada um delesnecessita de tratamentoespecífico. O olho torna-severmelho, edematoso,lacrimejante, com sensação de Letra do Samba enredo 2011corpo estranho, às vezes com Vaidosasecreção. Amorosa Feliz da vida lá vem o Bexiga Ilustradora Exemplo de comunidade A doença é relacionada A Música Venceuaos hábitos de higiene dos - O dom é luz que vem de Deusindivíduos. Em 2011, ocorreu Veteranaum grande surto de conjuntivite Da emoção Vai-Vai resplandeceuno Estado de São Paulo. AlegreSomente a cidade de São Inovadora Dos céus, em um cortejo divinalPaulo registrou mais de 119 mil Os deuses da inspiraçãocasos no primeiro trimestre. Lançam talento a um mortal Querida Vai-Vai,14 vezes Um ser abençoado, que hoje brilha neste campeã do carnaval no carnaval Sambódromo. As sinfonias de Bach regeram seu destino Orgulho brasileiro Parabéns pela vitória ! Jovem pianista genial Em "preto e branco" sucesso internacional Na sua fé, resistiu !!! O nosso ― Bixiga‖ merece.... E a dor da adversidade, suplantou !!! Com muita garra e amor E assim, na sua força de superação Thayronne S. da Silva - 8ªB Pesquisa feita pela aluno Buscou a verdadeira vocação Ronny Rodrigues — 7ªB Um novo incidente o quis derrubar Mas com maestria se pôs a lutar Por seu ideal
  3. 3. PÁGINA3 CELSO LEITE NEWS Op in iã o Respeitar é tratar com Respeito carinho os amigos e Uma forma de todos na escola se ter respeito é não xingar Tamires C. Lima - 6ª A as pessoas, respeitar os Respeito é pra todos. Sobre o atirador que inva-mais velhos, respeitar os nossos diu a Escola Municipal Tassopais, respeitar é um modo de tratar da Silveira, em Realengo, acha-as pessoas bem, não brigar . Preci- mos uma falta de responsabili-samos aprender a viver com as dade do assassino, pois não édiferenças. porque algo de ruim aconte- Respeito é bom e todo mundo ceu no passado que ele pode- gosta! ria matar este tanto de pesso-Nós queremos mais respeito para as! Nada justifica isso. Ninguém é igual a ninguéma sociedade humana! A nossa na- e todo mundo é diferente. É lamentável.ção precisa disso e pode começarna escola! Amanda C. Oliveira — 6ª A Camila da Silva Candido - 7ªA Marina S. Araújo - 6ª A Kelly A. de F. Marcelino - 7ªA COMO TORNAR A ESCOLA MAIS ATRAENTE PARA AS CRIANÇAS E ADOLESCENTES? Tem muitos alunos que atra- Eu parabenizo essa escola segurança é ótima, a merendapalham a aula, isso não é bom por que ela esta me ajudando também é muito boa, só gos-porque tem pessoas que que- e se Deus quiser é aqui que taria que colocassem mais be-rem aprender e outros que só eu vou me tornar um grandequerem bagunçar. bedouros , a escola aqui é tão professor de matemática . boa que eu queria trazer meus Devemos ter mais respeito Raphael F. da Silva- 4TA filhos para cá.com os idosos e com os profes-sores. ..-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-. Elisman – 4TA Acho boa a iniciativa de me-lhorar a disciplina, como voltar Ter mais disciplina porqueos dois intervalos da noite. têm muitos alunos adolescen- tes que incomodam, é que .-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.- Estamos todos aqui para normalmente eles faltam umaproveitar o melhor das aulas pouco com respeito aos pro- ALEF – 4TA fessores e com os alunos mais.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-..-.-.-.-.-.-.-.--.- velhos, querem sair da sala Que os professores tivessem sem pedir autorização . Eumais tempo para dar as aulas, gostaria que tivesse mais res-para que os alunos pudessem peito da parte deles.aprender mais. Sobre os professores, na A escola é muito legal, eu minha opinião eles estão dequeria que nos tornássemos os parabéns, todos eles!melhores alunos, gostaria quetivessem mais respeito da parte Eles explicam bem as maté-deles. rias não tenho o que recla- mar , a direção é muito boa a
  4. 4. PÁGINA 4 CELSO LEITE NEWS RELATO PESSOAL ―Decifro-me ou me devorarei ― ra mim, isso depende muito de cada adolescente. Coisas boas acontecem na adoles- Eu sou, eu faço cência como a maturidade e começamos a entender me- Eu sou uma pessoa inteli- lhor a vida. gente, feliz, amigável, gentil. Talvez se mudássemos Eu faço as lições, minhas nosso jeito, controlássemos tarefas, meus trabalhos. mais nossos sentimentos, os Eu sou aluno, adolescente, adultos pudessem nos com- fã, ajudante. preender melhor e nos ver Eu ajudo minha mãe, meu por outro ponto de vista, afi- pai, minha irmã. A adolescência é um nal, todos passaram ou pas- Eu gosto do Teatro Mágico,momento em que se passa sarão por essa boa, porém, dos Titãs, do mar.para a fase adulta, e às ve- complicada fase da vida :zes é muito complicado Eu sou bom, irritante, chate-para a maioria das pessoas. A ADOLESCÊNCIA ! ador, colega-de-trabalho. Conseguir maturidade Eu sou eu.e responsabilidade para Samira das M. S. Bezerra - 7 ª A Gabriel Fiore de Souzaser independente e saberque não vai ter mais ospais para fazer tudo o quequeremos é realmente POESIASmuito difícil. Talvez seja por isso que Você no meu olhar!o adolescente ficou marca- Meio ambientedo como rebelde, nós te-mos necessidade de nos Sim, quando meu mundo está desmoronando. Até quando vamos ficar Quando não há luz para quebrar a escuridãoexpor e de chamar a aten- Foi quando eu, eu, eu olho para você. despreocupadosção, assim como todo ser Quando as ondas estão inundando o litoral e euhumano. E deixar o meio ambiente de lado , Não consigo encontrar meu caminho para casa Catástrofes estão acontecendo Foi quando eu, eu, eu olho para você. Mas será mesmo quetodo adolescente é assim ? E o mundo estamos perdendo.Cada pessoa tem o seu jei- Quando eu olhar para você Eu vejo perdãoto e a sua identidade, suas Vamos deixar a preguiça de lado Eu vejo a verdadedúvidas e medos. Por isso é Você me ama por quem eu soumuito difícil decifrar o ado- E com pequenas ações Como as estrelas abraçam a lualescente, até ele mesmo . Podemos ver os resultados. Bem ali onde elas pertencem e eu sei Eu não estou sozinho. O verdadeiro lado de um adolescente Gustavo Menezes - 8ª C Quando percebi que euera adolescente, pensei Mayara Dos Santos - 8ªCque toda minha vida iriamudar completamente, Beatriz Kohatsu - 8ª Cmas não foi bem assim, pa-
  5. 5. PÁGINA 5 CELSO LEITE NEWS Conheça um pouco mais de nossos alunos e professores E melhorar os meus conhecimentos escolar estressante, onde existe violência, que é fundamental aproveitem para conflitos e dificuldades em lidar com as ser alguém na vida. diversidades. 7 - O que você acha do cotidiano do 4- O senhor tem amigos dentro de sua aluno que trabalha e estuda a noite? Profissão? R- Sim, já passei por diversas escolas e fiz1 – Qual é o seu nome e idade? Que se trata de uma pessoa esforçada muitos amigos. Apesar das dificuldades osHelseni Souza Cruz – 73 anos e quer mudar de vida. Os alunos mais profissionais de educação são muito uni- velhos, eu acho que é louvável o es- dos, a maioria deles.2 – Quanto tempo você ficou sem forço em voltar, e agradeço a ajudaestudar e por quê? dos mestres. Eu tenho um pouco de dificuldade em aprender por causa da 5- O senhor já pensou em desistir de serFiquei parada 15 anos. Parei de idade, se eu pudesse abrir a minha Professor?estudar porque no meu tempo, mente para aprender e assimilar mais R- Não. Quando entrei nessa profissãoestudar não era tão fácil como é rápido eu adoraria. sabia das dificuldades, Ser professor éhoje. Eu tinha que trabalhar e uma missão e a minha ainda não termi-estudar era muito caro. Hoje em nou.dia o governo fornece tudo: ma- 8 – Dê um conselho aos jovens?terial, uniforme, merenda, vagas Aproveitar a oportunidade e fazer deem escolas, só não estuda quem tudo para melhorar a condição de Entrevistadores :não quer mesmo. vida deles, porque sem estudo não Anderson Caetano/ Lucas André - 8ºC tem como conseguir um bom traba-3 – Por que você decidiu voltar a lho, se vocês têm essa oportunidadeestudar? do governoEu sentia muita insegurança ao Acontece naescrever um texto, uma frase, não .-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.- escolatinha certeza se o português esta-va escrito corretamente. O outro Perfil do Prof. Roberto.motivo é o de tentar ampliarmeus horizontes na escola e na Ginástica Artística acontece aos sábados,vida. E também para preencher o com a Profª Claudiameu tempo ocioso. .-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-4 – O que você acha da escola? Este ano acontecerá novamente o Curso de prevenção sexualNo ano passado era melhor, poisos nossos adolescentes tinham O professor Roberto leciona na Às quartas-feiras, das 12h00 às 13h30.outra atitude. Esse ano está um E.M.E.F desde 2001. É um professor Os interessados poderão procurar a D.pouco complicado, os alunos atento aos problemas dos alunos, Cida.mais jovens não se comportam. É cuidadoso e bem organizado.outra atitude, não deixam eles .-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.;.-.-.-.-.-.-.-.-.--.-.-.-.-.-.-explicarem a matéria direito e Proerdatrapalham. Mas nada disso abala 1- Há quanto tempo o senhor lecio-a minha vontade de aprender. Dá na? Esse ano haverá também PROERD paraa impressão que só querem tu- as 4° séries e 7°ano (6°série). R- Completo dez anos em setembro.multuar. Felizmente não são to- PROERD é um programa de caráter socialdos, é a minoria. Uma minoria e preventivo posto em prática em todosque atrapalha muito. De resto a 2- Quais são as vantagens da sua os estados do Brasil, por policiais militaresescola é muito boa, bons profes- profissão? devidamente selecionados e capacitados.sores, direção e atividades no Será 1 aula por semana, nas segundassábado como a oficina de fuxico. R- Levar o conhecimento, orientar, feiras, e terá a duração de 45 minutos, aEstou aprendendo muito e agra- fornecer toda a informação necessária tarde para o pessoal das 4 series e de ma-deço a oportunidade. para que os jovens progridam como nha para os 7° anos. cidadãos conscientes e críticos. Partici-5 – qual sala você estuda? par de alguma forma de sua forma- .-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-4º etapa A ção, objetivando torná-lo útil a si mes- Prova Cidade - dias 28 e 29/04 mo, a família, á sociedade, aos país.6 – E na vida pessoal, do que vo- Fórmula Indy— 30/04 — 8ª A, 8ª B e 8ª Ccê mais gosta? Zoológico — 25/05 —Gosto de passear, de fazer excur- 3—E as desvantagens?sões, bater papo, ir a praia e fazer Museu do Futebol—5ªs e 6ªs R- Profissão desvalorizada, remunera-exercícios que é fundamental ção baixa em relação à maioria dasnesse momento e como se diz:
  6. 6. PÁGINA6 CELSO LEITE NEWS C A RTA D O L E I T O R Vida...Eu acho que o nosso o jornal é ótimo,E está ficando melhor .Atendendo aos leitores com cruzadinhas, piadas e outros assuntos.Gostei muito desta edição. Gabriela - 8ª A Recadinhos Preconceito Começou a tocar na Esco-la Celso Leite a RÁDIO, que é A vida é uma coisa inexplicá-gravada no Laboratório de O preconceito, tanto racial vel, acontecem tantas coisasInformática com a Profª Célia como social e sexual, é uma que não sabemos nem o senti-e o Prof. Rafael. forma de discriminar as pesso- do e nem o porquê daquilo Aí galerinha da rádio, va- as com ofensas. Todas essas estar acontecendo.leu por fazerem esse trabalho, formas de preconceito se en- Se olharmos bem o mundomuito bom, porque é legal contram na escola. vamos ver que ele é cheio deouvirmos músicas de que O indivíduo que está sendo desafios que não sabemosgostamos no intervalo. vítima do preconceito geral- como superá-los, a vida é in- justa , acontecem coisas que ISSO AÍ... CONTINUEM mente reage de forma agressi- não sabemos o porquê. va, hostil e negativa. ASSIM! Muita gente passando fome na Ser gentil e oferecer um om- rua, muita gente sem lar, sem Ayure Hans -7ªB bro amigo evita o preconceito destino...muita gente querendo na sua escola e com as pesso- pelo menos um pouco de aten- as com quem você convive. ção, afeto, amor... Pense nisso! Isso não é o que queremos Daiane P. F. Marcolino - 7ª C pro mundo...queremos justiça união e paz. .-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.- Pena que ninguém percebe Os novos computadores isso, ou se percebe não quer têm mais velocidade, mais enxergar o que realmente está memória, mais variedades acontecendo com o mundo, Pedimos autorização da de programas para fazer- com todos.senhora Maria Aparecida mos os trabalhos . Cada passo que damos nasde Sousa para nos deixar ruas vemos gente implorandojogar futebol no intervalo. O Word 2010 tem mais por um prato de comida ou por ferramentas. dinheiro...sabemos que muitos Alunos da 7ª B e 7ª C. querem dinheiro para usar dro- Só não acho justo blo- gas mas outros só querem.-.-.-..-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-. sobreviver... quear o Orkut, Facebook ,Eu amei a cor da escola, li- Então temos que ter maislás. Ficou superlinda, amei, Msn e Twitter. consciência em tudo que for-amei e amei! mos fazer e pensar mais no Marina e próximo porque ele pode estar Ana Beatriz e Nathalia precisando de VOCÊ. Tamires Azevedo - 6ªA Joyce K. Vitorino – 8ªC
  7. 7. PÁGINA7 CELSO LEITE NEWS P ro j etos e s equ ênc ia s d e at iv idad es No primeiro bimestre paixão pelo (a) ............................‖. HINO DA EMEF CELSO LEITE(fevereiro—março) deste ano desen- Pretendemos fechá-lo com cada RIBEIRO FILHOvolvemos nas aulas de História dois aluno organizando um livrinhoprojetos cujos retornos foram mui- com suas produções. LETRA: PROF. JOSÉ IGNÁCIO DEtos satisfatórios, gratificantes mes- MELLOmo. Ambos tiveram por objetivos, Música : Prof. Juan Rossi Nos 8s. anos (7as. A, B e C)para além da apresentação formal desenvolvemos o projeto ―Decifro- Celso Leite sempre foi um combatentedos alunos, por isso desenvolvidos o me ou devorarei‖, centrando na Que lutava de uma forma diferente,bimestre inteiro: nos conhecermos a questão da identidade do adoles- Seu lema era a verdade,partir de nossas principais motiva- cente. Os principais passos do A liberdade era seu ideal!ções, interesses e ―paixões‖ (6ºs. projeto foram: 1-o levantamento e Seu fuzil era a caneta,anos) ou através de nossa identida- estudo da música que cada um A tinta, sua muniçãode (8ºs. anos). Também tinham por mais gosta (que é ―sua cara‖) , 2- E tinha por trincheira a redação!objetivo o (re)conhecimento das apresentação e discussão dos tra- Jornalista destemido e aguerridohabilidades e competências de leitu- balhos, a partir do clássico enigma Tua luta honra as nossas tradiçõesra e escrita de cada aluno e das ―decifra ou te devorarei‖, como Por isso, Celso Leiteturmas e de seus conhecimentos . uma metáfora da própria vida , 3- Vive em nossos corações! Nos 6ºs. anos (5ªs. A, B, C e D), Hoje, jubilosos relembramos desenho de um muro grafitadofoi o projeto ―Do fundo do meu Nosso patrono tão gentil, com palavras e desenhos a partircoração, eu curto, curto muito mes- Que sempre lutou do tema adolescência e 4-umamo...‖, que seguiu os seguintes Pela grandeza do Brasil! produção de texto: ―Decifro-me oupassos: 1-o levantamento dos princi- Exultantes, colhemos os frutos devorarei‖. Pretendemos breve-pais interesses, 2- ilustração Que em lágrimas ele semeou mente que cada aluno grave seu(desenho) de cada um deles, 3- Como Paulo ele combateu o bom combate depoimento-documentário emprodução de texto: ―A história de E, como Paulo, valente triunfou! vídeo, a partir de sua produção deminha paixão pelo Nossa escola também luta pela verdade texto, colocando como fundo mu-(a) ...............................” (o principal A liberdade buscamos com ardor sical a sua música preferidainteresse ) e 4- uma pesquisa sobre A batalha parece desigual,a História da principal paixão apon- Mas se não esmorecermostada: ―A História da minha Prof. Marco Dib Com certeza venceremos no final! Nesse dia glorioso, o seu nome Evocamos com muita gratidão E bradamos a plenos pulmões Celso Leite vive, em nossos corações! Jessica Karolina G. Bernardes e Janaina de S. Moraes—7ªA Beatriz Raielle—7ª A
  8. 8. PÁGINA 8 CELSO LEITE NEWS Hora de relaxar O que é, o que é? Por que algumas pessoas colocam o despertador debaixo do travesseiro? Para acordarem em cima da hora . Rozihelen – 7ªC . . . . . . . . .O português chegou na farmácia e pediu: Ficha Técnica Eu quero um kg de picanha, um Produção : kg de queijo prato, dois tomates e Participação: Todas as séries do perío- uma salada de alface da melhor do da manhã e 4as etapas da EJA. qualidade. Diagramação: Profª Célia R. Garcia. Organização: Professores: Marcos, Francisco, Eduardo , Lélia , Marco Dib, O senhor é português, não é ? Débora, Everton, Inácio e Célia. Revisão : Prof. Everton Professores da Manhã : Antenor, Anto- nia, Amélia, Beatriz (Ciências), Beatriz (História), Célia, Celso, Claudia, Débora, Sim, percebeste pelo meu sota- Donizete, Everton, Edelma, Eduardo, que, não ? Fausto, Gabriela, Inácio, João, Júlia, Hilda, Ignácio, Iris, Lélia, Ligia, Maria Amélia, Marcos, Marcos T., Marco A., Neila, Paulo, Raquel, Roquel, Roberto, Não, porque aqui é Sérgio, Sibelle, Suzana. farmácia , o mercadi- POIES : Ana Claudia e Célia nho é do outro lado da rua . Equipe Técnica Diretora : Rosimeire O. Soares Juraitis Assistentes de Direção: Aparecida Al- ves de Souza e Sérgio Ribeiro Claro Coordenadoras Pedagógicas : Isaura T e x t o : Joey Nino Gomes dos Santos — 7C Maria V. Carreiros e Edna Guimarães Montagem : Luiz Henrique — 8A Vieira Auxiliares T. E.: Elen, e Roberto.

×