tirar o título de eleitor e votar,
não é obrigatório, mas é uma
forma de estimular os jovens a
exercer a cidadania,
O voto...
AE - Agência Estado
Dormir após uma aula pode ajudar estu-
dantes a memorizar o que foi ensinado,
segundo projeto-piloto r...
Faremos uma peça na escola, baseada
na obra ― Lifehouse's everything skit ‖
que relata como as coisas materiais nos
afasta...
C E L S O L E I T E N E W SP Á G I N A 4
Poesias
Flores
No jardim de casa
Tem flores
Azuis,vermelhas e roxas.
Fico com as ...
Prof.:Escolhas, nem sempre são a-
queles que queremos, às vezes, a
necessidade obriga a escolhermos o
que é mais, prático ...
Uma verdadeira febre mundial, os blogs
se proliferam com muita rapidez e a
linguagem da blogosfera a cada dia
ganha novas ...
P Á G I N A 7
Trabalho profª: Joice
Nossa professora está passando algu-
mas atividades para ensinar os elemen-
tos , bási...
Não gosto muito de despedidas, mas
esta é preciso.
Acho que todos nós das 8ªs aproveita-
mos muito os anos que passamos aq...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Jornal 7 c 7ª edição - set

706 visualizações

Publicada em

7ª Edição do Jornal da Escola Celso Leite

Publicada em: Educação, Tecnologia, Negócios
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
706
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
22
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
2
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Jornal 7 c 7ª edição - set

  1. 1. tirar o título de eleitor e votar, não é obrigatório, mas é uma forma de estimular os jovens a exercer a cidadania, O voto é um exemplo de cidadania, mas nem todos exercem com dignidade esse dever e vendem seu voto, recebendo suborno para votar em um determinado partido. Isso é crime, NÃO VENDA SEU VOTO. Ana Carolina Xavier Cruz- 8ªA Se eu fosse eleito ... Se eu fosse eleita eu melhora- ria São Paulo, retiraria todo o lixo das ruas, construiria casas, escolas, abrigos, hospitais e empresas. Obrigaria as fábricas a fazerem alguma coisa para melhorar a qualidade do ar, plantaria árvores, despoluiria os rios e retiraria as pessoas que moram em lugares perigo- sos e o mais importante, me- lhoraria a educação das crian- ças e adolescentes e também os livraria das drogas. Eu contrataria mais policias e mandaria prender todos os bandidos de São Paulo. Aline Firbida Rosatto e Kelly de Oliveira Ling—5ªC Esta é a 7ª edição do nosso jornal, e está cheia de novidades! Vamos abor- dar vários assuntos, como: Política, meio ambiente , filmes, livros, e muito mais. Neste ano vamos ter a festa da primavera onde vários alunos farão apre- sentações. Esta é a última edição do nosso jornal neste ano, e da último da nossa “redação”. Foi uma das melhores redações de toda a história do jornal, tivemos ótimas matérias escritas por nós. Obrigado a todos que colaboraram e espero que o nosso jornal não acabe. Mesmo estando em outra escola, estaremos acompa- nhando o jornal pelo Blog. Ana L. Vergatti—8ª A Daniela Garcia—8ªA Ana C. Xavier- 8ªA Luiz Gonzaga— 8ªA Rafael Szczepkowski— 8ªC João R. Gouveia—8ªA Foto da redação Página 1 Data 23/09/2010 Celso Leite News Editorial /Eleições 1 Soneca /Frutas 2 Meio Ambiente 3 Acontece no Celso Leite 3 Poesia 4 Entrevista 5 Recadinhos 6 Carta do Leitor 6 Nesta edição: Harry Potter e as relí- quias da morte Harry Potter é uma série de livros da autora J. k Rowlling, que se tornou um dos filmes mais assistidos da déca- da. Previsto para No- vembro , estreará o último filme da saga: “ Harry Potter e as relí- quias da morte”. O Filme será dividido em duas partes, e pro- mete ter os melhores efeitos especiais de todos os longas. Luiz Gonzaga - 8ªA As eleições serão realizadas em 3 de outubro. Nesta eleição, serão escolhidos o novo presidente da República, os governadores dos 26 estados (e do Distrito Federal) e os representantes da população nas Assembléias Legislativas, na Câmara dos Deputados, no Senado. Caso nenhum dos candidatos a cargos no Executivo – presidente e governadores – consigam mais de 50% dos votos válidos, um segundo turno será realizado no dia 31 de outubro. Kleber duarte 6C Rebeca de Melo Merlin—6ªB Neste ano todos votam para eleger os principais cargos políticos, mas nem todos sabem a importância da eleição e da política no Brasil. Os políticos se ocupam dos assuntos públicos com seu voto. A eleição é um processo pela qual um grupo designa um de seus integrantes para ocupar um cargo por meio de votação. Atualmente os jovens a partir dos 16 anos já podem 7ª Edição Recadinhos 6 Projetos 7 Texto do Prof. Celso 8 Despedida das 8ªs 8 E d i to r i al ELEIÇÕES 2010
  2. 2. AE - Agência Estado Dormir após uma aula pode ajudar estu- dantes a memorizar o que foi ensinado, segundo projeto-piloto realizado com 250 alunos de escolas públicas de Na- tal. "Observam que a soneca após a aula tem um benefício cognitivo", afirmam os especialistas do Instituto de Neu- rociências de Natal Edmond e Lily Sa- fra e professor da Universidade Fede- ral do Rio Grande do Norte (UFRN). Depois de uma aula de dez minutos, uma parte da turma foi assistir a outra aula, enquanto o restante foi dormir por duas horas. Cinco dias de- pois, foi feita uma prova sobre o tema apresentado. Os alunos que dormiram se saíram melhor. Aqueles que não con- seguiram dormir, mas ficaram quietos, também tiveram desempenho superior a quem teve de voltar a estudar. O assunto foi tema de uma conferência na 62.ª Reunião Anual da Sociedade Brasi- leira para o Progresso da Ciência (SBPC), em Natal. O processo foi estudado também com roedores. A conclusão é que o sono de ondas lentas e o sono REM, quando se sonha, têm funções complementares. O primeiro é o responsável pela reverbe- ração da memória, e o segundo, pelo seu armazenamento. O próximo passo será avaliar por seis meses os alunos em uma disciplina específica. João Ricardo Gouveia e Daniela Garcia 8ªA Embora o cálcio receba as principais atenções quando se trata da saúde óssea, as frutas e os vegetais também podem levar ao fortalecimento dos ossos em meninas, segundo um estu- do da Universidade de Tennessee (EUA). Os exames de 56 meninas de 8 a 13 anos mostraram que as que co- meram pelo menos três porções de frutas e vegetais por dia tinham ossos maiores do que as outras. Os pesqui- sadores acreditam que esse tipo de dieta ajuda a reduzir a excreção de cálcio dos ossos pelo corpo. Estudos em adultos ligam o consumo de frutas e vegetais a uma maior densidade óssea, possivelmente devido a nutrien- tes comumente encontrados nesses alimentos, como potássio, betacarote- no, vitamina C e magnésio. Como potássio, betacaroteno, vita- mina C e magnésio também existem evidências de que as frutas e os vege- tais reduzem a excreção de cálcio pela urina. Isso acontece porque as frutas e vegetais são alimentos ―base‖ que ajudam a contrabalançar o ácido pro- duzido quando outros tipos de comi- da, como proteínas e grãos, são meta- bolizados. Estudos em adultos ligam o consumo de frutas e vegetais a uma maior densidade óssea, possivelmente devido a nutrientes comumente en- contrados nesses alimentos, Estudos em adultos ligam o consumo de frutas e vegetais a uma maior densidade óssea, possivelmente devido a nutrien- tes comumente encontrados nesses alimentos Ester Silva Santos—8ªA Stefany da Silva Nogueira—8ªA Tamara Barbosa - 8ªA P Á G I N A 2 C E L S O L E I T E N E W S S o n e c a a p ó s a u l a m e l h o r a a p r e n d i z a d o , i n d i c a p e s q u i s a A voz humana A voz humana é um conjunto de linguagens , grito, clamor, afinidade e desafinidade, que nos serve muito no nosso dia-a-dia. Na formação da voz temos a laringe que faz as nossas cordas vocais funcio- narem. E conseguimos desenvolver sons e linguagens. Para termos uma boa voz não deve- mos fumar, gritar , ficar em ambientes úmidos e frios porque nossa garganta fica inflamada e dolorida. O médico que cuida da voz é o otorrinolaringologista. Estamos fazendo um trabalho de português , na aula do Prof. Francisco, sobre a Voz Humana e estamos gra- vando a respeito na aula de informáti- ca usando o programa Audacity. Con- fira, ficou muito legal . Imagina como seria a nossa comunica- ção se não fosse a VOZ HUMANA ? Andressa Barbosa - 6ªB Gritar é uma coisa que todo mun- do gosta de fazer. A gente grita quando está feliz, triste,com raiva, etc...Mas temos que entender que não dá para ficar gritando toda hora. Se continuarmos assim vai chegar um momento que as nos- sas cordas vocais não vão aguen- tar . Izabella Lisboa dos Reis - 7°C FRUTAS E VEGETAIS PRESERVAM OSSOS
  3. 3. Faremos uma peça na escola, baseada na obra ― Lifehouse's everything skit ‖ que relata como as coisas materiais nos afastam de Deus, como muitas pessoas estão perdidas no mundo por causa desse fato. Fala de uma menina muito feliz com sua vida , mas como toda vida tem barreiras ela se iludiu com homem, di- nheiro, bebida e beleza até quando viu que não ter mais jeito de viver , a solu- ção seria morrer. Até que se lembra de uma pessoa que nunca a abandonou e sempre esteve do seu lado em todos os momentos, inclusive para perdoá-la. Essa pessoa é Deus. Moral : ―Não importa o que você faça, o que viva, o que sofra, sempre terá uma pessoa do seu lado pra te levantar quan- do você cair .‖ Direção : João Ricardo Augusto de Sou- za 8ºD Atores: Ana Vergatti - 8ªA, Beatriz– 7ª C, Bruna –8ªD, Diego-8ªD, João Ricardo-8ªD, Luiz Gonzaga, 8ªA, João Bernardes—8ªA P Á G I N A 3 C E L S O L E I T E N E W S É público e notório que nosso planeta atravessa uma séria cri- se ambiental, que vem se agra- vando a cada dia. A atuação indiscriminada do homem na busca dos bens naturais neces- sários à satisfação de seu bem estar têm sido fator determinan- te para o desequilíbrio e a pro- gressiva destruição dos ecossis- temas em nosso mundo. O que podemos fazer para ajudar o nosso planeta? As árvores ajudam o meio ambiente a respirar porque elas são como um filtro de ar. Cuide bem delas ! 5ª B Jogos Estudantis—Patrocínio Petrobras - Voley—Feminino—20/09—12:30 Voley—Masculino—21/09—14:30 Futsal - Feminino - 22/09—12:30 Futsal - Masculino - 23/09 - 8h Rua Tamandaré , 645—Roller ball Prof. Caio—Ed. Física .-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.- Museu da Língua Portuguesa—28/09 Amigos da Escola .-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.- Ginástica Artística 26/09—Apresentação no CEU PIMENTAS—Guarulhos 06/11—Apresentação no Colégio Arquidiocesano Profª Claudia .-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.- Curso : Prevenção gravidez Precoce Reuniões com a equipe do Posto de Saúde Humaitá e alunos do Celso Leite .-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.—.-. Festa da Primavera—25/09 A festa da primavera é um evento que acontecerá na escola dia 25 de se- tembro, e nesse evento os alunos po- derão se apresentar com música, tea- tros e outras coisas. Se alguém quiser participar é só falar com o Prof. Eduardo, da sala de leitu- ra. Peças de teatro na escola Um trabalho muito bacana que está sendo produzido na escola pelo professor de português Marcos são apresentações de peças de teatro que estão sendo escritas, dirigidas e atuadas pelos próprios alunos. Começarão a ser apresentadas no mês de setembro. Além de divertir e ensinar os alunos as técnicas da arte cênica, valerão como tra- balho e nota. Serão gravadas nas aulas de informática- pela professora Célia e publicadas no Blog. Luiz Gonzaga - 8ªA Vamos conscientizar a população que a natureza está acabando por causa da poluição, desmatamento de árvores e a extinção de animais. Por favor parem de fazer todas es- sas coisas com a natureza. Reciclem mais o lixo, isso é muito importante para o planeta e não joguem lixo na rua. Helena, Talita, Keite, Ágata – 5ª B Todos nós temos que ajudar o nosso planeta .... Acontece no celso leite Meio ambiente
  4. 4. C E L S O L E I T E N E W SP Á G I N A 4 Poesias Flores No jardim de casa Tem flores Azuis,vermelhas e roxas. Fico com as roxas Porque as roxas são As mais perfumadas. Nathalia da silva santos Azevedo – 5ªC É tipo assim! Tipo preguiçoso Tipo cansado Tipo bagunceiro Tipo ―eu sou o cara‖ Tipo sem graça Tipo convencido Tipo metido Tipo conhecido como o chato Esse sou eu ! A professora acha que não sou assim Só faço tipo! Michael Marques Barbosa – 6ªA. Nós somos como uma Formiga no formigueiro. Batalhamos para conseguir O que queremos. Mas algumas cigarras Atrapalham nossa vida. Marina Silveira—5ªA Luís Vaz de Camões Amor é fogo que arde sem se ver, é ferida que dói, e não se sente; é um contentamento descontente, é dor que desatina sem doer. É um não querer mais que bem querer; é um andar solitário entre a gente; é nunca contentar-se de contente; é um cuidar que ganha em se per- der. É querer estar preso por vontade; é servir a quem vence, o vencedor; é ter com quem nos mata, lealda- de. Mas como causar pode seu favor nos corações humanos amizade, se tão contrário a si é o mesmo Amor? Ana Carolina Xavier—8ª A Amar Amar a beira mar Sem cansar de amar. Viver sem pensar Sem medo de errar E não cansar de amar. Mayara Matos Silva – 5ªC Para começo de conversa Lhe desejo muita felicidade Mesmo que não seja ao meu lado Mas desejo que seja muito ama- do Mesmo que não ligue para mim Nossa história não poderia termi- nar com aquele fim Ao lado de quem você sempre quis Desejo a você toda a felicidade do mundo Mesmo que tenha me deixado num buraco profundo Enfim desejo tudo de bom a vo- cê Mesmo que não tenha um por- quê Você sempre ira morar no meu coração Até quando houver um furacão Mesmo que esteja amando um outro alguém Desejo um final feliz Mesmo que eu não esteja muito bem. Vitória Suellen – 6ªA Girrasois Os girrasois brilham Noite e dia, Na maior alegria Com harmonia Viva noite dia na maior harmonia. Viva a poesia!!!!!! Luana Vêlez Epifânio Santos – 5ªC
  5. 5. Prof.:Escolhas, nem sempre são a- queles que queremos, às vezes, a necessidade obriga a escolhermos o que é mais, prático no momento, o que não contava era com essa de- gradação da profissão de professor. Alunos: Deixe um mensagem para os leitores do Jornal Prof.: Deixo uma mensagem aos meus alunos das 8ªs séries, vocês são criativos, cheios de energia e alegria, e moram no maior cidade da América Latina, portanto, todos as possibilidade de sucesso estão em suas mãos Boa Sorte, fortuna, alegria, prazeres, Saúde a todos. Prof. Marcos .-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-. Perfil da professora Susana A Professora Susana é a nossa pro- fessora de inglês. Muito esforçada e paciente ajuda os alunos nas suas dificuldades no cotidiano no inglês, uma língua um tanto complicada para algumas pessoas. Ela acha que estudar uma língua estrangeira é muito importante para o aprendizado e também para tal- vez quando a pessoa for para outro país esteja preparada. Alunos: Como é ser professora em esco- la pública? Perfil do Professor Marco O professor Marcos, assim como todos, tem um único objetivo, que é ensinar. A carreira foi escolhida por influ- ência da família, por ter tios pro- fessores. Acha que os alunos tem grandes chances de crescer na vida se tiverem um bom ensino. Alunos: Você gosta da sua profis- são ? Por que a escolheu ? Prof. : Sim, quando a escolhi ela ainda era valorizada e tinha uma proposta de construção da cida- dania. Alunos: Você se orgulha do que faz? Prof.: Com todas as adversidades que encerra, a desvalorização pelo poder público, pelas famílias, pela sociedade em geral, sobra pouco para que tenhamos orgu- lho. Alunos: Alguém o influenciou a escolher essa profissão ? Prof.: O fato de na minha família, alguns tios serem professores me influenciou bastante, e também por gostar de ler, por ter vivido em uma época em que a profis- são era valorizado. Alunos: Desde quando começou a trabalhar, sentiu alguma mu- dança no ensino ? Prof.: Muitas mudanças, e a mais dramática e cruel foi o desmante- lamento que, sofre a educação, principalmente na estado de são Paulo, anos a fio de desconstru- ção, de desvalorização da escola pública e seus pobres alunos e professores. Alunos: Você sempre quis ser pro- fessor ? C E L S O L E I T E N E W SP Á G I N A 5 O fato de na minha família, alguns tios serem professo- res me influenciou bastan- te... Saibam um pouco mais sobre os nossos professores Prof.: Ser professora em escola pública é estar disposta a ter todos os tipos de aluno interessados, desinteressados, com dificuldades extremas, etc. Alunos: Os alunos de antigamente prestavam mais atenção que os de hoje? Prof.: Em anos anteriores também havia alunos interessados, comple- tamente desinteressados, com dificuldades, etc. Alunos: A senhora acha que hoje o inglês é algo muito importante para as pessoas? Por quê? Prof.: Acho que aprender uma língua estrangeira é extremamen- te importante, não só para os jo- vens. Esse aprendizado abre por- tas para o conhecimento de novas culturas; nos possibilita viajar com mais segurança, enfim, amplia nossos horizontes. Alunos: O que a senhora mais gosta de fazer em suas aulas? Prof.: Gosto de tentar fazer com que os alunos se interessem pelo aprendizado de uma língua es- trangeira. Alunos: Você tem orgulho do que faz? Prof.: Acho meu trabalho impor- tante. Alunos: Deixe uma mensagem para os leitores do jornal. Prof.: Leiam e estudem sempre. Procurem viajar e abrir seus hori- zontes. Esse aprendizado abre portas para o conhecimento de novas culturas... Profª Susana
  6. 6. Uma verdadeira febre mundial, os blogs se proliferam com muita rapidez e a linguagem da blogosfera a cada dia ganha novas gírias e adaptações . Para você ficar por dentro acompanhe nossos Blogs. O Celso Leite já tem 11 Blogs que estão lincados no Blog principal. Confira em www.celsoleitenews.blogspot.com Hillary e Thalita—7ª B Nossa rádio ... Celso Mix Está cada vez mais próxima. Já estamos nos reunindo às 5ªs feiras à tarde. Ago- ra só falta a escola comprar os equipa- mentos que precisamos. Pessoal da rádio Oi pessoal do Celso Leite News , vocês poderiam colo- car notícias de banda de famosos , colocar as notas de todos os alunos , fazer um rank ing de músicas mais ouvidas nas baladas e na televisão e colocarem mais fotos e imagens. Muito obrigada Beatriz Kohatsu 7ªC Olá, pessoal do jornal do Celso News. Estou mandando esta carta para vocês coloca- rem coisas novas no jornal como : horóscopo, jogos , cruza- das, notícias de futebol, vôlei e ou- tros esportes e notícias que aconte- ceram fora da escola. Agradeço pela atenção. Brean Gabriel de Lima—7ª C P Á G I N A 6 Esperamos os políticos que sejam menos corruptos não robem , te- nham vergonha na cara e saibam como utilizar o nosso dinheiro, pois nos não somos palhaços. Bruna Correia—8ª D Diego Gonçalves—8ª D C E L S O L E I T E N E W S Passeios escolares ! * Eu acho que deveria ter mais passeios escolares, pois temos muito pouco ao longo do ano. Também acho que não deveriam proibir as pessoas que bagunçam de ir aos passeios. A escola está cheia de regras, e isso é ruim. Teiji Mendonça ** -.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-. Uniforme Escolar ;* Eu acho que a gente não deveria usar esse uniforme feio * Ninguém gosta desse uniforme . .-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.- Na minha opinião eu acho que alguns candidatos estão de brincadeira conosco porque eu tenho certeza que eles não tem preparação nenhu- ma para nos representar. Espero que os políticos cumpram o que eles dizem e resolvam o pro- blema da educação, da segurança, do trabalho, de moradias, das dro- gas , do meio ambiente e etc. Jéssica Ferreira—8ª D Nossos blogs já estão aumentando tanto que logo vamos precisar de um site, ou um portal ! Você também pode nos acompanhar pela Internet. Fique atento à nossa lista de Blogs e seja nosso seguidor. O Celso Leite News impresso está com os dias contados... Fazemos poucas edições do Jornal, gostaríamos de fazer mais, mas ... na hora da impressão sofremos com um sério problema: a falta de papel para a impressão. Se continuar assim, esta- remos publicando nosso jornal ape- nas na Internet. O que é uma pena. É uma perda para os alunos. Profª Célia O ato de vandalismo é uma ação de hostilidade, violência, pichações, destruições, contra patrimônios pú- blicos, históricos e privados, atos ile- gais, onde em primeiro momento deve-se entender que causar danos é crime, lei do artigo 163 do Código Penal. Não ao vandalismo! Preserve nossa escola e os alunos, pois o ato de van- dalismo além de destruir nossa esco- la, pode ferir seriamente os alunos , além de destruir nossa escola, pode ferir seriamente os alunos e professo- res. Ana Carolina Xavier Cruz - 8ªA. Recadinhos Você fala bloguês CARTA DO LEITOR opinião
  7. 7. P Á G I N A 7 Trabalho profª: Joice Nossa professora está passando algu- mas atividades para ensinar os elemen- tos , básicos de lutas – equilíbrio, força, agilidade, defesa, ataque, etc. Em cima disso pretende pedir um tra- balho sobre as técnicas das lutas , onde os alunos investigaram sobre o tema e apresentaram de diversas formas esses conhecimentos pesquisados. Após esse processo avaliaremos todos os grupos da turma João Ricardo Gouveia - 8ªA Higor Sincler—8ªA C E L S O L E I T E N E W S “ Bomba Atônica” A Profª Débora de Geo- grafia, dando um texto que por aca- so, falava sobre Bomba Atônica. Ela nos explicou que a bomba contém várias substâncias capazes de des- truir São Paulo inteira.. Há mais ou menos 60 anos, foi jogada uma bomba na cidade de Hiroshima e Nagasaki, no Japão. Até hoje, as pessoas morrem de câncer pelas radiações da bomba! Hoje em dia, tem países que possu- em essas bombas. São eles: Estados Unidos, Irã , Rússia e Paquistão. Erica F. Andrade—6ªA Keilane de Sousa Cunha—6ªA Estamos fazendo vários trabalhos na aula de Português com o Professor Francisco, onde estamos gravando no audacity. Chegamos até a fazer um programa de rádio . Que legal ! 7ª B A professora Lélia de português está trabalhando dois projetos : O LIVRO DA VIDA e CORRESPON- DÊNCIA. No livro da vida temos que fazer um livro sobre os nossos antepas- sados, no correspondência temos que nos corresponder com outras pessoas. Está sendo muito legal. Ela também está lendo o livro BISA BIA BISA BEL de Ana Maria Macha- do. Cada aula ela lê um capítulo pra gente. Fico curiosa pra saber o que vai acontecer no próximo capí- tulo. Michelly e Tamires A professora Íris nos ensinou medidas , como por exemplo a polegada , centímetro, metro en- tre outros. Ela pediu para medir- mos a sala : largura e cumpri- mento. Eu entendi e adoro a aula dela! Taiane O professor Antenor ensinou a gente a fazer um terrário. Acha- mos muito legal a experiência. Como se faz um terrario? Você vai precisar de: 1 - Vaso ( qualquer tamanho ) 1 - Saco de areia colorida 1 - Saco de pedras coloridas 1 - Saco de terra para planta 1 - Planta que você preferir 1 - Pedaço de plástico PVC e um pouco de água. Instruções : Primeiro pegue o vaso e colo- que a areia e as pedras coloridas na ordem que quiser ( para enfeitar ). Depois, coloque a terra para planta, e faça um buraco para colocar a planta. Coloque a planta com cuidado ( com a raiz ) e veja se ela está firme. Regue a planta com um pouco de água, deixando a areia umedecida. Para terminar, tampe com o plástico PVC, deixando ele ― liso ―. Samira das Mercês - 6ª A Airly Pereira – 6ª A P R O J E T O S E S E Q U Ê N C I A S D E A T I V I D A D E S N A O P I N I Ã O D O S a l u n o s
  8. 8. Não gosto muito de despedidas, mas esta é preciso. Acho que todos nós das 8ªs aproveita- mos muito os anos que passamos aqui, de alguma forma, e se nem todos de- ram valor ao ensino , tenho certeza que alguns irão levar algumas lições para casa. Teremos a felicidade de chegar no final do ano e dizer: Parabéns você passou, e terá um lindo futuro daqui pra frente. E sabe, acho que não vale a pena você ficar reclamando da escola, um dia você irá agradecer por ela existir na sua vida. E é isso aí, espero que todos tenham boa sorte em seus futuros, que cada um siga o caminho certo. Daniela Garcia—8ª A P Á G I N A 8 C E L S O L E I T E N E W S Meu Bairro—A Bela Vista Letícia, Tauane, Vanessa, Rafaela, Lu- cas Felipe, Tamara. Na escola brincamos, rimos, fazemos lição e fazemos bagunça também. Nunca brigamos sério. Gostamos um do outro. Acho que nunca vamos nos separar. Minha turma é: Uma borracha que nunca acaba. Um papel que não se rasga. Uma rosa que nunca murcha. Temos um fogo que nunca apaga. Uma amizade que nenhum dinheiro paga. É um carinho de irmãos. Que a distância não separa. Resumindo Somos inseparáveis. O meu bairro é como outro qual- quer e como todos sabem num bairro sempre tem crianças brin- cando na rua, gente lavando a calçada, pessoas comendo, outras pulando corda e por fim o mais comum gente fofocando, e é incrí- vel pois sempre que passa um bo- ato de casa em casa ele fica pior. Meu pai não gosta e minha mãe não suporta. Eu já me acostumei e acho normal, gosto do meu bairro do jeito que ele é ! [...]. Julia Duarte -7ª C Produção : 8ªA Participação: Todas as séries do pe- ríodo da manhã Diagramação: Profª Célia Organização: Prof. Marcos Francisco, Eduardo, Lélia EMEF CELSO LEITE RIBEIRO FILHO Professores da Manhã : Adriana, Ana Claudia, Andréia, Ângela, Antenor , Antonia, Belmiro, Carla, Célia, Cel- so,Claudia, Daylton, Dulce, Denise, Eduardo, Elizabete, Everton, Francis- co, Gerson, Hilda, Íris, Irlan, Ivana, Ivani, João, Leise, Luiz, Lourdes, Mar- co, Mauricio, Rafael, Sandra , Simone. Equipe Técnica Diretora : Rosimeire O. Soares Jurai- tis Assistentes de Direção: Aparecida Alves de Souza e Sérgio Ribeiro Cla- ro Coordenadoras Pedagógicas : Isaura Maria V. Carreiros e Edna Guimarães Vieira Inspetores de alunos: Elen e Ademir Despedida aos alunos das 8ªs Séries Texto do Prof. Celso em Homenagem à 5ª B A sala de aula que eu sempre sonhei Está no mundo real Está na escola pública Possui muitos alunos Meninos e meninas felizes, cheios de sonhos... Meninos e meninas com nomes de futuros engenheiros, dentistas, advogados, químicos, jornalistas, educadores Angel do Nascimento Rosa, Antonio Vitor Barroso Gomes, Breno Pereira dos Santos,Carlos Eduardo da Silva Ramos, Carlos Eduardo de Andrade Cavalcante, Carolina Berro da Silva, David Eri- cles de Sousa, Diego da Silva, Edu- ardo Ferreira Santos, Felipe Valmir Santos Silva, Gabriel Leandro Rosa Futuros Esportistas, Gabriel Rodrigo AraujoGonçalves Vicente, Helena Zuba de Santana, Joice Jordão da Silveira, Kaique Silva de Souza, Keite Lorrane Anjos de Jesus, Leti- cia Flores de Oliveira, Luana Pi- nheiro dos Santos, Lucas Alves Ho- norio, Luiz Henrique Sousa Vascon- celos, Maria Mayara Garcia da Sil- va, Milene Martins Alves dos San tos, Nayara Santos Oliveira, Futu- ros artistas , Paulo Henrique Lucin- do Gomes da Silva, Ricardo Pereira Minha Turma de Souza, Taiane Santos da Silva, Talita Soares dos Santos, Tatiane Silva Barreto da Costa, Thaina Neri Teles de Souza, Thais de Sousa Fer- reira, Vinicius Barbosa Meira Felix, Wesley Rocha de Freitas, Yasmin Regina do Nascimento Everton, Ma- yara Rossi de Souza Corsino, Israel Brandão da Silva, Ágata Sobreira Amancio São crianças que gostam de estudar e estão na escola para aprender: Aprender a ser sujeito Aprender a fazer bonito Aprender a cuidar do mundo São futuros cidadãos para a construção de: Um planeta saudável Uma nação de progresso Uma cidade feliz São gente, crianças com o qual temos o compromisso de contribuir na realização de seus sonhos. São crianças como vocês, meninos e me- ninas, da 5ª série B, “B” com que escre- vemos a palavra Boniteza, alunos da Es- cola Celso Leite Ribeiro Filho, do ano letivo de 2010. Assim meninos e meninas, espero que sejam o exemplo de referência de uma sala de aula de um sonho, pois estamos contribuindo na caminhada da conquista de seus sonhos. Prof. Celso Diniz São Paulo Inverno de 2010 Filme do texto está no nosso blog : www.celsoleitenews.blogspot.com A sala de aula que eu sempre sonhei... Ficha Técnica

×