Doença de Stargardt

834 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
834
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
39
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
7
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Doença de Stargardt

  1. 1. A doença de Stargardt, ou fundus flavimaculatus.
  2. 2.  A doença de Stargardt, ou fundus flavimaculatus, tem sido vastamente relatada como sendo uma doença genética recessiva autossómica associada a degeneraçao macular juvenil que causa perda de visão progressiva, embora várias estirpes predominantes tenham sido relatadas. É a degenerescência macular juvenil hereditaria mais comum. 
  3. 3.  As pessoas afetadas pela doença de Stargardt sofrem de sensibilidade a luz forte; mesmo os dias nebulosos não oferecem conforto. À medida que a doença progride, pode dar origem a dor e diminuição da visão. A visão é afetada primeiro no centro do campo de visão , deixando a visão periférica intacta. Os sintomas que usualmente aparecem antes dos 20 anos de idade , incluem visão ondulada, zonas cegas no campo de visão , visão turva , e dificuldade de adaptação a luz enfraquecida.
  4. 4.  Os danos foviais são possivelmente devido a um defeito em uma bomba molecular exterior que elimina uma substancia especifica dos cones que acumula dentro das hastes, como um formulário do lipofuscine, e penetra no RPE, agindo como um envenenamento para esta camada, deixando-a suscetível ao lysis. A camada do fotorreceptor na fóvea exige uma atividade fagocítica e metabolica enorme do RPE (muito maior do que na periferia), o que faz as mudanças atróficas na Doença de Stargardt serem encontradas principalmente na área fóveal.www.stargardtbrasil.blogspot.pt

×