DIRETORIA DE ENSINO – REGIÃO DEDIRETORIA DE ENSINO – REGIÃO DE
CARAGUATATUBACARAGUATATUBA
MGME - Formação de Professores d...
Municípios/EscolasMunicípios/Escolas
Caraguatatuba
 E E Alcides de Castro Galvão – Profº Daniel Forjaz
de Moraes
 E E Co...
Eixos Temáticos/SubtemasEixos Temáticos/Subtemas
 Ciências e Tecnologia
 Materiais Fonte de Energia
 Conservação dos al...
JUSTIFICATIVA - Ciências e TecnologiaJUSTIFICATIVA - Ciências e Tecnologia
 Materiais Fonte de Energia - Proporcionar o e...
JUSTIFICATIVA – Ser Humano e SaúdeJUSTIFICATIVA – Ser Humano e Saúde
 Retomar conteúdos anteriores para reforçar
competên...
OBJETIVO - Ciências e TecnologiaOBJETIVO - Ciências e Tecnologia
 Materiais Fonte de Energia e Conservação dos alimentos
...
OBJETIVO – Ser Humano e SaúdeOBJETIVO – Ser Humano e Saúde
 Ler, interpretar e produzir textos de diversas tipologias sob...
CONTEÚDO - Ciências e TecnologiaCONTEÚDO - Ciências e Tecnologia
SerHumano e SaúdeSerHumano e Saúde
 Pilhas e energia sol...
ESTRATÉGIAS/METODOLOGIASESTRATÉGIAS/METODOLOGIAS
Ciências e TecnologiaCiências e Tecnologia
E E Alcides de Castro Galvão –...
SEQUÊNCIA DIDÁTICASEQUÊNCIA DIDÁTICA
 1. Sondagem Inicial
Através de diálogos em que foram realizados questionamentos sob...
 4. Significação do Conteúdo
Proposta de projeto de construção de uma pilha e análise de
como seus princípios são aplicad...
 5. Socialização dos projetos
Demonstração do funcionamento das pilhas, contemplando os
conceitos e procedimentos, relaci...
CIRCULAÇÃO DA INFORMAÇÃOCIRCULAÇÃO DA INFORMAÇÃO
Pesquisa em
grupos - Sala
do Acessa
Escola
Produção
textual
através dos
r...
SIGNIFICAÇÃO DO CONTEÚDOSIGNIFICAÇÃO DO CONTEÚDO
Experimentação
Produção efetiva
de energia.
ESTRATÉGIAS/METODOLOGIASESTRATÉGIAS/METODOLOGIAS
Ciências e TecnologiaCiências e Tecnologia
E E Comendador Mario Trombini ...
SEQUÊNCIA DIDÁTICASEQUÊNCIA DIDÁTICA
 1. Sondagem Inicial
 Perguntas orientadoras que visam a utilização dos
conheciment...
SONDAGEMSONDAGEM
Energia!! está
em
tudo
que
nos
rodeia..
Energia!! está
em
tudo
que
nos
rodeia..
 2. Problematização
De onde vem a eletricidade que chega às nossas casas?
 3.Circulação de Informação:
Pesquisa na Sala ...
PROCEDIMENTOS DE LEITURAPROCEDIMENTOS DE LEITURA
Antes da leitura: Foi feita a sondagem sobre o título “Usina
Hidrelétric...
Para despertar a curiosidade dos alunos criou-se um
ambiente diferente e agradável de leitura.
Sala Acessa Escola – Letram...
Atividade – Após a leitura do texto, organize um mapa conceitual
mostrando sequencialmente as etapas necessárias para a
pr...
PRODUÇÃO FINAL
SEMINÁRIO
MOSTRA CULTURAL
 4. Avaliação
Participação dos alunos nas atividades em grupo e nas discussões
compartilhadas em classe; as respostas dos...
ESTRATÉGIAS/METODOLOGIASESTRATÉGIAS/METODOLOGIAS
Ciências e TecnologiaCiências e Tecnologia
E E José Celestino Aranha – Pr...
SEQUÊNCIA DIDÁTICASEQUÊNCIA DIDÁTICA
 1. Sondagem Inicial
Já ouviram falar de métodos para conservar os alimentos?
Quais?...
 3. Significação do Conteúdo: utilizando as informações do
seminário, produziram um texto individual relacionado a cada
t...
PRODUÇÕESPRODUÇÕES
ROTEIRO
DE
PESQUISA
TEXTO
PRODUZIDO
PELO
ALUNO
ANDRÉ
Nº 4
ESTRATÉGIAS/METODOLOGIASESTRATÉGIAS/METODOLOGIAS
SER HUMANO E SAÚDESER HUMANO E SAÚDE
E E Profª Áurea Moreira Rachou – Pro...
ESTRATÉGIASESTRATÉGIAS
 Projeto Lugares de Aprender – Visita ao PESM – Núcleo
Caraguatatuba
 Visita ao centro de captaçã...
METODOLOGIA/ SEQUÊNCIAMETODOLOGIA/ SEQUÊNCIA
DIDÁTICADIDÁTICA
 1. Sondagem: Ativação do conhecimento prévio através dos
r...
Mobilização da Competência Leitora eMobilização da Competência Leitora e
EscritoraEscritora
 Estratégias de leitura: comp...
ESTUDO DO MEIOESTUDO DO MEIO
ESTAÇÃO DE CAPTAÇÃO DE ÁGUA –
ESTAÇÃO DE CAPTAÇÃO DE ÁGUA –PEDRA PRETA
PEDRA PRETA
Visita mon...
Observação/identificação/coleta de materialObservação/identificação/coleta de material
das cachoeiras do bairrodas cachoei...
Fixação dos principais argumentos do debateFixação dos principais argumentos do debate
para o desenvolvimento de produção ...
 5. Recursos: Livro didático, jornal local, músicas, ppt, textos
informativos, lei estadual LPM n° 9.866 de 28 de novembr...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Seminário MGME Ciências - CARAGUATATUBA

500 visualizações

Publicada em

Seminário MGME Ciências

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
500
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
7
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
3
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Seminário MGME Ciências - CARAGUATATUBA

  1. 1. DIRETORIA DE ENSINO – REGIÃO DEDIRETORIA DE ENSINO – REGIÃO DE CARAGUATATUBACARAGUATATUBA MGME - Formação de Professores de CiênciasMGME - Formação de Professores de Ciências 1ª edição/20131ª edição/2013 Dirigente: Edina Paula Roma TeixeiraDirigente: Edina Paula Roma Teixeira PCNP: Adriano Litério CáceresPCNP: Adriano Litério Cáceres PCNP: Ludmila SadokoffPCNP: Ludmila Sadokoff
  2. 2. Municípios/EscolasMunicípios/Escolas Caraguatatuba  E E Alcides de Castro Galvão – Profº Daniel Forjaz de Moraes  E E Comendador Mário Trombini – Profª Patricia Keder Sandin Reis Ubatuba  E E Profª Áurea Moreira Rachou – Profª Edmila da Mata Amorim Corrêa de Oliveira  E E José Celestino Aranha – Profª Adriana Roberto de Avila
  3. 3. Eixos Temáticos/SubtemasEixos Temáticos/Subtemas  Ciências e Tecnologia  Materiais Fonte de Energia  Conservação dos alimentos  Ser Humano e Saúde  ÁGUA
  4. 4. JUSTIFICATIVA - Ciências e TecnologiaJUSTIFICATIVA - Ciências e Tecnologia  Materiais Fonte de Energia - Proporcionar o entendimento quanto à relação das fontes e produção de energia elétrica. Estimular a objetividade nas pesquisas e experimentações, assim como a competência leitora e escritora pela pesquisa teórica a ser efetuada concomitantemente às práticas.  Conservação dos alimentos - Oportunizar aos alunos conhecer os principais métodos de conservação dos alimentos, através de pesquisas comparando a eficácia dos diferentes métodos.
  5. 5. JUSTIFICATIVA – Ser Humano e SaúdeJUSTIFICATIVA – Ser Humano e Saúde  Retomar conteúdos anteriores para reforçar competências e habilidades em defasagem.  Desenvolver projeto que atenda a necessidade local sobre a questão ambiental.  Fornecer subsídios par a formação crítica dos fatos ocorridos no bairro.  Fomentar a participação individual e coletiva cidadã em prol do meio ambiente.
  6. 6. OBJETIVO - Ciências e TecnologiaOBJETIVO - Ciências e Tecnologia  Materiais Fonte de Energia e Conservação dos alimentos  Compreender sobre os processos químicos da produção de energia elétrica em pilhas e sobre o funcionamento das placas fotovoltaicas.  Identificar a produção de energia a partir de usinas hidrelétricas no Brasil.  Reconhecer procedimentos utilizados, de forma caseira, para conservação dos alimentos.  Estimular o protagonismo e a autonomia dos alunos.  Fomentar o olhar científico sobre questões cotidianas.  Valorizar o trabalho participativo e democrático em grupo.  Desenvolver atividades focadas na leitura e escrita que permitam a inserção social do aluno em diferentes esferas comunicativas.
  7. 7. OBJETIVO – Ser Humano e SaúdeOBJETIVO – Ser Humano e Saúde  Ler, interpretar e produzir textos de diversas tipologias sobre questões relacionadas a água.  Reconhecer e ou representar, por meio de diferentes linguagens, características de locais ou de ambientes poluídos.  Identificar e caracterizar os principais poluentes (químicos/físicos) das águas e solos, destacando seus efeitos sobre a saúde individual e coletiva.  Indicar e caracterizar medidas que reduzem a poluição ambiental das águas e do solo.
  8. 8. CONTEÚDO - Ciências e TecnologiaCONTEÚDO - Ciências e Tecnologia SerHumano e SaúdeSerHumano e Saúde  Pilhas e energia solar - Processos cotidianos de produção de energia elétrica  Matriz energética: geração de energia a partir de usinas hidrelétricas no Brasil.  Microrganismos: os seres vivos mais simples e sua relação com a conservação dos alimentos; processos e tecnologias relacionados à conservação dos alimentos (Pasteurização, refrigeração e congelamento, desidratação e secagem, salga, uso de aditivos, embalagem a vácuo, defumação).  Água como indicador de qualidade de vida; estados físicos da água e Ciclo da água; qualidade da água e a importância do saneamento básico; doenças veiculadas pela água; importância da Mata Atlântica e Mata Ciliar; produção de resíduos e o destino dos materiais no ambiente.
  9. 9. ESTRATÉGIAS/METODOLOGIASESTRATÉGIAS/METODOLOGIAS Ciências e TecnologiaCiências e Tecnologia E E Alcides de Castro Galvão – Profº Daniel Forjaz de MoraesE E Alcides de Castro Galvão – Profº Daniel Forjaz de Moraes  8º ano / 7ª Série – 4º Bimestre  Situação de aprendizagem 4 – Fontes e Produção de Energia Elétrica  Tempo previsto: 10 aulas  Tema - Pilhas e energia solar - Processos cotidianos de produção de energia elétrica
  10. 10. SEQUÊNCIA DIDÁTICASEQUÊNCIA DIDÁTICA  1. Sondagem Inicial Através de diálogos em que foram realizados questionamentos sobre de onde vem a energia de uma pilha ou de um painel solar, resultando num levantamento de hipóteses iniciais.  2. Problematização Como é o funcionamento de uma pilha e de um painel solar?  3. Circulação de Informação Etapa 01:Em grupo foi realizada pesquisa sobre o funcionamento das pilhas, utilizando os textos informativos do livro didático, com posterior socialização e debate. Etapa 02: Pesquisa sobre a história das pilhas, os experimentos de Alessandro Volta e John Daniell - funcionamento das placas fotovoltaicas, utilizando o recurso da sala do Acessa Escola e produção de relatório.
  11. 11.  4. Significação do Conteúdo Proposta de projeto de construção de uma pilha e análise de como seus princípios são aplicados no dia-a-dia: Pesquisa na sala do Acessa Escola sobre os procedimentos e materiais necessários para a construção das pilhas, assim como os fundamentos científicos para explicar a transformação de energia. A pesquisa foi formalizada em uma produção textual através de relatórios. Pilha de Volta Pilha de Água Painel Fotovoltaico Pilha de Daniel Pilha de Água e Sal Pilha de Água sanitária Pilha de latinhas de alumínio
  12. 12.  5. Socialização dos projetos Demonstração do funcionamento das pilhas, contemplando os conceitos e procedimentos, relacionando-os com o cotidiano.  6. Avaliação Laboração do projeto com efetiva produção de energia; produção textual através dos relatórios; atividades que visam à capacidade de estabelecer relações entre os conceitos teóricos com as atividades cotidianas; protagonismo dos alunos e organização para o trabalho em equipe.
  13. 13. CIRCULAÇÃO DA INFORMAÇÃOCIRCULAÇÃO DA INFORMAÇÃO Pesquisa em grupos - Sala do Acessa Escola Produção textual através dos relatórios
  14. 14. SIGNIFICAÇÃO DO CONTEÚDOSIGNIFICAÇÃO DO CONTEÚDO Experimentação Produção efetiva de energia.
  15. 15. ESTRATÉGIAS/METODOLOGIASESTRATÉGIAS/METODOLOGIAS Ciências e TecnologiaCiências e Tecnologia E E Comendador Mario Trombini – Profª Patricia KederE E Comendador Mario Trombini – Profª Patricia Keder Sandin ReisSandin Reis  8º ano / 7ª Série – 4º Bimestre  Situação de aprendizagem 4 – Fontes e Produção de Energia Elétrica  Tempo previsto: 08 aulas  Tema - Matriz energética: geração de energia a partir de usinas hidrelétricas no Brasil.
  16. 16. SEQUÊNCIA DIDÁTICASEQUÊNCIA DIDÁTICA  1. Sondagem Inicial  Perguntas orientadoras que visam a utilização dos conhecimentos prévios para a articulação de novos conceitos e debates. Exemplo: Que tipo de atividade depende da energia elétrica para ser realizada?  Solicitou-se aos alunos a elaboração de um texto da tipologia narrativa e depois, uma discussão compartilhada sobre as propostas elaboradas pela classe.
  17. 17. SONDAGEMSONDAGEM Energia!! está em tudo que nos rodeia.. Energia!! está em tudo que nos rodeia..
  18. 18.  2. Problematização De onde vem a eletricidade que chega às nossas casas?  3.Circulação de Informação: Pesquisa na Sala do Acessa Escola e leitura (letramento digital) sobre o percurso da energia, desde a sua geração até chegar nas residências. Obs: Letramento digital – insere as práticas de ensino de língua portuguesa, os novos gêneros de texto, denominados gêneros digitais. São gêneros híbridos que estão em uma crescente diversificação de forma e usos comunicativos (MARCUSCHI E XAVIER, 2005). (fonte:http://www.educacaoetecnologia.org.br/?cat=3) PORTAL DE EDUCAÇÃO E TECNOLOGIA
  19. 19. PROCEDIMENTOS DE LEITURAPROCEDIMENTOS DE LEITURA Antes da leitura: Foi feita a sondagem sobre o título “Usina Hidrelétrica”. Durante a leitura: dividida em momentos - silenciosa, compartilhada entre os alunos e professor. Depois da leitura: Foi solicitado aos alunos que pesquisassem sobre a geração de energia elétrica mais usada no Brasil.
  20. 20. Para despertar a curiosidade dos alunos criou-se um ambiente diferente e agradável de leitura. Sala Acessa Escola – Letramento DigitalSala Acessa Escola – Letramento Digital
  21. 21. Atividade – Após a leitura do texto, organize um mapa conceitual mostrando sequencialmente as etapas necessárias para a produção de energia na usina hidrelétrica. Mapa conceitual-Usina Hidrelétrica - O caminho da energia até a sua casa 1-Usina de Energia 2-Conjunto Gerador 3-SubEstenção 4-Transformadores 5-Torres de transmissão de energia 6-Linhas de distribuição de Energia (Poste) Residências com energia Nome: Ana Eliza Telles Morais n°03 Nome: Helen Pinheiro de Souza n°10 Forças é produzida pela atuação de que modificam o Movimento dos corpos do sistema Tem uma e Que segue Até as Formada por um
  22. 22. PRODUÇÃO FINAL SEMINÁRIO MOSTRA CULTURAL
  23. 23.  4. Avaliação Participação dos alunos nas atividades em grupo e nas discussões compartilhadas em classe; as respostas dos alunos para as questões de interpretação dos experimentos; execução e qualidade da síntese e relatórios.  5. Recursos Caderno do aluno; caderno do professor; câmera fotográfica; revistas e internet.  6. Bibliografia  Caderno do aluno e do professor – Ensino fundamental II. Volume 4.  http://www.educacaoetecnologia.org.br/?cat=3  .
  24. 24. ESTRATÉGIAS/METODOLOGIASESTRATÉGIAS/METODOLOGIAS Ciências e TecnologiaCiências e Tecnologia E E José Celestino Aranha – Profª Adriana Roberto deE E José Celestino Aranha – Profª Adriana Roberto de AvilaAvila 7º ano / 6ª Série – 3º Bimestre Situação de aprendizagem 2 – Investigando as diferentes formas de conservação dos alimentos Tempo previsto: 08 aulas Tema –Tecnologia e Microrganismos
  25. 25. SEQUÊNCIA DIDÁTICASEQUÊNCIA DIDÁTICA  1. Sondagem Inicial Já ouviram falar de métodos para conservar os alimentos? Quais? Como são realizados? Por que conservam?  1.1. Sensibilização História da conservação dos alimentos pela leitura e diálogo  2. Circulação de Informação 1ª etapa - Trabalho em Grupo: são sorteados temas diferente para cada grupo pesquisar com roteiro pré-determinado. 2ª Etapa – Seminário: socializar a pesquisa através de texto e imagens.
  26. 26.  3. Significação do Conteúdo: utilizando as informações do seminário, produziram um texto individual relacionado a cada tema. Elaboração de questionamentos para verificar a aprendizagem do conteúdo conceitual.  4. Avaliação: produção textual com foco na habilidade de relacionar informações; interação entre os grupos e apresentação oral.  5. Recursos: data show; internet, sala de leitura, revistas, “Enciclopédia Barsa”.
  27. 27. PRODUÇÕESPRODUÇÕES ROTEIRO DE PESQUISA
  28. 28. TEXTO PRODUZIDO PELO ALUNO ANDRÉ Nº 4
  29. 29. ESTRATÉGIAS/METODOLOGIASESTRATÉGIAS/METODOLOGIAS SER HUMANO E SAÚDESER HUMANO E SAÚDE E E Profª Áurea Moreira Rachou – Profª Edmila da MataE E Profª Áurea Moreira Rachou – Profª Edmila da Mata Amorim Corrêa de OliveiraAmorim Corrêa de Oliveira 9º ano / 8ª Série – 4º Bimestre Projeto – Água Fonte de Vida Tempo previsto: 10 aulas Tema – Ser Humano e Saúde
  30. 30. ESTRATÉGIASESTRATÉGIAS  Projeto Lugares de Aprender – Visita ao PESM – Núcleo Caraguatatuba  Visita ao centro de captação de águas do bairro.  Estudo do Meio para observação/identificação/coleta de material das cachoeiras do bairro.  Pesquisa de campo no formato de entrevista com os moradores locais sobre implantação da rede coletora da SABESP.  Aula prática com experimentação. Exemplo: elaboração do processo de filtragem com uso de garrafas pet, areia , pedra brita, algodão.  Pesquisa sobre o tema do projeto em diversas fontes.  Leitura compartilhada de diversas tipologias textuais.  Elaboração de relatórios (iniciação a metodologia científica), textos dissertativos, argumentativos e de opinião, relatos de vivências.
  31. 31. METODOLOGIA/ SEQUÊNCIAMETODOLOGIA/ SEQUÊNCIA DIDÁTICADIDÁTICA  1. Sondagem: Ativação do conhecimento prévio através dos relatos dos alunos, música, ppt, clip da gotinha d’água  2. Situação Problema: relacionada a nova implantação da captação de água no bairro: posicionamento crítico do aluno e propostas de ação; comprovação de hipóteses levantadas através da experimentação.  3. Circulação da Informação: efetuação de pesquisas (internet, livros didáticos, jornais, revistas); entrevistas e depoimentos.  4. Avaliação: contínua e em processo, em todas as etapas do projeto; participação; confecção de cartazes; debates; elaboração de relatórios (de saída de campo, relatório da atividade-processo de filtragem); elaboração de textos.
  32. 32. Mobilização da Competência Leitora eMobilização da Competência Leitora e EscritoraEscritora  Estratégias de leitura: compartilhada entre professor e alunos.  Tipologia textual utilizada: jornal, texto científico, legislação...  Procedimentos de leitura  Antes da leitura: os alunos eram instigados, através de propostas e indagações sobre o tema, trazerem relatos pessoais.  Durante a leitura: Confrontar os relatos e associá-los ao contexto de situações reais do cotidiano.  Depois da leitura: elaboração de textos com novas propostas de ação mediante a situação problema indicada.
  33. 33. ESTUDO DO MEIOESTUDO DO MEIO ESTAÇÃO DE CAPTAÇÃO DE ÁGUA – ESTAÇÃO DE CAPTAÇÃO DE ÁGUA –PEDRA PRETA PEDRA PRETA Visita monitorada pelo agente local com alunos do 9º ano.
  34. 34. Observação/identificação/coleta de materialObservação/identificação/coleta de material das cachoeiras do bairrodas cachoeiras do bairro
  35. 35. Fixação dos principais argumentos do debateFixação dos principais argumentos do debate para o desenvolvimento de produção textualpara o desenvolvimento de produção textual
  36. 36.  5. Recursos: Livro didático, jornal local, músicas, ppt, textos informativos, lei estadual LPM n° 9.866 de 28 de novembro de 1997; Data show; Internet; Materiais de papelaria; Kit para análise de pH; Máquina fotográfica; Celular; Material Reciclável (Exemplo: Garrafa PET)  6. Bibliografia  Currículo do Estado de São Paulo – Ciências da Natureza e suas Tecnologias/SEE, 2012  Cultura e Currículo - Lugares de Aprender: “Meio Ambiente Saber Cuidar” – Subsídios para desenvolvimento de projetos didáticos SEE/FDE, 2010  Manuágua – Programa de capacitação de técnicas e educadores em educação ambiental. AEAA/FEHIDRO/CBHLN/PMCaraguatatuba/Sabesp/ Instituto Onda Verde  Material do MGME/Curso 2 –Ciências, 2013

×