Skill Coaching

360 visualizações

Publicada em

0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
360
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
6
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Skill Coaching

  1. 1. 930303030303030303030 3o3o3o°o3e3e3e3o3o3o - HABILIDADES INTERPESSOAIS I :20% . PÁ
  2. 2. HABILIDADES PESSOAIS PARA UM PROFISSIONAL FORTE Destacar-se pelas suas habilidades pessoais, na natureza da sua humildade, disponibilidade e capacidade para gerir a mudança numa organização, definindo- se como uma pessoa em permanente busca por um desenvolvimento pessoal. Tendo um carater frontal e coraioso, faz de mim a determinação e força para resolver problemas num registo e convicções por vezes esquecidas nos dias de hoie, por uma sociedade dinâmica pelo consumo e não tanto por valores e respeito pelo outro, que são os valores da consciência ética. Ter boas atitudes nas relações e praticas na ação profissional leva ao exercício dum forte relacionamento. Numa organização, devemos acrescentar valor e identificar-nos com a sua cultura, com o propósito maior, e sentir que fazemos parte da casa. E o que se diz vestir a camisola.
  3. 3. T. INFLUENCIADOR: DAR O EXEMPLO Um profissional quando age de acordo com o que pede aos seus pares, torna-se muito difícil que estes não lhe correspondam e sigam como exemplo e atitude, levando a um maior sentimento de equipa e a alcançar mais rapidamente os obietivos traçados para o negócio e sentir também como parte integrante deles. Ú Motivador; Competências pessoais; Atitudes que promovam a eficacia da relação;
  4. 4. 2. GESTOR: CONHECER O VALOR DE IMPLEMENTAR A MUDANÇA Na liderança organizacional implementar a mudança é sempre uma tarefa difícil, por razões de resistências dos colaboradores, mas com processos acertados não é impossível. Exigindo visão, talento e persuasão nos obietivos a alcançar. Ú Negociador; Focado no resultado; Eficiente nas tarefas;
  5. 5. 3. COMUNICATIVO: SER CLARO E DIRETO A comunicação é fundamental para se ser eficiente no cumprimento dos obietivos, para não restar dúvidas para aqueles a quem nos dirigimos, perceber a mensagem. Numa organização, há também que adaptar o discurso aos colaboradores. Se esta a comunicar para toda a organização, do mais pequeno ao maior na hierarquia do organigrama, convém que todos o compreendam e sintam a mensagem como deles. Compete ao bom profissional, ao ter conhecimento dos problemas, não os ignorem ou fingir não saber, mas de os enfrentar e solucionar rapidamente, transmitindo seriedade, segurança, ética e firmeza a toda organização. Ú Assertivo; Comunicador; Dialogador; Empãtico;
  6. 6. 4. OUVINTE: OUVIR E ACEITAR DIFERENTES PONTOS DE VISTA Saber ouvir é tão mais importante quanto saber falar. Pois aceitar que o outro tenha um ponto de vista diferente do nosso é tão importante quanto querer que nossas ideias seiam respeitadas. Entender que cada colaborador tem um universo diferente de ideias e pensamentos, devendo ser aproveitadas na criação de valor organizacional. Cl Conselheiro; Motivador; Mobilizador; Proximidade; Gestor de conflitos;
  7. 7. 5. DEFEITOS: RECONHECER AS NOSSAS FRAGILIDADE Sou um indisciplinado nato. Assumir as falhas e responsabilidades não nos torna inferiores, mas dignos do reconhecimento e da admiração dos seus pares, pois temos falhas como eles. Não me sinto um ser perfeito, por isso busco a melhoria todos os dias. Uma organização não é a soma das partes, mas mais do que isso um sistema interligado de processos e pessoas, focados na criação de valor com o esforço coniunto. ÚHUmiIde; Melhoria continua; Persistente; Valorização pessoal; Delegação competências; Permanente insatisfação;
  8. 8. 6. ESTRATEGA: SABER ATINGIR OS OBJETIVOS Saber que numa organização, não se atinge os obietivos sozinho. Perceber a estratégia da organização e criar valor nesse mesmo caminho integrando os obietivos e a sua visão. Com eles nada o impedirá de lã chegar, pois sem eles a tarefa será demasiado ingrata e pesada, sem hipóteses de algum dia alcançar o sucesso. Os melhores profissionais são aqueles que reconhecem que não sabem nem conseguem fazer tudo sozinhos, os que apreciam e desenvolvem o potencial das 1 pessoas que trabalham ao seu lado. Porque a colaboração e aiudar as pessoas a tornarem-se no melhor que conseguem ser. Pessoas motivadas, focadas e talentosas são as que proporcionam o sucesso da organização. Cl Eficiente; Eficaz; Obietivo; Missão estratega; Transparência; Competência;
  9. 9. 7. VISIONÃRIO: OBJETIVO DA VISÃO EM MENTE COMO FOCO O processo de medança é reconhecer que as pessoas gostam de seguir uma visão do futuro e as organizações não fogem a essa regra, quando definem obietivos a serem realizados, numa prática de aspiração e inspiração de forma realista e visível no pensamento diário dos colaboradores e cultura da organização. Por isso, a comunicação eficiente dessa visão da organização é essencial conseguir passar essa mensagem de trabalho em função dessas metas. As pessoas gostam de trabalhar apoiadas na visão concebida e metas definidas para a organização, garantindo que cada pessoa tem uma razão de ser que lhes é aplicável, no processo organizativo das suas competências. Isto significa que as pessoas trabalham em função de uma visão ou obietivo compartilhado e não têm de alterar os seus comportamentos ou de ser geridos periodicamente por pessoas que mandam fazer isto ou aquilo para alcançar as metas, sem um foco estratégico. No entanto, o colaborador deve manter o foco na visão e nas metas, utilizando bons princípios motivacionais para desenvolver competências pessoais, para a constante mudança organizacional e social, pois dessa forma salvaguarda o futuro da organização. As pessoas e as organizações encontram-se intrinsecamente ligadas. As organizações não existem sem as pessoas. 3 lnspirador; Sonhador; Motivacional;
  10. 10. a. COACHINQ: OBJETIVO PERFORMANCE DAS OROANIzAçOEs Por forma a servir melhor a organização a atingir os obietivos e indices de performance mais elevados, com o compromisso de estabelecer o desenvolvimento dos colaboradores, promovendo uma cultura de melhoria continua e motivacional na organização para evitar a saída de Know how e talento. Criar novas habilidades e atitudes que visem alcançar os obietivos, pois num mundo cada vez mais competitivo e global a exigência por novos conceitos diferenciadores é um fator chave para o sucesso. Todas as medidas adotadas para enfrentar o desafio da sobrevivência do mercado, criando novas perspetivas de trabalho através de novos conhecimentos e habilidades passou a ser o diferencial das organizações de sucesso. O foco atualmente é a pessoa, o ser humano, por isso a liderança nas organizações e' um processo cada vez mais presente como uma ferramenta de trabalho para as organizações. CI Maturidade emocional; Proactivo; Inovador; Prover tendências; Liderança;
  11. 11. 9. OTIMISTA: CULTIVA A ALEGRIA Não existe o Colaborador perfeito, colaboradora perfeita. .. Não falemos de chefe perfeito. Não cedamos ao pessimismo. E sabido que o entusiasmo é fomentador da boa disposição, ao permitir prender a alegria dos colaboradores e fomentar relações, promovendo um bom ambiente de trabalho e proporcionar uma maior felicidade na organização. CI Energia; Boa disposição; Felicidade; Alegria.
  12. 12. IO. AUTORIDADE: CAPACIDADE DE DECISÃO Criar situações para melhoria do clima com base na compreensão e respeito, procurando convergências e consensos. No entanto, o colaborador deve ter capacidade de decisão e assumir responsabilidades pelas decisões em tempo hábil, sem retardar ao adiar, de forma prioritária, custos e beneficios para a organização. A sua autoridade deve emergir pela via da diplomacia, autoridade moral e emocional, convencendo os colegas por forma hábil de os levar a fazer de boa vontade o que a organização pretende deles, devido à nossa influência pessoal. CI Inteligência emocional; Sensibilidade; Espirito de equipa; Proximidade; Eficácia das interações nas relações;

×