kakaka

970 visualizações

Publicada em

Publicada em: Tecnologia, Negócios
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
970
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
20
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
7
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

kakaka

  1. 1. Alimentação saudável Trabalho realizado por: Fábio Fernandes nº9 Gonçalo Baptista nº11
  2. 2. Regras de uma boa Alimentação Trofoterapia Regime vegetariano Saúde ? Os sais minerais e as suas importâncias A nova roda dos alimentos (anexo) Receitas
  3. 3. 1. Dividir a alimentação em 3 refeições principais e 3 lanches intermediários. Isso evita que se coma "porcarias" entre as refeições, aumenta o trabalho intestinal (pois haverá estímulo constante do trato digestivo) e aumenta o gasto de energia para o metabolismo dos alimentos. Além disso, pequenos volumes ingeridos várias vezes ao dia fazem com que um estômago dilatado volte aos poucos ao normal. 2. Deve-se mastigar no mínimo 30 vezes cada garfada. Esta acção proporciona uma melhor digestão e um melhor aproveitamento dos nutrientes, maior gasto de energia e uma menor ingestão alimentar, pois comendo devagar, uma menor quantidade de alimentos fará com o indivíduo se sinta saciado. Regras de uma boa alimentação
  4. 4. 3. Deve-se ingerir muitos líquidos, principalmente água (2 a 3 litros) para a manutenção das funções normais do organismo, mas sempre no intervalo das refeições. 4. O açúcar deve ser diminuído ou substituído por algum outro adoçante. É muito calórico e não traz benefícios à saúde. 5. As fibras devem fazer parte da ingestão diária para assegurar um bom funcionamento intestinal e para auxiliar na prevenção e tratamento de doenças como o aumento do colesterol e cancro do cólon. Além disso, alimentos ricos em fibras reduzem a sensação de fome. Recomenda-se o consumo de 20 a 30g de fibras por dia. Comidinha, comidinha é Boa!
  5. 5. 6. O exercício físico, quando praticado de forma correcta e orientado por um profissional especializado, acelera a queima da gordura armazenada, auxiliando na redução de peso. 7. Fazer as refeições em lugar tranquilo e sem pressa. Nunca se deve comer andando, vendo televisão ou discutindo com alguém. O ambiente deve ser calmo para que as frustrações não sejam descontadas no prato de comida. Com pressa, o indivíduo come exageradamente sem perceber, pois demora mais tempo até sentir-se saciado. 8. Não dormir logo após as refeições e não comer alimentos pesados à noite, pois nesse período a digestão é mais lenta e difícil.
  6. 6. Trofoterapia A Trofoterapia é o sistema de tratamento através da seleção de alimentos adequados para cada doença e sintomas, é um dos sistemas  mais eficaz de tratamento, porém de mais difícil aceitação da grande maioria da população, pois para êxito dos tratamentos e propósitos, é necessário as enfermas uma reeducação de todo um sistema alimentar, assim como aceitar os efeitos da crise curativa da homeopatia, é difícil adaptar-se aos efeitos das crises curativas da trofoterapia, mas os percentuais de curas de doenças praticamente incuráveis com este sistema são impressionantes, é um sistema capaz de curar as piores enfermidades existentes na terra . 
  7. 7. Regime vetetariano Muitas pessoas não optão pela vida vegetariana porque acham que essa alimentação não é lá muito saborosa, o que não sabem é que uma sopa de puré de cenoura, batata e cebola ou umas beringelas assadas no forno, com courguettes, cebola e tomate, salsa e alhos picados a rodear as beringelas e molho de tomate com um pouco de água e azeite misturados, podem ser tão saborosos como o prato mais requintado da gastronomia omnívora. Quem opta pela alimentação vegetariana, pode tornar-se uma pessoa mais saudável, viver mais anos e ter menos possibilidades de apanhar cancro do que uma pessoa com uma alimentação omnívora.
  8. 8. A carne pode ser substituída por feijão, soja, seitan, tofu, cogumelos, etc. E por isso que certas comidas que normalmen-te têm carne, são possivelmente integradas na alimentação vegetariana, se trocar-mos a carne por outros ingredientes. Podemos tomar como exemplo a lasanha de vegetais, hambúrguer vegetal, almôndegas de soja, bolonhesa de soja, bife de soja, feijoada de vegetais, salsichas vegetarianas, empadão de tofu com avelãs, entre muitos outros…
  9. 9. Saúde? Certas doenças como a obesidade, a diabetes, a bronquite asmática e outros, são herdados dos pais, infelizmente, não herdamos só doenças, mas também hábitos nocivos, como o excesso de sal, de açúcares, frituras, e muitos mais. No entanto, estes hábitos podem permanecer adormecidos, se tiverem um estilo de vida equilibrado e mais importante, uma alimentação saudável. Saúde não é apenas a ausência de doenças, mas sim, um bem-estar físico, mental e social, é um estado dinâmico, um equilíbrio biológico e ecológico.
  10. 10. Os sais minerais e a sua importância Os sais minerais encontram-se no nosso corpo ao nível das células, tecidos e humores em diferentes estados físicos: Sólido, no esqueleto e dentes, no caso do cálcio e fósforo; Em solução, no meio celular e nos líquidos circundantes; Em composição com os compostos orgânicos.
  11. 11. Receitas
  12. 12. Strogonof de glúten <ul><li>Ingredientes: </li></ul><ul><li>½ kg de tomate sem pele </li></ul><ul><li>1 cebola grande picada </li></ul><ul><li>1 copo de palmito cortado em rodelas </li></ul><ul><li>1 copo de cogumelos picados </li></ul><ul><li>600g de bifes de glúten </li></ul><ul><li>1 colher de sopa de salsa picada </li></ul><ul><li>2 colheres de sopa de azeite </li></ul><ul><li>1 ou 2 colheres de maisena </li></ul><ul><li>1 chávena de leite de amêndoas “descascadas” </li></ul><ul><li>Modo de preparação: </li></ul><ul><li>Bater o tomate no liquidificador e passar pela peneira. </li></ul><ul><li>Preparar um refogado com salsa e cebola, adicionando o tomate. </li></ul><ul><li>Deixar cozinhar por alguns minutos e adicionar os cogumelos e o palmito, deixando ferver um pouco. </li></ul><ul><li>Acrescentar os bifes de glúten. </li></ul><ul><li>Se o molho ainda estiver ralo, juntar 1 ou 2 </li></ul><ul><li>colheres de maisena dissolvida em água para </li></ul><ul><li>encorporar. </li></ul><ul><li>Retirar a mistura </li></ul><ul><li>do lume e acres- </li></ul><ul><li>centar o leite de </li></ul><ul><li>amêndoas. </li></ul><ul><li>Mexer bem e </li></ul><ul><li>servir em segui- </li></ul><ul><li>da. </li></ul>
  13. 13. Almôndegas de cajú <ul><li>Ingredientes: </li></ul><ul><li>1 chávena de farinha de bolachas de água e sal </li></ul><ul><li>½ chávena de tofu temperado </li></ul><ul><li>½ chávena de castanhas de cajú moídas no liquificador </li></ul><ul><li>1 colher de chá de sal </li></ul><ul><li>1 cenoura cozida e batida no liquificador </li></ul><ul><li>1cebola grande picada </li></ul><ul><li>2 colheres de polvilho doce </li></ul><ul><li>1 colher de aveia </li></ul><ul><li>Salsa e cebolinho a gosto </li></ul><ul><li>Modo de preparação: </li></ul><ul><li>Misturar bem todos os ingredientes, formar bolas e assar ligeiramente. </li></ul><ul><li>Cozinhar então num molho de tomate ralo bem temperado. </li></ul><ul><li>Servir com arroz e uma boa salada verde. </li></ul>
  14. 14. Iogurte light de frutas <ul><li>Ingredientes: </li></ul><ul><li>1 boião de iogurte natural desnatado </li></ul><ul><li>3 colheres de morango cru ou pêssego cozido </li></ul><ul><li>1 colher de chá de mel </li></ul><ul><li>Ingredientes (em caso de obesidade): </li></ul><ul><li>1 boião de iogurte natural desnatado </li></ul><ul><li>3 colheres de morango cru ou pêssego cozido </li></ul><ul><li>1 colher de adoçante ou frutose </li></ul><ul><li>Modo de preparação: </li></ul><ul><li>Bater o iogurte na liquificadora com o morango ou pêssego cozido (sem açúcar, só em água) e mel ou adoçante ou frutose. </li></ul>
  15. 15. Muffins de maçã <ul><li>Ingredientes: </li></ul><ul><li>2 copos de maçã ralada </li></ul><ul><li>2 copos de aveia </li></ul><ul><li>1/3 de copo de óleo </li></ul><ul><li>1 pitada de sal </li></ul><ul><li>½ copo de passas </li></ul><ul><li>½ copo de nozes picadas </li></ul><ul><li>½ copo de açúcar amarelo </li></ul><ul><li>½ colher de café de canela em pó </li></ul><ul><li>Modo de preparação: </li></ul><ul><li>Misturar tudo e colocar em formas individuais untadas. </li></ul><ul><li>Assar em forno médio durante 30 min. </li></ul>

×