Agropecuária Brasileira - Geografia

2.115 visualizações

Publicada em

Trabalho sobre a Agropecuária Brasileira, mais precisamente sobre a agricultura do nosso país.

Publicada em: Educação
0 comentários
4 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
2.115
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
6
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
198
Comentários
0
Gostaram
4
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Agropecuária Brasileira - Geografia

  1. 1. A produção agropecuária é uma atividade desenvolvida no espaço rural, em áreas que se encontram ocupadas pelo setor primário da economia, no qual se destacam a agricultura, a pecuária e as atividades extrativistas.
  2. 2. A realidade das atividades do campo reflete atualmente a transição do modelo econômico do país de agroexportador para subdesenvolvido industrializado. À medida que a indústria se tornava o eixo principal da economia brasileira, a agricultura ficava mais dependente e subordinada à indústria.
  3. 3. Durante os anos 1960 e 1970, foi criada a Revolução Verde no qual foi implantada em países subdesenvolvidos com o objetivo de solucionar a fome no mundo. Ocorreu o desenvolvimento de pesquisas em sementes, fertilização do solo e utilização de máquinas no campo que aumentassem a produtividade.
  4. 4. Características da agricultura brasileira atual: • Predomínio da agricultura extensiva - exploração de grandes extensões de terra, concentradas nas regiões Norte, Nordeste e Centro-Oeste. • Subutilização do espaço agrícola - menos de 10% do espaço geográfico brasileiro é aproveitado economicamente no cultivo de lavouras-permanentes, como as de café e banana, e de lavouras temporárias, como as de milho e cana-de-açúcar. • Predominância da produção de gêneros agrícolas destinados à exportação, com prejuízo dos produtos alimentícios.
  5. 5. Segundo o Censo Agropecuário, em 2006 o Brasil tinha mais de 5 milhões de estabelecimentos agrícolas, distribuídos em mais de 300 milhões de hectares, que representavam 36,75% do território brasileiro.
  6. 6. O Brasil é o país que apresenta uma das maiores concentrações de terra do mundo, porém há uma grande concentração de terras nas mão de alguns poucos proprietários, enquanto a maioria dos produtores rurais detém uma parcela muito pequena da área agrícola.
  7. 7. A atividade agropecuária no Brasil representa 8% do PIB brasileiro e gera emprego para pelo menos 10% da população economicamente ativa do país. * PIB brasileiro cresce 2,3% em 2013, puxado por agropecuária e serviços.
  8. 8. Tipos de lavouras no Brasil Agricultura de subsistência: visa a sobrevivência do agricultor e de sua família. Utilizam de recursos técnicos pouco desenvolvidos. É praticada em pequenas propriedades e a produção é bem inferior se comparada às áreas rurais mecanizadas. Plantam o feijão, arroz, milho, mandioca, batata e hortaliças.
  9. 9. Agricultura comercial: é destinada à exportação ou mesmo ao mercado interno. É praticada em grandes propriedades, com a aplicação de tecnologias que alcançam elevados índices de produtividade. Utilizam mão-de-obra especializada, como engenheiros e técnicos agrícolas. Plantam o algodão, cana-de-açúcar, soja e etc.
  10. 10. Lavoura temporária: é a área do estabelecimento utilizada para o cultivo de culturas de curta duração (geralmente inferior a um ano) e que só produz uma vez, pois, na colheita, destrói-se a planta. Está associada a questão climática e do solo. Lavoura permanente: é a área plantada ou em preparo para plantio de culturas de longa duração, isto é, aquelas que após a colheita não necessitam de novo plantio, produzindo por vários anos consecutivos.
  11. 11. Cana-de-açúcar: a cana-de-açúcar chegou ao Brasil no século XVI através dos portugueses. Inicialmente, este produto era cultivado principalmente na Zona da Mata Nordestina e no Recôncavo Baiano. Atualmente, a produção prospera no Centro-Sul, principalmente em São Paulo com quase 60% da produção total do país.
  12. 12. Soja: leguminosa originária do Extremo Oriente e de alto valor nutritivo. É um produto recente no Brasil, e nas últimas décadas tem se tornado importante na produção agrícola brasileira, e nas exportações. Os principais produtores de soja são Mato Grosso, Paraná, Rio Grande do Sul, Goiás, Mato Grosso do Sul, Bahia e Minas Gerais.
  13. 13. Algodão: cultivado desde o tempo da colônia, o algodão destacou-se no sertão do Nordeste, depois em São Paulo e, mais tarde, na região Centro-Oeste e oeste da Bahia. É considerado na produção o algodão em pluma, o algodão em caroço e o caroço do algodão. Os principais estados produtores são Mato Grosso, Bahia, Goiás, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, São Paulo e Piauí.
  14. 14. Milho: cultivado, de modo geral, em todo o país, é de extrema importância para a agropecuária brasileira. Usado na ração animal, principalmente para suínos, e na alimentação da população do país. No Brasil, a sua cultura está presente em todos os Estados, sendo o Paraná o principal produtor de milho, seguido pelo Mato Grosso, Minas Gerais, Rio Grande do Sul, Goiás e São Paulo.
  15. 15. Feijão: apesar de grande consumo, a cultura do feijão não obtêm técnicas aprimoradas e não desperta interesse em grandes produtores rurais. São os pequenos proprietários que realizam este cultivo, porém enfrentam problemas com o clima e solo e os baixos preços do mercado interno. Paraná, Minas Gerais, Bahia, São Paulo, Goiás e Santa Catarina cultivam o feijão.
  16. 16. Arroz: cereal mais consumido no mundo, é cultivado no Brasil de duas formas: o arroz irrigado ou de várzea e o arroz de sequeiro. A partir da década de 1970, o arroz irrigado dominou a preferência do mercado e a produção aumentou. A região Sul se destaca na produção do arroz irrigado e a região Centro-Oeste, em arroz de sequeiro. Os principais estados produtores são Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Maranhão, Mato Grosso e Tocantins.
  17. 17. Trigo: o seu plantio em terras brasileiras foi possível graças à tecnologia e pesquisas agropecuárias. A produção brasileira de trigo não é suficiente para o consumo interno, portanto é necessário importar o produto, principalmente da Argentina. Os principais estados produtores são Paraná e Rio Grande do Sul.
  18. 18. Sorgo: cereal utilizado no Brasil, principalmente, em rações para animais. Seus maiores produtores são Goiás, Mato Grosso do Sul, Mato Grosso, São Paulo, Minas Gerais e Rio Grande do Sul.
  19. 19. O amendoim é cultivado com a cana-de-açúcar em São Paulo. Em Mato Grosso e no Rio Grande do Sul é cultivado o girassol. A mamona é cultivada na região Nordeste para a produção de biodiesel.

×