Sistema nervosoO sistema nervoso cumpre a importante função de coordenação do organismo animal,determinando ou interferind...
-Quanto a função:·Neurônios sensoriais ou aferente: conduzem impulsos dos receptores para o sistemanervoso central (medula...
-Dessa maneira, o neurônio fica preparado para receber um novo impulso nervoso etransmití-lo. Ao longo do neurônio há íons...
-Atualmente são conhecidos mais de 100 neurotransmissores diferentes, classificadosem três categorias de substâncias:· Ami...
O cérebro também está relacionado à memória, inteligência, sentimentos, sonhos,pensamentos, etc. O córtex cerebral é divid...
-Existe um espaço entre as membranas aracnóide e pia-máter, preenchido pelo líquidocefalorraquidiano ou líquor cerebrospin...
Ramos do sistema nervoso periférico:Dividido em dois ramos:· Sistema nervoso somático: nervos que participam de atividades...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Sistema nervoso 2° resumo

1.209 visualizações

Publicada em

0 comentários
2 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.209
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
0
Gostaram
2
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Sistema nervoso 2° resumo

  1. 1. Sistema nervosoO sistema nervoso cumpre a importante função de coordenação do organismo animal,determinando ou interferindo no trabalho dos outros sistemas. Além disso, atua emconjunto com os órgãos sensoriais, possibilitando a interação do organismo com oambiente.Neurônios- Uma das células do sistema nervoso (unidade estrutural e funcional).- Tem por função gerar e conduzir impulsos nervosos. É dividido em três partes:* Dendritos: região do neurônio que recebe os estímulos , seja do meio ambiente, sejade outros neurônios, seja dos órgãos internos.* Corpo celular: Parte da célula onde está o núcleo.Centro de controle dofuncionamento do neurônio.Nessa região são sintetizados os neurotransmissores.*Axônio: Prolongamento do citoplasma .O impulso nervoso recebido pelos dendritos éconvertido pelo corpo celular em corrente elétrica, e esta percorre o axônio até atingiros telodendros .Por meio do axônio, os neurotransmissores (produzidos na região docorpo celular) são transportados até os telodendros, estimulando os neurotransmissoresdo 2º neurônio.* Telodendros: (as extremidades do axônio),fazem conexão com outras célulasnervosas, com células musculares ou com células glandulares.-Na maioria dos neurônios, o axônio apresenta-se envolvido por uma bainha demielina., a qual é formada por uma seqüência de células, denominadas células deSchwann, que envolvem o axônio. Essa bainha funciona como isolante, aumentando avelocidade e evitando perdas na propagação dos impulsos nervosos.-Entre duas células de Schwann existe um intervalo sem mielina denominado nóduloou nó de Ranvier. Esse espaçamento aumenta a velocidade de propagação do impulsonervoso, isso faz com que a condução do impulso nervoso (despolarização damembrana) ocorra em saltos (de um nódulo para o outro) ao longo do axônio doneurônio, garantindo uma velocidade de transmissão muito rápida.Tipos de neurônios:- Quanto a morfologia:·Multipolar: apresentam mais de dois prolongamentos celulares: um axônio e váriosdendritos.·Bipolares: apresentam apenas um dendrito e um axônio.·Pseudo- unipolares: apresentam um prolongamento único, mas este se divide em dois,dirigindo-se um para a periferia e outro para o sistema nervoso central.
  2. 2. -Quanto a função:·Neurônios sensoriais ou aferente: conduzem impulsos dos receptores para o sistemanervoso central (medula espinhal). Na parte externa da coluna, ficam os corpos celularesde neurônios sensoriais, constituindo um gânglio. O axônio do neurônio entra pela partedorsal da medula, na qual estabelece sinapse com um neurônio associativo·Neurônios motores ou eferentes: conduzem impulsos do sistema nervoso central paraos órgãos motores, como o músculo( de resposta).·Neurônios associativos ou interneurônios: ligam neurônios sensitivos e neurôniosmotores.O impulso nervoso: é o sinal enviado de uma célula nervosa ao sistema nervosocentral-Existe uma diferença de cargas elétricas entre o interior (citoplasma) e o exterior doneurônio. Isso se deve à uma distribuição desigual de íons positivos e íons negativosentre o meio externo e o meio interno (citoplasma) do neurônio. Há mais íons positivosfora(membrana plasmática) do que dentro do neurônio-O estímulo recebido na região dos dendritos desencadeia um processo na membrana doneurônio (especificamente na região dos axônios) que permite aos íons positivos (Na +) migrarem do meio externo para o interior do neurônio alterando a quantidade decargas elétricas entre o meio externo e o citoplasma do neurônio, fenômeno chamado deDespolarização elétrica da Membrana-Com o fluxo de (Na + ) para dentro do neurônio, o citoplasma deste se torna maispositivo e o meio externo ao neurônio menos positivo (ou mais negativo). Esse processode despolarização da membrana vai se propagar por toda a extensão do axônio, atéatingir os telodendros-Quando o impulso nervoso (o fenômeno de despolarização da membrana celular)atingir os telodendros, vai desencadear um segundo processo, o qual permitirá que osneurotransmissores produzidos por este neurônio atinjam um segundo neurônio,transmitindo assim o impulso ao longo do Sistema Nervoso-Após um certo tempo, o neurônio conseguirá restabelecer a diferença de cargaselétricas entre o seu citoplasma e o meio externo-Tal processo é chamado de Repolarização da Membrana, que é feito bombeando íonspositivos para fora da célula ( íons K+ ). Após isso, opera a bomba de sódio e potássio,realizando o transporte de sódio para fora e de potássio para dentro, restabelecendo adistribuição inicial de íons na membrana. Durante a despolarização e a polarização, amembrana do neurônio encontra-se no período refratário, sendo incapaz de desencadearnovo impulso nervoso
  3. 3. -Dessa maneira, o neurônio fica preparado para receber um novo impulso nervoso etransmití-lo. Ao longo do neurônio há íons(corrente elétrica), mas somente os cátions semovimentam lá dentro-Um estímulo fraco não desencadeia impulso nervoso e é denominado sublimiar.Estímulo limiar é o que apresenta menor intensidade capaz de desencadear impulsonervoso. Estímulos acima do limiar de excitação produzem impulsos que apresentam amesma velocidade de condução e ocorrem com a mesma intensidade. Isso correspondeà lei do tudo ou nadaO arco reflexo:-Quando uma pessoa apresenta um movimento rápido de, por exemplo, retirada da mãode algo quente, a mesma possui um reflexo, o qual não envolve uma respostaconsciente, já que o movimento é rápido e permite solucionar um problema de maneiraeficiente-O ato reflexo envolve uma série de estruturas, que constituem o arco reflexo, o qualcompreende medula espinhal, neurônios, receptores e músculos-O reflexo origina-se de um estímulo externo e acontece antes de o cérebro captar oestímulo periférico. Portanto, é comandado pela medula espinhal e pelo bulboSinapse nervosa:-Os neurônios transmitem impulsos nervosos um para o outro(sinapse nervosa). Elesconstituem uma complexa rede que se espalha pelo corpo, formando os órgãos e nervosdo sistema nervoso. Dois neurônios em sinapse não estão associados fisicamente um aooutro, existindo entre eles um espaço denominado região/fenda sinática.-Nessas fendas, há ramificações terminais do axônio, nas quais existem inúmerasvesículas sinápticas que, em um neurônio em repouso, armazenam neurotransmissoresou noradrenalina e acetilcolina. Quando o impulso nervoso chega nas terminações doaxônio, as vesículas liberam o neurotransmissor, que atravessa a membrana pré-sináptica(membrana do axônio) e vai excitar receptores da membrana do neurônioseguinte, a membrana pós-sináptica, onde um novo impulso é gerado e se propaga pelacélula-A sinapse nervosa é unidirecional, pois somente na extremidade dos axônios existem asvesículas que contêm os neurotransmissores. Isso explica o fato de um impulso nervososempre percorrer o caminho dendrito->centro celular-> axônio
  4. 4. -Atualmente são conhecidos mais de 100 neurotransmissores diferentes, classificadosem três categorias de substâncias:· Aminoácidos(gultamato, GABA...);· Peptídeos( vasopressima, neurotensina...);· Monoaminas(noradrelina, dopamina, serotonina e acetilcolina).-Sabe-se que, apesar de todos os neurotransmissores realizarem sinapses, cada um delestem função distinta e atua em uma região diferente do sistema nervoso. Uns relaxam,outros excitam, alguns estão relacionados à memória, outros à inteligência, ao humor,etc.-A membrana pós-sinática apresenta enzimas que inativam os mediadores químicos,logo após sua atuação, evitando a geração e propagação de impulsos desnecessários.Como exemplo, pode-se citar a acetilcolenisterase, que destrói a acetilcolina.A sinapse nervosa ocorre também entre um neurônio e um músculo, sendo denominadasinapse neuromuscular ou placa motoraSistema nervoso humano-É dividido em nervoso central e em periférico-O central sugere, recebe, analisa e interpreta os impulsos nervosos vindos dosreceptores de estímulos ambientais de várias partes do corpo. Toma decisões e enviaimpulsos para os órgãos-resposta.-O periférico transporta os impulsos dos receptores para o sistema nervoso central edeste para os órgãos-resposta.Sistema Nervoso central-É subdividido em encéfalo e medula espinhal.-O encéfalo é sustentado e protegido pelo crânio, sendo subdividido em cérebro,cerebelo,bulbo, tálamo, hipotálamo e ponte.-Cérebro: Apresenta-se dividido em duas partes denominadas hemisférios, unidas pelocorpo caloso( o que faz a ligação da parte esquerda com a direita do cérebro). A parteexterna da superfície do cérebro, denominada córtex cerebral, apresenta inúmerascircunvoluções, que aumentam imensamente a superfície cerebral, permitindo apresença de uma grande quantidade de neurônios. Isso amplia a capacidade e eficiênciado cérebro, que atua como principal intérprete de impulsos nervosos provenientes detodas as partes do corpo, programando e determinando as respostas adequadas.
  5. 5. O cérebro também está relacionado à memória, inteligência, sentimentos, sonhos,pensamentos, etc. O córtex cerebral é dividido em áreas com atribuiçõesespecíficas,como por exemplo ouvir, falar, etc. Em caso de lesão, o indivíduo perde acapacidade comandada pela área afetada. Embora tenhamos o cérebro dividido em doishemisférios e os lobos executem as mesmas funções nos dois hemisférios, o hemisférioesquerdo (que controla o lado direito do corpo) é muito mais desenvolvido que ohemisfério direito (que controla o lado esquerdo do corpo) em 95% das pessoas. Issoexplica porque a maior parte das pessoas é destra (escreve com a mão direita).Também,explica o fato de que se numa situação de doença (ex: derrame cerebral) ou numacidente - o hemisfério esquerdo for atingido ou lesado,é possível ao hemisfério direitoassumir o papel dominante, se devidamente estimulado.-Cerebelo: tem a função de coordenar o equilíbrio e a harmonia de movimentos, alémda tonicidade muscular. As ordens para a execução de todos osmovimentos partem do cérebro(região motora).Possibilita que as atividades sejamexecutadas de forma harmoniosa e integrada, mesmo que para isso ocorra a participaçãode inúmeros músculos simultaneamente.-Bulbo: Conduz impulsos das demais regiões do encéfalo para a medula. Atua tambémcomo centro nervoso que coordena certos atos involuntários,tais como: ritmo cardio-respiratório, deglutição, tosse, etc.-Tálamo: Por ele, passam impulsos que chegam ao córtex cerebral e impulsosdirecionados a músculos e glândulas.-Hipotálamo: Responsável pelas sensações de fome, sede, temperatura e sono. Estárelacionado com a homeostase, ou seja, a manutenção do equilíbrio interno do corpo.-Ponte: Conduz impulsos do cérebro para o bulbo e está relacionada a reflexosassociados às emoções, tais como o riso e as lágrimas.-Medula espinhal: sustentada e protegida pela coluna vertebral, as funções são:-Conduz impulsos nervosos dos órgãos para o encéfalo e do encéfalo para os órgãos.-Atua como centro nervosos, coordenando os atos reflexos.-Tanto o encéfalo quanto a medula, são protegidos por três camadas de tecidoconjuntivo, denominadas meninges:-dura-máter: meninge mais externa e espessa.-Aracnóide: meninge intermediária.-Pia-máter: a mais interna. É rica em vasos sanguíneos responsáveis pela nutrição eoxigenação do sistema nervoso central.
  6. 6. -Existe um espaço entre as membranas aracnóide e pia-máter, preenchido pelo líquidocefalorraquidiano ou líquor cerebrospinal, esse líquido amortece o impacto do sistemanervoso central contra os ossos do crânio e as vértebras.-Meningite é a infecção das meninges, causada por vírus ou bactérias. O diagnóstico éfeito pela retirada e análise de líquor, que normalmente é límpido e cristalino, e nessecaso se apresenta turvo, por causa da presença de leucócitos, proteínas, bactérias.Sistema nervoso periférico-É constituído por uma rede de nervos e gânglios nervosos e tem como função conectaro sistema nervoso central aos órgãos que formam o organismo-Os nervos são conjuntos de neurônios, envolvidos por uma capa de tecido conjuntivo-Os gânglios são conjuntos de corpos celulares de neurônios, localizados fora dosistema nervoso central-Nervos cranianos: são nervos ligados diretamente ao encéfalo, responsáveis pelainervação dos órgãos sensoriais, das glândulas e dos músculos da cabeça. NervosCranianos (12 pares)Cada um dos 12 nervos cranianos contém em seu interior Neurônios Sensoriais eNeurônios MotoresCom exceção dos:Nervo Olfativo: só neurônios sensoriais;Nervo Óptico: só neurônios sensoriais;Nervo Motor Ocular: só neurônios motores;Nervo Trigêmeo: só neurônios sensoriais;Nervo Cócleo-vestibular: só neurônios sensoriais.Observações: Se o problema de cegueira e surdez forem nos nervos óptico e motorocular, o aparelho não resolve e nem o transplante de córnea. Os neurônios não seregeneram.Nervos medulares: podem ser chamados de raquidianos ou espinais. Nervos ligadoslateralmente à medula por duas raízes, uma dorsal e outra ventral. A raiz dorsal éformada por fibras sensitivas e a raiz ventral, por fibras motoras. Se a raiz dorsal de umnervo for lesada, a região inervada por ele perderá a sensibilidade, sem sofrer paralisiamuscular. Se a raiz ventral for lesionada, ocorrerá a paralisia dos músculos inervados,sem perda de sensibilidade.
  7. 7. Ramos do sistema nervoso periférico:Dividido em dois ramos:· Sistema nervoso somático: nervos que participam de atividades totalmentevoluntárias, tais como: escrever, nadar, andar, etc. Também sofrem interferência dessessistema as atividades parcialmente voluntárias, como o movimento respiratório e opiscar dos olhos.· Sistema nervoso autônomo: nervos atuam sobre atividades involuntárias, comoa transpiração, abertura e fechamento da pupila, freqüência cardíaca. Esse sistema ésubdividido em duas partes: o simpático(estimula os movimentos) e oparassimpático(contrai os movimentos), atuando de forma antagônica. O sistemasimpático apresenta como mediador químico das sinapses, a noradrenalina, e entreoutras funções é responsável pela colocação do organismo em estado de alerta, queocorre quando o animal está em perigo. Nesse estado, o organismo conseguedesenvolver as respostas mais radicais possíveis, ou seja, consegue desempenhar a suamelhor performance.No sistema parassimpático, o mediador químico das sinapses é aacetilcolina. Esse sistema devolve o organismo ao estado de normalidade.Observação: Os Neurônios Motores VISCERAIS Simpáticos liberam oneurotransmissor NORADRENALINA na sinapse entre eles e os órgãos internos.Porisso, são também chamados de Neurônios Noradrenérgicos . Os Neurônios MotoresVISCERAIS Parassimpáticos liberam o neurotransmissor ACETILCOLINA na sinapseentre eles e os órgãos internos.Por isso, são também chamados de NeurôniosColinérgicos.

×