Preciosidades

437 visualizações

Publicada em

Frases de Mario Quintana

Publicada em: Espiritual
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
437
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
3
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Preciosidades

  1. 1. . MÁRIO QUINTANA
  2. 2. Sempre me senti isolado nessas reuniões sociais: o excesso de gente impede de ver as pessoas...
  3. 3. Esses que puxam conversa sobre se chove ou não chove – não poderão ir para o Céu! Lá faz sempre bom tempo...
  4. 4. Quem não compreende um olhar tampouco compreenderá uma longa explicação.
  5. 5. Esta vida é uma estranha hospedaria, de onde se parte quase sempre às tontas, pois nunca as nossas malas estão prontas, e a nossa conta nunca está em dia.
  6. 6. O sorriso enriquece os recebedores sem empobrecer os doadores.
  7. 7. Cada pessoa pensa como pode...
  8. 8. Os verdadeiros analfabetos são os que aprenderam a ler e não lêem.
  9. 9. O tempo é a insônia da eternidade.
  10. 10. O despertador é um acidente de tráfego de sono.
  11. 11. O milagre Dias maravilhosos em que os jornais vêm cheios de poesia e do lábio do amigo brotam palavras de eterno encanto Dias mágicos em que os burgueses espiam, através das vidraças dos escritórios, a graça gratuita das nuvens
  12. 12. Sentir primeiro,................pensar depois Perdoar primeiro,.............julgar depois Amar primeiro,.................educar depois Esquecer primeiro,...........aprender depois Libertar primeiro,.............ensinar depois Alimentar primeiro,..........cantar depois Possuir primeiro,..............contemplar depois Agir primeiro,...................julgar depois Navegar primeiro,............aportar depois Viver primeiro,.................morrer depois
  13. 13. Nasceu em 30/07/1906, Alegrete, RS Faleceu em 05/05/1994
  14. 14. A Arte de Ser Bom Sê bom. Mas ao coração prudência e cautela ajunta. Quem todo de mel se unta, os ursos o lamberão.
  15. 15. Texto: Mário Quintana Música: Endlessly Ernesto Cortazar .

×