300 Piadas de Portugues

24.669 visualizações

Publicada em

300 Piadas de Portugues que não são do Miele.

Publicada em: Diversão e humor
0 comentários
6 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
24.669
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
4.028
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
0
Gostaram
6
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

300 Piadas de Portugues

  1. 1. 300 Piadas de Português."Sendo realista temos que concluir que só existe uma piada deportuguês, o resto é tudo a mais pura verdade" Sob os auspícios do Boas Piadas.- Comandante Joaquim! Estou a avistar uma tropa que se encaminha diretamenteao nosso forte!- São amigos ou inimigos, sentinela Manuel?- Olha, eu acho que são amigos. Vêm todos juntos.... *o* .- Por favor! O senhor viu alguém dobrando esta esquina, agora a pouco?- Não, senhoire. Quando aqui cheguei, ela já estava dobrada.... *o* .- Sabes Joaquim, o doutor me disse para beber um pouco de suco de limãodepois de um banho quente.- E tu bebeste o suco de limão, Manuel?- que nada! Não consegui nem acabar de beber toda aquela água quente.. *o* .- Admites que é culpado? - pergunta o juiz ao português - Não Sr. Dr. Juiz.- Tens um álibi?- O que é um álibi?- Bem, alguém que o viu cometer o ato?- Ninguém, graças a Deus!. *o* .- Aquele quadro que está naquela parede é de Rembrandt?- Era! Agora é meu. Comprei-o por um dinheirão.. *o* . 1
  2. 2. Chegou um arqueiro americano, botou uma maçã na cabeça de um cobaia eatirou... Acertou em cheio na maçã, então exclamou comemorando:- I’M HE-MAN !Depois veio um Japonês e acertou na flecha do americano dividindo a flecha aomeio e exclamou:- I’M SAMURAI !Então veio um Português, mirou, e acertou em cheio no olho do cobaia,desfigurando a cabeça do coitado então ele exclamou:- I’M SORRY !!!. *o* .Como os portugas se banham?Mijando contra o vento.. *o* .Dois portugueses resolveram vir de Lisboa até aqui a nado e no 1o terço docaminho:- Estás cansado Joaquim?- Não Manuel!- Então vamos continuar!E continuaram até chegar no meio do caminho!- Estás cansado Joaquim?- Um pouquito Manuel!- Pois vamos continuar!E no finalzinho, já aqui na Baia de Guanabara:- E aí! Estás cansado Joaquim?- Demais, Manuel!- Então vamos voltar!. *o* .E o Manuel entra com tudo numa contramão. Da azar e é parado por um guarda,no ato:- Onde o senhor pensa que vai?- Bem, seu guarda, eu estava a ire ao cinema, mas parece que me atrasei. Estatodo mundo a voltaire!. *o* . 2
  3. 3. Em Lisboa, após um incêndio num pequeno prédio, os bombeiros, verificando osdestroços, encontram apenas um morto. E justamente o avô do Manuel, queestava de cabeça para baixo, com o dedo indicador apontando para um doscantos do ambiente. Ao seu lado, um extintor de incêndio, com a seguinteinstrução:"Em caso de incêndio, vire de cabeça para baixo e aponte para a chama".. *o* .- És um vagabundo, um parasita, um inútil!- Vagabundo e isso tudo és tu!- Eu? Olha que como o pão com o suor do meu rosto!- Não discuto teu gosto! Mas prefiro meu pão com manteiga.. *o* .Estava um grupo de amigos reunido na comemoração de bodas de ouro do casalManuel e Maria, quando um dos convidados começa a contar uma piada:- Aí o português...No que foi prontamente interrompido pelos demais:- Não conta essa não, que aqui na festa está cheio de português!- Não tem problema, eu repito, repito até eles entenderem..... *o* .- Garçom, ofereça um drinque àquela moça - Pediu o galante português.- Não adianta, é perda de tempo - ponderou o garçom.Meia hora depois, o português volta à carga. O garçom reluta, hesita, mas oportuguês insiste. O garçom perde a paciência e resolve encerrar o assunto:- Companheiro, não adianta, não vai dar em nada. Ela é lésbica.- De que região da Lésbia?. *o* .- Haha, como os brasileiros são burros, acreditam em tudo! Eu disse a um delesque eu era paneleiro ele acreditou e veio me comendo no avião até Lisboa.. *o* .- Havia muita gente no concerto ontem?- A senhora nem imagina o número de pessoas que lá estavam a assisti-lo! Umaverdadeira loucura! 3
  4. 4. - Ah! Sim?- Imaginas que o maestro teve que ficar de pé!. *o* .- Imaginas que ontem a noite telefonou-me o primeiro ministro?- Pô! Tens relações com pessoas importantes! E que te disse o primeiro ministro?- "Desculpa, enganei-me de número".. *o* .- Joãozinho, por que é que quando eu pergunto se você tinha ido à aula vocêfechou os olhos?- É porque a professora costuma dizer que vê nos meus olhos quando minto.. *o* .Joaquim José estava a querer mandar um presente do Brasil para Maria, suaesposa além-mar. Passeando pelas ruas do Rio, encontrou uma caixa de fósforostamanho família. Empacotou e mandou para Portugal. Meses após no telefone...- Oh Maria, gostaire do presente que te mandei?- Oh Joaquim José, gostaire eu gostei, mas todos os fósforos não funcionam!- Oh Maria! Não estás a saber usaire! Testei todos antes de te mandar! Acendi umpor um e todos funcionaram!!!. *o* .Lançaram o cinema 180 graus em Portugal. Foi a maior festa na entrada para aprimeira sessão. Mas no fim do filme ninguém saía, aí Manuel, o dono, foi ver eestavam todos mortos...Fez então uma segunda sessão, e no fim também estavam todos mortos...Tentou uma terceira, e não deu certo, todos morreram...Aí, Manuel comentou:- É assim não dá...vou ter que diminuir a temperatura.... *o* .Manuel e Joaquim passeavam pela rua, quando encontraram uma bosta no chão:- Manuel! Te dou 1.000 Reais se tu comeres esta bosta...- Então esta combinado, Joaquim...Manuel foi lá e comeu a bosta, ganhando os 1.000 reais...Continuaram andando quando encontraram outra bosta no chão: 4
  5. 5. - Joaquim! Agora sou eu quem te dou os 1.000 Reais se tu comeres esta bosta...- Então está beleza!!!O Joaquim se abaixou e comeu a bosta também...MORAL: Os dois portugueses comeram bosta de graça.... *o* .- Maria, por que é que estás a dar açúcar às galinhas?- Para ver se elas põem ovos de páscoa!. *o* .No elevador, estão o Manuel e um casal desconhecido. De repente, nosso amigod’além-mar solta um estrondoso pum. O outro, claro, chia:- O senhor não tem vergonha? Fazer isso na frente de minha mulher?- Oh! Desculpe-me! Eu não sabia que era a vez dela.. *o* .O amigo do Manuel o convida:- Oh gajo. Estou a lhe convidaire para a festa de quinze anos de minha filha.- Está bem patrício. Eu irei. Mas ficarei no máximo uns dois anos.. *o* .O Joaquim quando mandou trazer a Maria, pelo correio, para o Brasil. Abriu umboteco na praça Mauá e colocou a Maria para morar lá perto. Um belo dia...- JOAQUIMM!! JOAQUIM JOSÉ!!! Tua esposa está na tua casa na cama comoutro cara!!! Corra lá!- O que esta gaja prostituta está a fazer com este paneleiro! Vou pegar a peixeirae a garrucha e vou lá acabar com isso de uma vez!!!E lá foi o gajo...5 minutos depois volta o gajo feliz e contente...- Joaquim! Você matou o cara?!?- Não... O gajo se enganou... Não era outro, mas o mesmo de sempre!!!. *o* .O Manuel e a Maria vão ao jogo de futebol. Chegam super atrasados porque aMaria demorou séculos se arrumando. Quando entram no estádio, está paracomeçar o segundo tempo. O Manuel pergunta a um dos torcedores:- Quanto está o jogo? 5
  6. 6. - Zero a zero.E a Maria:- Estás a veire? Chegamos a tempo!. *o* .O Manuel presenteia a filha moça com um casaco de pele de raposa prateada.Satisfeitíssima, ela afaga o presente com as mãos comentando:- Como pode uma coisa tão maravilhosa vir de um animal tão pequeno, semaparência, totalmente insignificante...- Alto lá! Se tu não que es me agradecer, vá lá. Mas também não precisaofender!.... *o* .O Manuel vai ao Rio de Janeiro. Os amigos o advertem que lá os motoristas deônibus e táxi costumam voar com seus veículos. Chegando na CidadeMaravilhosa, Manuel pega um táxi:- Avenida Brasil, por favoire.- que altura?- Se tu fores a mais de dois metros, eu pulo desse troço, oh raios!. *o* .O pneu do carro do Manuel fura diante de um hospício. Ele desce e tira as porcasda roda, mas elas escorregam para dentro de um bueiro. Um dos internos assistea cena do lado de dentro das grades do manicômio e aconselha ao Manuel:- Tire uma porca de cada uma das três rodas para segurar a que ficou solta, atéchegar a um posto.- Fenomenal! Muito boa idéia. Obrigado! Olhe, eu nem sei por que tu estás aídentro.- Eu estou aqui porque sou doido, não porque sou burro!. *o* .- O português vai ao médico e reclama:-Pois não é, doutoire, meu filho já tem dois meses e ainda não abriu os olhos...E o medico diz:- Quem tem que abrir os olhos é tu, Portuga, que isto ai é filho de japonês!. *o* . 6
  7. 7. O português viajava pela estrada com sua família, numa Besta quando, porexcesso de velocidade e parado pelo guarda:- Muito bem, espertinho, posso ver os documentos da Besta?- Estão aqui, seu guarda... responde, entregando os seus documentos pessoais.- Não, não! Eu que o ver os documentos da perua! - diz o guarda. Então, oportuguês vira-se para sua mulher e diz:- Que ida, então é contigo.... *o* .O Sr. Manuel, chegando de Portugal. resolveu conhecer o Brasil. Chegandoem São Paulo nunca tinha visto coisa mais estranha:- Esse mundo de casas empilhadas uma em cima da outra? Só coisa de brasileiromesmo!".Pensou consigo e resolveu contar. No intervalo chega um brasileiro que sememprego, dinheiro etc., indagou-o:- O que está fazendo?- Estou a contar quantas têm e a tentar descobrir como conseguiram essefeito.O brasuca logo descobriu que estava diante da solução de sua quebradeira edisse:- Sabia que é proibido contar andares de um prédio? E por isso o senhor vai sermultado. - E logo começou a escrever a multa.O Sr. Manuel tentou se safardizendo:- Não faça isso, sendo minha primeira vez aqui no Brasil e minha primeira ofensamereço um perdão!O brasuca disse:- Vejo o que faço, o sr. tem aqui duas ofensas, uma por contar os andares e aoutra por tentar descobrir como foi possível fazê-lo, o que posso fazer e perdoar asegunda, tá bom?Ele respondeu:- Muito obrigadinho.O brasuca mais do que ansioso tentou acertar a questão monetária e disse: -Agora me diga, quantos andares o senhor contou-- Somente 25O Deus da esperteza o disse:- Bem, normalmente cobramos R$3,00 por andar, mas como gostei muito dosenhor, vou te cobrar R$2,00 por andar.O sr. Manuel mais do que contente com o negócio disse:- Tá excelente, complete a multa e cá está o dinheiroO brasuca recebeu a grana e continuou sua caminhada e o sr. Manuel continuouparado dizendo para si mesmo:- ainda dizem que brasileiro é esperto, consegui enrolá-lo em 5 casas, me perdoouuma ofensa e ainda deu-me desconto de R$1,00. Eu que sou o esperto,economizei R$35,00. 7
  8. 8. . *o* .- Óh, Maria, estou a morrer de cansaço... Vim correndo atrás do ônibus e, semnunca o alcançaire, acabei chegando até aqui... meu consolo e que economizeivinte cruzados...- Mas tu és burro mesmo, hein, Manuel? Por que não correste atrás de um táxi?Terias economizado muito mais!. *o* .- Olá-la-la-la, senhor! O-o-onde fififica o cocô-légio para gagá-gagos?Para que queres um colégio para gagos se já gaguejas tão bem?. *o* .- Papai, o professor disse hoje na aula que nós viemos ao mundo para ajudar unsaos outros.- Exato! Certíssimo meu filho!- Então, para que os outros vieram?. *o* .- Papai, o que é um gênio?- Pergunte a sua mãe que ela se casou com um.- O que?! Não sabia que a mamãe tinha se casado duas vezes!. *o* .PELO TELEFONE- Está lá?- Estou. Está lá?- Estou.- Quem está lá?- Maria.- Qual Maria, a criada ou a minha mulher?- A criada, dr. Manoel, as suas ordens.- Maria, ouça bem: estou cá no aeroporto, a aguardar embarque no próximo vôo, eesqueci-me de levar ao correio uma carta urgente. A carta estava aí sobrescrita eselada, creio que a deixei ao por de cima daquela cômoda do dormitório. Tu vaislá, apanhas a carta e entregas à estação de correio ainda hoje, percebeste bem?Caso lá não esteja, tu voltas cá ao aparelho auscultador e me avisas.Fico a esperar cá na linha. Vai. 8
  9. 9. - Pois não, dr. Manoel. (tempo) Dr. Manoel, eu estava quase a entrar ao aposento,mas vi que dona Maria esta lá, despida.- Ora, Maria, basta que batas a porta, que peças licença. A patroa sabe que setrata de coisa urgente. Anda, volta lá e faz o que te mandei.- Pois não, dr. Manoel. (tempo) Dr. Manoel, perdão, mas eu cá lá já não entro,não.- Como? Por que não?- Agora não, dr. Manoel. Acabo de ver que dona Maria está acompanhada.- Como?? Acompanhada de quem?- É um cavalheiro que não conheço, dr. Manoel.- Um cavalheiro? Mas que diabos ! E esta também despido, o cavalheiro?- Não se pode ver, dr. Manoel, pois que o quarto esta todo às escuras.- Ah, raios me partam, pelos cornos de Belzebu ! Maria, conjuro-te a fazer o que tevou mandar. Sabes onde guardo meu revólver?- Sei, dr. Manoel.- Pois bem, volta ao quarto com a arma e mata os dois. A ambos, percebes?- Aguardo cá na linha e só que o ouvir-te de novo para me dizeres queestão mortos. Vai!- Esta bem, dr. Manoel. (tempo) Pronto, dr. Manoel, fiz o que o doutor mandou.- Mataste? Os dois?- (ofegante) Matei, dr. Manoel. Entrei ao quarto e consegui atingir dona Maria aoprimeiro disparo, mas o cavalheiro escapuliu pelo corredor e tive que ir-lhe aoencalço. Correu de mim de assoalhada em assoalhada, de lanço em lanço, depatamar em patamar, escoriou-se todo na mobília, e disparei varias vezes, sematingi-lo. Mesmo despido, saltou a janela ao jardim e corria a galgar o muro,quando consegui mirar o último disparo. Ele cambaleou e caiu morto a piscina...- Com? Piscina? De onde estão a falar? Ih, e engano!. *o* .- Podem acreditar. Durante anos a fio só bebi água de colônia.- Ora essa, não pode ser! Isso está-se a ver que é mentira.- Juro-lhes que é verdade!- E não lhe fez mal?- Não- Mas afinal, por que é que só bebias água de colônia?- Porque eu vivia em colônia e quem vive em colônia não costuma mandar virágua de outra parte.. *o* .- que fará você meu filho- perguntou o padre ao Manuelzinho- para entrar no céu?- Bem, eu vou correndo até lá e fico entrando e saindo, entrando e saindo, até queSão Pedro, aborrecido, me pergunte:- Como é, garoto? Saia ou entre de uma vez! 9
  10. 10. -.|.-- Sabes mamãe, minha redação comoveu a professora.- É mesmo?- Sim. Disse-me que lhe dava pena.. *o* .- Sabes Manuel, comecei a viver sem ter nem se que 1 par de sapatos- Olha que grande habilidade. Então como é que julgas que nasci? De tênis?. *o* .- Senhor Manuel, quando viste o cadáver, não estranhaste nada de peculiar?-Sim senhoire. Estranhei que estivesse morto.. *o* .Tinha um primo do Manuel que há muitos anos sofria de um mal singular. Era sótomar um gole de café e já sentia uma forte pontada no olho esquerdo. Não haviaremédio que o curasse. E olha que ele adorava café. Até que um dia, um médico,amigo da família, o aconselhou:- Oh, Joaquim! Por que não experimentas tirar a colherinha de dentro da xícara?. *o* .TRIIM!!! Toca o telefone na sapataria do português e ele fala:- Alo! Casa de Calçados do Joaquim.- Como? Casa de Calçados?! - espantou-se o rapaz do outro lado da linha...- É sim! - confirmou o português.- Desculpe, me enganei de número!- Não tem problema! Traz aqui que eu troco!. *o* .- Tu, oh 75, abres a marcha.- Não posso, meu sargento.- Como é que não podes? Atreves-te a desobedecer-me?- Desculpe sargento, não é desobediência, mas és que não sou eu que tenho achave. *o* . 10
  11. 11. Um antigo industrial ganha o seu primeiro telefone celular. Nesse mesmo dia,resolve ir ao motel com sua secretária. Quando estão na cama o telefone toca:Era a mulher do empresário que assustado diz:- Alo? Maria!!!??? Como sabias que eu estava no motel??. *o* .- Vê minha senhora, esta é a planta do tabaco.- que linda! E quando começa a dar cigarros?!. *o* .A Maria compras umas calcinhas novas bem sexy para agradar o Manuel. Elacoloca as calcinhas nova e espera o Manuel. O Manuel olha e elogia:- Belas calcinhas, oh Maria!- Gostaste Manuel? É calcinhas que tem saboire!!O Manuel cheira profundamente a zona do agrião e diz:- Já sei, é saboire de batata!!!- De batata, Manuel?- Claro, Maria, só pode seire!!!- Como assim Manuel?- Ora, Maria, saboire de batata para combinaire com o cheiro de bacalhau!!. *o* .A Maria conta para a mãe a boa notícia:- Eu e o Joaquim vamos nos casar.- que bom, minha filha!- Mas, mãe, eu gozei a vida tantos anos e agora resolvi me casar mas o Joaquimpensa que eu Sou Virgem!- Não se preocupe, minha filha, eu tive o mesmo problema com seu pai. A soluçãofoi difícil. Eu tinha uma lâmina de barbear ao lado da cama e no momento crucialeu fiz um cortinho e gritei "AI!!". Seu pai viu o sangue e nunca desconfiou.Os meses passaram e Maria se casou com Joaquim. No momento crucial elapegou a lâmina e com um movimentorápido fez uma pequena incisão e gritou "AI!!".Ouviu-se então um barulho: "TUM, TUM, TUM"- O que ‚é isso? Perguntou Maria?- São minhas bolas rolando pela escada.... *o* . 11
  12. 12. A Maria para o Manuel:- Manuel, preferes mulher bonita ou inteligente? E o Manuel:- Nem uma coisa nem outra, que ida. Sabes que gosto só de ti. *o* .A Maria para o que ido esposo Manuel:- Joaquim, podes ajudar-me a colocar veneno no buraco do rato?- Sim, que ida, mas tu seguras o bichinho.... *o* .A Maria vira para o Manuel e fala:- Eu não gosto dessas pílulas anticoncepcionais, elas caem quando eu ando!. *o* .A professora da aula de religião pergunta as crianças:- Quem que ir pro céu?Todas as crianças levantam a mão, menos o Manuelzinho.- Manuelzinho, você não que ir pro céu?- E que a minha mãe me mandou ir direto pra casa depois da aula...". *o* .A professora entusiasmada gaba a redação da Marianinha:- Está óptima! Não terá havido alguma ajuda?- Não senhora, minha irmã a escreveu sozinha.. *o* .A professora:- Manuelzinho, mostre no mapa onde fica a América.Ele mostrou.- Pedrinho, quem descobriu a América?- Foi o Manuelzinho, ora pois pois.. *o* . 12
  13. 13. A vendedora pergunta a jovem cliente (portuguesa) que tenta comprar umespelho:- Tem que ser um espelho de mão, senhorita?E a portuguesa:- Não. Eu gostaria de poder ver a minha face.. *o* .Alguém sabe a diferença entre o português burro e o inteligente em uma sala deaula?O burro, escreve no caderno, tudo que o professor escreve no quadro negro equando o professor apaga o quadro, ele apaga no caderno também.O inteligente não escreve nada porque sabe que o professor vai apagarmesmo.... *o* .Após a transa se encontravam olhando para o teto, Maria e Manuel:- Manuel, tu bem que pudias dar um pintada neste teto.- É Maria, i tu bem que pudias dar uma bucetada naquela parede.Enviado por: Murilo T. Martinez, Brasil. *o* .Cansado da viagem, o português entra no único hotel da cidade e pede um quarto.Ao que o recepcionista alerta:- Nós temos uma cama disponível, mas você vai ter de dividir o quarto com umnegão. - Sem alternativas, o português concorda.- Mais uma coisa - emenda ele - Podes acordar-me amanhã às seis?- Sim, senhor. - Morto de cansado, o português chega no quarto, deita e dorme.Logo chega o negão e só de sacanagem, resolve pintar a cara do português depreto. No dia seguinte, às seis horas em ponto o recepcionista vem bater à suaporta. Ele levanta-se vai ao banheiro, olha-se no espelho e resmunga:- Mas que gajo mais burro, em vez de acordar-me, acordou o crioulo. *o* .Carta de um português para sua mãe:Mãe, agora estou no Brasil e acabo de encontrar trabalho numa construtora.Escrevo-te mais tarde para contar mais notícias.Na próxima carta:Mãe, no trabalho que encontrei, tenho que pintar a linha branca da estrada. Noprimeiro dia pintei 1 km, no segundo dia pintei 2 km, no terceiro dia 2 km e 1/2, no 13
  14. 14. quarto dia 2,6 km. No quinto dia demiti-me porque o balde ficava cada vez maislonge.. *o* .CARTA DE UMA MÃE PORTUGUESA A SEU FILHO:Escrevo-te estas linhas para que saibas que estou viva. Escrevo devagar porquesei que não podes ler depressa. Bem, não reconhecerás a casa quando a vires,pois nos mudamos. Finalmente enterramos teu avô. Encontramos seu cadáverquando estávamos a nos mudar. Estava no armário desde aquele dia que elevenceu-nos no jogo de esconde-esconde. Hoje tua irmã Joana teve um bébé, mascomo ainda não sei se é gajo ou gaja não te posso dizer se és tio ou tia. Nãotemos mais visto teu tio António, que morreu ano passado. Que posso dizer-te?Ah! que teu primo Jacinto sempre acreditou que era mais rápido que os touros,mas ficou provado que não. Saibas que estou preocupada com teu cão Bóbi queagora resolveu perseguir carros estacionados. Cada vez está mais cego. Ah!Finalmente as engarrafadoras de bebidas agora imprimem nas tampinhas: "Abrirpor aqui".Desculpa-me por minha letra ruim e pelos erros de ortografia, mas cansei-me deescrever e agora estou a ditar a teu pai e já sabes que é meio burro. Teu irmãoManuel fechou o carro com o pino e esqueceu-se das chaves dentro. Teve que iraté a casa para fazer uma cópia para poder tirar-nos do carrro. Outro dia fomos aum centro comercial e demoramos umas três horas para sair, pois quandoestávamos na escada rolante, a luz acabou. Mando-te esta carta por teu irmãoJoaquim que amanhã vai aí a visitar-te. Bem filho, não ponho o endereço porquenão o sei, é que a última família portuguesa que cá viveu levou os números paranão ter que mudar de endereço. Olha se vês Dona Remédios, dá-lhe meuscumprimentos, e se não a veres, não digas nada.Tua mãe te ama muito: Eu.Obs.: Mandar-te-ia 100 escudos portugueses mas já fechei o envelope.. *o* .Certa vez, um português disse ao outro:- Pois é,esses brasileiros vivem dizendo que nós somos burros .- É verdade, você acredita que eles empilham casa sobre casa para chegar aocéu?- Não me diga!- É sim,e quando veem que não conseguem colocam uma placa na frentedizendo:"EDIFICIL". *o* . 14
  15. 15. Certo dia um português foi a uma loja de eletrodomésticos e perguntou aovendedor.- Tens aí televisão colorida?- Temos sim- Então dá-me uma amarela!. *o* .Chegam dois portugas dirigindo um caminhão em direção a um túnel que dizia naplaca "Altura máxima: 3 metros". Os portugas medem o caminhão e dá 3,10metros, e um fala para o outro:- Ah, vamos passar! Não há ninguém a nos ver agora!. *o* .Cientistas português estão retocando o seu último grande invento: lançarambolsinhas de chá impermeáveis.. *o* .Como os portugueses passam desodorante?Eles jorram desodorante no ar, levantam o braço e saem andando passando aaxila pelo ar desodorantado.. *o* .Como se mede o quociente de inteligência de um portuga?Com o calibrador de pressão de pneus. *o* .Como um potuguês chama um táxi?Eles metem os dois dedos na boca (como se fosse assobiar) e gritam: Táxi!. *o* .Concurso para locutor de rádio, chega um cara para se inscrever:- Como é o nome do senhor?- A-a-a-anto-tonio da Si-silva.- Desculpe meu amigo, mas não aceitamos inscriçao de gagos. 15
  16. 16. - Gago coisa nenhuma. Gago era meu pai e burro era o seu Manuel do cartórioque me registrou com esse nome!. *o* .De um grave acidente aereo entre um 737 e um helicoptero o unico sobreviventefoi um portugues que era o piloto do helicoptero. Indagado pelo DAC sobre comohavia ocorrido a tragedia, eleexplicou:- Pois, eu estava a levar um casal para um passeio panoramico pela cidade. Comoeu ja conhecia bem o trajeto, as vezes me distraia a olhar pelo espelhinho o casalsentado na parte trazeira do helicoptero. Para minha surpresa, numa dessasolhadas, vi que a moca estava com a mao no "intrumento" do rapaz, fazendo unsmovimentos estranhos. De repente ela abriu a calca dele e tirou para fora. Elacontinuava passando a mao quando subitamente o rapaz gritou:OLHA O JATO! Pois, ai eu me abaixei. *o* .Diante da solicitação de cobertura para a Guerra do Golfo, o presidente português,rapidamente, enviou um navio cheio de telhas.... *o* .Ditaram ao Manuel um número de telefone:- Anota, Manuel: três quarenta e seis, nove zero, quatro sete.Português anotou:-46 46 46 000000000 7777.. *o* .Dois portugas conversando num bar:- Joaquim, descobri que minha esposa estava a me trair... com um galo!- Com um galo?! Como assim?- É que ontem, abri o travesseiro e estava cheio de penas- Pois! Agora que estás a me dizer isso, penso que minha espora está a me traircom um cavalo!- Com um cavalo? Mas não pode ser!- Pois sim! É que outro dia, olhei debaixo da cama e vi um jóquei. *o* . 16
  17. 17. Dois portugas estão andando pelo centro de SP, quando uma ave descarrega emcima da cabeça de um deles. O gajo se abaixa e diz:- Manuel, vê o que é isto na minha cabeça!- É merda!- Que o saber o que está do lado de FORA, seu burro!. *o* .Dois portugas estavam a se banhar e um pede ao outro:- Passa-me o xampu, por favor- Ih! Esse não te serve oh pah! Cá no rótulo diz "xampu para cabelos secos" eestás com o cabelo molhado.. *o* .Dois portugas saíram pra passear de barco. No meio do lago, em uma manobrainfeliz, o barco virou. Um deles, que sabia nadar, veio nadando rápido atémargem, enquanto o outro se debatia na água, se afogando. Logo que chegou àmergem da lagoa, o primeiro respirou fundo e exclamou:- Metade da tripulação está salva. Agora vamos lá salvar a outra metadeE pulou na água de novo.. *o* .Dois portugueses, Joaquim e Manoel, entram numa missao da NASA. Serao osprimeiro portugueses no espaco!!! chegando no espaca, o joaquim poe a roupa deastronauta vai no vacuo dar um passei enquanto do manoel faz algumasexperiencias. Cansado da brincadeira, joaquim bate na escotilha da nave. E omanoel la dentro:- Quem é?. *o* .Dois portuguinhas discutem animadamente:- É horrível morrer afogado!- Como sabes?- Calculo. Obrigaram-me a lavarramcaracontem.. *o* . 17
  18. 18. Domingo de sol, Joãozinho e Maria tomam banho de mangueira no quintal,peladinhos. Cansada de ficar olhando Joãozinho brincar com seu próprio"brinquedinho", maria diz:- Joãozinho, eu também que o mexer no seu brinquedo !Olhar desconfiado, o menino responde:- De jeito nenhum ! Você já quebrou o seu, agora vai que er quebrar o meu... *o* .E o português estava cavando desesperado, fuçando com uma enxada atrás deuma árvore. Nisso chega um conhecido e fala:- Seu Joaquim, o que é que o senhor tá fazendo aí, cavocando desse jeito?- Pois é, é que eu tô num concurso, sabe, uma gincana pra saber onde é que éatrás da árvore!- Sim, mas e daí?- É que eu estou procurando merda!- Essa eu não entendi!- Oras, então depois eu é que sou burro, não é? Todo mundo quando vai no matoele caga atrás da árvore!. *o* .Em Portugal, durante um jogo de futebol, mandaram aquecer um jogador, mas poresquecimento, ele morreu queimado. *o* .Em Portugal, estavam demolindo um velho casarão. Depois de quebrarem boaparte, descobriram, atrás de uma parede, um esqueleto com um cinturão e umafivela de ouro. Estava escrito no cinturão:"MANOEL - CAMPEÃO MUNDIAL DE ESCONDE-ESCONDE DE 1904". *o* .Em um centro comercial de Lisboa, acabou a luz e ficaram 10 portugas presos noelevador e 30 nas escadas rolantes.. *o* .Encontraram um português morto dentro de um avião que havia caídosegurando uma lata sobre a cabeça, nela dizia: "Para quedas de cabelo". 18
  19. 19. . *o* .Entra um potuguês numa loja de eletrodomésticos e diz ao vendedor:- Quando custa aquela televisão ali em cima?- Nesta loja não vendemos nada a portugueses!O potuguês sai triste da loja e decide se disfarçar de inglês e entra na loja:- How much custa that television ali em cima?- Nesta loja não vendemos nada a portugueses!O potuguês sai e entra disfarçado de chinês:- Quando cuta aquela televisão ali in xima?- Nesta loja não vendemos nada a portugueses!Então o potuguês decide perguntar ao vendedor:- Mas ó pah! Como sabes que sou português se me disfarcei?- Porque aquilo não é uma televisão! É um microondas!. *o* .Estava um potuguês a andar pela rua quando ele acha uma lâmpada mágica. Aísai o gênio e diz:- Dou-te estes 3 ovos, tu quebra-los e fazes teus pedidosEntão ele sai pela rua todo contente quando um ovo cai, e ele:- Ê merda!Aí ele fica cercado de merda, tem merda pra tudo qualque lado. E ele puto quebrao outro ovo:- Mas que caralho!Aí fica tudo cheio de caralho. E ele quebra o outro ovo:- Some com essa caralhada toda!Aí sumiram todos os caralhos, não se encontrava nenhum, inclusive o dele.. *o* .Estavam no quarto, Manoel e Maria, na maior esfregaçao, quando maria sugeriu aManoel: -Manuel,apaga a luz e chupa.-AI, AI, Maria. Está quente.. *o* .- Garçom Tá faltando uma garra neste caranguejo.- Meu senhor, lá no fundo do mar, no curso da eterna luta pela sobrevivência,sucede que, ás vezes, dois caranguejos lutam pela mesma fêmea e o resultado éque o perdedor pode ficar sem uma de suas pinças- Ah, é??? Entao me traz o que ganhou a briga... 19
  20. 20. . *o* .Havia 3 morcegos: um paraguaio, um brasileiro e um portuga. Os 3 estavamvoando e o paraguaio diz:- Muchachos, estoy com fome, vou procurar sangueAí ele volta com a boca cheia de sangue e diz:- Vocês estão vendo aquele cara caído ali? Então, fui eu que chupei todo seusangueAí o brasileiro diz:- Estou com fome, volto jáEle volta e diz:- Estão vendo aquela vaca ali? Eu chupei todo o sangue delaE o morcego potuguês diz:- Começo a ter fome também.Ele sai e volta com a boca toda sangrenta, fica todo tímido e não fala nada.- E tu? - perguntam ao portuga.- É que não havia visto aquele poste ali. *o* .Havia um portuga, tão burro, mas tão burro que até os outros portugasperceberam!. *o* .Já Manuel, num vôo do Brasil para Lisboa, quando resolve ir até àcabine epergunta ao piloto:- Onde estamos agora?Responde o piloto: - Sobre a Amazônia a 10.000 metros de altura!Diz Manual: - Poxa, eu sabia que o Brasil era grande, mas não sabia queera tãoalto!. *o* .José e Manoel, estavam tramando um assalto a Banco, os dois entraram naagência e falaram:- Isto é um Assalto- Passe o dinheiroO gerente do banco disse que não tinha dinheiro no banco.Aí José viu duas maletas em cima da mesa do gerente e disse:- Então passe-me aquelas duas maletas.O gerente então foi lá e pegou as duas maletas e deu aos dois. 20
  21. 21. Depois de um mês os dois se encontram e faz aquela festa.Aí o Manoel disse ao José:- E aí José, que tinha dentro daquela maleta?- Ih rapaz, eu dei um azar danado, lá tinha vários cheques, mais todos sustados.Aí o Manoel responde:- Ih, azar quem deu fui eu rapaz, a minha maleta estáva cheia de nota promissória.Aí José disse: e daí. E daíque eu acabei de pagar a última hoje.. *o* .Lá já o Manuel pela rua e encontra o seu amigo brasileiro. Este está lendo umlivro.- que livro estás a ler?- É um livro de Lógica.- E o que é lógica? - Pergunta o português.- É o seguinte: responde o Brasileiro procurando um exemplo, O que você tem aínesse saco?- Comida para peixes. - Responde o Português.- Então, pela LÓGICA, deve ter um aquário!- Estás certo! - exclama o português.- Se tem aquário deve ter peixes!- Estás certo!- Se tem peixe deve ter um filho, que fica olhando os peixes!- Estás certo!- Se tem um filho deve ter mulher, e teve relações sexuais com ela!- Estas certo, opa!!!!!- Então Mato é LOGICA!!!!E o português saiu todo contente e comprou um livro de lógica para estudartambém. Andando outro dia encontrou com seu patrício, o Joaquim, que lheperguntou:- que livro estás a ler, Manuel?- É um livro de LÓGICA! - exclamou o português todo contente.- E o que é lógica?E o Manuel, todo professoral, disse:- Vou te dar um exemplo, TENS AQUÁRIO?????E o Joaquim respondeu- Não.- ENTÃO ÉS VIADO!!!!. *o* .- Mamãe, por que esáas tão barriguda?- É que eu tomei muita água.- Pois então tira a minha irmãzinha daí porque ela pode se afogar. 21
  22. 22. . *o* .Manoel morava em Portugal e Maria no Brasil.Todas as vezes que ela que ia ficar grávida ela pedia numa carta para o Manoel:"Que o ficar grávida, mande esperma pelo correio".Manoel mandava e semanas depois vinha a carta "Estou grávida...".Depois de mais de 10 filhos, Manoel não agüentava mais, recebeu outra carta enem pensou: misturou maizena, leite e tudo que encontrou pela frente e envioupelo correio. Semanas depois vinha a carta:"Estou grávida..."."Criei o esperma científico", grita feliz Manoel.... *o* .Manuel já pilotando o seu avião, quando faz contato com a torre:Manuel: - Torre, eu que o pousar.Torre: - Manuel, dê sua altura e sua posição.Manuel:- Eu tenho 1,68 metros e estou sentado.Torre: - Não, imbecil! A rota!Manuel: - AAAAAARRRRROOOOOOOTTTTT!!!. *o* .Manuel leva seu filho, Joaquinzinho, para conhecer sua indústria de presuntos eapresuntados.Chegando lá, Manuel mostra ao filho uma máquina de fazer lingüiça...- Veja cá, Joaquinzinho. Como tu podes ver, quando colocamos o jumento de umlado dessa esteira, temos lingüiça do outro lado. Genial, não?Joaquinzinho, estupefato, responde...- Demais, papai! Mas se quando colocamos o jumento, temos a lingüiça, comcerteza o inverso também ocorre, não?- Manuel tapa a face, e, contendo a fúria, responde em tom desiludido...- Não, meu filho. Só existe uma máquina no mundo que faz o inverso dessa ai: asua mãe, filho. Só ela pode me dar um jumento após ter recebido lingüiça !!!!!. *o* .Manuel tinha insônia e tinha que tomar remédio para dormir. O mordomo chegatodo afobado:- Senhoire, senhoire! Acorde, está na hora de tomaire teu remédio para dormire!. *o* . 22
  23. 23. Maria estava para casar e havia conseguido um excelente partido, um portuguêsrico que morava numa mansão, tinha piscina e o escambau. Após o casamento,Maria liga para sua mãe e diz:- Mãe, meu marido é muito tarado, ele só que fazer por trás e eu não estou a queer.- Calma minha filha, isso é início de casamento, é assim mesmo e lembre-se queele é um ótimo marido.- Esta bem mãe, mas só vou esperar mais uma semana, senão vou pedir aseparação.Então, depois de uma semana:- Mãe, ele ainda não parou, no começo o diâmetro era de 5 centavos e agora já éde 1 Real. Vou pedir o divórcio!- Mas filha..irás desperdiçar um casamento bom como o teu por apenas 90centavos???. *o* .- Meu filho e meio lerdo, comecou a andar desde seus 10 anos- Pois pois, ja deve estar bem longe. *o* .Na cidadela interior, lá estava o menininho com a mãe... Havia um jumentomijando, e o menino vê aquilo e pergunta:- Mãe, o que é aquilo embaixo do jumento??E a mãe envergonhada:- Vamos embora, filhinho!!- Não! que o saber o que é aquilo embaixo do jumento!!- Vamos embora, filhinho!! aquilo não é nada!!E o português, que passava na hora:- Minha senhora... se isto aí não é nada, o seu marido deve ser umfenômeno!!!. *o* .Na escola Manuelzin escuta essa piada:- Quantos pastéis comes em jejum?- Como dois.- Burro! Só podes comer um. Quando comes dois já não é mais jejum.- É verdade. Faz sentido.Manuelzin quando chega a casa conta a piada ao pai- Pai, quantos pastéis comes em jejum? 23
  24. 24. - Como 3.- que pena! Sescomessess2 teriasumallpiadaróptimagpara te contar.. *o* .Na Idade Média, num castelo um servo português havia feito uma merda.Esqueceu-se de apagar as luzes do castelo antes de dormir. No fianl do mês, o reirecebe a conta da energia eléctrica, e puto da vida vai brigar com o servo:- Imbecilado! Como justificas isso? Como pôdes ter gastado tanta electricidade?Cortarei tua cabeça e ainda vais a seire despedido!. *o* .Na primeira noite de casal, o marido chega ao quarto e apressadamente expressapara sua mulher:- Depressa! Fecha a porta e apague todas as luzes!A mulher, alegremente, fá-lo com toda a prontidão. Então o marido chega-se a ela,arregaça as mangas do casaco e diz-lhe:- Repare no meu novo relógio luminoso!. *o* .Naquele bar da estrada entra um português com cara de esfomiado e chama oatendente...- Ai senhoire, dê-me um prato de repolhos cozidos.E o prestativo atendente lá vem com aquele prato cheio soltando vapor. Oportuguês sem titubiar come tudo sem reclamar e aí dispara:- Senhoire, agora me veja 6 ovos cozidosO atendente ficando preocupado começa a estranhar mas atende o pedido. E oportuguês manda brasa e come até a casca, e novamente:- Senhoire ... - E o atendente interrompe:- Sr pelo seu cardápio o Sr não terá muitos problemas para seguir viajem? Pois oSr primeiro pede repolhos e depois ovos cozidos será que não poderá gerar umaperturbaçao no Sr em virtude do excesso de gases?E o português completa:- Eu sei meu filho, mas estava em viagem e o pneu arriou e eu resolvi dar umacalibradinha, pois pois.. *o* .No consultório:- E como lhe digo, respirar fundo mata os micróbios.- Certo Sr. doutoire, mas como poderei ensina-los a respirar fundo?... 24
  25. 25. . *o* .No correio, no Brasil, estava na fila o Manuel em primeiro que que ia mandar umacarta pra Maria que estava em Portugal, e um outro homem atrás. O Manuel foientregar o envelope ao balconista e o balconista chiou:- O meu senhor, você esqueceu de preencher o envelope.- Ah, é que estou sem óculos, então não enxergo nada.- Mas não interessa, você tem que preencher isso de qualque jeito.Aí o Manuel pediu os óculos emprestado pro homem que estava atrás dele:- O senhor pode emprestar-me seus óculos?- Posso, mas esses óculos são pra longe.- Não faz mal, a carta também é.. *o* .No tribunal:- Senhor juiz, acusam-me de roubar um relógio de ouro. É tudo mentira! Primeironão roubei nenhum relógio e em segundo que não era de ouro.. *o* .Notícia encontrada no "Diário Lisboeta":EXTRA! EXTRA! AVIÃO CAI EM LISBOALISBOA - Ontem por volta das 7 da manhã caiu um boeing 737 nos arredores deLisboa, mais precisamente sobre o cemitério Nossa Sra de Coimbra. Não se sabeao certo o número de mortos mas já foram encontrados os corpos de mais de2500 vítimas!!!. *o* .Num belo dia Manuel, estava indo ao banco com sua esposa Maria, com sua belaBMW, que acabara de sair da concessionária.Ao chegar ao banco Maria entrou, edeixou Manuel no carro.Quando de repente um brasileiro com sua Brasília velhabate na BMW, Manuel louco sai de seu carro, o brasileiro com muita esperteza emalandragem se desculpa rapidamente, e explica que seu chefe tem uma igual, epergunta:- O senhor já leu o manual do carro?E responde Manuel:- Não. O manual está em alemão e não entendo nada. E o que isso tem a ver?Então o brasileiro diz: 25
  26. 26. - Pois então, meu chefe quando ele bate o dele, ele me manda soprar peloescapamento porque o carro tem um dispositivo que o faz voltar ao normal.Manueldesculpa o brasileiro, e começa a soprar peloescapamento, quando está quase azul de soprar chega sua mulher, e pergunta:- Manuel o que estás a fazer?Ele se explica e conta toda a história, daí Maria diz furiosa:- Não é a toa que brasileiro diz que português é burro! Como vais a fazer isso comos vidros abertos Manuel?. *o* .Num boteco, um brasileiro conversava com um português chamado Manuel. disse:- Manuel, desconfio que minha mulher esta me traindo com um medico.- Como descobriste?- Ontem, olhei embaixo da nossa cama e la havia um estetoscopio. e claro queela esta me traindo com um medicoO portugues ficou intrigado.- Olha, o pa, baseado no seu caso, cheguei agora a conclusao que minha mulherestá me traindo com um cavalo- Com um cavalo?- Veja bem: ontem, olhei embaixo de nossa cama e vi que tinha um joquei lá. *o* .Num café de Paris, dois turistas portugueses:- Sabes Manuel, estou a uma semana em Paris e ainda não fui ao Louvre._ Não te preocupes, Joaquim. Deve ser problema de adaptação intestinal.... *o* .Num campeonato de xadrês, como se sabe que um jogador é português?É o único que volta as peças para trás. *o* .Num concerto dum grande pianista numa cidade do interior, o Manuel de olho nasprnas da Maria, aproxima-se gentilmente da rapariga e a pergunta:- A senhorita entende de música?- Sim, um bocadinho.- E o que ele está a tocar agora?- Piano. *o* . 26
  27. 27. Num consultório médico:- Manuel, como tem te sentido com os banhos de água doce?- Muito pegajoso, doutor?- Como assim?- Por causa do açúcar?.... *o* .Num festival do humor, era a vez do ventríloquo que conta uma piada deportuguês, mas de repente, um gajo levanta muito irritadiço e grita:- Olha que sou português!O ventríloquo responde:- Desculpa meu senhor, eu não sabia- Não estou a falar contigo, seu intrometido! Falo com esse menininho que tens aísentado em tuas pernas!. *o* .Numa área rural de Portugal...- Por que aqui não se bebe leite gelado?- Porque a vaca não cabe na geladeira.. *o* .Numa ilha havia um português, um uruguaio e um argentino (é o Mercosul!). Entãoo potuguês que estava a caminhar tropeça numa coisa, era uma lâmpada mágica.Ele a esfrega e dali sai um gênio que diz:- Tendes direito a 3 pedidos, só que um para cada.Então pede o uruguaio:- Quiero salir de esta isla y quiero mucho diñero! - e PLIM, realiza-se o pedido eele cai num mar de dinheiro.Agora pede o argentino:- Yo quiero mucha cerveza y mucha mujer!- e PLIM, realiza-se o pedido, e ele cainum tonel de cervejaAgora vai o portuga:- Oh Jesus, cá estou a me sentire tão só! Traz os dois de volta!. *o* .Numa loja de roupas:- Seu Joaquim, o senhor tem meia-calça? - diz a jovem brasileira. 27
  28. 28. - Por acaso a rapariga tem meia-bunda??. *o* .Numa padaria em Portugal, estava escrito num cartaz:** Pão Simples R$ 0,10 **** Pão com Manteiga R$ 0,20 **** Pão sem Manteiga R$ 0,40 **Aí o Manuel chegou e perguntou ao dono da padaria:- Óh Joaquim, como pode o pão sem manteiga custar mais do que o pão commanteiga?- Óh Manuel, pareces que não pensas, é que no pão com manteiga tu tens quepassar a manteiga e depois tirar.. *o* .O cabo chefe pergunta ao seu guarda:-Corra à horta de Dona Maria e prenda o ladrão que todas as noites vai lá roubarlaranja de noite.O guarda da com o larápio ao carregar um saco de maçãs.- Ó a sorte que tens seu malandro! Levas um saco de maçãs! Se levasses umsaco de laranja tinha ordens de meu chefe para te prender.. *o* .O carro do Manuel enguiça e ele vai com o filho caçula no mecânico.Após verificar o motor do velho carro, o mecânico diz:- O problema está no freio. Vou ter que mexer no burrinho.O Manuel puxa o garoto para trás e se altera:- Não, senhoire! No garoto ninguém mexe!. *o* .O contrabandista português, sem conhecer direito a gíria brasileira,desembarca no Galeão carregado as malas. Ao passar pela alfândega, tocao botão que acende, conforme a sorte de cada um, a luz verde ou vermelha.Deu luz verde, o agente alfandegário sorri, faz sinal para passar e,num gesto de simpatia, levanta o polegar para cima e pergunta:- Tudo jóia?- Não. Metade‚ vídeo cassete!. *o* . 28
  29. 29. O engenheiro Joaquim Pereira estava no exterior a negócios quando, no meio deuma reunião importante, foi interrompido por um telefonema urgente. Era o irmãomais novo, Manuel, avisando que o pai deles acabara de falecer. Como não dariapara voltar a tempo para o enterro, o engenheiro instruiu o irmão para cuidar detudo e, depois, apresentar-lhe a conta. E assim foi feito. Veio a conta e oengenheiro pagou direitinho. Mas começou a estranhar que, todo mês, apareciauma despesa nova. Intrigado, foi saber do irmão:- Oh, Manuel, mas que ráios de funerária você foi arrumar que não pára de mecobrar o enterro de quatro meses atrás?- Caspite, Joaquim, esqueci de dizer: naquela correria toda, enterramos o papaicom um terno alugado.... *o* .O Joaquim chegou na farmácia e estranhou quando viu o Manuel com umsupositório atrás da orelha:- Oh Manuel, o que fazes com esse supositório atrás da orelha?- Supositório?! que supositório?- Esse que está atrás de tua orelha.- Ai Jesus, onde será que eu coloquei a caneta?. *o* .O Joaquim pegou uma carona com um sujeito em Goiania. Apos algumas horasde viagem, o motorista pediu:- Joaquim, abra o porta-luvas e pegue o mapa rodoviario.O portugues, depois de reparar que não havia luvas no porta-luvas pega o mapa.- Diz para mim quanto falta para chegarmos a Anapolis.- Deixa ver ... Faltam mais ou menos uns quatro centimetros!. *o* .O Joaquim tava chegando de viagem de barco, e ele avistou o Manuel lá no porto.O Joaquim tava com a cabeça naquelas janelinhas redondas e pequenininhas donavio.- Oh Manuel, oh Manueeeel, cheguei da viagem!- Olá Joaquiiiiim, o que é que estás a fazer com esse barco no pescoço?. *o* .O Joaquim, primo do Manuel foi visitá-lo. E o Manuel falou:- Olá Manuel, como vai? 29
  30. 30. - Estou bem Joaquim!- Manuel, hoje pretendo dar um banho no meu gatinho, o Fuim, mas estou semtempo, será que poderias dar o banho nele pra mim?- Mas é claro, ora pois !E o Joaquim, fazendo suas obrigações ouvi os berros desesperadores do pobreFuim- ... miaaaaau, criiiii, iéeeeééééu, miááááááÁÁÁuuu, CRLXXX !!!E de repente, aquele silêncio. O Joaquim vai verificar o que ouve e vê o gatopendurado no varal pelas orelhas, morto, molhado e todo torcido, e o Joaquim,cheira o gato e fala irritado com o Manuel.- MAAAAAANUEL, veja só o que fizeste, seu BURROOO, esqueceste dosabonete !!!. *o* .O jogador português João Pinto é lateral do Porto F. C. e da seleção de Portugal.Entrevistado após um jogo, declarou ao repórter: "Estou muito feliz porque estoucontente." O Porto tinha vencido o jogo.. *o* .O jornalista estrangeiro em visita a Lisboa ouve gritos, decide investigar e chega aum prédio com uma placa onde se lê: "cadeira elétrica".- Por que estes gritos? - pergunta ao guarda na porta.- Estamos a executar um condenado diz o policial.- Mas não é cadeira elétrica?- Pois. Mas com a falta de energia estamos a executar o homem com uma vela.. *o* .O Manelzinho vai na farmácia e pede:- Seu Joaquim, me dê um supositórioO Seu Joaquim pergunta se é para pôr na conta de sua mãe.- Não, responde Manelzinho, para pôr no cu do meu pai.. *o* .O Manoel seqüestra uma menina e envia mensagem aos pais com um orelhahumana dizendo:- Essa orelha é minha, a próxima poderá ser de tua filha.Enviado por: Daniel Oilveira. *o* . 30
  31. 31. O Manoelzinho chega para o pai e pediu:- Papai, deixa eu ir na rua para ver o eclipse?O português coçou o bigode, olhou bem para o filho e, com um ar autoritário,disse:- Está bem, mas não chegue muito perto.... *o* .O Manuel chegou ao prédio de seu amigo Joaquim. Manuel avistou o Joaquim láem cima do prédio e gritou:- Óh Joaquim, como faço pra subir até aí?- Tens que chamar o elevador.E o Manuel começou a gritar:- ELEVADOR, ELEVADOR!!!E o Joaquim:- Não Manuel, tu tens que chamá-lo pelo botão.E o Manuel, pegou o botão de sua camisa e começou a gritar pra ele:- ELEVADOR, ELEVADOR!. *o* .O Manuel chegou em casa, de surpresa e pegou a mulher em flagrante com oamante, na cama. Aí, ele em pé, na porta, braços cruzados, falou:- Que dizer que estás a dare uma de moderninha, hein?!! Só m’falta agora sairepor ai a bebere e a fumare também!. *o* .O Manuel e a Maria estavam sentados num banquinho em uma praça e veio umpassarinho e cagou no ombro dele, aí a Maria falou:- Óh Manuel, limpes isso com esse lencinho.- Ih Maria, agora não sei mais qual foi o passarinho que me fez isso.. *o* .O Manuel entra para a Aeronáutica, na divisão de pára-quedismo. Recebe aprimeira aula prática:- Estamos a dois mil metros de altura. Seu equipamento foi todo checado. Osenhor saltará por aquela porta. Ao puxar a primeira cordinha, o pára-quedas seabrirá. Se isso não acontecer, o que é pouco provável, puxe a segunda cordinha.Se ainda assim o pára-quedas não se abrir, o que á improbabilíssimo, puxe a 31
  32. 32. terceira cordinha e ele se abrirá. Lá embaixo, haverá um jipe a sua espera, paralevá-lo de volta ao quartel.O Manuel salta. Puxa a primeira cordinha e o pára-quedas não se abre, puxa asegunda, nada. Puxa a terceira e nem assim o equipamento funciona. Ele começaa ficar preocupado:- Ai, Jesus! Agora só falta o jipe não estar lá embaixo!. *o* .O Manuel estava fazendo a maior forca, tentando de todo jeito e não conseguindomover o diabo do piano de cauda que ficara entalado no meio da porta. O Joaquimia passando e, vendo a dificuldade do patricio, resolveu dar uma maozinha. Umastres horas depois, os dois portugas jah estavam exaustos de tanto esforco e opiano nada de desentalar. Diz oManuel para o Joaquim:- é, patricio, parece que nos não vamos conseguir tiraire esse raio depiano.- Ai, era pra tiraire? Eu ca estava a pensaire que era para mete-lo pradentro!. *o* .O Manuel foi afogar o ganso na zona e não deu outra: pegou uma tremendadoença venerea. Correu pro medico e logo ficou sabendo que a coisa era seriamesmo: um monte de exame, remedios caros e massagem na prostata (aquelaem que o medico enfia o dedo no cu do cidadao). Depois de algumas semanas etratamento e que endo economizar uma grana, o Manuel resolveu apelar parauma solucao caseira e pediu a Maria que lhe fizesse a massagem:- Primeiro tu vestes a luva de borracha, Maria. Assim. Depois eu tiro ascalças e fico de quatro. Poe aqui a mao direita no meu ombro direito e aesque da no meu ombro esque do. Isso! Agora pode comecar a massagem.- Como que es que eu te faca a massagem, Manuel, se ca estou com as duasmaos nos teus ombros?- Mas era assim que o doutoire fazia. Oh, raios! Será que aquele gajo estava a meenraibaire?. *o* .O Manuel pega um avião da TAP do Rio para Lisboa, e logo a aeromoça, oumelhor hospedeira do ar, como la eles chamam aeromoca, perguntou ao Manuel:-Bua noite! O senhor deseja jantaire?Pergunta o Manuel:-E quais as opcoes que tainho?-é sim ou não!!! 32
  33. 33. . *o* .O Manuel tava andando na rua e chegou um cara gritando e sacudindo ele:- João, João, sua mulher tá passando mal lá no Brasil!E o Manuel continuou andando e chegou outro:- João, João, sua mulher ta quase morrendo lá no Brasil, vai pra lá!Aí o Manuel andou mais um pouco e pulou no mar e falou:- Peraí! Meu nome não é João, eu não sou casado e nem sei nadar... blu blu blublu. *o* .O Manuel vai à farmácia e pede 50 natftalinas para matar baratas:- Olá, tens aí 50 naftalinas?Depois de meia hora ele volta:- Olá de novo, tens aí mais 50 naftalinas?Passa-se outra meia hora:- Tens aí mais algumas?O farmacêutico ficou indignado e então resolveu perguntar:- Por que estás a comprar tantas naftalinas assim?- É para matar barata, mas eu sempre erro, elas são muito rápidas.. *o* .O Manuel vai visitar um velho navio de guerra. Em um dos compartimentos,tropeça numa placa de bronze, onde esta escrito:"Aqui tombou o Almirante Barroso".E comenta:- Não é de se admirar. Eu também quase cai aqui!. *o* .O Manuel, em visita ao Brasil, ouviu falar de um tal de 69 que os casais faziam eficou curioso, pois disseram queera bom, coisa e tal. Como não tinha namorada, arranjou uma puta e levou prohotel, e foi logo pedindo:- Eu gostaria de fazer o tal de sessenta e nove. Topash?A mundana topou e la estavam os dois na posição, quando, de repente (e semque er) a puta dolta um belo peido bem na cara do Manuel. O coitado achouestranho, não gostou muito mas também não reclamou. E continuaram.De repente, vem outro peido na cara do português, que já estava meio ressabiado.Mas como tudo era novidade, 33
  34. 34. continuou na posição fo 69. Alguns instantes depois lá vem outro peido va caradfogajo, que muito bravo, levanta de supetão e diz:- Oh ráios ! Podes parar, que não vou agüentar os outros 66.... *o* .O navio lusitano chega ao porto de Nova York e aquele marinheiro, já muito louco,pega a primeira profissional que encontra. Rapidamente vão pra um hotel barato ecomeçam a fazer amor. A mulher muito escolada, geme feito uma louca.E o português:- Tu sentes !!. - E a mulher responde rapidamente:- No, No Mister !! Two dollars !!. *o* .O potuguês estava doente e foi ao médico. Este colocou o estetoscópio nascostas dele e ordenou:- Seu Manoel, fala três vezes 33!E o potuguês nada... o médico ordenou novamente:- Fala três vezes 33!O Manoel quietão. O médico ficou irritado e disse:- Vamos, seu Manoel! Fala três vezes 33!O Manoel, fazendo um esforço enorme, respondeu:- 99... ufa.... *o* .O potuguês estava na beira do caixão quando chegou alguém e perguntou: Quemé o morto? - E o potuguês respondeu apontando pro ataúde: É ele.. *o* .O potuguês estava subindo e descendo uma escada de madeira apoiada naparede. Ele tinha uma fita métrica na mão e sempre que ia tentar medir a escada afita caia. Ele apoiava a fita na parte de baixo da escada, subia e a fita saia dolugar. O brasileiro, vendo o martírio do português então pergunta:- Ô potuguês ! Por que você não deita essa escada no chão; aí você vaiconseguir medi-la com mais facilidade !E o portuga:- Ô raios! É que eu não que o medir o COMPRIMENTO da escada, e sim suaALTURA !. *o* . 34
  35. 35. O português acabara de morrer e chegou no céu.Quando estava na fila para o paraíso, um anjo perguntou para um homem comterno: - Qual o seu nome? - e ele respondeu: - Meu nome é Bond, James Bond. -Após alguns instantes o anjo perguntou para um japonês: - O seu nome? e elerespondeu: - Lee, Bruce Lee.Quando chegou a vez do português, ele ficou impressionado com a resposta doscolegas e foi logo dizendo: - Meu nome é Well, Manuel.. *o* .O Portugues bateu a porta do carro com a chave dentro. Maior problema, e opior era que o vidro estava erguido. E agora? Manuel ficou ali coçando acabeça, nisso a Joaquina dá um palpite:- O Manuel, pega um araminho e enfia por cima do vidro! Vai Manuel, faz comotodo mundo faz nessas situações.O Manuel ressolveu seguir a sugestão; pegou um araminho e começou a lidarcom a trava, tentando "pescar" com um ganchinho na porta. E Joaquina gritava:- Pra esque da! Pra direita! Pra baixo! Na pontinha! Pronto Manuel, agorapode puxare!E o Manuel puxou, conseguindo destravar e abrir a porta. Aliviada a Joaquinadeu um suspiro e falou:- Graças a Deus que tu abristes a porta! Num aguentava mais o calor aquidentru du carro Manuel!!!!. *o* .O Português chega pro Americano e diz:- Acabei de inventar uma lâmpada inquebrável !!!E o Americano:- De que material ela e feita?O Português:- De aço.. *o* .O português chegou ao Brasil e, depois de algum tempo, numa roda de amigos,alguém lhe fez a conhecida pergunta:- Ei, você conhece o Mario?- que Mário?- Aquele que te comeu atrás do armárioE foi uma risada só, depois de passada a raiva, o portugues pensou- Ha essa é boa, vou pegar alguém também... 35
  36. 36. Já em Portugal, na primeira chance que teve, fez a pergunta para um amigo:- Ei, tu conheces o Mario?- Mas que Mario, oh pa?- Aquele que me comeu atrás do armário. *o* .O português comprou um bumerangue novo mas não consegue se livrar do velho!. *o* .O português era dono de um açougue, até que um dia a noite, chegam na casadele:- Seu Manoel, seu Manoel!!!- O que foi?- O seu açougue está pegando fogo.- Não tem problema, a carne está na geladeira.. *o* .O Portugues está completamente rouco, quase sem poder falar. E o amigopergunta:- O Manuel, o que aconteceu com a sua voz?- é que eu estou com a garganta fodida! Sou feirante e não posso anunciairemeush produtosh! -- responde sussurrando.- que é isso, Manuel, não esquenta não. Usa supositorios que no dia seguinte cetah bom! - recomenda o amigo.- que supositorio que nada! O farmaceutico jah me vendeu dez e não resolveramnada!Ai o amigo resolveu gozar o portugues:- Vai ver que voce tomou os supositorios!- não! Enfiei no cu, seu idiota!. *o* .O português estava assistindo ao Jornal Nacional quando, de repente, uma notíciao interessou. Falava de um cara que matou a sogra e a enterrou no chão da sala esó agora, 25 anos depois, é que descobriram. O gajo ficou pensando muitonaquilo.- Caralho! Eu também poderia matar a megera da minha sogra e enterrarna sala. Até descobrirem, já estarei morto, colocado que tenho 50 anos...é, acho que vou fazer isso sim, oh raios!E armou a arapuca. Chamou a sogra para um jantar. 36
  37. 37. Na primeira oportunidade, BAM! Lenhada na cabeça da velha, que logo foienterrada na sala.Meia hora depois, toca a campainha do portuga. Era a polícia, que avisou:- O sr está preso por assassinar a sogra!- Mas, mas, mas...- Nada de mas, já para o carro!Na delegacia, o gajo, desconsolado, esbravejava:- Eu vi na TV, um cara fez a mesma coisa e demorou 25 anos para serdescoberto! Como vocês me descobriram tão rápido???- O lance é que ele não morava no segundo andar.... *o* .O português estava na estrada, quando viu a placa: "DEVAGAR QUEBRA MOLA".Aí o português acelerou tudo, pisou fundo, passou no quebra mola voado equebrou as mola toda do carro e emputecido disse:- Oh ráios! Não estou a entender! Rápido também quebra!. *o* .O portugues foi ao restaurante e pediu ao garçom uma sopa. Quando a sopachegou, o potuguês notou que havia uma mosca e chamou novamente o garcom.- Garcom, tem uma mosca na minha sopa!- não é uma mosca. é um desenho!- Mas,... está se mexendo, olha!- Isso mesmo. é um desenho animado. *o* .O português foi pela primeira vez ao teatro. O caixa lhe pergunta:- Vc que palco ou platéia?- Não sei. que obra esta passando no palco?. *o* .O português inventou a pílula pra matar a sede. Você toma com nove copos deágua.. *o* .O Português morava no mesmo quarto de pensão que o Nordestino. O potuguêsnão dava folga pro nordestino: 37
  38. 38. - Ohh, comedor de jaba- Cabeca chata- Pau de arara, etc...Um belo dia o paraíba, cansado de tanta aporrinhação, resolveu se vingar.- Hoje à noite vou colocar 5 kg de lingüiça nas calças deste potuguês pra elepensar que botou os intestino pra fora.Dito e feito. Ao acordar o nordestino deparou com o Portugues se contorcendo emdores.- que que houve, Manoel?- Oh pá, pois tu não acreditas que botei os intestino pra fora a noite?- Nossa !!! E doeu muito??- Botar pra fora até que eu nem senti. Difícil foi botar pra dentro de novo.... *o* .O português vai até seu chefe (português também):- Chefe, nossos arquivos estão abarrotados. Será que nós não poderíamos jogarfora as pastas e documentos com mais de vinte anos???- Óptima idéia! Mas antes tire uma copia de tudo.. *o* .O português vê uma maquina de coca-cola e fica maravilhado. Coloca umafichinha e cai uma latinha. Coloca 2 fichinhas e caem 2 latinhas. Coloca 10 fichase caem 10 latinhas. Então ele vai ao caixa e pede 50 fichinhas. Diz o caixa:- Desse jeito o sr. vai acabar com as minhas fichas.- Não adianta, eu não paro enquanto estiver a ganhar.. *o* .O português veio para o Brasil deixando na terrinha a sua que ida mulher. Anosdepois mandou buscá-la. Na noite em que os dois se encontraram, mortos desaudade, começaram a conversar:- Como é, Maria? Você manteve o pacto de fidelidade que nos fizemos?- Que o saber, Maria, porque eu cumpri. Eu fui cem por cento com você, Maria.Imagine, aqui, nesta terra quente, cheia de mulatas tão bonitas,eu fiquei firme, Maria. Às vezes, ficava que já morrer de desespero.Aí não agüentava. Pegava uma mulata, levava pra casa. Ah, Maria,quantas vezes isso aconteceu... Aí, na hora agá, Maria, eu me lembravade ti e, cheio de lágrimas nos olhos, saia de cima, Maria. E tu,Maria, como é que foi?- Bem, Manoel, tu sabes... sair debaixo e muito mais difícil do que sair de cima .... *o* . 38
  39. 39. O portuguesinho voltou da aula todo feliz e foi logo dizendo pro pai:- Pai, hoje eu aprendi qual é o braço esque do!!!- Qual é?- Esse (mostrando o braço esque do)- E o direito?- Vou aprender amanhã!!!. *o* .O presidente americano já tinha ouvido falar tanto dos portugas que decidiuconvidar um grupo deles a Washington. Vai pessoalmente recebê-los no aeroportojunto com uma grande comitiva, mas os portugas não que iam descer do avião.Um ajudante oficial vai investigar para ver o que se passava e informa a seuchefe:- Estão com medo! Estão todos acanhados e tremendo de medo.- Mas de que?- Eles que em saber quem é o Wel. Eles viram da janela o cartaz: "Wel comeportugueses" e estão muito assustados.. *o* .O professor diz:- João tem seis laranjas, Pedro deu-lhe 12 e ele deu 7 ao Antônio. Com quantaslaranjas ficou?Diante deste complicado problema foi geral o silêncio de toda a classe.- Então? Ninguém sabe a resposta?- É que nós, nessas contas, fazemos com maçãs.. *o* .O professor pergunta ao Manuelzinho:- Menino, eu vou, tu vais, ele vai à praia... ; que tempo é?- Verão com certeza, senhor professor.. *o* .O que aconteceuzcom ollportuguês quemfoi jogaretênis?Voltou descalço. *o* . 39
  40. 40. O que é mais burro do que um português?Dois portugueses ou mais. *o* .O que é que fazem 17 portugas à porta de um cinema?Estão à espera de mais 1. Por quê?O filme é só para mais de 18. *o* .Os americanos tinham que mandar um homem a Marte, mas não encontraram,nem nos Estados Unidos nem em qualque outro lugar do mundo, um maluco quetopasse entrar na fria.Logo no Rio, ao chegar ao Brasil, o representante da NASA achou um malandrocarioca que topou a parada:- Quanto que pra viajar? - Perguntou o americano.- Cem mil dolares - disse o carioca.- Good, good price! - disse o gringo. - E como que receber o dinheiro?O carioca olhou para um lado e para o outro, chamou o americano no canto eexplicou, no pé da orelha:- Seguinte: ficam 50 mil aqui pro papai, vinte pra você, que arranjou a boquinha, etrinta pro portugues que eu arranjei para ir no meu lugar.. *o* .Os dois portugas vieram ao Rio de Janeiro no carnaval para veire as mulatas e oque viram foi uma total falta de vagas nos hoteis. Acabaram indo desembocarnuma pensaozinha de antepenultima categoria. O sujeito da portaria:- Num tem quarto individual. Ceis tem que dormir na mesma cama.Como o cansaco era grande, toparam. La pelas 2:00 o Joaquim acordou com opau duro e, troncho de saudades da Maria, resolveu bater uma punheta. Dali adez minutos o Manuel acorda:- Mas pa, que estais a fazeire, oh Joaquim?- Pois não ves que estou a tocaire uma bronha?- Entao por que não tocas no teu pau?- U raios! é por isso que não consigo gozaire!. *o* .Os Estados Unidos, com toda a sua tecnologia, mandou um telegrama paraPortugal: 40
  41. 41. "Detectamos movimento sismológico com epicentro em Lisboa. Sugerimostomarem providências"Passaram-se alguns dias e nada de Portugal responder ao telegrama. Osamericanos ficaram preocupadíssimos e mandaram de novo:"Detectamos movimento sismológico com epicentro em Lisboa. Sugerimostomarem providências".Nada, Portugal não respondia. Os americanos insistiram e mandaram outro, atéque finalmente chegou a resposta dos portugueses:"Detectamos o líder do Movimento Sismológico e o prendemos em Lisboa. Apósmuita tortura ele confessou tratar-se do tal de Epicentro. Só não prosseguimoscom as investigações porque fomos atingidos por um puta terremoto!". *o* .Para que o português inventou a goiabada em pó?Pra comer com queijo ralado.. *o* .Pergunta: Por que português tem chulé no pé esque do?Porque a mãe dele vivia dizendo:"Lava o pé direito...menino!!. *o* .Perguntaram a um português se queira ser testemunha de Jéová, respondeu:- De forma nenhuma! Eu nem vi o acidente.. *o* .Perguntaram ao Joaquim:- Joaquim, você gosta de mulher com muito seio?- Não, não! Pra mim dois só já basta. *o* .Perguntaram ao portuga:- Você conhece o Mário?- que Mário?- Aquele que te comeu atrás do armário.Em Portugal, o potuguês todo alegrinho, foi pegar um de seus amigos para fazer abrincadeira: 41
  42. 42. - Conheces o Mário?- que Mário?- Aquele que me comeu atrás do armário.. *o* .Por que as portugas vão em grupos numerosos ao ginecologista?É que na porta diz: Visitas de 8 a 12. *o* .Por que deixaram de passar filmes nos aviões em Portugal?Pois quando terminavam os portugueses saiam pela porta de trás. *o* .Por que é que mulher de português é peituda?Porque em vez de ele chupar ele sopra.. *o* .Por que em Portugal não existe mais árvores?Porque mataram todas procurando pela raiz quadrada. *o* .Por que em Portugal não passam mais propagandas do Malboro?Porque os portugueses estavam comprando muitos cavalos. *o* .Por que o banco 24h não deu certo em Portugal?- Porque dava 23:30 e já tinha uma fila enorme.. *o* .Por que o português comprou um óculos marrom?Pra ver MARROMenos.. *o* . 42
  43. 43. Por que o português comprou um óculos verde?Pra VERDEperto.. *o* .Por que o português comprou um óculos vermelho?Pra VERMELHOr.. *o* .Por que o português deixa dois copos de água, um cheio e outro vazio, nacabeceira da cama quando vai dormir?R: Porque ele pode sentir sede ou não..... *o* .Por que os portugas tomam leite no supermercado?Porque na caixinha diz: Abrir aqui. *o* .Por que os portugueses falam com o telefone no chão?Pra linha não cair. *o* .Por que os portugueses não fecham a porta quando vão ao banheiro?R: Para não olharem pelo buraco da fechadura.. *o* .Por que os portugueses não têm medo da doença da vaca louca?Porque ela atinge o cérebro. *o* .Por que que os portugueses deixam a televisão ligada no dia inteiro nos fins desemana? 43
  44. 44. R: Pra segunda-feira eles assistirem tela quente.. *o* .Por que um português não pode ser sócio dum outro?Porque quando um for roubar do outro eles vão depositar na conta conjunta.. *o* .Porque o carro elétrico não deu certo em portugal?Porque nos primeiros cem metros a tomada soltou. *o* .Portugal resolvera provar que esta história do Português ser burro era tudoinvenção. Então reuniu 50 mil portugueses em um estádio de futebol em Lisboapara um teste.O locutor(L) pediu um voluntário para o teste, e lá foi o Manuel(M).L:- Manuel, me diga quanto e três mais três?M:- Ora, está é fácil, é 7.L:- Sinto muito, mas...A multidão(MU) começou então a berrar:MU:- Dá mais uma chance para ele, dá mais uma chance para ele...!!!L:- Então me diga quanto é dois mais dois?M:- Ora, mais fácil ainda, é 5.L:- Não, eu realmente ...UM:- Dá mais uma chance para ele, dá mais uma chance para ele...!!!L:- Tudo bem, pela última vez; quanto é um mais um?M:- Dois.MU:- Dá mais uma chance para ele, dá mais uma chance para ele...!!!. *o* .Portugal, agora sabendo da guerra no Iraque, acaba de enviar 10000 soldados.Sendo 5000 a favor dos aliados e 5000 a favor do Iraque. Enviou também 2000tanques... As lavadeiras irão amanhã... Isto sem contar com os 10 boeingscarregados de areia para formar trincheiras no deserto.. *o* .Pra que o Português usa óculos verde?Pra VERDE perto. 44
  45. 45. E pra que ele usa óculos vermelho?Pra VERMELHOr.E o óculos marrom?Pra ver MARROMenos.. *o* .Pra que os portugas põem queijo na antena de televisão?Pra pegar o Ratinho. *o* .Qual o cúmulo da sacanagem?Colocar o português numa sala redonda e pedir para ele mijar no cantinho.. *o* .Quantos portugueses são precisos para afundar um submarino?R: Dois, um pra bater na porta e o outra pra abri-la.. *o* .- Que o um vidro de loçao que faça crescer o cabelo.- Grande ou pequeno?- Pequeno, porque não gosto de cabelos muito compridos.. *o* .Recebendo o diplomata português na corte, a rainha Elizabeth, da Inglaterraconvidou-o para dar uma volta pelas ruas de Londres numa carruagem real. Derepente, um dos cavalos solta um tremendo pum. A rainha, perde complemente orebolado, fica toda sem graça e diz:- Peço mil perdões, mister Antunes... Não sei como isso pode acontecer.E o diplomata lusitano, todo boas maneiras:- Não há de que, Majestade... Eu até pensei que tivesse sido o cavalo !. *o* .Recém-chegado de Portugal, o português apresenta-se para preencher a vaga deguarda-livros. 45
  46. 46. - Pelo que estou vendo, seu Manuel, não me parece que o senhor tenhacondições de assumir o cargo de guarda-livros aqui na empresa.- Ó Pá se lá na terra eu guardava mais de mil ovelhas, só preciso de um porretepara guardar esses seus livros.. *o* .Sabe porque português anda de moto de pijama?É para fazer a curva deitadoEnviado de: Porfirio Cabaleiro Rodriguez, Resende - RJ, Brasil. *o* .Tava o aviao com serios problemas de voo e de repente o piloto diz:- Galera, o aviao vai cair e estou saltando com o ultimo para-quedas. Boa mortepra todosE pulou. Os passageiros ficam desesperados não sabendo o que fazer, quandoum potuguês abre sua mala e comeca a espirrar o conteudo de uma lata de sprayem todo mundo. O pessoal fica tudo sem saber o que aquilo significa, quandoalguem dah um tapa no potuguês e pergunta:- que é isso portuga, espirrando spray em todo mundo, ficou louco?- não ,não! é que vou salvar todo mundo desta queda de aviao, pois veja o queestah escrito aqui neste spray ! E o cara foi conferir.Tava escrito: Spray Anti-Quedas.. *o* .Tinha 3 pessoas perdidas na ilha um francês, americano e um português. Elesacharam uma lâmpada mágica e cada um tinha direito a um pedido. O franêsfalou: estou com saudade da minha família que o voltar para casa, E PUF! Oamericano falou: eu também,PUF! Estou com saudade de meus amigos vou pedirpara eles voltarem, E PUF. *o* .Tinha dois portugueses passeando, quando um falou para o outro:- Cuidado Manuel !!! Você quase pisou na merda!O outro abaixou deu uma cheradinha... e disse:- que nada Joaquim, isso não e merda não!O Joaquim pensou... resolveu abaixar e cheirar também e disse:- É sim !!! Claro que é merda!!!Manuel inconformado, abaixou novamente... passou o dedo... sentiu aconsistência e disse: 46
  47. 47. - que Joaquim, que merda nada!Já nervoso com a situação Joaquim abaixou-se... passou o dedo e colocou naboca... sentiu o gosto e disse:- É claro que é merda!!!Manuel ainda não acreditando resolveu também abaixar e provar...colocou na boca... sentiu o gostinho e disse:- Puxa Joaquim! Realmente você tinha razão. é merda mesmo! Ainda bem quenos não pisamos!. *o* .Tinha um brasileiro um chinês e um potuguês , os três foram condenados a 100anos de cadeia . O guarda deixou eles pedirem alguma coisa para os 100 anos decadeia .O china diz: - Quelo doce muito doce .E trouxeram um caminhão de doce.Pergunto para o brasileiro a mesma coisa , e ele responde: - Eu que o mulher,pode trazendo mulher .Trouxera, um caminhão de mulher.Pergunto ao português a mesma coisa e ele respondeu: - Eu que o cigarro, traz-me cigarros.Trouxeram um caminhão de cigarro .E quando se passaram 100 anos eles foram soltos e quando ia soltar o português,ele disse desesperado: - Empresta-ms o fósforo!. *o* .Tinha um brasileiro, um chileno, um australiano e um português que iam sercondenados com fuzilamento. Aí chegou a vez do brasileiro.Prenderam ele numa parede com umas algemas e...:- Preparar. Apontar. F...- Cuidado! Terremoto!O brasileiro gritou e saiu todo mundo correndo. Aí chegou a vez do chileno:- Preparar. Apontar. F...- Cuidado! Maremoto!Saíram todos correndo. Chegou a vez do australiano:- Preparar. Apontar. F...- Cuidado! Furacao!Todo mundo fugiu. Agora chegou a vez do português.- Preparar............(o potuguês tava pensando no que iria falar) Apontar....(port:-terra.... mar... vento..., o que eu falo?) F...- FOGO! (o português grita). *o* . 47
  48. 48. Tinha um sujeito que todos os dias passava na porta de uma barbearia, por voltadas 18 horas, e perguntava ao barbeiro:- Por favor, quantos tem ainda na minha frente?- 4 pessoas.- Xiii !! Vai demorar. Volto outro dia.Dia após dia, era a mesma coisa. Sempre ele deixava para cortar o cabelo outrodia....Desconfiado de que sujeito trabalhava para a concorrência, o barbeiro contratouum menino para segui-lo, assim que ele saísse dali no dia seguinte. No diaseguinte, lá pelas 18 horas, lá vem ele de novo:- Por favor, quantos tem ainda na minha frente?- Xii !! Hoje está concorrido. Tem ainda 9 pessoas.- Humm !! Vai demorar muito. Volto outro dia... e foi-se embora.Imediatamente, o menino o seguiu.Na manhã seguinte, o barbeiro chega ansioso para o menino e pergunta:- E entao??? Para qual concorrente ele está trabalhando???- não deu para descobrir não !! Ele entrou na casa 24 da Rua das Amoras e nãosaiu mais. Esperei umas 2 horas e, cansado, fui embora.- Raios ! Ora pois ! Essa é a minha casa........ *o* .Tinham um brasileiro, um japonês e um português em um lugar cercados por umabismo. Aí o brasileiro tropeçou num treco, era uma lâmpada mágica. Ele esfregouela, o gênio saiu e falou:- Cada um de vocês vai ter direito a fazer um pedido de se transformar em umacoisa que voe, para saírem desse lugar. Aí foi o japonês, foi correndo a gritou:- Águia !E saiu voando. Foi o brasileiro e gritou:- Gaivota !E saiu voando. E foi o português, correndo, tropeçou numa pedra e gritou:- Bosta !. *o* .Todo dia um cara chegava no balcao de um bar, pedia uma cerveja e ia probanheiro. Ficava lá uns minutos, e em seguida voltava ao balcao, pedia outracerveja, voltava ao banheiro,....Um dia o cara do balcao ficou cheio daquela historia e seguiu o cara até obanheiro. Chegando lá, estava o cara derramando a cerveja direto no vaso! Ogarçom entao perguntou:- Amigo, por que tu fazes isto? Jogando cerveja fora??O cara respondeu:- Cansei de servir de intermediário.. 48
  49. 49. . *o* .Três bandidos portugueses entram no banco e rendem todo mundo:- Mãos para cima! Mãos para cima!O Joaquim é quem dá as ordens:- Manuel tranca todos no banheiro. Antônio traz o gerente até aqui.Os assaltantes demonstraram a maior segurança e um planejamento perfeito. Ogerente, tremendo e suando frio, foi levado à presença de Joaquim.- Dá cá a chave do cofre, ó gajo!- Pelo amor de Deus não me mate, eu esqueci a chave em minha casa. - Não tepreocupes, ó gajo, hoje é só o ensaio, o assalto mesmo vai ser amanhã.. *o* .Três horas da madrugada, rua deserta, o maior silêncio. Dois ladrões - umbrasileiro e um português - entram numa mansão pra fazer uma limpeza. Estão láos dois, catando tudo o que podem, quando o brasileiro esbarra numa mesa.Alguém no quarto acorda e berra lá de cima:- Quem está aí?O brasileiro muito esperto imita o gato com perfeição:- Miiaaauuu. . .O dono da casa se convence e ferra no sono. Os dois gatunos já se prepararampara cair fora quando o potuguês tropeça e mergulha de cabeça numa cristaleira,fazendo estremecer a casa inteira com o barulho.- Quem está aí? - grita novamente o dono da casa, já da arma em punho.E o português suando frio- É o gato!. *o* .Um americano, um japonês e um português estavam no alto de um prédio ecombinaram que tacariam seus relógios e quem conseguisse pegar o relógioantes de cair e quebrar no chão ganha a disputa. daí o americano tacou, desceumas quando chegou já era tarde demais. daí o japonês tacou, desceu e deu namesma. aí o português tacou, foi pra casa, jantou dormiu,tomo café, voltou pro prédio e quando estava lá em baixo ele pegou o relógiocaindo. o americano e o japonês perguntaram como ele fez aquilo e o portuguêsrespondeu: -Eu atrasei meu relógio 12 horas. *o* .Um amigo do manuel o ve carregando um armario nas costas pela rua e diz: 49
  50. 50. - És louco, Manuel, este armario e muito pesado, precisa de dois para levar- E não somos dois, o joaquim esta dentro segurando os cabides!!. *o* .Um brasileiro perguntou a um português:- Ó Manuel, é verdade que os portugueses trocam o "b" pelo "v"?- Mentira! Só os vurros fazem isso.. *o* .Um cara chega na lanchonete do Português:- Seu Manoel, eu que o um "misto frio".- Olha amigo, tu vais ter que esperar um pouco.- Por que ?- É que demora uma meia hora para esfriar o Gril.. *o* .Um clube pegou fogo em Portugal. Morreram todos carbonizados. Sabe por quê?R: Não deixaram os bombeiros entrarem porque eles não eram sócios.. *o* .Um dialogo entre um agente de transito e um português:- Pq vc atropelou a velhinha? Pq não buzinou?- Seu guarda! Eu não que ia assusta-la.. *o* .Um empresário, um hippie, um português e uma mulher gravida estavam viajandoem um aviao, quando, como sempre acontece em piadas, a turbina estourou e oaviao comegou a cair. Sem pensar duas vezes, o piloto pegou um dos quatropara-quedas e se mandou. Os quatro passageiros comecaram a desesperar:- Eu pego o primeiro!! Estou valendo por dois - disse a mulher, e ela pulou.- Maish pa! Eu só estou a levaire ferro nas anedotas e portanto estepara-quedas é meu! - E o portugues sai de cena. (Aaaaaaai Jisuuuuuuuis...)O empresario nem bobebou, diz pro hippie:- Te dou um milhao de dolares que estah nesta valise se voce me der esse para-quedas!- Falou, mermão ... 50
  51. 51. E o empresario pulou e viu de um ponto de vista privilegiado o pirotecnico fim doaviao. Comecou a pensar na ganancia das pessoas que acham que um milhao dedolares valem mais que sua propria visa quando. De repente passa o hippiedescendo de para-quedas, belo e formoso,segurando a valise milionaria e com um sorriso até as orelhas!- Ué, voce não morreu?!??- não, bicho! O potuguês pulou coa minha mochila!. *o* .Um espanhol entra no hospital e diz ao médico:- Eu que o ser um argentino, podem-me fazer uma operação dessas?- Homem, mas para que é?- Podem ou não?- Podemos, mas é arriscado, vamos ter que lhe retirar metade do cérebro- Metade do cérebro?- Sim, para ser argentino temos que lhe tirar metade, mas é muito delicado,porque se tiramos mais de metade, damos-lhe cabo da vida.- Não interessa, eu que o ser argentino!Durante a operação há um problema com uma máquina e retiram 90% do cérebrodo paciente...- Você viu o que fez? - Pergunta o médico- Eu sei, mas doutor, a máquina...- A máquina nada! Você deu cabo do homem!- Mas doutor, ele ainda está vivo!- AINDA ESTÁ VIVO??? Impossível! Mas nem tem metade do cérebro!- Mas é verdade doutor! Olhe, ele está acordando.- É um milagre! Homem, você está bem? - Pergunta o médico ao paciente.- Han? O que shtá a acuntcer cá que não shtou a entendeire? Oh pah. *o* .Um grupo de cientistas portugueses começaram uma profunda pesquisa sobre osaracnídeos... Pegaram uma aranha e falaram:- Ande aranha. - E ela andou...Depois cortaram uma perna da aranha e repetiram a pergunta:E ela meio manca continuou andando...Intrigados os portugueses continuaram a pesquisa cortando cada vezuma perna do pobre aracnídeo. Até que só sobrou uma perna dai eles falaram- Ande animal !E a aranha se rastejando toda andou com muita dificuldade.Depois cortaram esta última perna deixando sem nenhuma perna e falaram:- Ande aranha..! E ela evidentemente não se mexeu....Ao final da pesquisa eles chegaram a seguinte conclusão:"Depois de cortar a última perna de uma aracnídeo este fica surdo" 51
  52. 52. . *o* .Um grupo de engenheiros portugueses acabam de inventar um novo modelo depára-quedas que se abre comao tocar o solo.. *o* .Um japona estava em frente à um aquário falando pro peixe:- Peixe vem pra direita. Peixe vem pra esque da. - E o peixe obedeciaO potuguês quando viu isso ficou indignado e perguntou ao japa:- Como conseguer fazer isso?- A mente superio domina a inferior né.Então o japa foi embora e o potuguês ficou tentando fazer o mesmo. 10 minutosdepois o japa chega já perguntanto ao portuga.- E aí? Conseguiste?- Blu blu blu blu.. *o* .Um navio naufragou e salvaram-se apenas um portugues, sua mulher e umbrasileiro. Conseguiram nadar até uma daquelas ilhas que só tem um coqueirinho.Vendo-se isolados do mundo, ficaram esperando ajuda. O brasileiro jah estavadoido para comer a mulher do portugues, mas não podia faze-lo na frente dele.Entao teve uma ideia:- Seu Manoel, vamos fazer o seguinte. Eu subo neste coqueiro para ver se avistoum navio e depois a gente revesa. Mas olha, não vai foder com sua mulherenquanto eu estiver lah em cima, não, hein.- Ora, pois, boa ideia! Mas é claro que não irei foder cá com minha mulher contigolá em cima.O brasileiro, entao, subiu no coqueiro e ficou olhando. Passou alguns segundosele olhou pra baixo e gritou pro portugues:- Oh, seu Manoel! Olha o combinado, po! Para de foder aih!- Mas eu não estou a foder! Minha mulher esta cá de meu lado...- Puxa - disse o brasileiro - eu podia jurar...E ficou mais um tempo olhando. Olhou novamente para baixo e gritou:- Porra, seu Manoel! Eu vou descer. Nos combinamos que voce não iria foder, po!- Mas Jisuis! Eu não estou a foder! Veja cá minha senhora de roupas!O brasileiro disse novamente que podia jurar que ele estava. (repetir isso algumasvezes)Lá pelas tantas o brasileiro desceu e disse para o portugues que era a sua vez desubir. Seu Manoel subiu. O brasileiro não perdeu tempo. Arrancou as roupas da 52
  53. 53. mulher do portugues (com o consentimento dela, é claro) e comecaram a transar.O portugues lah de cima achou graça e morreu de rir. E gritou para o brasileiro:- Ah! Sabes tu, oh gajo, que para quem olha cá de cima tem-se mesmo aimpressao de que esta-se a foder aih em baixo. *o* .Um nigeriano, um coreano e um português tinham sidos condenados a morte coma cadeira elétrica. A aí foi o nigeriano:- Alá, alá, alááááA cadeira não funcionou. Depois foi o coreano:- Alá, alá, aláááE a cadeira não funcionou. Era um mistério. Chegou a vez do português:- Alá, alá, alááá a tomada desligada. *o* .Um potuguês biólogo estava num parque colhetando dados sobre os patos. Eleestava vendo uns patinhos na lagos e de repente um pato sai da lagoa e vai paraa grama e ele conclui:"O pato além de aquático também é gramático". *o* .Um potuguês estava no aeroporto, prestes a voltaro para Portugal, quando vevarias pessoas chupando picolé. Ele, sem saber o que era aquilo, foi comprar umtambem na barraquinha.- Puxa! Mas qdelícia! Vou levar uns para Maria provar!Entao comprou uns 50 picolés, de tudo quanto era sabor, e guardou elesenfileirados na sua mala, por debaixo das roupas, para que ninguem da alfandegaachasse. Deixou sua mala entao aos cuidados do aeroporto e foi para o aviao.Chegando em Portugal, foi recepcionado por Maria noaeroporto, e logo quis dar-lhe os picoles:- Maria, não vais acreditar na delicia que eu te trouxe do Brasil! Eleschamam de picolé! - E foi abrindo a mala...- O pah? E onde estão?- Sem vergonha de brasileiros!! Alem de chuparem todos os sorvetes, aindafizeram xixi na mala!. *o* .Um potuguês estava sozinho num ônibus sob uma goteira. O motorista vendo aagonia do pobre desprovido de inteligência e diz: 53
  54. 54. - Por que é que não trocas de lugar?- Mas Jisus! Trocar com quem?. *o* .Um português ao sair apressado do carro, bateu a porta, esquecendo-se de retiraras chaves da ignição. Muito aflito, procurou um pedaço de arame e, por uma frestado vidro da porta, tentava abrir o pino da porta. A Maria ficava dando palpitesorientando o Manuel, para alcançar o pino com o arame. E quando ele consegueabrir a porta a Maria diz:- Finalmente! Já estava quase morrendo sufocada dentro desse carro.. *o* .Um português foi preso numa cela com um leproso. Com o passar do tempo, caiuuma unha do leproso e ele apanhou e atirou pela janela; a seguir aconteceu omesmo com um dedo, uma orelha etc. O português não suportou a situação,quando o leproso atirou pela janela uma de suas mãos que havia caído. Elechamou um "guarda" e avisou que que ia falar, em particular, com o diretor dopresídio, quando disse:- Olha chefe, eu não sou dedo duro não, mas meu colega de cela está fugindo aospoucos.. *o* .Um português ga-ga-ga-gui-gui-guinho fo-fo-foi ao médico. Então, o dotoirepergunta ao paciente ga-ga-gago:- Tu gaguejas sempre?- Nã-nã-não, só-só-só quando fa-fa-falo. *o* .Um português que ia saber quanto tempo demorava um vôo do Brasil paraPortugal, então ligou para uma agência de viagem:- Por favoire, quanto tempo leva um vôo daqui para Lisboa?- Só um minutando... - respondeu a secretaria.- Obrigado ora pois.. *o* .Um portugues que ia se suicidar, amarrou uma corda na cintura e ficoupendurado. 54
  55. 55. Ai um cara chegou e perguntou:- O que você está fazendo?- Estou tentando me suicidar.- Olha eu aconselharia você a não fazer isso, mas já que você que , você tem queamarrar a corda no pescoço.- Eu amarrei, só que eu sentir uma falta de ar, e resolvir tirar.Enviado por: Gabriela Antolini. *o* .Um portugues saiu do aeroporto do Rio e viu uma grande multidao em volta demuito sangue.(provavelmente alguem devia ter sido atropelado ou assassinado).Oportugues que ia ver de qualque jeito,mas não consegiua porque era muitobaixinho e a multidao aumentava cada vez mais para observar o morto.SeuManoel pulava,empurrava,e nada,ate que ele teveuma BRILHANTE IDEIA: tomou distancia e correu em direcao ao publico gritando:"sai da frente que e meu parente que está morto!sai da frente que e meu parenteque esta morto!"Todos abriram espaco e quando ele pode ver, era um burro queestava morto!. *o* .Um português telefona para o redator do Livro do Records (The Guinness Book ofRecords) e comunica:- Eu acabo de resolver um quebra-cabeças de 3000 peças.- Mas isto não e tão especial - comenta o redator, meio confuso.E o português continua:- Mas eu o resolvi em apenas uma semana.- Isto também não e tão difícil de se fazer - responde o homem do Guinness.- Claro que é, meu amigo - diz o português já brabo - Na caixa está escrito de 3 a5 anos!. *o* .Um portugues tropeca e cai com a cabeca na merda, contundido, passa a mão nocranio e constata:-Ih, quebrei a cabeça. *o* .Um portugues ve o outro empurrando um barril na rua e pergunta:- Ô Manuel, onde vais?- Ao medico. 55
  56. 56. - Pra que o barril?- E que a cada seis meses eu tenho que levar uma amostra da urina!!. *o* .Um português veio ao Brasil e foi num puteiro e lá tinham 3 portas escritas:*Pouca sacanagem* R$ 10*Média sacanagem* R$ 15*Muita sacanagem* R$ 30Então ele escolheu a de muita sacanagem. Quando ele entrou lá pediram pra eletirar a roupa e mandaram ele ir pra porta a frente. Ele foi e quando viu ele estavapelado no meio da rua, e falou:- É muita sacanagem! Ora pah!. *o* .Um português, chegou numa loja de eletro-eletrônico e pediu:- Por favoire, o senhor tem um radinho Pilco?- Pilco?!?! Não é Pilco sua anta!!! É Filco (philco)- Ah!! Então dê-me um Pilips mesmo- Que Pilips ô demente! É Filips (philips)- Futa que faril, já tiraram a letra P do alfabeto.. *o* .Um português, em visita ao Brasil, deparou-se com um fotógrafo, em uma praçano centro da cidade. Então, caso inédito, teve uma brilhante idéia:- Ô tirador de retratos, poderias retratar-me, para eu mandar uma fotografia paraMaria, minha esposa, que me aguarda lá em Lisboa?- Pois não! Faça uma pose que eu fotografo!O português foi, então, para atrás de uma árvore e, de lá, gritou:- Bate lá que eu estou pronto a cá!- Mas senhor, desse jeito só vai sair a foto da árvore. Voce vai ficar escondido- Mas é isto que eu que o! Aí, quando Joana for ver a foto,eu saio de trás da árvore e dou um susto nela! Ela vai adorar a surpresa!. *o* .Um Português, um Americano e um Russo decidiram que iriam para o Sol.AM- Pessoal, vou pro sol!RU- Mas como camarada, você vai derreter!AM- Não tem problema, vou preparado pra isso, mas vou pro sol! 56
  57. 57. Entao o americano constrói uma nave muito grande, e se mandou pro sol. Decoloue depois de uns dias teve que voltar devido a problemas na nave e provavelmentenão iria agüentar o calor do sol.RU- Tá vendo, camarada, não te falei que não dava pra ir para o sol, agora vocêvai ver, eu vou pro sol!O russo, aproveitando os segredos da nave do americano, constrói uma naveenorme muito maior que a do americano e se mandou para o sol.Depois de alguns dias também voltou porque a nave não conseguira aguentar ocalor do sol.PT- Viu, oh gajo, não destes certos também, mas agora, eu vou para o sol!O portugues constrói uma nave toda podre, cheia de remendos, bandeide,esparadrapo, durex, caindo aos pedaços, tinha até chiclete.RU- Português, como você vai pro sol num cacareco desses?AM- é mesmo português, isso vai derreter na metade do caminho.PO- Ora pois pois, é que eu vou pro sol de noite seus burros!. *o* .Um turista brasileiro pega uma rodovia em Portugal com destino a Madri. Emdúvida, ainda perto de Lisboa pergunta a um sujeito num posto de gasolina:- Esta estrada vai para a Espanha?- Oh raios, não sei, mas se for vai fazer muita falta!. *o* .Um velhinho caminhava pelas ruas de Lisboa quando vê um inocente projetinhode burro brincando e lhe pergunta:- Que idade tens tu?- Seis anos, meu senhor- Seis anos! - murmura o velhinho - E não chegas seque a ter a altura de minhabengala!- E que idade tem sua bengala?. *o* .Uma alta autoridade portuguesa e sua comitiva, em visita oficial ao Brasil, têm quefazer o percurso Rio - São Paulo e resolvem ir de trem. Acostumados aos trensmais velozes e confortáveis, e às distâncias mais curtas da Europa, osportugueses vão ficando de saco cheio à medida que o tempo vai passando enada de São Paulo. A viagem parecia interminável. Nisso um assessor fez umadescoberta notável:- Repare excelência, como os postes passam velozmente por nós!- Tens razão Joaquim. Está decidido: na volta viajaremos de poste! 57

×