TPP = Techno Plastic ProductsAG 
ORIGEM: TRASADINGEN - SUÍÇA 
 Pesquisa + Desenvolvimento. 
 Produção. 
 Laboratório de...
Matéria prima - Polietileno (PE) 
 Resistência ao calor: 80 a 
100°C 
* Não pode ser autoclavado. 
 Baixas temperaturas:...
Matéria prima - Polipropileno (PP) 
 Resistência ao calor: 120 a 140°C 
* Pode ser autoclavado. 
 Baixas temperaturas: -...
Matéria prima - Poliestireno (PS) 
 Resistência ao calor: 75 a 80°C. 
* Não pode ser autoclavado. 
 Resistência a baixas...
Frascos para Cultura de Tecidos 
 Disponíveis em 25, 75, 150 e 300 cm2 
 Área de crescimento uniforme. 
 Fácil empilham...
 Dois tipos de tampas: 
VENT – 
Posições para 
aeração 
FILTRO – 
Membrana 
hidrofóbica PTFE 
poro 0.22μm
 Com tampa abre-fecha ou película 
peel off. 
 Área de crescimento uniforme. 
 Com ou sem barreira de segurança. 
 Fác...
Tubo para Cultura de Tecidos 
 Área de crescimento de 10 cm² 
 Boca larga 
 Tampa rosqueável com filtro de poro 
de 0,2...
Espátulas e Espalhadores/Scraper para 
cultura de tecidos 
 Exclusiva lâmina articulada. 
 Cabo anti-deslizante. 
 Adap...
TuboSpin® Bioreactor 
 Utilizado para otimizar os processos de 
suspensão celular. 
 Volumes de trabalho: 15-50mL. 
 Cu...
TuboSpin® Bioreactor 
 Para cultura celular em grande escala 
e produção de pequenas quantidades. 
 Volumes de trabalho:...
Tubo PVC – Packed Cell Volume 
 Avaliação da biomassa de 
suspensão celular. 
 Com ou sem marcação de volume. 
 Centrif...
Pipetas Sorológicas 
 Produção de alta qualidade. 
 Graduação bidirecional. 
 Codificadas por cores. 
 Bocal resistent...
Microplacas para Cultura Celular 
 Área de crescimento plana. 
 Área de crescimento apenas na base 
esférica. 
 Sistema...
Placa de Petri 
 Área de crescimento 
tratada. 
 Ampla área de crescimento. 
 Anel para manuseio. 
 Empilhável 
 Quad...
Sistema de Filtração à Vácuo 
 Encaixe rosqueável. 
 Membrana PES/ 0,22 μm. 
 Volumes: 
 150, 250, 500 e 100 mL. 
 Su...
Filtro para Seringas 
 Esterilização de soluções 
aquosas. 
 Membrana PES 0,22μm + 0,45 
μm. 
 Capacidade mínima de lig...
Tubos Centrifugação – FALCON® 
 Compatibilidade com 
diversos rotores. 
 Velocidade de 
centrifugação: PS: 
1700xg, PP: ...
Tubos Criogênicos 
 Armazenamento das amostras 
 (+121°C a -196°C) - Não deve ser inserido no nitrogênio 
líquido. 
 Di...
Racks e Caixas 
Racks: 
 Identificação alfa numérica. 
 Sistema de trava. 
 Orifícios de inserção. 
 Parte superior 
t...
Especialidade no tratamento de 
superfície 
Conhecimento da estabilidade dos 
métodos de tratamento 
Fórmula de Sucesso da...
 Superfície torna-se hidrofílica. 
 A área de crescimento é adequado para a 
adesão das células e crescimento celular. 
...
 Tempo (Administração da data de validade=importante: 
PEPS). 
 Exposição a luz solar. 
 Estoque dos produtos fora da e...
DÚVIDAS? 
ENTRE EM CONTATO COM OS NOSSOS ASSESSORES CIENTÍFICOS: 
dac2@biosystems.com.br 
DDG 0800 703 10 12 
www.biosyste...
Linha de produtos TPP - Cultura de Células
Linha de produtos TPP - Cultura de Células
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Linha de produtos TPP - Cultura de Células

607 visualizações

Publicada em

Linha de produtos TPP para cultura celular

Publicada em: Ciências
0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
607
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
4
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
4
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Linha de produtos TPP - Cultura de Células

  1. 1. TPP = Techno Plastic ProductsAG ORIGEM: TRASADINGEN - SUÍÇA  Pesquisa + Desenvolvimento.  Produção.  Laboratório de Cultura de Células.  Administração do almoxarifado.  Vendas + Marketing.
  2. 2. Matéria prima - Polietileno (PE)  Resistência ao calor: 80 a 100°C * Não pode ser autoclavado.  Baixas temperaturas: -40°C  Propriedades ópticas: Translúcido a opaco  Categoria USP: Classe 6
  3. 3. Matéria prima - Polipropileno (PP)  Resistência ao calor: 120 a 140°C * Pode ser autoclavado.  Baixas temperaturas: -190°C.  Propriedades ópticas: Translúcido, superfície brilhante  Categoria USP: Classe 6.
  4. 4. Matéria prima - Poliestireno (PS)  Resistência ao calor: 75 a 80°C. * Não pode ser autoclavado.  Resistência a baixas temperaturas: -30°C.  Propriedades ópticas: Transparente, superfície brilhante com índice de 90% de transparência  Categoria USP: Classe 6.
  5. 5. Frascos para Cultura de Tecidos  Disponíveis em 25, 75, 150 e 300 cm2  Área de crescimento uniforme.  Fácil empilhamento  Gargalo inclinado  Campos para marcação.  Volume Máximo x Recomendado
  6. 6.  Dois tipos de tampas: VENT – Posições para aeração FILTRO – Membrana hidrofóbica PTFE poro 0.22μm
  7. 7.  Com tampa abre-fecha ou película peel off.  Área de crescimento uniforme.  Com ou sem barreira de segurança.  Fácil acesso superior.  Dispositivo de abertura da tampa.  Película peel off (não recolocável).
  8. 8. Tubo para Cultura de Tecidos  Área de crescimento de 10 cm²  Boca larga  Tampa rosqueável com filtro de poro de 0,22μm  Possível visualização em microscópio  Velocidade de centrifugação: 1200 xg OU  Área de crescimento de 20 cm²  Tampa rosqueável VENT  Posicionamento na tampa.
  9. 9. Espátulas e Espalhadores/Scraper para cultura de tecidos  Exclusiva lâmina articulada.  Cabo anti-deslizante.  Adaptável aos gargalos dos frascos de cultura de tecidos.
  10. 10. TuboSpin® Bioreactor  Utilizado para otimizar os processos de suspensão celular.  Volumes de trabalho: 15-50mL.  Cultivo em agitador a 37°C.  Encaixa em rotores de centrífuga de 50 mL.  Permeabilidade de gases através de filtros estéreis com orifícios que garantem a aeração.
  11. 11. TuboSpin® Bioreactor  Para cultura celular em grande escala e produção de pequenas quantidades.  Volumes de trabalho: até 400 mL.  Cultivo em agitador a 37°C.  Permeabilidade de gases através de filtros estéreis com orifícios 0,4 mm que garantem a aeração.  Encaixa rotores de centrífuga de 1000 mL.
  12. 12. Tubo PVC – Packed Cell Volume  Avaliação da biomassa de suspensão celular.  Com ou sem marcação de volume.  Centrifugação em Micro-centrífugas.  Fácil leitura através da régua “easy-read”.
  13. 13. Pipetas Sorológicas  Produção de alta qualidade.  Graduação bidirecional.  Codificadas por cores.  Bocal resistente.  Com reservatório de volume nas pipetas 25 mL(+ 15 mL) e 50ml(+ 20 mL)  Fácil acesso aos gargalos de frascos para cultura de tecidos.
  14. 14. Microplacas para Cultura Celular  Área de crescimento plana.  Área de crescimento apenas na base esférica.  Sistema de ventilação na tampa.  Borda inclinada.  Campo de Identificação amarelo.  Código de barras.
  15. 15. Placa de Petri  Área de crescimento tratada.  Ampla área de crescimento.  Anel para manuseio.  Empilhável  Quadrantes de marcação na tampa.  Campo de identificação amarelo.  Sistema de numeração de relógio
  16. 16. Sistema de Filtração à Vácuo  Encaixe rosqueável.  Membrana PES/ 0,22 μm.  Volumes:  150, 250, 500 e 100 mL.  Superfície de filtragem 20% maior do que outras versões.  Velocidade de filtragem rápida, baixa ligação de proteínas.  Tampa e bocal embalados individualmente e estéril.
  17. 17. Filtro para Seringas  Esterilização de soluções aquosas.  Membrana PES 0,22μm + 0,45 μm.  Capacidade mínima de ligação de proteínas com alta taxa de fluxo.  Conexão padrão “luer-lock”.  Diâmetro externo de filtros adaptáveis em tubos de 50 mL.  Temperatura máx. 45°C.  Não autoclavável.
  18. 18. Tubos Centrifugação – FALCON®  Compatibilidade com diversos rotores.  Velocidade de centrifugação: PS: 1700xg, PP: 9500xg.  Identificação na tampa e no tubo.  Marcas de graduação do volume no cone ou na base do tubo auto-sustentável.
  19. 19. Tubos Criogênicos  Armazenamento das amostras  (+121°C a -196°C) - Não deve ser inserido no nitrogênio líquido.  Disco de inserção codificados por cores.  Polipropileno -196°C.  Proteção externa.  Sem anel de vedação de silicone.  Graduação de volume.  Campo de identificação.  Pacote com zíper abre e fecha.
  20. 20. Racks e Caixas Racks:  Identificação alfa numérica.  Sistema de trava.  Orifícios de inserção.  Parte superior transparente.  Encaixe para posicionamento horizontal. Caixas de Armazenamento:  2 tamanhos disponíveis.  Abertura única da tampa.
  21. 21. Especialidade no tratamento de superfície Conhecimento da estabilidade dos métodos de tratamento Fórmula de Sucesso da TPP.  Estável a longo prazo, reprodutibilidade Desenvolvido por Tanner. desde 1991.  Pequena variabilidade lote a lote.
  22. 22.  Superfície torna-se hidrofílica.  A área de crescimento é adequado para a adesão das células e crescimento celular.  IMPORTANTE: o tratamento não influencia nas características originais do material.
  23. 23.  Tempo (Administração da data de validade=importante: PEPS).  Exposição a luz solar.  Estoque dos produtos fora da embalagem.  Exceder a umidade relativa de 50-60% na sala de armazenamento.  Variação na temperatura de armazenamento de 10 a 30°C.  Mudanças bruscas de temperatura.
  24. 24. DÚVIDAS? ENTRE EM CONTATO COM OS NOSSOS ASSESSORES CIENTÍFICOS: dac2@biosystems.com.br DDG 0800 703 10 12 www.biosystems.com.br comercial@biosystems.com.br

×