Sugestao avaliacao 3a serie

422 visualizações

Publicada em

Portugues

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
422
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
6
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Sugestao avaliacao 3a serie

  1. 1. Sugestão de avaliação para 3ª série a partir de texto narrativo ficcional (fábula) O LEÃO E O RATINHO Ao sair do buraco viu-se um ratinho entre as patas do leão. Estacou, de pelos em pé, paralisado pelo terror. O leão, porém, não lhe fez mal nenhum. - Segue em paz, ratinho: não tenhas medo de teu rei. Dias depois o leão caiu numa rede. Urrou desesperadamente, debateu-se, mas quanto mais se agitava mais preso no laço ficava. Atraído pelos urros, apareceu o ratinho. - Amor com amor se paga - disse ele lá consigo e pôs-se a roer as cordas. Num instante conseguiu romper uma das malhas. E como a rede era das tais que rompida a primeira malha as outras se afrouxam, pôde o leão deslindar-se e fugir. Mais vale paciência pequenina do que arrancos de leão. (LOBATO, Monteiro. Obra infantil completa. Volume "Fábulas". São Paulo: Brasiliense) Atividade Questões sobre o texto: 1. Quem é o autor deste texto e qual o nome do livro em que foi publicado? Resposta: Monteiro Lobato . "Obra infantil completa", volume "Fábulas". Habilidade de leitura avaliada: o aluno identifica informação no texto. Professor: durante muito tempo foi comum na escola usar textos sem nenhuma referência bibliográfica. Acreditava-se que isto não era importante, ainda mais com as crianças das séries iniciais. Hoje em dia, sabendo que o texto não é transparente e que o contexto ou a situação de produção constituem o próprio texto, identificar o autor da obra e qual seu suporte ou portador é uma informação importante para os sentidos do que se lê, se escreve, se fala ou se ouve. Além disso, o uso sistemático da referência bibliográfica auxilia na ampliação do repertório de leitura das crianças. Um exemplo é a constatação de que mesmo crianças bem pequenas indicam suas preferências de leitura no que se refere a autores ou tipos de livros. 2. Por que o ratinho ficou paralisado pelo terror? Resposta: Porque o leão é um bicho enorme e assustador para um pequeno rato. Habilidade de leitura avaliada: o aluno faz inferências, isto é, identifica uma informação implícita no texto. Professor: a inferência é uma estratégia de leitura através da qual "lemos" o que não está escrito explicitamente no texto. É como se fosse uma "adivinhação" feita com ajuda de algumas pistas dadas pelo texto, pelo contexto, pelos conhecimentos prévios do leitor ou pelas intencionalidades do autor percebidas pelo leitor. Um bom exemplo de inferência são as piadas, pois a gente ri exatamente porque entendeu o que não está dito diretamente no texto. Veja que esta habilidade é diferente de localizar ou identificar uma informação explícita no texto, como é o caso da questão 1, anteriormente referida, e da questão 3, a seguir. 3. O que aconteceu ao leão, dias depois de ele ter encontrado o ratinho? Resposta: Caiu na rede Habilidade de leitura avaliada: o aluno localiza informação no texto. Professor: durante muito tempo na escola essa habilidade esteve relacionada apenas ao assunto ou ao tema dos textos lidos, em especial quando procurávamos retomar as idéias centrais e/ou secundárias de um texto. Atualmente, temos indicado o desenvolvimento desta habilidade também no que se refere aos tipos e suportes de textos, como é o caso das questões 5 e 7, a seguir. 4. Por que o ratinho resolveu ajudar o leão? Resposta: Para recompensar o leão por não ter devorado o ratinho em outra ocasião. No texto há "o amor com amor se paga" que poderia ser, inclusive, a moral desta fábula, mas Lobato preferiu outra. Habilidade de leitura avaliada: o aluno faz inferência. Professor: idem questão 2. 5. Quem são as personagens do texto? Resposta: São o leão e o ratinho. Habilidade de leitura avaliada: identificar as personagens como um dos elementos caracterizadores da narrativa ficcional/fábula. Professor: a fábula é uma narrativa ficcional herdada da cultura popular. A escolha de animais como personagem tem relação com a construção de uma simbologia, no qual os animais falam e agem como
  2. 2. se fossem seres humanos. Identificar personagens de um texto pode parecer simples, mas é desejável que os alunos possam ir tornando essa competência consciente não só como leitores, mas também quando forem produzir seus próprios textos. 6. Quem conta a história? O ratinho? O leão? Outro? Resposta: nem um nem outro, mas um narrador que não participa da história. Habilidade de leitura avaliada: distinguir narrador de personagem, percebendo o foco narrativo (1ª ou 3ª pessoa) Professor: os alunos precisam fazer a distinção entre narrar e ser personagem, percebendo o ponto de vista do narrador: ele participa da história como personagem? Ele conhece todos os fatos? Ele conhece parcialmente os fatos? Ele escolhe qual ponto de vista usa para narrar? Além disso, desde as séries iniciais, as crianças podem ir conhecendo a diferença entre autor e narrador: este é, na verdade, uma ficção, também como as personagens, o enredo etc. O autor é a pessoa física. Aqui vale lembrar algumas músicas de Chico Buarque de Holanda, como "Com açúcar, com afeto" na qual o narrador/ personagem é mulher, ainda que o autor seja um homem, ou seja, o famoso compositor da MPB. 7. Toda fábula possui uma moral da história. Qual é a moral deste texto lido? Resposta: Os alunos podem transcrever a moral do texto ("Mais vale paciência pequenina do que arrancos de leão."). Discuta com os alunos que se eles fizerem essa escolha, é preciso usar aspas para marcar que o texto não é deles, mas do Lobato. Aqui temos um exemplo de que os conhecimentos lingüísticos manifestam-se nas atividades de leitura e de produção de textos . Os alunos podem ainda fazer uma paráfrase, ou seja, usar suas próprias palavras para retomar a moral, como: a paciência dos pequenos vale mais que a força dos fortes (ou algo semelhante). Habilidade de leitura avaliada: localizar a moral como um dos elementos caracterizadores do gênero textual fábula. Professor: é conveniente discutir com os alunos que a moral da fábula vem em destaque através do espaço gráfico ao final do texto e faz uso de um tipo de letra diferente do restante. Além disso, é bom ressaltar que a moral das fábulas refere-se a comportamentos humanos genéricos ou experiências vividas pelos seres humanos, encerrando sempre um ensinamento para os ouvintes ou leitores. A moral retoma, na verdade, o tema do texto. 8. O texto pode ser dividido em três partes. Localize-as. 1ª parte: o primeiro encontro do ratinho e do leão. Parágrafos_______ 2ª parte: o leão preso. Parágrafos______ 3ª parte: o segundo encontro. Parágrafos _______ (Respostas: Parágrafos 1 e 2; parágrafo 3 e parágrafos 4 e 5) Habilidade de leitura avaliada: perceber o enredo como uma das características do texto narrativo ficcional. Professor: o aluno deve compreender que o enredo tradicional da narrativa ficcional se configura em três momentos da ação: situação inicial (apresentação das personagens e do ambiente), conflito (complicação ou desequilíbrio da situação inicial) e desfecho (resolução do desequilíbrio). É conveniente lembrar que, na fábula, a moral está fora do enredo porque ela é um ensinamento do narrador do texto. 9. Você conhece todas as palavras do texto? Isto impediu você de entendê-lo? Resposta: Pessoal Habilidade de leitura avaliada: inferir o sentido de uma palavra ou expressão a partir do contexto imediato Professor: esta é uma reflexão fundamental para os alunos, pois nem sempre é preciso conhecer todas as palavras do texto para entendê-lo. É possível - é até desejável em termos pedagógicos-conviver com o desconhecimento provisório do sentido da palavra e assim perceber pelo contexto o que ela pode estar significando. A escolha desse exercício (e até o fato dele ser o 9º exercício e não um dos primeiros) deu- se na direção de fazer um contraponto ao procedimento comum na escola de grifar as palavras desconhecidas, relacioná-las e procurá-las no dicionário, para depois ler o texto. Estamos assim sugerindo outro caminho: inferir os sentidos das palavras desconhecidas através do contexto, para depois do texto compreendido (porque trabalhado com os alunos), decidir para quê e quando ir ao dicionário. 9. Qual é a pontuação usada quando as personagens falam? Resposta: o travessão Habilidade de leitura avaliada: compreender o uso da pontuação na construção de um texto Professor: a pontuação é um elemento lingüístico que tem servido para muita polêmica.
  3. 3. Tradicionalmente, confunde-se saber o nome dos sinais de pontuação com o saber pontuar. Entendemos que a leitura é um importante momento de reflexão sobre os usos da pontuação e seus efeitos de sentido no texto. No que se refere à pontuação do diálogo direto num texto (no qual as personagens falam diretamente), é possível fazer outras perguntas que tomem como objeto de aprendizagem também o uso de dois pontos depois dos verbos "discendi" (verbos que introduzem as falas dos personagens, ou seja, "dizer", "falar", "perguntar", "responder" etc). 10. Substitua a palavra grifada na frase a seguir pelo nome do animal correspondente no texto: Ele ficou paralisado pelo terror. Resposta: O ratinho (ficou paralisado pelo terror) Habilidade de leitura avaliada: identificar o pronome como recurso coesivo Professor: esse exercício pode parecer extremamente simples, mas é fundamental que o aluno reflita sobre os recursos coesivos presentes nos textos que lê, para que possa se apropriar desses conhecimentos, não só como leitor, mas também como produtor de textos. A coesão é uma relação que se estabelece entre as diferentes partes do texto, assegurando sua estruturação. A coesão de um texto são recursos que permitem compreender ou produzir textos. Alguns desses recursos são os pronomes, os advérbios, as preposições, as conjunções, os diferentes itens do léxico etc. 11. Dê outro título ao texto. Resposta: Pessoal Habilidade de produção avaliada: produzir texto, levando em conta o tema Professor: esse exercício pode também parecer muito fácil, porém é bom lembrar que elaborar título significa identificar a unidade temática do texto, por isso, ainda que possa haver várias respostas/criações dos alunos, é fundamental discuti-las com os alunos, fazendo-os analisar quais estão realmente relacionadas ao tema do texto e, portanto, são adequadas ou não. Um bom exercício é fazer algumas análises de vários textos, em relação a seus títulos, para que os alunos possam ir percebendo a relação entre tema e título de um texto. 12. Contar alguma fábula que conheça para os colegas. Resposta: Pessoal Habilidade de produção avaliada: produzir texto (oral ou escrito), a partir de outro Professor: saber parafrasear (falar/escrever com suas próprias palavras o texto de outrem) é uma importante aprendizagem de produção textual. Ao parafrasear, o aluno acaba por relacionar várias habilidades para produzir o texto, tendo em vista uma situação (finalidade e interlocutor), atentando para as especificidades do gênero do texto parafraseado. Notas: 1)se o professor desejar, os alunos podem fazer paráfrases escritas e, nesse caso, passam a ser enfatizadas as habilidades relacionadas especificamente à linguagem escrita. Ressalte-se também o processo de escrever em suas várias etapas: planejar a produção, rascunhos, revisões e versões (aluno como leitor de seu próprio texto e de outro), incorporação de sugestões, releituras e produção final; 2) seria desejável organizar uma coletânea com as fábulas trazidas pelos alunos. Se apenas orais, gravá-las em fita cassete. Se escritas, elaborar livro. Sugestão de avaliação para 4ª série a partir de texto jornalístico De férias em Miami, meia retorna ao Brasil no dia 15 Da Reportagem Local
  4. 4. O colombiano Freddy Rincon, pivô da mais recente crise no Corinthians, volta de Miami (Estados Unidos), onde passa férias, no próximo dia 15. A informação foi dada pelo empresário do jogador, Francisco Monteiro, o Todé. "Ele deve se apresentar a seu novo clube no dia 15. No mesmo dia, dirá as razões que o fizeram sair do Corinthians", afirmou o empresário. Todé disse que conversou com Rincón, por telefone, e que não poderia dar detalhes sobre as negociações com o Santos. "Só posso dizer que um clube ofereceu mais dinheiro, e ele resolveu sair." O diretor de futebol do Santos Paulo Ferreira negou que a viagem de Rincón, que estava na Colômbia até a semana passada, esteja sendo patrocinada pelo clube, em uma tentativa de "abaixar a poeira" do caso."Não fizemos nada disso. Nem sei onde o Rincón está agora", afirmou Ferreira, que anteontem havia declarado não saber quando o colombiano seria apresentado oficialmente à torcida santista. "Se eu te disser que já há uma data definida estou mentindo", disse o dirigente. (FM e MS) (Folha de S. Paulo. Caderno 4, pág. 4 esporte- Quinta-feira, 3 de fevereiro de 2000) Questões sobre o texto 1. De onde foi tirado este texto? Quem escreveu? Resposta: O texto foi tirado do jornal "Folha de S.Paulo", caderno Esporte, pág. 4, do dia 3 de fevereiro de 2000. Os jornalistas responsáveis são FM e MS da Reportagem Local. Habilidade de leitura avaliada: localizar informação no texto. Professor: se entendemos que linguagem é interação, o processo de leitura inicia-se pela análise das condições de produção do texto: quem escreveu, para quem, para quê, por quê, onde, quando e como. Por isto, a importância de trabalhar com textos reais e sua situação de produção. O aluno precisa conhecer e usar as estratégias de leitura de todo leitor maduro, ou seja, aquele que sabe qual o portador do texto que lê e como isto constitui a própria leitura. No caso desta questão da avaliação, o texto foi publicado em determinado jornal, em seu caderno de esportes (portanto, não é um jornal exclusivamente esportivo). Ainda que nos jornais e revistas em geral (com exceção dos textos opinativos), predominem textos sem autoria pessoal expressa, fizemos questão de perguntar o nome de quem escreveu apenas porque há na notícia selecionada as iniciais dos autores (FM e MS) no final do texto, com uma informação adicional no início de que se trata de notícia da reportagem local do jornal. 2. A notícia trata do quê? Resposta: a notícia é uma informação sobre a crise corinthiana porque o jogador Rincón, de férias em Miami, decidiu que não joga mais no Corinthians e vai para outro time - o Santos. Habilidade de leitura avaliada: identificar o tema central do texto Professor: para entender esta notícia, o leitor trabalha com várias informações não explicitadas no texto, mas que são seus conhecimentos prévios sobre o assunto (futebol). Neste caso, trata-se especificamente do fato de Rincón estar de férias e ter decidido trocar de time em plena vigência de seu contrato profissional.
  5. 5. 3. Quem deu a informação da saída de Rincón do seu time? Resposta: Foi seu empresário, Francisco Monteiro, o Todé. Habilidade de leitura avaliada: localizar informação no texto. Professor: esta é uma habilidade muito exigida no processo de leitura. O que pode mudar é o assunto do texto ou sua linguagem os quais não sendo de conhecimento do leitor podem dificultar o entendimento. 4.Qual a pontuação usada nas falas do empresário ou do dirigente do Santos? Resposta: são as aspas para indicar que são palavras na íntegra e ditas por outros (que não por quem está contando o fato). Habilidade de leitura avaliada: compreender a utilização de pontuação como as aspas. Professor: o texto escrito utiliza recursos gráficos como forma de "traduzir" as situações do texto que não é oral (neste os interlocutores estão presentes, a relação entre elas ajuda a construir a interação etc). Atentar, no caso do texto da avaliação, para o uso do discurso direto, sem travessão e dois pontos, apenas com as aspas. 5.Rescreva uma das falas do empresário sem usar aspas. Respostas possíveis: a)O empresário do jogador afirmou: - Ele deve se apresentar a seu novo clube no dia 15. No mesmo dia, dirá as razões que o fizeram sair do Corinthians. b) O empresário explicou: - Só posso dizer que um clube ofereceu mais dinheiro, e ele resolveu sair. Habilidade de produção aferida: empregar, de acordo com as especificidades de cada gênero, os sinais de pontuação. Professor: este exercício de transformação trabalha com a pontuação e seu papel na construção do texto. No caso do jornal, trata-se de um texto narrativo não-ficcional - ou mais especificamente de uma notícia- e neste tipo de texto, o uso das aspas para destacar as falas das pessoas tem a ver com a diagramação e economia de espaço próprias deste veículo de comunicação. O uso de verbo "discendi" (dizer, falar, responder, afirmar, perguntar etc), de dois pontos e de travessão para marcar o discurso direto não é próprio de texto jornalístico, encontramos esta pontuação em textos narrativos ficcionais, por exemplo (veja a avaliação da 3ª série neste mesmo site). Esta diferenciação deve ser discutida com os alunos, não só em termos de que é possível dizer coisas semelhantes de formas diferentes, mas que as particularidades dos gêneros textuais também constituem as diferenças. Outro aspecto é a possibilidade de fazer uma reflexão com os alunos a respeito dos usos da linguagem. Com isto, vamos questionando a idéia de que saber a nomenclatura gramatical é suficiente. 6. Qual é a expressão no texto que vem com aspas. Por que também se usa aspas neste caso? Resposta: a expressão é "baixar a poeira". Habilidade de leitura avaliada: diferenciar em um texto registro formal de registro informal Professor: neste caso, as aspas foram usadas para marcar uma expressão de gíria. Veja que este tipo de linguagem mais informal é bem própria tanto do veículo de comunicação (um jornal) quanto das pessoas envolvidas (um empresário de futebol falando com jornalistas) 7. Qual é o título da notícia? Por que está escrito com letras maiores e de cor mais escura? Resposta: o título é De férias em Miami, meia retorna ao Brasil no dia 15 Habilidade de leitura avaliada: realizar inferências a partir de indicadores gráficos de alguns gêneros textuais. Professor: Ao título de uma notícia dá-se o nome de "manchete" que vem destacada em letras maiores e em negrito como forma de chamar a atenção do leitor . As manchetes podem "conduzir" o leitor a escolher ler ou não determinados textos. Lembramos que o jornal é um tipo de portador que pressupõe uma leitura seletiva: o leitor escolhe o que vai ler e como vai ler. Ninguém lê o jornal na íntegra, em especial seus leitores assíduos, pois o fato de acompanharem as notícias e a própria forma de apresentá-las no jornal apontam para leituras seletivas. 8. Na frase "meia retorna ao Brasil no dia 15", a palavra grifada está se referindo a quem? Resposta: ao jogador Rincón Habilidade de leitura avaliada: estabelecer relação entre partes de um texto a partir da substituição de um termo (coesão). Professor: a palavra grifada substitui o nome do jogador Rincón, tratando-se assim de u m mecanismo de coesão textual, a partir da substituição de um termo por outro. 9. Escreva uma frase usando a palavra "meia" em outro sentido diferente do usado na notícia. Resposta: Pessoal. Sugestões: Fui comprar meia no Shopping. Ela comeu apenas meia laranja.
  6. 6. Habilidade de produção avaliada: inferir o sentido de uma palavra a partir do contexto imediato. Rica1024 Professor: a manchete do jornal traz a palavra "meia" significando uma posição de jogador de futebol dentro da tática do jogo em campo. Mesmo que o leitor desconheça esta informação, há outros aspectos do contexto que o auxiliam a entender: trata-se de uma notícia no caderno de esportes; é um assunto que provavelmente ele ouviu no rádio ou na tv, enfim já teve informações a respeito, por isto faz inferências sobre o sentido da palavra "meia" usada na notícia. No que se refere à proposta de avaliação dos alunos, é importante discutir com eles que é no contexto do texto que podemos entender os significados das palavras: "meia" também pode significar uma vestimenta ou a metade de algo. É bom ressaltar ainda que o fato de solicitarmos que os alunos elaborem uma frase com a palavra "meia" não significa que estamos defendendo a idéia de que "formar frases" seja aprender a escrever. Pelo contrário, aprende-se a escrever, escrevendo textos e não frases. O que está proposto aqui (elaborar frases) é apenas um recurso didático para que os alunos possam fazer uma reflexão a respeito dos fatos da língua no que se refere às palavras e seus sentidos dentro do contexto em que são empregadas 10. Preencha o quadro a seguir de acordo com a notícia. 10. Preencha o quadro a seguir de acordo com a notícia. Que m Resposta: Rincón, seu empresário e um dirigente do Santos O quê Resposta: a notícia informa que Rincón, ainda de férias, decide sair do Corinthians Qua ndo Resposta: 3/2/2000 (publicação da notícia) Com o Resposta: a informação foi dada pelo dirigente do Santos epelo empresário que só falou com Rincón por telefone. Habilidade de leitura avaliada: estabelecer relação entre informações num texto Professor: na avaliação da 3ª série trabalhamos com texto narrativo ficcional (fábula). Nesta avaliação de 4ª série, usamos texto narrativo também, só que não-ficcional, no caso, uma notícia. O texto jornalístico tem como objetivo informar e tem vínculo com a realidade. O texto literário (no caso da avaliação da 3ª série, uma fábula) tem uma intencionalidade estética. Desta forma, acreditamos que os alunos podem ir aprendendo com a comparação das características dos gêneros textuais e suas especificidades. Nesta questão da avaliação, retomamos elementos do texto narrativo, ou seja, personagens, ação/enredo e tempo. 11.Elabore outra manchete para a notícia lida. Resposta: Pessoal Habilidade de produção avaliada: identificar o tema central do texto para criar título coerente Professor: ver questão 12 da avaliação diagnóstica da 3ª série. Verificar também que a manchete é um texto curto, escrito com verbo no presente (para dar a idéia de atualidade) e sem pontuação ao final. 12. Escolha uma das manchetes a seguir e elabore uma notícia, colocando o nome do jornal ( pode ser inventado), data e página. Pokémon é nova mania entre as crianças Seleção brasileira pronta para Sydney Assalto acaba em morte Habilidade de produção avaliada: elaborar texto a partir das condições de produção (finalidade, gênero, interlocutor) Professor: espera-se que o aluno seja capaz de perceber que cada manchete pressupõe um interlocutor (leitor): na primeira, podem ser as próprias crianças e a manchete pode estar num encarte infantil de jornal. A segunda pode estar num jornal ou no seu caderno de esportes. A terceira em qualquer jornal; no entanto, haverá diferença se o jornal for do tipo que supervaloriza as notícias referentes à violência, crimes etc. Em todos os casos, para escrever a notícia, o aluno precisa atentar para: · a articulação das condições de produção e a forma de escrever; · a necessidade de ser escrita em colunas e parágrafos. No primeiro parágrafo, há as informações
  7. 7. gerais: quem, o quê, onde, etc; nos demais há o detalhamento dos fatos narrados; · o tema já explicitado na própria manchete deve ir progredindo ao longo do texto; · os esquemas temporais básicos: presente x passado; · usos da pontuação e letras maiúsculas; · grafia convencional de palavras de uso mais comum; · emprego de mecanismos básicos de concordância nominal e verbal Avaliação diagnóstica de Matemática Autor Maria Sueli C. S. Monteiro – marisue@uol.com.br Série / Ciclo 3a série do Ensino Fundamental Tempo necessário É interessante que os alunos se sintam dispostos a resolver as questões para que a avaliação realmente seja um diagnóstico de sua classe. Por isso, divida a avaliação em duas ou mais aulas e dedique mais um dia para a correção e os comentários. Introdução Ensino de Matemática na 3a série do Ensino Fundamental É importante que nesta série o Sistema de Numeração Decimal seja retomado aproveitando o início do trabalho com o algoritmo das operações. As idéias básicas de fração podem ser trabalhadas a partir de medidas não exatas. Os conceitos fundamentais de perímetro podem ser trabalhados em figuras planas desenhadas ou medidas pelos alunos. Em Geometria, noções básicas de curvas e segmentos de reta, paralelismo, perpendicularismo, simetria e ângulo reto são essenciais para a compreensão de polígonos e a classificação de triângulos e quadriláteros. Objetivos Espera-se do aluno no início da 3a série que ele: a) compreenda os princípios do Sistema de Numeração Decimal; b) resolva situações-problema que envolvam o significado das operações; c) resolva situações que envolvam noções básicas de Geometria; d) resolva situações que envolvam noções básicas de Medidas; e) resolva situações-problema em que aparecem gráficos, tabelas, esquemas etc. Há diversos objetivos importantes que poderiam ser avaliados, mas procuramos selecionar cinco que contemplam os blocos de conteúdos indicados nos Parâmetros Curriculares Nacionais:  Números e Operações: objetivos a e b;  Espaço e Forma: objetivo c;  Grandezas e Medidas: objetivo d;  Tratamento da Informação: objetivo e Procedimento ANTES DA APLICAÇÃO: 1. Esta avaliação deverá ser reproduzida, uma para cada aluno, com espaço suficiente para que possam colocar suas respostas. Se for dividir a avaliação em 2 ou mais dias, divida também as questões em folhas diferentes. Não coloque “Avaliação” como título, mas “Atividades de Revisão” para que os alunos resolvam as questões com tranqüilidade e confiança.
  8. 8. NO DIA DA APLICAÇÃO 2. Explique aos alunos que o objetivo dessas atividades é auxiliar o seu trabalho com eles, neste ano. 3. Incentive os alunos a resolverem todas as questões. QUESTÃO 1 Em cada cartão aparece um número. a) Escreva os números acima em ordem crescente, isto é, do menor para o maior. b) O número que tem mais unidades é o ou o ? c) Complete: O número 54 possui ______ unidades e ______ dezenas. QUESTÃO 2 No desenho abaixo aparecem alguns envelopes que devem ser empacotados de 5 em 5.   a) Quantos pacotes com 5 envelopes podem ser formados? _______ b) Sobraram alguns envelopes que não puderam ser empacotados? _____ Quantos? _____ c) Ontem Carlos fez 4 pacotes com 5 envelopes e sobraram 3 envelopes soltos. Quantos envelopes Carlos tinha no total? _______________ QUESTÃO 3 Mauro guardou o dinheiro que sua mãe costuma lhe dar para comprar lanche na escola. Como ele quer comprar um brinquedo, decidiu pegar seu dinheiro no cofrinho. Veja abaixo, as moedas de 1 real que Mauro tem.                    Responda: a) Quantas moedas de 1 real Mauro tem? ____________ b) Marque um X na resposta certa. Como não tinha dinheiro suficiente para comprar o brinquedo que ele queria, sua mãe resolveu lhe dar mais 3 reais. De acordo com as informações, o brinquedo que Mauro queria, pode custar ( ) 20 reais. ( ) 23 reais. ( ) 26 reais. ( ) 29 reais. c) Quando chegou à loja de brinquedos, Mauro pensou melhor e comprou uma bola por 14 reais. Quanto dinheiro sobrou? QUESTÃO 4 7981 54 39 60 67798176 45
  9. 9. O médico de mamãe receitou uma caixa de remédio com 19 comprimidos. Como ela precisa tomar 4 comprimidos por dia, quantos dias mamãe vai tomar o remédio até acabar todos os comprimidos? QUESTÃO 5 Em um jogo, Tathiana precisa movimentar sua peça, que aparece no tabuleiro abaixo, para chegar até a saída. Ela só conseguirá encontrar a saída se seguir as instruções dadas. Siga as instruções e descubra onde é a saída. Instruções: a) Ande 2 quadradinhos para cima. b) Ande 1 quadradinho para à esquerda. c) Ande 3 para cima. d) Ande 6 para à direita.  QUESTÃO 6 A figura abaixo é simétrica, isto é, se colocássemos um espelho na linha pontilhada, o reflexo no espelho formaria a figura completa. Marque um X na parte que falta para completar essa figura simétrica. ( ) ( ) ( ) QUESTÃO 7 Marque um X nas figuras espaciais. ( ) ( ) ( ) ( ) ( ) ( )
  10. 10. QUESTÃO 8 Eu acordo às 6h30, tomo banho e vou para a escola. Minhas aulas começam às 7 horas. Saio da escola às 12h30 e volto correndo para casa, pois minha mãe está me esperando para o almoço. À tarde faço minha lição e vou brincar. Às 20 horas vou dormir. Desenhe os ponteiros nos relógios abaixo para indicar as horas em que eu a) acordo de manhã b) saio da escola c) vou dormir QUESTÃO 9 Ana, Paula e Clara resolveram medir a mesma porta mas com instrumentos de medida diferentes. Ana mediu com um lápis e verificou que a altura da porta é igual a 21 lápis. Paula mediu com o palmo da mão e encontrou como medida 15 palmos. Clara usou um pedaço de barbante e encontrou como medida 18 barbantes. a) Complete: De acordo com as medidas, podemos afirmar que o maior instrumento de medida usado foi o __________ b) Explique sua resposta. _____________________________________________________ QUESTÃO 10 Na classe de Priscila, a turma toda gosta de cantar. Cada um gosta de um ritmo diferente: pagode, sertanejo, rock e rap. Veja na tabela abaixo, quantas pessoas gostam de cada ritmo. Ritmo musical Número de pessoas Pagode  Sertanejo  Rock  rap  De acordo com essas informações, responda: a) Quantos alunos gostam de rock? _________________ b) Quantos alunos estudam na classe de Priscila? ________ c) Qual é o ritmo que a turma mais gosta? ___________________ d) Se em todos os ritmos tivesse a mesma quantidade de pessoas, quantas pessoas gostariam, por exemplo, de rap?__________________ Correção comentada 1212 1010 66 3399 11 22 44 5577 88 1111 1212 1010 66 3399 11 22 44 5577 88 1111 1212 1010 66 3399 11 22 44 5577 88 1111
  11. 11. 1. A correção não deve ser feita, determinando apenas se há respostas certas ou erradas. O intuito desta avaliação é determinar as dificuldades de cada aluno. Para isso, quando a resolução for diferente da esperada, a tarefa do professor é de identificar e interpretar os problemas encontrados. Se em uma questão ficar alguma dúvida quanto à resolução do aluno, é interessante perguntar a ele o porquê de sua resolução. 2. Para a correção, feita em sala de aula com os alunos, o professor deverá utilizar material concreto para justificar os resultados e esclarecer algumas dúvidas. QUESTÃO 1 Objetivo: Detectar se o aluno compreende os princípios do Sistema de Numeração Decimal Resposta: a) 39 – 45 – 54 – 60 – 67 – 76 – 79 – 81 b) 81 c) 54 unidades e 5 dezenas Comentário: Com esta questão, estamos interessados em verificar a compreensão do aluno quanto à própria formação de uma seqüência numérica. Talvez um grande número de alunos dê respostas diferentes nos itens b) e c). Isso significa que eles confundem as questões: “quantas unidades um número possui” e “qual é o algarismo das unidades?” QUESTÃO 2 Objetivo: Detectar se o aluno compreende os princípios do Sistema de Numeração Decimal Resposta: a) 6 pacotes b) sim, 2 envelopes c) 23 Comentário: Um dos princípios do Sistema de Numeração Decimal é o de agrupamentos e trocas. É importante verificar se o aluno compreende esse princípio em outras bases, para depois compreender os agrupamentos de 10 unidades e a troca por 1 dezena, etc. QUESTÃO 3 Objetivo: Detectar se o aluno resolve situações-problema que envolvam o significado das operações Resposta: a) 19 moedas b) 20 reais c) 8 reais Comentário: Não é necessário resolver essas situações com as 4 operações. Se os alunos resolverem com desenhos ou com esquemas, considerar correto, porque esse é um raciocínio bem interessante que os alunos devem trazer das séries iniciais. QUESTÃO 4 Objetivo: Detectar se o aluno resolve situações-problema que envolvam o significado das operações Resposta: 5 dias Comentário: Se os alunos resolverem o problema mas errarem a resposta, é sinal que eles vêem o problema como algo que se resolve apenas fazendo contas. Quando isso acontece, o objetivo, para os alunos, passa a ser a descoberta da conta que resolve o problema. Com isso, eles não fazem a análise de suas respostas, verificando se elas são coerentes com as perguntas feitas. QUESTÃO 5 Objetivo: Detecta se o aluno resolve situações que envolvam noções básicas de Geometria Resposta: A saída é no último quadradinho superior da direita. Comentário: Deslocar-se e localizar-se no espaço são importantes habilidades para qualquer pessoa. Há crianças que não sabem se situar no espaço e seguir indicações. Geralmente, possuem dificuldades também em resolver situações em que precisem seguir instruções.
  12. 12. QUESTÃO 6 Objetivo: Detectar se o aluno resolve situações que envolvam noções básicas de Geometria Resposta: 3a figura. Comentário: Simetria é um tema fundamental em Matemática, que geralmente não é trabalhado nas séries iniciais. A verificação desse tema pode ser feita, também, com a procura de desenhos que possuam eixos de simetria, em revistas e jornais. QUESTÃO 7 Objetivo: Detectar se o aluno resolve situações que envolvam noções básicas de Geometria Resposta: 1a , 3a e 5a figuras. Comentário: É comum, nas séries iniciais, o trabalho de geometria ser feito apenas com figuras planas e não com figuras espaciais. Por isso, pode ser que o acerto nessa questão não seja muito bom. QUESTÃO 8 Objetivo: Detectar se o aluno resolve situações que envolvam noções básicas de Medidas Comentário: Apesar da maioria dos relógios ser digital, é interessante que os alunos saibam ler as horas em relógios analógicos. Compreender o sistema sexagenário da medida do tempo, não é muito simples, pois os alunos ainda estão formando os primeiros conceitos do Sistema de Numeração Decimal. QUESTÃO 9 Objetivo: Detectar se o aluno resolve situações que envolvam noções básicas de Medidas Resposta: palmo, pois foi preciso usar menos vezes o palmo que as outras unidades. Comentário: É provável que os alunos confundam maior unidade de medida com a maior quantidade de vezes que essa unidade foi usada. Vale a pena trabalhar concretamente essa diferença. QUESTÃO 10 Objetivo: Detectar se o aluno resolve situações-problema em que aparecem gráficos, tabelas, esquemas etc. Resposta: a) 8 b) 28 c) pagode d) 7 Comentário: Ler uma tabela, pode trazer alguma dificuldade para os alunos. Muitos alunos não tiveram oportunidade de resolver problemas ou organizar dados em uma tabela. Sugestões para o planejamento É claro que esta avaliação é um passo inicial para o seu trabalho, pois o planejamento deve ser encarado como um processo em construção que, ao longo do ano, deve ser revisto e modificado. Para isso a avaliação será diária com a observação do que acontece na sala de aula, o tipo de respostas dadas pelos alunos, os caminhos que cada um deles percorre e os “avanços” de cada um. A) Números e operações a) os temas que devem ser trabalhados neste bloco de conteúdos são: Sistema de Numeração Decimal; Números racionais (fração e decimal): comparação, ordenação, reta numérica; significados e algoritmos (técnicas operatórias) das operações adição, subtração, multiplicação e divisão; resolução de problemas que envolvam os significados das operações (isso não significa que a resolução deva ser feita através de cálculos); resolução de problemas não rotineiros. b) se não houve um bom desempenho nas questões desse bloco de conteúdos, incluir no planejamento atividades de agrupamentos e trocas em outras bases inclusive a base dez. Quanto à resolução de
  13. 13. problemas é interessante incluir atividades em que a criança tenha que identificar as idéias de adição, subtração, multiplicação e divisão. B) Espaço e Forma a) os temas que devem ser trabalhados neste bloco de conteúdos são: figuras planas (a partir da planificação de figuras espaciais, começar o trabalho com figuras planas); Noção de polígonos, classificação de polígonos pelo número de lados, de eixos de simetria e medida dos lados. Paralelismo, perpendicularismo, ângulo reto. Classificação de triângulos e quadriláteros (segundo os seguintes critérios: paralelismo e medida dos seus lados, perpendicularismo entre seus lados). b) se não houve bom desempenho nas questões desse bloco de conteúdos incluir no planejamento: classificação de figuras planas e não planas, atividades de identificação de semelhanças e diferenças entre figuras e simetria. C) Grandezas e Medidas a) os temas desse bloco de conteúdos que devem ser trabalhados são: noção de medida, unidades de medida de comprimento, perímetro de figuras, medidas de tempo. b) Se não houve bom desempenho nas questões desse bloco, incluir no planejamento: atividades com unidades de medida não padronizadas. D) Tratamento de Informação a) os temas que devem ser trabalhados são: problemas que possuam gráficos, tabelas, esquemas e problemas cujas soluções sejam facilitadas pelo uso de tabelas. b) Se não houve bom desempenho nas questões desse bloco de conteúdos, incluir no planejamento coleta de dados, organização de dados em tabelas e gráficos. Avaliação diagnóstica de Matemática Autor Maria Sueli C. S. Monteiro – marisue@uol.com.br Série / Ciclo 2a série do Ensino Fundamental Tempo necessário 2 ou 3 aulas É interessante que os alunos se sintam dispostos a resolver as questões, para que a avaliação realmente seja um diagnóstico de sua classe. Por isso, divida a avaliação em 2 ou mais aulas e dedique mais 1 dia para a correção e comentários. Introdução Ensino de Matemática na 2a série do Ensino Fundamental É no 1o ciclo que conceitos fundamentais para a compreensão do conhecimento matemático são formados. É importante que o aluno, ao final desse ciclo, tenha construído o conceito de número; saiba quantificar elementos de uma coleção; saiba ler, escrever, comparar e ordenar números, compreenda as regras de agrupamentos e trocas em diversas bases; resolva situações-problema utilizando estratégias pessoais, realize medições com instrumentos de medida não padronizada, identifique diferenças e semelhanças entre objetos e localize objetos no espaço. Objetivos Espera-se dos alunos, no início da 2a série, que: f) saibam quantificar, comparar e ordenar adequadamente os elementos de uma coleção; g) resolvam situações-problema que envolvam o significado das operações, por meio de estratégias pessoais;
  14. 14. h) reconheçam semelhanças e diferenças entre objetos em diferentes posições; i) resolvam situações que envolvam as unidades de medida de tempo (dia, mês, ano); j) resolvam situações-problema em que aparecem gráficos, tabelas, esquemas etc. Há diversos objetivos importantes que poderiam ser avaliados, mas procuramos selecionar cinco que contemplam os blocos de conteúdos indicados nos Parâmetros Curriculares Nacionais:  Números e Operações: objetivos a e b;  Espaço e Forma: objetivo c;  Grandezas e Medidas: objetivo d;  Tratamento da Informação: objetivo e Procedimentos ANTES DA APLICAÇÃO: 4. Esta avaliação deverá ser reproduzida, uma para cada aluno, com espaço suficiente para que possam colocar suas respostas. Se você dividir a avaliação em 2 ou mais dias, divida também as questões em folhas diferentes. Não coloque “Avaliação” como título, mas “Atividades de Revisão” para que os alunos resolvam as questões com tranqüilidade e confiança. NO DIA DA APLICAÇÃO 1. Explique aos alunos que o objetivo da atividade é auxiliar o seu trabalho com eles, durante o ano. 2. É comum, no início da 2a série, que muitos alunos tenham ainda dificuldade para ler. Por isso, se sentir necessidade, leia a primeira questão e dê um tempo para que os alunos resolvam-na. Só depois de terem resolvido, passe para a questão seguinte. 3. Incentive os alunos a resolver todas as questões. QUESTÃO 1 Abaixo aparecem desenhos de camas e pessoas.             a) Há mais camas ou mais pessoas? ____________________ b) Quantas camas estão desenhadas? ___________________ c) Quantas pessoas estão desenhadas? __________________ QUESTÃO 2 Nos cartões abaixo aparecem alguns números. a) Escreva nos cartões abaixo esses números, colocando-os em ordem crescente, isto é, do menor para o maior. b) Se você tivesse que colocar o cartão com o número 30, você o colocaria antes ou depois do 23? ____________________________ 20 9 17151923
  15. 15. QUESTÃO 3 Mauro costuma guardar o dinheiro que sua mãe lhe dá para tomar um lanche na escola. Depois de alguns meses, ele resolveu comprar um avião de brinquedo em uma loja perto de sua casa. Veja quantas moedas de 1 real ele conseguiu guardar:                     a) Quantas moedas de 1 real, Mauro conseguiu juntar? _________ b) O aviãozinho que ele quer comprar custa 12 reais. Pinte a quantidade de moedas que ele vai usar para comprar o seu brinquedo.                     c) Depois de comprar seu brinquedo, quantas moedas de 1 real sobraram? ________ QUESTÃO 4 Em um supermercado, quem compra um pacote de biscoito ganha um cupom. Juntando 2 cupons, a pessoa troca por um brinde surpresa. Minha mãe juntou 14 cupons. Quantos brindes surpresa ela vai ganhar? QUESTÃO 5 No lado esquerdo da folha aparece uma figura. Copie exatamente a mesma figura no lado direito, ligando os pontos. QUESTÃO 6 O senhor que aparece na figura, está com o seu braço direito apoiado na mesa. Marque um X na figura em que ele aparece com o braço esquerdo apoiado na mesa. ( ) ( ) ( )
  16. 16. QUESTÃO 7 Observe o calendário do mês de fevereiro de 2 000. domingo segunda-feira terça-feira quarta-feira quinta-feira sexta-feira sábado 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 De acordo com esse calendário, responda: a) Em que dia da semana começa o mês de fevereiro? __________________ b) Este ano, quantos dias terá o mês de fevereiro? ____________________ c) Quantos dias tem uma semana?_________________ d) Eu marquei uma consulta no médico na segunda sexta-feira do mês de fevereiro. Que dia será a minha consulta? _____________________ e) O dia 31 de janeiro caiu em que dia da semana? _________________ f) E o dia 3 de março vai cair em que dia da semana? ________________ QUESTÃO 8 Na tabela abaixo aparecem as quantidades de livros que Márcia, Karen e Mônica leram. leitoras quantidade de livros Márcia Karen Mônica De acordo com esses dados, resolva as questões abaixo. a) Complete a tabela, escrevendo numericamente a quantidade de livros que cada uma leu. leitoras quantidade de livros Márcia Karen Mônica b) Quem leu mais livros? _______________ c) Quem leu menos livros? ______________ d) Qual foi o total de livros lidos? ____________ e) Se todas as meninas tivessem lido a mesma quantidade de livros, quantos livros cada uma teria lido? ____________________ Correção comentada
  17. 17. 3. A correção não deve ser feita determinando apenas se há respostas certas ou erradas. O intuito da avaliação é determinar as dificuldades de cada aluno. Por isso, quando a resolução for diferente da esperada, identifique e interprete os problemas encontrados. Se ficar alguma dúvida quanto à resolução do aluno, pergunte a ele o porquê de sua resolução. 4. Durante a correção, que deve ser feita em sala de aula com os alunos, utilize material concreto para justificar os resultados e esclarecer algumas dúvidas. QUESTÃO 1: Objetivo: Detectar se o aluno quantifica, compara e ordena, adequadamente, os elementos de uma coleção Resposta: a) camas b) 14 c) 11 Comentário: Muitos alunos, nessa série, que ainda não construíram o conceito de número, não utilizam a contagem para responder o item a). Para dar a resposta, eles olham as extremidades das fileiras dos desenhos para ver se, no caso, a fileira das camas e a fileira das pessoas, possuem o mesmo comprimento, ignorando a quantidade de elementos que cada fileira possui. Isso significa que o comprimento das fileiras passa a ser um critério de igualdade de quantidades. Veja o exemplo abaixo. Para uma criança que já construiu algumas estruturas mentais de número, é possível saber se há mais bolinhas na 1a ou na 2a fileira contando as bolinhas e comparando as quantidades. Para uma criança que ainda não construiu essas estruturas, um critério que pode ser usado é o comprimento dessas fileiras, neste caso a 1a fileira tem mais porque é mais comprida. Verifique as respostas dadas nos itens b) e c), para confirmar se o aluno construiu o conceito de número. QUESTÃO 2: Objetivo: Detectar se o aluno quantifica, compara e ordena adequadamente os elementos de uma coleção Resposta: a) 9, 15, 17, 19, 20, 23 b) depois do 23. Comentário: O domínio da seqüência numérica não é fácil para muitos alunos. A compreensão da seqüência numérica depende do entendimento do Sistema de Numeração Decimal. QUESTÃO 3: Objetivo: Detectar se o aluno resolve situações-problema que envolvam o significado das operações, por meio de estratégias pessoais Resposta: a) 20 c) 8 Comentário: A contagem de uma determinada coleção requer por parte do aluno organização e a noção de que, para obter o total correto, é necessário contar todos os objetos apenas uma vez. Verifique se os alunos realizam essa contagem nos itens a), b) e c). (Não confundir não realizar contagem com errar na contagem em algum dos itens). Os itens a) e b) estão verificando o objetivo 1. Caso o aluno erre na contagem, verifique se a resposta dada em b) e c) estão corretas de acordo com a contagem realizada. QUESTÃO 4:
  18. 18. Objetivo: Detectar se o aluno resolve situações-problema que envolvam o significado das operações, por meio de estratégias pessoais Resposta: 7 brindes. Comentário: A resolução desta situação pode ser feita através de desenho ou de uma conta. Se a maioria das resoluções forem feitas através de um desenho, esquema ou qualquer outro tipo de raciocínio, que não seja o cálculo, é sinal de que os alunos estão acostumados a raciocinar livremente sobre um problema, sem se preocupar se a conta que o resolve é de “mais” ou de ”menos”. Isso é muito bom. Continue a incentivar esse tipo de resposta. QUESTÃO 5: Objetivo: Detectar se o aluno reconhece semelhanças e diferenças entre objetos em diferentes posições Resposta: Comentário: Esse tipo de questão tem por objetivo verificar a percepção e a memória visual. QUESTÃO 6: Objetivo: Detectar se o aluno reconhece semelhanças e diferenças entre objetos em diferentes posições Resposta: figura do meio Comentário: Pretende-se verificar se o aluno consegue visualizar as figuras que sofreram inversões e rotações, mudando de posição. QUESTÃO 7: Objetivo: Detectar se o aluno resolve situações que envolvam as unidades de medida de tempo (dia, mês, ano) Resposta: a) 3a feira b) 29 dias c) 7 dias d) 11 e) 2a feira f) 6a feira Comentário: É bem provável que os alunos tenham um bom índice de acerto nessa questão pois geralmente na 1a série os professores trabalham diversas atividades com calendário. QUESTÃO 8: Objetivo: Detectar se o aluno resolve situações-problema em que aparecem gráficos, tabelas, esquemas etc. Resposta: a) Leitoras quantidade de livros
  19. 19. Márcia 7 Karen 5 Mônica 6 b) Márcia c) Karen d) 18 e) 6 livros. Comentário: Não é muito comum o trabalho com tabelas e gráficos e por isso pode ser que algumas crianças não consigam fazer a leitura adequada. Sugestões para o planejamento É claro que a avaliação é um passo inicial para o seu trabalho, pois o planejamento deve ser encarado como um processo em construção que, ao longo do ano, será revisto e modificado. Por isso, a avaliação será diária com a observação do que acontece na sala de aula, o tipo de resposta dada pelos alunos, os caminhos que cada um deles percorre e os avanços de cada um. E) Números e operações c) Os temas que devem ser trabalhados neste bloco de conteúdos são: Sistema de Numeração Decimal; Números naturais: comparação, ordenação, reta numérica, decomposição em unidades e dezenas; Significados das operações adição, multiplicação, subtração e divisão; Construção dos fatos fundamentais da adição, subtração e multiplicação (até o fator 5), resolução de problemas que envolvam os significados das operações (isso não significa que a resolução deva ser feita por meio de cálculos); Resolução de problemas não rotineiros. d) Se não houve um bom desempenho nas questões desse bloco de conteúdos, incluir no planejamento atividades de classificação, seriação, contagem, seqüenciação, ordenação, agrupamentos e trocas em bases diferentes de 10 e situações-problema que proporcionem ao aluno oportunidade de resolvê-las através de desenhos, esquemas e tabelas. F) Espaço e Forma a) Os temas que devem ser trabalhados neste bloco de conteúdos são: Classificação de figuras planas e não planas; Planificação de figuras espaciais; Identificação de elementos de um poliedro (aresta, face, vértice); Deslocamento de um objeto no espaço; Identificação de figuras simétricas e determinação de seus eixos de simetria. b) Se não houve um bom desempenho nas questões desse bloco, incluir no planejamento atividades de rotação de figuras em material concreto, quebra-cabeça, Tangram etc. G) Grandezas e Medidas a)Neste bloco de conteúdos, os temas a serem trabalhados são: unidades do tempo: horas, minutos e segundos; utilização de instrumentos de medida de comprimento não padronizada;
  20. 20. informações sobre tempo e temperatura. b) Se não houve um bom desempenho nas questões desse bloco de conteúdos, incluir no planejamento o trabalho inicial com o calendário. H) Tratamento de Informação a) Nesse bloco de conteúdos, os temas que deverão ser trabalhados são: coleta, organização e interpretação de dados; construção de gráficos e tabelas; esquemas; b) Se não houve um bom desempenho nas questões desse bloco, incluir no planejamento o trabalho inicial com a leitura de uma tabela simples, gráficos feitos depois da coleta de dados. A Universidade de São Paulo oferece gratuitamente um curso via internet para capacitação de professores de Matemática de 1a a 4a séries. O módulo 1 desse curso tem total sintonia com a atividade diagnóstica que você acabou de ler. O endereço da página é http://educar.sc.usp.br/matematica/index.html Avaliação diagnóstica de Matemática Autor Maria Sueli C. S. Monteiro – marisue@uol.com.br Série / Ciclo 4a série do Ensino Fundamental Tempo necessário É interessante que os alunos se sintam dispostos a resolver as questões, para que a avaliação seja realmente um diagnóstico de sua classe. Por isso, divida a avaliação em duas ou mais aulas e dedique mais um dia para a correção e os comentários. Introdução Ensino de Matemática na 4a série do Ensino Fundamental O trabalho, nessa série, é um aprofundamento de todos os conteúdos já vistos anteriormente. Aos alunos, será possível compreender que os mesmos princípios que formam um número com milhares, formam um número com milhões, bilhões, etc. Isso significa que as crianças estão preparadas para fazer generalizações elementares, mas muito importantes para a continuidade do trabalho. Muitos professores de Matemática acreditam que, se os alunos chegarem à 5a série sabendo as 4 operações, já é suficiente. Isso não é verdade, nessa série é possível avançar nas relações entre as operações, entre números decimais e medidas, com um destaque especial para a Geometria. Espera-se do aluno, no início da 4a série, que ele: k) compreenda os princípios do Sistema de Numeração Decimal; l) resolva situações-problema que envolvam o significado das operações; m)resolva situações que envolvam noções básicas de Geometria;
  21. 21. n) resolve situações que envolvam noções básicas de medida; o) resolve situações-problema em que apareçam gráficos, tabelas etc. Há diversos objetivos importantes que poderiam ser avaliados, mas procuramos selecionar cinco que contemplam os blocos de conteúdos indicados nos Parâmetros Curriculares Nacionais:  Números e Operações: objetivos a e b;  Espaço e Forma: objetivo c;  Grandezas e Medidas: objetivo d;  Tratamento da Informação: objetivo e Procedimentos ANTES DA APLICAÇÃO: 5. Esta avaliação deverá ser reproduzida, uma para cada aluno, com espaço suficiente para que possam colocar suas respostas. Se for dividir a avaliação em 2 ou mais dias, divida também as questões em folhas diferentes. Não coloque Avaliação como título, mas Atividades de Revisão para que os alunos resolvam as questões com tranqüilidade e confiança. NO DIA DA APLICAÇÃO 6. Explique aos alunos que o objetivo dessas atividades é auxiliar o seu trabalho com eles, neste ano. 7. Incentive os alunos a resolverem todas as questões. QUESTÃO 1 Para uma festa na escola, Joana levou 136 bombons. Ela quer distribuir igualmente os bombons em saquinhos. a) Quantos saquinhos contendo 10 bombons cada ela conseguirá fazer? b) Quantos bombons vão ficar sem serem empacotados? QUESTÃO 2 a) Quantas unidades tem o número 136? b) Quantas dezenas tem o número 136? QUESTÃO 3
  22. 22. Minha mãe pediu para organizar, em um papel, as despesas do mês. Para que ela pudesse saber qual é a conta mais cara, resolvi colocar essas contas em ordem crescente, isto é, do menor para o maior valor. Veja o que eu fiz: Depois que terminei a lista, minha mãe se lembrou da mensalidade da escolinha de minha irmã e da conta do telefone. Se a mensalidade é de R$ 47,50 e do telefone R$ 58,00, onde eu devo marcar essas contas? a) Complete a lista abaixo, colocando essas novas contas nos lugares certos. b) Qual é o total de despesas de minha mãe? c) Para que, depois de pagar as contas, minha mãe fique com R$123,00, quanto ela deve ganhar? Água – R$ 34,00 Transporte –R$ 45,00 Luz – R$ 52,00 Alimentos- R$ 230,00 Água – R$ 34,00 Transporte –R$ 45,00 Luz – R$ 52,00 Alimentos- R$ 230,00
  23. 23. QUESTÃO 4 a) A dona Maria faz cocadas para vender. Hoje ela fez 8 saquinhos com 5 cocadas e 8 saquinhos com 10 cocadas, isto é, formou a mesma quantidade de saquinhos mas com um total de cocadas diferente. Marque um X na expressão que mostra a quantidade de cocadas que dona Maria fez: ( ) 8 x ( 5 + 10) ( ) 8 x 5 + 10 ( ) 8 x 5 x 10 ( ) 8 + 5 + 8 + 10 b) Para vender laranjas na feira, o senhor Pedro faz pacotes de 2 kg e de 5 kg. Se ele consegue vender a mesma quantidade de pacotes desses dois pesos, no total, ele consegue formar com 252 laranjas ( ) 12 pacotes. ( ) 24 pacotes. ( ) 36 pacotes. ( ) 48 pacotes. QUESTÃO 5 Na divisão a seguir, aparecem um  e um  no lugar de dois números que estão faltando.  12  8 a) Dê exemplo de um número que possa ser colocado no lugar do . b) Para que o resto da divisão seja igual a 0, que número deve ser colocado no lugar de? c) Qual o maior valor possível que o  pode ter?
  24. 24. QUESTÃO 6 Em uma biblioteca há 456 livros de romance, ficção e aventura. Os livros de romance são em maior quantidade, 245. Por outro lado, há menos livros de ficção, um total de 98. De acordo com esses dados, marque um X na resposta certa. a) Para saber a quantidade de livros de aventura basta ( ) somar a quantidade de todos os livros. ( ) somar a quantidade dos livros de romance e ficção. ( ) subtrair do total de livros, a quantidade de livros de ficção. ( ) subtrair do total de livros, a quantidade de livros de ficção e romance. b) A quantidade de livros de aventura que tem nessa biblioteca é de ( ) 93 ( ) 103 ( ) 113 ( ) 123 c) Nas respostas dadas no item b), uma delas é absurda. Essa resposta é ( ) 93 ( ) 103 ( ) 113 ( ) 123 Explique sua resposta: ______________________________________________________
  25. 25. QUESTÃO 7 O desenho ao lado mostra uma caixa desmontada. Marque um X na figura que mostra a caixa antes de ser desmontada. ( ) ( ) ( ) QUESTÃO 8 A representação de uma folha de papel sulfite pode ser a seguinte: Nessa representação, a) pinte de vermelho duas linhas paralelas; b) pinte de azul duas linhas perpendiculares; c) pinte todos os ângulos retos. QUESTÃO 9 Uma das figuras abaixo possui essas duas características:  todos os ângulos retos.  todos os lados iguais. Marque um X nessa figura. ( ) ( ) ( ) ( ) ( )
  26. 26. QUESTÃO 10 Carlos, André e Marcos costumam caminhar juntos no parque Ibirapuera. Depois de darem algumas voltas, Carlos disse que eles já tinham caminhado 2,5 km. André disse que haviam caminhado 2 500 m, portanto mais do que Carlos disse. Como os dois não entravam em um acordo, Marcos resolveu interferir dizendo que os dois estavam certos, pois, caminhar 2,5 km ou 2 500 m era a mesma coisa. Quem está certo? Por quê? QUESTÃO 11 Duas figuras abaixo têm o mesmo perímetro. 5 cm 6 cm 3 cm 3 cm 3 cm 4 cm 4 cm 3 cm 8 cm a) Pinte essas duas figuras. b) Qual é o perímetro dessas duas figuras? QUESTÃO 12 O gráfico abaixo mostra a quantidade de pessoas, de uma determinada cidade, que vão para a praia nas férias de janeiro. Os dados referem-se aos anos de 1998, 1999 e 2000.  Resolva as questões, usando os dados do gráfico acima. 6 500 4 950 3 270 1998 2000 1999 Total de pessoas
  27. 27. a) Complete a tabela ano Total de pessoas b) Quantas pessoas viajaram a mais neste ano em relação ao ano passado? c) No ano que vem, se dobrar o número de pessoas que viajarão para a praia, em relação ao ano de 1 999, qual o número de pessoas que em 2 001 farão essa viagem? Correção comentada 5. A correção não deve ser feita considerando apenas se há respostas certas ou erradas. O intuito da avaliação é determinar as dificuldades de cada aluno. Para isso, quando a resolução for diferente da esperada, sua tarefa é identificar e interpretar os problemas encontrados. Se em uma questão ficar alguma dúvida quanto à resolução do aluno, é interessante perguntar a ele o porquê de sua resolução. 6. Para a correção, feita em sala de aula na presença dos alunos, utilize material concreto para justificar os resultados e esclarecer as dúvidas. QUESTÃO 1 Objetivo: Detecta se o aluno compreende os princípios do Sistema de Numeração Decimal. Resposta: a) 13 b) 6 Comentário: Pode ser que nesta questão o aluno faça a divisão de 136 por 10. Isso significa que não compreende que em 136 tem-se 13 dezenas, isto é, 13 “pacotes” de 10 e mais 6 unidades ou bombons soltos. QUESTÃO 2 Objetivo: Detecta se o aluno compreende os princípios do Sistema de Numeração Decimal. Resposta: a) 136 b) 13 Comentário: Esta questão completa a resposta da questão anterior. È muito provável que o aluno responda no item a) 6 unidades ao invés de 136. Isso significa que não compreende os princípios do Sistema de Numeração Decimal. QUESTÃO 3 Objetivos: Detecta se o aluno compreende os princípios do Sistema de Numeração Decimal e se resolve situações-problema que envolvam o significado das operações?
  28. 28. Resposta: a) a mensalidade e a conta de telefone devem, nessa ordem, estar localizadas entre o transporte e a luz; luz e alimentos. b) R$ 466,00 c) R$ 589,00 Comentário: Ordenar números é importante para verificar a compreensão de ordem de grandeza dos números. QUESTÃO 4 Objetivo: Detecta se o aluno resolve situações-problema que envolvam o significado das operações. Resposta: 72 pacotes ao todo. Comentário: A resolução desse problema não deve trazer dificuldade para o aluno. A resposta, no entanto, o aluno talvez não acerte, pois após a divisão é necessário voltar à pergunta para responder corretamente. Isso significa que o trabalho com resolução de problemas deve ter uma ênfase na análise das respostas dadas. QUESTÃO 5 Objetivo: Detecta se o aluno resolve situações-problema que envolvam o significado das operações. Resposta: a) qualquer número inteiro entre 96 e 107. b) 96 c) 11 Comentário: Mais importante que resolver qualquer conta é conhecer e compreender suas propriedades e características. Talvez o índice de acerto dessa questão não seja muito alto. QUESTÃO 6 Objetivo: Detecta se o aluno resolve situações-problema que envolvam o significado das operações. Resposta: a) subtrair do total de livros, a quantidade de livros de ficção e romance. b) 113 c) 93, pois se esse fosse o total de livros de aventura, o enunciado estaria errado, já que diz que “há menos livros de ficção, um total de 98.” Comentário: Analisar um problema e uma possível resposta é muito mais importante que simplesmente obter a resposta através de um cálculo. QUESTÃO 7 Objetivo: Detecta se o aluno resolve situações que envolvam noções básicas de Geometria. Resposta: figura c
  29. 29. Comentário: além de fazer planificações com material concreto é interessante que os alunos desta série consigam “enxergar” em uma planificação o sólido que a gerou ou vice- versa. QUESTÃO 8 Objetivo: Detecta se o aluno resolve situações que envolvam noções básicas de Geometria Resposta: a) linhas paralelas: b) c) ou ou ou ou Comentário: A compreensão desses conceitos são fundamentais para que o aluno compreenda as classificações de polígonos. QUESTÃO 9 Objetivo: Detecta se o aluno resolve situações que envolvam noções básicas de Geometria Resposta: 3a figura: quadrado Comentário: É muito comum, nos livros didáticos, encontrar a definição de quadrado contemplando apenas uma dessas características. È interessante verificar quais são os alunos que consideram a 4a figura também como resposta certa. QUESTÃO 10 Objetivo: Detecta se o aluno resolve situações que envolvam noções básicas de Medida. Resposta: Marcos está certo, pois 2,5 km = 2 500 m, já que 1 km = 1000 m Comentário: É interessante observar se o aluno pensa apenas na grandeza do número ou na unidade de medida, isto é, em 2 500 como sendo maior que 2,5 sem observar a unidade de medida. QUESTÃO 11 Objetivo: Detecta se o aluno resolve situações que envolvam noções básicas de Medida. Resposta: a) O retângulo e o triângulo. b) Perímetro = 16 cm. Comentário: Verifique se o aluno calcula o perímetro do retângulo usando apenas as 2 medidas que aparecem na questão, determinando assim um perímetro igual a 8 cm. QUESTÃO 12 Objetivo: Detecta se o aluno resolve situações-problema em que aparecem gráficos, tabelas etc.
  30. 30. Resposta: b) 1 550 pessoas c) 9 900 pessoas Comentário: O índice de acerto, nesta questão deve ser alto, pois espera-se que na 4a série os alunos tenham tido oportunidade de interpretar um gráfico de barras simples. Sugestões para o planejamento É claro que esta avaliação é um passo inicial para o seu trabalho, pois o planejamento deve ser encarado como um processo em construção que, ao longo do ano, deve ser revisto e modificado. Para isso a avaliação será diária com a observação do que acontece na sala de aula, o tipo de respostas dadas pelos alunos, os caminhos que cada um deles percorre e os “avanços” de cada um. I) Números e operações a) Neste bloco de conteúdos, os temas que deverão ser tratados nesta série são: Sistema de Numeração Decimal: análise de números de diversas ordens; Números Naturais: as operações fundamentais, propriedades, algoritmos, resolução de problemas; Múltiplos e divisores de um número natural; Números racionais (fração e números decimais ) operações, porcentagem. b) Se não houve bom desempenho nas questões desse bloco, incluir no planejamento atividades do Sistema de Numeração Decimal: agrupamentos e trocas, ordenação de números, decomposição em unidades de diversas ordens. J) Espaço e Forma a) Os temas que deverão ser trabalhados são: composição e decomposição de figuras, ampliação e redução de figuras e o conceito de superfície. b) Se não houve bom desempenho nas questões desse bloco, incluir no planejamento atividades de alguns conceitos: perpendicularismo, paralelismo, ângulo reto. Classificação de quadriláteros e triângulos segundo diversos critérios. K) Medida e grandeza a) Neste bloco, os temas que deverão ser tratados são: conceito de área de uma superfície, metro quadrado, áreas do retângulo, paralelogramo, triângulos, trapézios. b) Se não houve bom desempenho nas questões desse bloco, incluir no planejamento atividades de perímetro, unidades de comprimento: o metro seus múltiplos e submúltiplos. L) Tratamento da Informação c) Neste bloco, os temas que deverão ser tratados são: coleta, tabulação, registro e interpretação dos dados, construção de gráficos de barras, pictográficos, setor, cálculo de porcentagem d) Se não houve bom desempenho nas questões desse bloco, incluir no planejamento atividades iniciais de coleta, tabulação, registro e interpretação dos dados.

×